1. Spirit Fanfics >
  2. Killer Girls >
  3. .party 16;i Love you

História Killer Girls - Capítulo 16


Escrita por: e ultimaty


Notas do Autor


"2 help-me!"

Desculpe pelos erros ortográficos ou algo do tipo,não estou revisando a fanfic,mas prometo que consertarei quando revisar.

𝗔𝘃𝗶𝘀𝗼:este capítulo contém conteúdo inapropriado para menores de 18 anos,esse conteúdo contem,palavrões e etc,se você não se sente confortável com esse tipo de conteúdo, por favor não lê❤.

Narrado por :𝑬𝒗𝒆𝒍𝒍𝒚🥀
By: @ultimaty
{... }

Capítulo 16 - .party 16;i Love you


Fanfic / Fanfiction Killer Girls - Capítulo 16 - .party 16;i Love you

Eu sempre te amei.
Eu sempre irei te amar.
Oh garota.

       Eu sempre quis fazer o certo,mas não seria eu,matar se tornou um trabalho  para mim,não algo prazeroso,é sim digamos  justo.

O países que eu vivi.
Não  deram justiça.

Eu já me apaixonei,já me magoei já vivi vários dias chorando ou rindo.

Eu já pensei que talvez a vida poderia me da uma chance,mas a única coisa que se torna a resposta é minha morte.

-E senhorita,precisamos ter outra  sessão  amanhã-fala a mulher anotando tudo  sentando na cadeira com seus óculos.

-Falta 3 minutos caralho,eu não vi aqui para..-fui interrompida,a mesma se levantou na cadeira pegando sua bolsa,é saindo da sala me deixando sozinha.

Bufo  entediada,sianso em direção a minha casa,ligo para uum dos motoristas do meu irmão vi me busca,e o mesmo veio,e me leva para casa.

Quando chego em casa,já tinha tirado meu sapato e procurei  o Tom  mas o não achei,fui em direção  a cozinha que era o único lugar que eu ainda não havia procurado até achar Jeff cozinhando e cantarolando "I Love you,baby,baby oh Baby..oh Evelly"quando ele parou de cantar,eu percebi o meu nome na música,eu já ouvi a aquela música,mas nunca havia ouvido meu nome nela.

-Merda,merda-o mesmo tira o fone de ouvido,e pega a panela queimada,após colocá-la na água,na pia,o mesmo percebe minha presença, vira e olha para mim assustado.

-Você tava aí?- ele falou parecia com medo.

-Sim-falei se aproximando  o mesmo engole  seco,eu cheguei perto do ouvido do mesmo-oh baby..Evelly-falei mordendo meus lábios inferiores,seus olhos azulados me despertaram algo,maravilhosos,eu senti minha "barriga com borboletas",meu coração  bater cada vez mais forte,aquilo era amor?,eu nunca senti algo tão forte quanto,eu gostava de sentir,ele me despertava vida,me despertava alegria e desejo.

-Evelly..olha desculpa-o mesmo foi parado por mim,sim eu havia o beijado,o mesmo arregalou os olhos,e depois eu parei o mesmo olhava em meus olhos,seu olhar era apaixonante,o mesmo sorriu.

- Que porra é essa?-fala Tom com Malu atrás,a mesma tava dançando funk,sei lá a doida tava balançando a raba.

-Nada-eu falei-acha mesmo que eu ia beijar ele?nunca na minha vida,só tava vendo se ele beija bem,testei ele beijar ruim-eu falei um desespero  em terno surgiu dentro de mim,mas após o Jeff me olhar triste eu quis morrer logo ali,MERDA CARALHO só faço  MERDA,o mesmo saiu ,é nisso só me deixou Tom e Malu.

-O que é?-falei os olhando.

-To gosta dele..- ele falou.

-É com certeza  tu gosta-falou Malu.

Eu sair,la correndo,tem quando você fala algo ai percebe que falou merda,foi oque eu sentir.

Além de que o mesmo não desceu para o jantar,fiquei preocupada ele não apareceu a noite inteira,hoje era para ser um dia de paz,já que o "desconhecido" ou "Killer Boy" não mandou mais mensagens,eu o bloqueei também...

A Única coisa que queria era dormir,mas minha consciência  eu meu coração não deixavam,eu o amava,mas como?conheci ele a 2 meses,mas parecia  anos..

Eu então sair do meu quarto sem fazer barulho,percebi que a porta do mesmo tava aberta,Ele tava se arrumando,o mesmo tava sentando de costa para direção que eu entrei ele sussurrava algo,que fizeram  meu coração  bater mais e mais forte.

-Evelly...eu sempre te amei,eu te amo..Eu vim por você.. -o mesmo sussurou,o mesmo chorou,meu coração deu uma apertada.

-Jeff...- eu falei,o mesmo se virou para mim,seus olhos estavam vermelhos de tanto chorar,eu segurei o rosto do mesmo é o beijei,sim o beijei,Joguei o mesmo  na cama dele,é subi em cima dele e continuei  o beijando,senti suas mãos  nos meus cabelos,eu continuei o beijando até eu parar-Me desculpa..eu só não queria que eles achassem isso,.Mas é Jeff eu tou apaixonada por você,esse sentimento é estranho para mim,por que parece que eu te amo a muito tempo?-perguntei olhando para ele,seus lábios se juntaram com meu novamente,eu forçava minha intimidade com a dele que estava em uma calça que tava perto de rasga,eu o pressionava,o mesmo para de me beijar,e começa a rir.

-Você  apaixonada por mim ?isso é um sonho,eu sempre te amei,e sempre irei te amar Minha querida Evelly-ele falou me beijando,é logo me fez lembrar,era ele...ele que me mandava as cartinhas de amor?

Doce,Evelly.
Seu sorriso me faz lembrar..de tantas coisas boas,por que você chora,eu não entendo.
Eu sempre te amei,e sempre irei te amar.
Minha querida Evelly.

Essa carta, ela contia uma foto de olhos azuis,eu guardo ela e  a foto,com todo meu coração,eu a recebi com os meus 15 ou 16,anos,antes de ser famosa,antes de tudo ser por dinheiro,antes de tudo ser um inferno..

Eu a guardo pois ela me lembra,meu amor verdadeiro,é sim era...

Era Jeff..

Eu sabia que reconhecia aqueles olhos azuis...ele eram únicos.. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...