História Kieran e as sete chaves. - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias F.T. Island, Mitologia Celta, Mitologia Nórdica
Personagens Choi Jong-hoon, Choi Min-hwan, Lee Hongki, Lee Jae-jin, Personagens Originais, Song Seung-hyun
Tags Ftisland, Hongki, Jaejin, Jonghoon, Minhwan, Seunghyun
Visualizações 8
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem gente estamos aqui novamente
espero que vocês curtam viu!!!
E Obrigada por todos que estão acompanhando aqui ...<3
eh isso,inté

Capítulo 6 - A Perseguição


Fanfic / Fanfiction Kieran e as sete chaves. - Capítulo 6 - A Perseguição

Estava uma noite Linda, as estrelas brilhavam, eu estava no jardim que mamãe tanto amava... As rosas estavam exalando um perfume delicioso no ar, sentei-me no balanço e fiquei admirando a noite, apesar de estar tudo perfeito, aquela sensação ainda percorria meu corpo, e eu não sabia como agir, ouço passos leves vindo em minha direção, tento disfarçar o estado de alerta em que encontro, para ouvir a voz doce de Erah e Casdan no violão, quando dou por mim, eles cantam uma antiga canção, que era cantada em cerimonias familiares.

_ Nossa o clima está nostálgico. Comenta Rolken, vindo sentar-se.

Olho para ele, e fico o vendo sorrir para Casdan, aliás, pela primeira vez desde ele voltou. Vejo Sowen vindo junto com Ágata, que ainda está muito tímida.

_ Chegamos, abram um espaço para nós dois. Disse Sowen, observando que ela também sorrira.

_ venham. Digo olhando os dois aproximarem.

Ela senta-se no chão, junto com as almofadas, e fica escutando Erah, que canta de olhos fechados e com emoção, era uma cantiga celta muito antiga, mas muito bonita, fala de tempos onde a magia fluía em tudo, em cada poro da terra.

De repente sinto de novo um calafrio em meu corpo, sinto uma forte presença, mas dessa vez não fui só eu que senti, vi Rolken chamado Raskan, que prontamente o atendeu ficando a postos ao lado de Ágata.

Uma sombra passou atrás de mim... Notei Casdan congelando a voz, Erah começou a passar mal a energia estava sugando suas forças, ele estava muito longe de nosso mundo material.

A partir dai foi uma verdadeira loucura era uma sombra sem forma tentando atacar-nos ,e quando revidávamos sumia, vi Raskan, rosnar ferozmente para o nada, vi Rolken usar toda sua força e vi Sowen usar a magia das aguas para defender-nos.

Olho para todos os lados e vejo Ágata olhar para Rolken assustada, nós envolto em uma antiga magia feita com agua que servia de proteção onde nada que não era puro adentrava.

Consegui chegar até a porta que dava acesso a casa, mesmo sentindo fortes dores de cabeça devido aos ataques consegui encontrar as orações e recita-las em voz alta, até que passou um pouco a dor, foi ai que vi quando todos entraram juntos.

Aquilo tinha ficado pra traz e não interessava o que era, na verdade nenhum de nós queria fazer perguntas, apenas queríamos esquecer aquela sensação ruim que estava nos sufocando.

_ Que merda foi aquela? Casdan disparou olhando para todos, ele estava perturbado demais.

_ Olha a boca moleque! Advertiu Rolken, num tom sombrio. Casdan sorriu sádico para ele, todos estavam nervosos, inclusive ela, que nos olhava quase beirando ao desespero.

_ Eu desconfio que tenha a ver com os sonhos de vocês dois, nossa  aquilo era bizarro atacou minha mente de um jeito que não conseguia raciocinar. Disse Erah , tentando respirar com mais calma.

_ Acalmem-se gente. Estão deixando a pobre menina assustada. Disse Sowen, consolando Ágata.

_ Tudo bem, precisamos sair daqui se isso que nos atacou, encontrar as chaves estará tudo perdido. Disse resoluto

_ Para onde vamos? Perguntou Erah , olhando aflito.

_ Para o nosso abrigo na ilha de Jeju, lá temos as barreiras magicas temos que prepara-la para tudo que há de vir. Disse a olhando o mais ternamente que pude.

Pelos deuses, ela não estava preparada para aquilo, parecia que a qualquer momento ela iria desmaiar, e eu não queria vê-la assim.

Arrumamos tudo durante a tarde e a noite, deixamos a casa em ordem, arrumamos e o que precisávamos, Sowen foi com Ágata, no apartamento que ela morava e pegou as coisas dela, ela trouxe consigo somente uma mala média, e livros diversos, em sua maioria livros de contos, e tinha um em especifico que chamou a minha atenção, Era de contos de terror, e tinha uma capa maravilhosa. Entramos em dois carros para irmos ao aeroporto, comigo na frente e os outros atrás.

Entramos no estacionamento do aeroporto e guardamos nossos carros, pegamos o voo na parte da manhã e meio dia estávamos chegando ao aeroporto internacional de Jeju.

Chegamos a nossa Casa na ilha, estava tudo ajeitado, como pedimos para o caseiro, a casa estava linda e tinha aquela linhagem mais simples e rustica que eu particularmente amava.

Aquela sensação de paz voltou ao meu coração, mas eu tinha uma missão a cumprir, eu precisaria treina-la para que seus poderes aflorassem. Espero que consiga ser útil e que consigamos manter a paz no mundo.

Vamos seguindo em caminho da luz.

Continua.....


Notas Finais


Boa Leitura!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...