1. Spirit Fanfics >
  2. Killer Bunny - Doce Obsessão >
  3. "Murder on the loose"

História Killer Bunny - Doce Obsessão - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Nome do capítulo — Assassino a solta

☄Boa leitura❤

Capítulo 5 - "Murder on the loose"


Fanfic / Fanfiction Killer Bunny - Doce Obsessão - Capítulo 5 - "Murder on the loose"

Já em casa Sook esperava atentamente uma reportagem que seria exibida na TV em alguns minutos.

Jimin e Lisa já haviam chegado há poucos minutos , disseram a mais velha que tomariam um banho rápido e já deceriam para almoçar.

Sook estava sentada no sofá da grande e enorme sala , esperando a reportagem que iniciaria .

A mais velha pode ouvir passos descendo as escadas e logo Lisa e Jimin apareceram sorridentes na sala.

—Venham e assistam a essa reportagem comigo crianças— a mais velha pediu e sem recusar Jimin e Lisa se sentaram ao seu lado.

—“Boa Tarde a todos.

Hoje pela madrugada mais um corpo foi encontrado e pelo que tudo indica essa pessoa foi mais uma vítima de Killer Bunny que vem atacando a cidade de Seul. 

Killer Bunny agia somente em Seul , mais pelo que tudo indica o assasino fez sua nova vítima e está aqui em Busan . 

A polícia pede a todos os cidadãos de Busan que aparitr de hoje evitem andar sozinhos na rua e tomem bastante cuidado. 

Até agora a polícia não tem pistas do assasino .

Para mais notícias continue aqui ! —”


—Mentira cara …— Lisa se pronunciou — tem um assassino à solta . Só porque eu queria ir na boate mais o Jimin …


—Nem pensar ! Vocês não vão sair a noite ! E se aquele assassino aparecer por lá de novo!? — Sook disse um pouco brava — podem esquecer essa ideia !


—Eu nem queria ir mesmo …— Jimin sussurrou .


—Já que nao podemos sair…— Lisa se pronunciou — porque não fazemos uma festa do pijama ? Podemos chamar seu amigo Minnie, o que acha?


—Por mim tudo bem— Jimin se pronunciou e logo se levantou do sofá.


Durante o almoço os três riam alegremente. Era visível o quanto a presença de Lisa fazia bem a Jimin, e Sook só esbanjava seu melhor sorriso por ver Jimin tão contente .


Depois do almoço Jimin e Lisa insistiram em ajudar a mais velha a limpar a cozinha , mais a mesma disse que não precisaria de ajuda e que os mesmos poderiam descansar .


—Qualquer coisa estamos no quarto do Jimin — Lisa informou a mais velha que somente concordou.


—O que nos vamos fazer? —Jimin logo perguntou .


—Assistir um filme qualquer . Vem!—Lisa o respondeu logo puxando o mais novo em direção as escadas .


Assim que adentraram o quarto Lisa trancou a porta logo recebendo um olhar desentendido de Jimin .


—Porque trancou a porta?— Jimin questionou a mais velha que logo o respondeu .


—Precisamos conversar … — a mais velha disse indo em direção a cama e se sentando , logo sendo acompanhada por Jimin.


—Sobre o que ? — Jimin perguntou um pouco apreensivo .


Lisa respirou fundo logo tomando coragem para perguntar . A mais velha sabia o quanto esse assunto era delicado.


—A quanto tempo isso acontece ? — Jimin tombou a cabeça levemente pro lado mostrando desentendimento .


—O que? — Jimin perguntou desentendido, mais no fundo o mais novo sabia exatamente o que Lisa  queria dizer .


—A quanto tempo isso acontece … a quanto tempo ela te maltrata … a quanto tempo você sofre assim … ? — era visível o tom de tristeza na voz de Lisa , a mais velha se perguntava o porque de Jimin nunca ter contado a ela .


—Há muito tempo… — várias lembranças vieram com rapidez . Foi como uma “tortura psicológica”.


—E… porque nunca me contou?— Lisa tinha os olhos completamente marejados. “malditas lagrimasteimosas” a mais velha pensou . Naquele momento ela precisava ser forte , previsava ser forte por ele .


—E algo mudaria se eu lhe contasse ?— Jimin tinha toda razão. Absolutamente nada mudaria . Lisa se sentia tão inútil por não ter protegido Jimin como havia prometido na época que eram crianças.


—Me perdoa Minnie … — Lisa se pronunciou . Nesse momento as lagrimas descerem lentamente pelos olhos da mais velha .


—Pelo que ? — Jimin logo enxugou as lágrimas que só agora percebeu descerem pelo rosto — você não tem culpa por nada …


Aquele ponto Jimin já não aguentava mais . Diria tudo sem nem pensar na reação que a mais velha poderia ter . Fazia quase cinco anos que precisa desabafar .


—Quem lhe contou sobre o psicólogo? — Jimin a questionou fazendo a mais velha pensar por alguns segundos.


—Quando estávamos em uma reunião de família... — a mais velha parecia tentar lembrar do ocorrido — eu estava super ansiosa , naquele dia eu havia ganhado um estojo de maquiagem e adivinha … queria maquiar você — Lisa disse dando uma leve risada — lembro que a Hyuna perguntou sobre vocês e … minha mãe disse que não viriam e no mesmo momento eu perguntei a ela porque e ela disse pra eu ir pro meu quarto brincar , então eu sai da sala mais , acabei me escondendo na porta . Minha mãe disse que descobriram problemas graves com você e que... você não viria na reunião da família porque iria ao psicólogo.


—Nunca te contaram o motivo de todas as consultas e remédios?— Jimin a questionou e a mais velha balançou a cabeça em sinal negativo— eu tinha doze ou treze anos … quando meu pai abusou de mim …


Era tudo tão... chocante . A cada palavra Lisa sentia que o mundo desabaria . “Como ele pode !? ” era tudo que ela se perguntava . “Como eles poderam!?”.


Lisa tinha uma das mãos tampando sua boca . A mais velha estava chocada , as lágrimas desciam lentamente enquanto pequenos soluços saiam de sua boca . Jimin não estava diferente .


—Porque você nunca contou pra ninguém? Porque nunca denunciou ele Jimin? — Lisa o questionou com lagrimas nos olhos mesmo já sabendo a resposta que viria .


—Não é fácil contar … ele sempre me ameaçou... quem acreditaria em mim? Diriam que eu estou fazendo drama ou que simplesmente quero chamar a atenção.


Com o poder que seu pai possuía, ninguém acreditaria que um homem nobre como ele faria tal atrocidade .


O problema era maior do que Lisa pensava .


Lisa limpou as lágrimas teimosas que insistiam em cair e rapidamente abraçou Jimin. Logo soluços altos foram ouvidos do dois . Jimin e Lisa choravam .




Agora ela tinha certeza que não poderia deixá-lo .




Agora ela tinha certeza que ele precisava de ajuda .



Os dois se separaram do abraço. Jimin enxugava as lágrimas que insistiam em cair .


—Nunca mais vou te deixar … —Lisa disse logo se levantando — liga pro Taehyung pra ele vir logo . Eu vou tomar um banho ok?


—Ok — Jimin respondeu a mesma logo se levantando também — vou tomar um banho . Você pede pra Sook fazer alguma coisa pra nós comermos antes que ela vá embora — Jimin disse indo em direção ao closet procurar por uma peça de roupa.


Jimin podia sentir uma alívio percorrer por todo o corpo. Quem diria que desabafar o faria tão bem . Apesar de ser difícil relembrar tudo isso , Jimin se sentiu bem em contar tudo , era como se um peso disse tirado de suas costas .



[...]



Um pouco mais tarde depois da conversa de Jimin e Lisa haviam tido , Sook informou que seus patrões não dormiria em casa hoje pois teriam compromissos em Seul.


“Tranque todas as portas e janelas !” a mais velha havia antes de se despedir dos mais jovens , e com pesar deixou os mesmos sozinhos em casa , mais nao poderia ficar pois seu marido a esperava em casa .


Meia hora depois de Sook ir embora , Taehyung havia chegado e completado o trio.


—Que filme vamos assistir ? — Lisa perguntou enquanto pegava o controle da enorme TV .


—Não sei…— Jimin disse enquanto se sentava ao lado de Taehyung .


—Vamos de comédia! — Lisa disse escolhendo um filme— me deem espaço ! — Lisa disse se aconchegando junto aos dois .


Risadas e mais risadas.


O único barulho que se ouvia na casa. Jimin bem se lembrava da última vez que havia se divertido tanto. Se sentia tao bem na presença de Lisa e Taehyung .


[…]


O relógio marcava três e quize da manhã. Jimin levantou com dificuldade já que Lisa e Taehyung dormiam em sua cama.


Procurou por seu celular logo o encontrando no criado—mudo .


Abriu a porta de seu quarto vendo o enorme corredor que levava as escadas completamente escuro. Ligou a lanterna de seu celular o que não melhorou muito sua visão.


Jimin desceu as escadas logo chegando na cozinha. Abriu a porta da geladeira logo tirando uma jarra com água e a colocando em cima do balcão de mármore que havia na cozinha .


Ouviu o barulho de novas mensagens do celular e logo estremeceu .


Quem estaria lhe mandando mensagens a essa hora ? Jimin se perguntava .


Pegou o celular o desbloqueando .


Ah amor...já lhe disse como você fica bonito nesse pijama? 



Como ele sabia que eu estava acordado ?Como sabia que eu estava de pijama?


Olhei pela cozinha a procura de algo mais meu corpo estremeceu assim que meu olhar se encontrou as portas de vidro que davam acesso ao Jardim.


Havia um homem alto com uma máscara de coelho no outro lado da porta . O homem tinha a cabeça tombada pro lado enquanto me encarava .



Merda...




Tentei correr mais meu corpo não  obedecia .



Eu estava paralisado.




Isso só pode ser brincadeira.




O coelho puxou a porta que rapidamente deslizou para o lado . Em passos lentos foi se aproximando.



Merda…



—Jimin? — ouvi passos decendo as escadas .


Rapidamente vírei na direção escadas . Lisa esfregava os olhos com uma de suas mãos.


Olhei novamente na direção da porta .


Ele não estava mais ali…



—O que você tá fazendo acordado Minnie? — a mesma perguntou logo se aproximando .


—E–eu … — como ele saiu tão rápido!?



—Tá tudo bem Jimin? Até parece que você viu um fantasma— ela logo perguntou dando uma leve risada —Jimin?



Agora eu tenho certeza … isso não é uma brincadeira .



—Lisa… — Minha voz saiu como um sussurro.


Notas Finais


Os próximos capítulos prometem hem! Kkk

Me digam ... gostaram do quase primeiro encontro de Killer Bunny e Jimin?


Comentem por favorzinho!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...