História Kid of the people-kun e Onion-san - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Emocionante, Revelaçoes, Romance, Yaoi
Visualizações 18
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Obra de ficção levemente baseada em fatos reais mas acredito ter abusado da liberdade criativa.

Capítulo 1 - Capítulo Um: O inicio do fim!


Era mais um dia comum de aula na Universidade, Onion-san estava lá no ônibus do meu lado como sempre com seu sorriso todo pimposo, a aula foi tranquila aprendi muito sobre esses mundo das leis criadas pelo deus Estado, não vi Onion-san no intervalo, devia estar por ai com alguma garota, ele é O cara das paquerações, é o meu orgulho. 
No fim da aula fui para o ônibus e me sentei no meu lugar, então Onion-san apareceu com uma cara séria, não fazia o tipo dele, parecia preocupado com alguma coisa, então como um grande amigo de muitos anos lhe perguntei: 

_ Onion-san, está tudo bem? Você parece diferente... 
Ele se virou e disse: 

_ Não Boy-kun, tem uma coisa que eu preciso te falar, não da mais pra ficar escondendo isso! 

_ Oque foi? Me diga logo então, somos amigos sabe que pode contar comigo 

_Eu tenho medo, não sei qual será sua reação, não quero estragar nossa amizade... 
Já estava ficando assustado, passaram mil coisas na minha cabeça, será que ele fez algo errado? Será que foi algo que me prejudica? Preciso manter a calma e tentar ajudar 

_Pode me dizer, me diga logo o porquê de você estar assim! 

_Certo, mas promete que não vai me odiar por isso? 

_Eu não posso prometer o que eu não sei Onion-san! 

_Tudo bem... Vou dizer então... Eu, eu te amo Boy Of The People- kun, eu fico contando as horas pra te ver novamente nesse ônibus, quando estamos viajando juntos eu sinto como se só existisse nós dois no mundo, eu te amo, te amo muito e queria que voce namorasse comigo! 

Naquele momento meu chão caiu, não podia ser verdade, deve ser alguma pegadinha dele... mas ele estava com uma expressão muito séria, engoli seco, fechei os olhos e disse... 

_Isso é loucura!!! Você sabe isso, não sabe? Jamais daria certo, olhe pra nós dois, somos amigos sim, mas somos muito diferentes, eu sou apenas um garoto de humanas e você é de exatas e alem do mais tenho meu sonho de ser uma estrela e se meu público souber de algo assim, eu estaria arruinado, são muito conservadores para aceitarem algo assim... 

_Então você acha que nossas diferenças e o que as pessoas pensam pode ser maior que o nosso amor? (Disse ele me interrompendo em um tom sério e másculo que só ele tem) 

_Não é oque as pessoas pensam, esse é o meu sonho desde sempre, e uma paixãozinha poderia colocar tudo em risco! (Respondi no mesmo momento sem tempo para pensar) 

_Paixãozinha...? É isso que você pensa de nós Boy-kun? 

_Olha... eu tambem sinto algo por você, sempre que viajamos e você adormece no meu ombro, todos os videos e fotos que eu tenho de você dormindo, acha que nunca pensei em algo a mais? Mas eu lamento muito Onion-san, não podemos fazer isso, espero que me entenda... 

_Tudo bem, não quero te forçar a nada, mas ficar perto de você sem te amar me machuca muito, espero que um dia mude de ideia, mas até lá não nos falaremos mais... (Disse Onion-san com os olhos cheios D’agua) 

Eu estava arrasado por ter negado um pedido de amor verdadeiro, mas não podia colocar isso na frente dos meus objetivos, então decidi suprimir todas essas emoções e sentimentos dentro de mim e seguir em frente de cabeça erguida sem deixar me abater, espero que chegue um dia em que possamos ser felizes sem enfrentar o olhar maldoso da sociedade... 

No outro dia seguinte não havia aula então decidi chamar alguns amigos para sair e comer a tradicional omelete do nosso ponto de encontro, o primeiro a chegar foi o Homem Morcego- Sama, e já veio logo perguntando se podia chamar Onion-san também, engoli seco e disse que não estávamos mais conversando, Morcego-sama perspicaz como sempre desconfiou de minha resposta e quis saber mais sobre o motivo e oque estava ocorrendo, eu não podia revelar para ele, o desgraçado já sabe muitos podres meus, poderia me destruir facilmente...  

Por sorte nossos outros amigos também chegaram e logo Morcego-sama deixou o assunto de lado, nos divertimos muito e conversamos sobre muita coisa, fôra uma boa noite para esquecer tudo aquilo e me distrair. 

Ao fim da noite, no momento de nos despedirmos, Morcego-sama me olhou om aquele olhar de quem não havia esquecido que tentei esconder uma historia dele, não posso vacilar sei que ele está curioso e continuará investigando, mas também não posso me distrair com isso, meu sonho é maior que todos... 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...