História Kim Taehyung - Minha máfia... Meu império... - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Jay Park
Personagens Jackson, Jay Park, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sehun, Suho, Taeyang
Visualizações 22
Palavras 1.835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Okay, depois de uns 2 meses eu voltei. Bom, se vocês acompanham minhas outras fanfics, já devem saber que a escola está exigindo muito dos alunos e que não seria diferente comigo.
Caso você não acompanhe vou explicar agora.
Bem, as aulas voltaram e meu tempo que nas férias já estava curto, agora está bem mais. Então estou tentando postar um ou dois capítulo a cada mês. Caso eu não consiga é porque estou atarefada.
Okay, sei que eu sumi por uns 2 meses e que esse não vai ser o melhor capítulo do mundo, mas juro que vou recompensar vocês.

Boa leitura ❤️ Espero que gostem amores.

Capítulo 21 - It's endless, even if I try to run away.


Fanfic / Fanfiction Kim Taehyung - Minha máfia... Meu império... - Capítulo 21 - It's endless, even if I try to run away.

Anteriormente

T: Isso está estranho! Muito estranho. -disse ofegante por estar correndo.- Primeiro essas aulas que não tem motivo algum, depois esse professor que não faz nada e ainda fuma. O que estão querendo fazer?

…………..

-Pode deixar. Tchau. -disse beijando a mesma.-

Acho que isso merece um 3 não é mesmo?

Isa: Filho da mãe.

………

JC: Faz sim, nem vem. -disse desligando o fogo vindo em minha direção.- Eu sinto falta de quando nós líamos juntos. Era legal!

-Nós podemos fazer isso hoje!

JC: Tipo agora?! -disse animado.- Como antigamente?

-Sim! -respondi também animada.-

JC: Espere um minuto, vou pegar besteiras, igual como antigamente.

………….

JC: Ei?! -disse passando a mão em frente ao rosto da garota.- Sonhando acordada? -riu após perceber que o chocolate que sua irmã comia havia caído de sua mão.-

-Aish Jack! -disse rindo envergonhada.- Estava apenas pensando.

JC: Precisando de ajuda com algo?

-Na verdade, eu preciso sim.

JC: Pode falar. -se senta ao lado da irmã, os cobrindo com a manta que antes estava no chão.- Sabe que sou confiável.

-Sei sim. -disse ajeitando a manda em seu colo.- Bem… é que, eu gosto de um garoto…

JC: Taehyung?

-O que? -aparentou surpresa ao ver seu irmão falar o nome do garoto que a fazia perder horas de seu sono pensando no mesmo.- Como sabe?

JC: Eu te conheço bem! -colocou um salgadinho na boca após sua fala.- Acha que não notei os olhares que vocês trocam. Ah, e esses dias mesmo eu o vi na portaria de nosso condomínio.

-Ue. O que Tae queria? -questionou.-

JC: Eu não sei, provavelmente queria falar com você, mas provavelmente você não estava em casa. Era a semana que você tinha tirado para conversar com os hackers.

-Ah -engoliu em seco após se lembrar do Jay.-

JC: A propósito, descobriram algo?

-Aish. -praguejou.- O pior é que não descobrimos nada. Nem uma única pista.

……………

-Oi Tae. -disse após entrar em seu carro, vendo o mesmo me roubar um selinho.-

T: 2 á 1 pra mim.

- O que? -disse indignada.- Mas ousadia!

T: -riu- Okay, estamos brincando mas agora o assunto é sério. Temos que falar com o Park.

-Certo. Então… Vamos?

T: Vamos!


"Fique longe longe de mim

Fique longe de mim"


*Atualmente*


Kim Isabel Yang on

Eu e Taehyung não falamos nada o caminho inteiro, cada um estava com seus pensamentos individuais, e pelo jeito nenhum de nós queríamos compartilha-los.


T: É, chegamos. -disse enquanto estacionava o carro em uma das ruas próximas ao prédio.

-Quer que eu ligue para o Jimin?!

T: Não, eu já conversei com ele sobre isso.


Flashback Kim Taehyung on

-Jimin, seu irmão está querendo falar comigo dizendo que tem notícias de Namjoon. -dizia para o mais baixo o levando para um local longe dos outros.- Sabe o que ele quer?

JM: Meu irmão? -pareceu surpreso.- Eu nem sabia que ele estava na cidade.

- Seu irmão disse que tem informações sobre Namjoon…

JM: O que? Mas como? -pareceu apreensivo.- Ele não estava na cidade a mais de 3 meses.

-Pois bem,mas ele sabia meu número de telefone e meu nome,tanto que me ligou. Mas a pergunta é como ele tem todas essas informações?

JM: Tome cuidado com meu irmão Tae. Não confie nele.

-O que quer dizer com isso Jimin?

JM: não acredite em tudo o que ele diz, vá a fundo, questione. Ele até pode dar a palavra dele,mas ainda assim não confie nele. -suspirou.- Se você quiser eu posso ir com você.

-Sério?!

JM: Sim, já que Chanyeol marcou em meu apartamento…

-Obrigado Jimin. -sorriu para o mais velho.- Eu irei buscar Yang e logo depois passo em frente a loja de conveniência perto de sua casa. Assim vamos nós três.

JM: Certo. Então já vou indo. -falou Jimin ajeitando a mochila em suas costas.

Flashback Kim  Taehyung off


-Vai buscar Jimin agora? -perguntou.

TH:Não. Ouve uma mudança de planos. Jimin nos esperará na portaria. -respirou fundo.- Espero que dê tudo certo.

-Vai sim Taeh. -sorriu.- Acredite.


Saímos do carro indo em direção a portaria do prédio, logo vendo Jimin sentando no sofá em frente a mesa do porteiro.


-Boa tarde Taehyung. -sorriu para o garoto a sua frente.- Vejo que trouxe sua namorada! Fico feliz que tenha ficado com quem você ama.

TH: Õh. -coçou a nuca.- Na verdade, nós…

-Obrigado. -sorriu.- Estamos muito felizes juntos.

JM: Odeio ficar de vela. -riu fofo.- Sei que eles acabaram de chegar mas precisamos ir agora. -falou em direção ao porteiro.

-Claro Jimin! -sorriu.- Tenham uma boa tarde! -desejou o porteiro.-

-Ao senhor também. -disse.


"Algo, por favor, me salve

Por favor, me salve"


JM: Não entendo como meu irmão conseguiu informações de Namjoon! -praguejou irritado, mas ao mesmo tempo pôde-se perceber a tristeza em sua voz.- Sabe, eu e Chanyeol não nos damos muito bem.

TH: Creio que vocês ainda podem se resolver. -disse olhando para seu reflexo no espelho do elevador.- Irmãos são assim, brigam mas logo se resolvem.

JM: Eu e Chanyeol não somos assim. -suspirou.- Infelizmente eu e meu irmão nunca nos demos muito bem. Chanyeol sempre foi muito interesseiro, mentia para conseguir o que queria. -olhou para os dois a sua frente.- Por isso peço a vocês que não coloquem o seu emocional em jogo. Sei que é difícil, mas Chanyeol sabe manipular muito bem quando quer e eu não duvido nada que essa seja mais uma de suas mentiras.

-Mas você tem alguma noção de como ele ficou sabendo de Namjoon?

JM: Pior que eu não faço a mínima ideia. -falou baixo.- Ele nunca se meteu com máfias ou algo do tipo, mas se alguma máfia sequestrou Namjoon, ele deve estar metido nisso.


"É interminável, mesmo se eu tentar fugir

Eu caí em uma mentira"



Em um galpão…

-EU NÃO VOU REPETIR NOVAMENTE! -gritou.- CALE A PORRA DA BOCA ANTES QUE EU PERCA A PACIÊNCIA! -apontou a arma para a cabeça de Namjoon.

-Atira! -falou Namjoon com certo rancor.- Me mate! - aproximou sua cabeça da arma.- ATIRE! -após gritar, Namjoon começou a rir.- Não pode me matar não é? -riu novamente.- Eu devo estar com um preço muito alto, não?

-Cale a boca seu desgraçado! -falou entre dentes.

-Não. -riu.- Enquanto não puder me matar, eu não vou calar a boca. Eu sei do que seu povinho precisa! É de um novo chefe para a máfia não é?! -falou sarcástico.- Ah é… quem matou ele mesmo? -sorriu.- Fui eu. Euzinho.

-CALE A BOCA! -disse apertando as bochechas de namjoon.- Se não calar a boca agora eu juro que meto uma bala na sua cabeça!

-Vai! -desafiou.- Está esperando o quê?

O rapaz apontou a arma para a cabeça de Namjoon. Ele iria atirar se não fosse por seu colega entrando no galpão.

-Que isso? -gritou.- Tá ficando maluco cara?! Precisamos dele vivo se quisermos Taehyung para nos liderar.

-Pois saibam que Taehyung nunca vai liderar vocês seus bandos de imprestáveis! -rangeu Namjoon.- Ao contrário de vocês ele preza por vidas inocentes!

-Acha que ele vai prezar a sua após saber o que você fez? -riu, fazendo Namjoon questionar a si próprio.- Caro Namjoon… -falava lentamente enquanto rodeava o mesmo.- Espere até Taehyung saber que foi você quem matou o- -foi cortado por Namjoon.

-PARE! -gritou.- CHEGA!

-Vamos sair da qui Max, ele não vale a nossa paciência. -falou já perto da porta de saída.

-Finalmente resolveu me escutar. -respondeu.- Ah, -começou a dizer antes de sair.- Já que você foi um garotinho mau, ficará sem comida pelo resto do dia. -disse saindo após trancar a porta.

-Eu vou conseguir sair da qui. -sussurrou para si mesmo.- Custe o que custar!


O que Max e Peter não esperavam, era que Namjoon havia pegado um dos cacos de vidro, após Max ter quebrado uma garrafa na cabeça de Namjoon. Agora o mesmo tentava cortar as cordas a todo custo.


"Pego em uma mentira

Por favor, encontre o eu que era inocente

Eu não consigo fugir de dentro dessa mentira

Por favor, devolva o meu sorriso"


Flashback Kim Namjoon on

Jk: Ah Namjoon eu vou me vingar de você… -disse com um sorriso malicioso no rosto.

NJ: me fudi legal! -falou rindo, mas era de nervoso.

JK: O senhor Kim Namjoon vai ter que fazer um mini showzinho até ficar só de cueca.

"Me lembro que eu havia ficado sem reação. Taehyung, Jungkook, Yoongi, Isabel, Yumi, Jimin, Jin e Sarah começaram a rir de mim... Eu sinto tanta falta da época que começamos a ser amigos…" -pensou Namjoon.

NJ: JEON JUNGKOOK! -gritou indignado.

Jk: Eu disse que iria me vingar por você ter feito eu correr de cueca na rua!

Isa: Você fez o que? -começou a rir desesperadamente, sendo acompanhada de Yumi e Sarah.

"Yang saiu do lado de Taehyung e começou a ter um ataque de risos. Também sinto falta de suas risadas…" -pensou.

Yang: EU VOU MORRER DE RIR SOCORRO!- disse em meio aos risos, quase morrendo sem ar.-

Tae: calma flor. -disse puxando a mesma para seu lado novamente.

"Me lembro também que quando comecei a dançar Sarah quase explodiu de tão vermelha que ficou. Eu não estava tão diferente, afinal haviam três garotas na roda, e essas três garotas eram minhas melhores amigas. Lembro-me também dos gritos das três ao ver que só faltava a cueca... Não era para menos, todos nós havíamos bebido além da conta naquela noite."

Yumi: TIRA TIRA TIRA! -gritou Yumi, sendo acompanhada de Yang e Sarah.

Yang: Vai Nam. -pediu.- É rapidinho!

Sarah: amanhã você nem vai se lembrar disso… -falou manhosa.

"Quem diria que eu lembraria… Aliás, que todos lembrariam."

Flashback Kim Namjoon off


-Eu vou sair da qui… -sussurrou voltando a tentar cortar as cordas.


"Pego em uma mentira

Liberte-me desse inferno

Eu não consigo escapar desse sofrimento

Por favor, salve o eu que está sendo punido"


Isso não é um lugar para espíritos fracos.



Já no apartamento onde Chanyeol estava…

-E então. Onde está Namjoon?! -perguntou Taehyung um pouco irritado, já que Chanyeol ficava enrolando e nunca tocava no assunto.

-Bom -começou.- Já que vocês querem tanto saber… -pigarreou.- Á uma hora dessas Namjoon já deve estar morto.

Isabel cuspiu a água que tomava no chão.

-Uouuou eu só estava brincando. -falou pegando um pano para limpar a sujeira que a garota havia feito.

Isabel rangeu os dentes já irritada. O garoto já estava irritando a todos.

-Pare de enrolar Park! -falou o irmão mais novo.- Fale logo o que sabe sobre Namjoon e logo acabaremos com isso o quanto antes!

-Acha que minhas informações são fáceis assim, irmãozinho? -falou a última palavra em tom de ironia.- Pois bem, eu sei onde Namjoon está, mas não faço a mínima ideia de onde esse lugar fica e de quem o sequestrou.

-O que? -falou Isabel irritada.- Então como você sabe do lugar? Como podemos confiar em você?!

-Mas quantas perguntas. -negou com a cabeça.- Muitas perguntas e foram as perguntas erradas. Primeiramente Jimin sabe que sou um agente do FBI, então tenho acesso a muitas coisas que vocês não sabem. -sorriu travesso.- Segundamente eu não sou um daqueles agentes que faz tudo como o mandado, digamos que eu… faço o que também me beneficia.

-E o que você quer para nos dizer onde Namjoon está?! -perguntou Taehyung.

-Quero entrar na gangue de vocês.


"Deseje-me

O eu que está perdido e desviado

Deseje-me

Eu fui assim todos os dias"


Já no apartamento de Yumi, a mesma lavava as louças que havia sujado tentando fazer um pudim que mais ficou parecendo água.

-Mas que merda! -praguejou.- Não acredito que deu errado! Eu fiz tudo certinho.

-Tem certeza de que fez? -uma voz ecoou pelo apartamento.

-Quem é você?


"Eu me sinto tão distante

Você sempre aparece no meu caminho

E eu repito novamente"

-Lie-BTS


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Até o próximo capítulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...