História Kill or die - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens D.O, Kai, Personagens Originais
Visualizações 15
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - One


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔

-Eu te vi andando de bicicleta- Diz Kai chegando perto de mim- Você é muito ruim nisso

-E quem disse que eu tenho uma bicicleta? - Digo olhando para o mesmo já sem paciência

- Grrr, vai se fuder arrombado- Diz saindo de perto de mim

-Ok ne- Digo focando no que eu estava fazendo antes

><><><><><><><><><><><><><><><><>

Você não deve estar entendendo nada não é mesmo? Pois bem, vamos começar com a minha historia primeiro esta bem?

Quando eu era mais novo, estava com minha mãe quando ela tirou a sua própria vida, foi a pior coisa que um filho pode ver, fiquei traumatizado e não sabia oque fazer

Aos meu 10 anos de idade, meu pai estava fervendo a água para a comida, e como queria sentir dor, coloquei minha mão direita na agua fervente.. Pois é, ficou uma marca na mão que esta até hoje; aos meus 13 anos meu pai me deu uma faca de caça, no começo comecei a matar animais, depois disso, comecei a matar pessoas, confesso que foi divertido, não vou falar os detalhes pois vocês não precisam saber .. Então, hoje, aos meu 17 anos, não parei de cometer assassinatos, pois é isso que me diverte


Kai On

Já que o Kyungsoo já falou a historia da vida dele, chegou a minha hora de contar para vocês a minha historia, quando eu pequeno, não gostava de brincar, apenas ficava olhando para o céu vendo as nuvens a passar e pensando na minha vida, como ela poderia ser no futuro... Esse era o tempo que Eu era normal

Alguns anos se passaram, minha mãe acabou que se divorciando do meu pai, todos os anos ele me manda cartas de feliz aniversário, eu... como era muito bobo, ficava feliz a cada carta que ele me mandava, ele ainda me manda cartas, mas eu tenho certeza que ele não se importa mais comigo, manda só para fingir o seu dever de pai... Isso, eu odeio, hoje, eu entrei em uma escola totalmente diferente da minha antiga, e como sempre, meu primeiro dia foi um fracasso como sempre vou contar como foi

Na escola...

-Você é novo aqui né? – Um garoto com cara fechada pergunta chegado perto de mim, eu havia chegado na escola nem fazia uns 5 minutos e já tem gente que me notou, aish

-Sim, por que? Algo de errado?- respondo olhando mais como ele era, baixinho, fofo, mas ao mesmo tempo com cara de psicopata

-Nenhum problema não- reponde o baixinho- meu nome é Kyungsoo, e o seu?

-Jongin, mas pode me chamar de Kai, poderia me dizer onde fica a sala 65?

-Claro, que por coincidência é a mesma que a minha- fala sorrindo, sorrindo muito, sorrindo ate demais?- Vem, eu irei te mostrar- diz indo em uma direção, logo eu segui o mesmo

Fomos ate a nossa sala, sentei do lado dele e logo começamos a conversar

-Então Kyungsoo, me conte mais sobre você- logo o seu sorriso foi embora

-Vire pra frente, logo vai bater pra aula começar- diz com uma voz grossa, e se virando para a frente

><><><><><><><><><><><><><><><

Bateu para o intervalo , eu e o Kyungsoo ficamos se falando por bilhetinhos, foi ate que legal, estava perdido naquela escola, não sabia onde era o refeitório, estava tentando achar o refeitório ou o Kyungsoo

Senti alguém encostar no meu ombro, virei para trás e vi Kyungsoo

- Que susto Soo, não faz mais isso- ele começou a rir, foi ai que eu percebi que havia uma mancha vermelha não muito grande em sua roupa, cor de sangue, ele não estava mais com o casaco escuro que o mesmo usava- Ow, oque é isso?- apontei para a mancha

-A-ah isso, foi o meu nariz- fala apontando para o nariz- As vezes ele começa a sangrar, dai começou a sangrar quando o intervalo começou e tive que ir ao banheiro

-Ah entendi, então, onde fica o refeitório?

-Vem eu te mostro

><><><><><><><><><><><><><>

Estávamos no meio da aula de física quando eu recebo um bilhete de Soo

“Topa sair depois da aula, so para a gente se conhecer melhor”

Olhei para ele e balancei a minha cabeça em afirmação, logo ele sorriu, aquele sorriso que parece como de um psicopata, aish Kai, esquece, ele é so seu migo, ele não é um psicopata

Estavamos indo em uma lanchonete, ficamos falando o caminho todo, assim a gente se conheceu melhor

Chegamos em uma lanchonete e sentamos em uma mesa, e uma garçonete nos atendeu

- Oque os rapazes vao querer?- perguntou já pegando o seu bloquinho e uma caneta

-Eu vou querer um café gelado, e você Soo?- perguntei largando o cardápio

-O mesmo- falou sorrindo para mim

-Irei trazer para vocês- Se curvou e saiu

-Amanha terá prova de Matemática, já que você é novo na escola, posso te ajudar a estudar, claro se você aceitar

-Não obrigado, eu estava aprendendo a mesma coisa na minha antiga escola

-Ok então...

Vi a mulher trazendo as nossas bebidas, mas algo aconteceu, a moça acabou, virando a bebida sem querer em Soo

-EI SUA VADIA, OLHA OQUE VOCÊ FEZ- grita atraindo vários olhares da lanchonete

-M-Me desculpe- falou pegando os guardanapos e tentando secar o Kyungsoo

-ISSO NÃO VAI AJUDAR EM NADA, ESTOU TODO SUJO E FEDENDO A CAFÉ- Fala se levantando e olhando com cara feia para a mulher

-P-Por favor, me desculpe- fala olhando para o chão

-OLHA PRA MIM QUANDO ESTIVER FALANDO COMIGO SUA VAGABUNDA- Falou dando um tapa na cabeça da garçonete

-Kyungsoo, pare, isso foi uma acidente- Falei indo para o seu lado e segurando o braço dele, mas ele é bem mais forte do que eu pensei, ele acabou me derrubando no chão fazendo com que eu batesse o braço na mesa- Aii- reclamei da dor

-K-Kai, me desculpe- Se agachou do meu lado e pegou no meu braço que eu bati, mas eu não deixei ele pegar então recuei meu braço e me levantei- Kai?

-E-Eu vou ter que ir, tchau Kyungsoo, a gente se ve amanha na aula- sai da lanchonete e fui para a casa com dor no meu braço esquerdo

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔▔








Notas Finais


Yey, quanto tempo n fazia uma fanfic :)

Ixperu q tenham paciência, pq n sei quando vou postar ou cap :/

Yey maix uma coisa

MARI TI AMU ( ela é minha Beta, ent preciso agradecer :3)

Vão ver as fanfics dessa maravilhosa, o perfil dela é: Cerejinha_24

Bjux d luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...