História Kim seokjin - casamento arranjado - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Seokjin (Jin)
Visualizações 17
Palavras 1.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Episodio 4


apos o mesmo sair do quarto , vou me direção ao closet e coloco uma roupa confortavel porem apresentavel

desci  e jin estava sentado na sala de estar , com um olhar nada bom

jin ; pode me explicar isso 

disse com meu celular na mão

mi - mesmo que eu sinta que não devo , esse é meu amigo da epoca de escola suho 

jin ; não me pareciam ser amigos

mi - jin , ele era meu ficante e foi meu primeiro amor , nunca fui de namorar e depois de um tempo cansei dele , mas conversamos ainda 

jin ; ele literalmente pede pra te comer 

mi - como fala assim comigo

jin ; VOCÊ É MINHA ESPOSA E FARA COMO EU QUISER 

mi - igual meu pai - digo assim saindo correndo para o quarto novamente

fiquei um tempo pensando e mandei mensagens a suho

vou me encontrar com ele

 autora on

logo mi-cha entra no banheiro deixando  a banheira se encher por completo 

a mesma retira suas roupas e entra na banheira relaxando por uns segundos mas sendo retirada de sua paz com seokjin , entrando no banheiro 

jin ; precisamos conversar 

mi - estou tomando banho

jin ; pelo amor de deus , esta completamente coberta até o pescoço por espuma 

mi - tudo bem , mas seja breve

jin ; me desculpe pelo ocorrido na sala 

mi - pedir desculpas é facil

jin ; eu só não quero que isso termine 

mi - isso o que 

diz mi-cha com sensações estranhas em seu peito

jin ; pensava que o amor era perda de tempo , mas , com você aqui em casa , a vida esta mais agitada e eu amei isso , quer dizer , faz tempo que não me sinto solitario e pensar em você saindo dessa casa pra viver com algum homem , ja que o contrato sera desfeito em poucos dias , me deixa furioso 

mi - jin , eu não pretendo sair dessa casa ja que esta no nosso nome , quem vai embora é você

jin ; vai me mandar embora 

mi - brincadeira - disse mi-cha rindo de seu companheiro 

jin ; sua pestinha 

seokjin ao tentar apertar as bochechas de mi-cha acabou sendo puxado para a banheira onde a mesma se encontrava 

eles estavam com os rostos proximos

mi-cha , nesse momento , sentiu uma coisa diferente de tudo que ja havia sentido em sua vida 

seokjin , sentia como se fosse desmaiar , mas não sabia o porque 

mi-cha on

seokjin e eu estavamos proximos demais 

ele estava todo molhado e sua blusa branca logo se torna transparente 

jin ; de-de-des-culpa-pa

mi - t-tud-o-o be-bem 

jin estava perfeitamente encaixado sobre meu corpo 

jin ; mi-cha 

mi - oi

logo jin me beija

como era doce , esse beijo , era viciante 

logo foi esquentando e eu então o paro

mi - seokjin , é melhor sair para eu me secar , assim podera tomar seu banho 

logo o mesmo sai sem graça e eu termino meu banho

sai de toalha para o quarto e o mesmo estava la e logo entra 

me sentei na cama mexendo no celular e perdi a noção de tempo

logo vejo jin , saindo do banheiro apenas de toalha 

jin - desculpa

meu deus

QUE HOMEM 

mi - tu-tudo be-m 

jin ; porque esta vermelha 

mi - por nada

logo ele percebe meu constrangimento e chega mais perto

senti uma vontade imensa de beijar ele 

mi - jin 

jin ; diga

mi - desculpa

nessa hora eu , me levantei da cama e o beijei segurando em seu pescoço

ele com delicadeza durante o beijo ,me deita sobre a cama

ele passava suas mãos por cada centimetro de meu corpo

dando beijos em meu pescoço 

mi - jinie

jin ; vai querer que eu pare de novo 

disse passando dois de deus dedos por minha intimidade 

mi - a -an po-rta jinie

jin - niguém vai ver

mi - eu t-e ma-ato

o mesmo começa a aumentar seus movimentos de vai e vem sobre minha intimidade 

quando eu estava prestes a gozar 

a porra da campainha toca

jin ; droga

disse saindo de cima de mim

mi - mas que saco

jin ;vou me trocar

mi - pelo menos paramos 

jin ; porque pelo menos

mi - isso foi errado

jin ; assim como na praia

disse saindo do quarto

coloquei uma roupa e desci

jin ; são seus pais e os meus 

nos sentamos todos juntos a mesa 

e assinamos os papeis de que nossa união poderia ser desfeita a qualquer momento 

todos foram embora e meus pais novamente armaram briga

quebra de tempo

estava cansada apos o dia de hoje 

deitei na cama apenas de lingerie apos um longo e relaxante banho 

apos um tempo jin chega ao quarto e coloca seu pijama 

mi - esqueci que não durmo mais sozinha 

jin ; porque 

nesse momento me levanto para ir colocar ao menos uma blusa por cima 

mas jin me puxa pelo braço

jin . vamos terminar o que começamos mais cedo 

mi - ja disse que foi um erro

jin ; acha mesmo - disse jin me jogando na cama , ficando por cima 

mi - sim

jin ; eu acho que não

nesse momento ele começa movimentos por cima da calcinha 

me fazendo delirar de prazer e desejo

jin ; vai mesmo fingir que não quer

mi - cre-ti-n-no

apos um tempo as coisas esquentam e quando menos percebo

jin ja estava apenas de roupa intima

subi em seu colo e comecei a rebolar

depois de varias provocaçoes por ambos

finalmente estavamos nus e jin por cima de mim

jin ; essa vai ser sua segunda vez , vou com cuidado 

ele coloca mas por incrivel que pareça 

estava totalmente relaxada e calma 

logo gozamos juntos e jin se deita a meu lado

jin ; esta tudo bem 

mi - sim , mas , não sei se devo falar

jin ; acabou esquecendo completamente ne

mi - que

jin -seu amiguinho

mi- MERDA

jin- eu avisei ele que não poderia ir, mas diga , trnho certeza que fui melhor na cama certo

mi - como

jin ; se queria transar não tinha que ir atras de macho na rua

mi - não estou entendendo 

jin ;to dizendo que se quiser dar , tem homem em casa , ir atras de qualquer um na rua so pra me irritar , a nada levara

mi - uau , foi um jogo então né

digo colocando uma roupa e minha bolsa enfiando celuar e saindo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...