História Killer Queen - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Luke Hemmings
Tags Assassinato, Conflito, Drama, Luke Hemmings, Romance, Traição
Visualizações 4
Palavras 908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 9 - Capitulo 9


E nos segundos seguintes Luke conseguiu me deixar furiosa e decepcionada, o conhecia bem o suficiente para saber que ele me escondia algo o seu olhar não foi de surpresa ou decepção e sim de culpa.

- Você sabia, não sabia? – pergunto com os olhos embaçados

- sim, já faz algum tempo – me olha com arrependimento

- Quanto tempo?

- Descobri um pouco antes de você me deixar

Quando ele termina de falar eu soco seu peito com raiva, por que ele não me disse? Luke era a única pessoa que pensei não estar envolvido nessa sujeira.

- Escuta eu ia te contar,ia mesmo,mas você foi embora antes deu ter a oportunidade – ele fala enquanto segura meus pulsos

- Eu vim ate aqui para salvar a sua vida, e é isso que vou fazer, mas depois disso acabou Luke- fala e saio em direção ao carro dele- As chaves- fala pra ele

- Não vou deixar você dirigir meu bebê- ele diz como se fosse um absurdo

- Cala a boca e da a merda dessa chave – falo sem paciência

- Só não acaba com ele

Entramos no carro e dou partida indo em direção a sua mansão o que eu achava exagerado para uma pessoa só. Passamos pela porta e la dentro eu percebo o quão só ele era,percebi pelas paredes vazias e as garrafas vazias espalhadas pelo tapete, mesa e chão. Luke passou reto e subiu as escadas e logo em seguida fiz o mesmo.

- Luke, sua casa sempre foi assim? –pergunto ao me sentar na sua cama bagunçada

- Sinceramente? – me pergunta e eu concordo com a cabeça – Só depois que você me deixou, sabe katherine eu contratei um detetive particular pra te achar,mas parece que você realmente é ótima em desaparecer – diz  enquanto faz a sua mala

- Eu mudei de nome, nunca me acharia- falo enquanto olho para sua prateleira empoeirada, Luke não era mais o garoto de 18 anos,mas suas coisas ainda era um pouco parecidas com as do seu antigo quarto de quando tinha 18

- Por que me deixou? – agora ele mantinha seus olhos em mim e eu fugia deles

- Por que não era seguro e ainda não é

- Eu não quero passar a minha vida fugindo de um segredo dos nossos pais,mas katherine se for pra ficar com você e não me importo de fugir,não se for ao seu lado – ele fala e vem em minha direção,chega perto do meu pescoço e deposita um leve beijo

-Nos podemos morrer e prefiro passar vida fugindo do que saber que por estar comigo você pode morrer e ter que andar olhando por trás dos ombros,Luke você merece mais do que isso – falo olhando em seus belos olhos azuis

- katherine,não importa a onde você esteja você sempre volta por mim e eu sei que sempre vai voltar, ta na hora de e aceitar a verdade- tento desviar os olhos mas ele segura meu rosto me forçando o olhar nos olhos – Nós nos amamos demais e não podemos ficar separados, já que vamos viver fugindo vamos fugir juntos porra!

- Ta que se foda, você ta certo,mas não se acostuma com isso – falo e o vejo dar um sorrisinho convencido

- Te amo Katherine Weston te amo, te amo, te amo- diz enquanto me gira no ar

- Também te amo Luke,mas temos que sair daqui logo

- Você sabe como acabar com o clima em – ele fala e eu dou risada

- Me fala a onde você sempre quis ir – falo quando ele volta a arrumar a mala

- Espanha, por quê?

- Porque é pra la que vamos – respondo a pergunta logo recebendo um olhar surpreso

- ótima idéia então. Já terminei de arrumar a mala – fala colocando a mala ao seu lado

Passaram-se dois dias e já estávamos em Madri, estamos escondidos, mas isso não me impedia de tentar descobrir o que realmente estava acontecendo. Luke dormia tranquilamente ao me lado na cama, enquanto eu não tinha conseguido pregar o olho desde que chegamos. Cansada de rolar na cama vou ate a sacada do quarto e acendo um cigarro, havia pegado o habito de fumar desde que fugi e me tornei Isobel.

- Katherine o que ta acontecendo com você- Luke pergunta com a voz rouca o que me faz arrepiar

- Nada Luke, volta a dormir- falo de costas pra ele

- você acha que não notei que ate agora você não teve uma noite decente de sono? Fala-me o que esta tirando o seu sono – ele insiste

- Luke você acha que eu teria sido uma boa mãe? Se eu não tivesse perdido a Melanie – pergunto com um tom triste

- Nos dois teríamos sidos átimos pais e muito babões também – fala enquanto me abraçando – mas Katherine, você tem que seguir em frente, eu também penso nela toda noite, mas eu penso que talvez tenhamos outra chance se você quiser tenta – me olha de forma maliciosa e eu dou uma risada,Luke sabia como me deixar animada.

Um mês depois da formatura eu descobri que estava grávida,mas quando resolvemos contar para os pais do Luke o pai dele surtou e acabou me empurrando quando estávamos perto da escada e acabei caindo e perdendo o bebê isso acabou nos deixando arrasado e eu resolvi ir embora .Pensar naquilo me dava um aperto no peito,então choro baixinho nos braços de Luke ate eu conseguir pegar no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...