História Kim TaeHyung - Um Anjo Caído - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Suga, Tae, Taehyung, Taetae, Um Anjo Caído
Visualizações 455
Palavras 2.309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pelos erros e espero que gostem desse cap♡♡♡

Tenham uma boa leitura

Capítulo 2 - Chuva


Fanfic / Fanfiction Kim TaeHyung - Um Anjo Caído - Capítulo 2 - Chuva

CHUVA




Depois de ter falado aquilo eu apenas voltei a andar e vi o homem ir pra outro lugar então me senti mais aliviada e caminhei até minha casa, e quando já estava virando a Rua vi o tal Taehyung sentado na calçada em frente à minha casa.

- Eu não acredito nisso... - falei pra mim mesma encarando o homem e logo indo em passos rápidos até o mesmo que assim que me viu soltou um enorme sorriso e se levantou da calçada - O que está fazendo aqui? Eu disse pra você ir embora.

Taehyung- Eu disse que não poderia te deixar. Vou comprir isso! - me abraçou - Estou feliz por finalmente estar na terra pra cuidar de você... - disse em um sussurro e eu logo o empurrei.

- Não toque em mim seu pervertido!

Taehyung- Pervertido...? Isso não é a mesma coisa que você tinha dito antes? - perguntou e eu assenti com a cabeça.

- E é o que Você é...

Taehyung- Eu sou um Anjo.

- Aish... Por que não para com isso? O que quer de mim? Eu não tenho nada valioso pra te dar, por que eu? Não tinha outra pessoa pra você irritar?

Taehyung- Já disso o motivo pra mim ter vindo pra terra, e não foi por outra pessoa além de você. Não posso sair do seu lado!

- Olha, meus pais já vão chegar ou eles já estão dentro de casa, então faz um favor pra mim. Me espera escondido! - peguei em suas mãos e o levei para trás da casa - Me espera sentado aí, se eu demorar muito você pode ir embora.

Taehyung- Eu não vou embora. - se sentou no chão - Vou te esperar.

- Aish... - saí de perto daquele homem e entrei em casa.

Pai- Finalmente essa idiota chegou! - veio até mim - O que eu já falei pra você fazer antes de sair pra ir a algum lugar? Você deixou de lavar a porra da louça!

- Tudo bem... Eu posso lavar depois!

Pai- Depois nada!! Agora ou vou deixar suas pernas roxas! - saiu andando sem falar mais nada enquanto bufava.

Fui pra cozinha e comecei a lavar aquele monte de pratos e acho que foi apenas terminar depois de 2h.

Olhei pela janela da cozinha e vi que estava chovendo forte por isso vibrei um pouco ao pensar que aquele homem já poderia ter ido embora.

Saí da cozinha e fui andando pro meu quarto, entrei e joguei as roupas daquele homem dentro de uma sacola preta pra ninguém da minha família pensar besteira sobre mim.

Jin- S/n! - entrou no meu quarto e eu coloquei a sacola embaixo da minha cama - Você mexeu nas minhas coisas?

- Eu estava procurando minhas roupas Oppa... Pensei que tinha perdido alguma roupa minha nas suas coisas.

Jin- Espero mesmo. - veio até mim e me abraçou - Como foi o seu dia? O Appa não encostou em você hoje, não é mesmo? - se separou.

- Ele não encostou em mim Jin Oppa, obrigada por se preocupar.

Jin- Quando eu tiver dinheiro suficiente, juro que vou comprar uma casa e vou te levar pra morar comigo.

- Eu quero muito que isso aconteça Oppa! - sorri de lado.

Jin- Vou ir pro meu quarto, gosto de ouvir músicas quando está chovendo! - sorriu indo até a porta do meu quarto - Tchau!

- Tchau Jin! - disse e assim o Jin saiu do meu quarto me deixando sozinha.

Me aproximei da janela do meu quarto e abri a mesma pra entrar um pouco de ar e assim que abri a janela vi o homem ainda sentado no chão tremendo com seu corpo todo molhado. Ele estava de costas para a minha janela mas eu sabia que era ele por causa das roupas do meu irmão.

- Eu não acredito que ele ficou me esperando. - peguei um guarda chuva que estava ali no meu quarto e sai do mesmo vendo se tudo estava limpo pra mim conseguir entrar com aquele homem em casa.

Saí de casa sem ninguém me ver e fui correndo para trás da mesma, coloquei o guarda chuva encima da cabeça do homem só que longe protegendo o mesmo da chuva.

O homem olhou pra mim e se levantou do chão se apoiando em mim pois quase caiu.

- Por que não foi embora?

Taehyung- E-eu disse q-que não iria... - gaguejou enquanto tremia de frio.

- Vamos entrar mas não faz barulho, meus pais não podem me ver entrando com um homem em minha casa. - disse e o homem concordou com a cabeça e então fomos para dentro da casa, e sem fazer barulho fomos correndo pro meu quarto.

Fechei a porta e logo peguei um pano de chão.

- Me espera aqui e não encosta em nada. - sai do meu quarto limpando o chão porque tinha molhado.

Voltei para o meu quarto e o homem estava no mesmo lugar que eu pedi pra ele ficar parado, achei bem estranho mas logo fechei a porta e levei o homem pra dentro do banheiro.

- Pode tomar banho aqui, mas não é pra demorar... Vou ver se consigo uma outra roupa pra você. - disse e assim que iria sair do banheiro fui chamada:

Taehyung- Jagiya! - me chamou e eu olhei pro seu rosto - Estou me sentindo mal...

- Depois eu trago um remédio pra você. - saí do banheiro deixando a porta encostada.

Saí do meu quarto fechando a porta por fora, fui até as roupas sujas já que eu não poderia pegar uma roupa limpa do Jin porque ele estava no quarto dele. Peguei algumas roupas e levei pro meu quarto.

Entrei fechando a porta com a chave e coloquei as roupas encima da cama, e assim que me aproximei do banheiro não ouvi o som do chuveiro.

- Kim Taehyung, você precisa de ajuda? - perguntei por trás da porta e logo recebi um "Sim!!" De dentro do banheiro então entrei vendo que o homem ainda estava usando roupa - Não sabe tirar suas próprias roupas?

Taehyung- Não é isso... É que eu não sei como ligar isso. - apontou pro chuveiro.

- Só pode estar brincando comigo. - liguei o chuveiro - Assim ô! - desliguei e liguei - Aprendeu?

Taehyung- Sim... Obrigado.

- Tudo bem... Daqui a pouco vou fazer o jantar... Eu trago algo pra você comer, mas não é pra sair do quarto e nem fazer barulho ouviu? - perguntei e ele assentiu com a cabeça - Vou te esperar lá fora. - saí do banheiro e me sentei na minha cama - Por que esse homem chegou do nada...? -perguntei pra mim mesma - E ainda dizendo que é meu Anjo da Guarda... Ele deve ter batido com a cabeça em algum lugar. - me deitei e depois de um tempo assim ouvi o chaveiro ser desligado.

Taehyung- Terminei, oque eu faço agora?! - saiu do banheiro pelado e todo molhado e eu escodi meus olhos dando um pequeno grito - Oque foi?

- Você não pode ficar assim na minha fente... Pega uma toalha! - saí da cama sem tirar minhas mãos do rosto e fui procurando uma toalha apenas passando a mão nas coisas.

Taehyung- Quer ajuda? - perguntou.

- Não! Apenas entre dentro do banheiro.

Taehyung- Tudo bem... - disse e eu logo ouvir a porta do banheiro ser fechada então abri meus olhos e comecei a procurar a toalha e assim que achei bati na porta e dei a toalha junto com a roupa pro homem que logo depois de alguns minutos se trocou e saiu do banheiro então eu tomei o meu banho e troquei de roupa.

- Onde você mora?! - fui até o homem que estava sentado na minha cama.

Taehyung- No céu... Mas acho que vou começar a morar com você a partir de agora...

- Oque? Você está louco? Quer que eu seja jogada pra fora dessa casa? Da minha única casa?

Taehyung- Nada vai acontecer enquanto eu estiver com você... - sorriu fofo olhando pro meu rosto - Sou seu amigo a partir de agora e vou cuidar  de você.

- Olha, já vou deixar bem claro pra você... - me sentei do seu lado na cama - Nós dois não temos nada a ver um com o outro, então por favor, amanhã quero que você vá embora, não quero ter mais problemas do que o normal com a minha família. Então apenas vá embora, seus pais devem estar preocupados!

Taehyung- Não tenho pais. - sorriu de falo olhando em meu rosto.

- Então você é órfão? - perguntei encarando o homem que desfez seu sorriso e me olhou confuso - Órfão é uma pessoa que não tem pais, nem um dos dois...

Taehyung- Humm... - pensou desviando seu olhar de mim - Acho que sou isso... Não sei...

- Ok... Mas mesmo assim, é bom deixar avisado, você vai ter que ir embora amanhã.

Taehyung- Eu não posso sair do seu lado S/n! - olhou pra mim novamente e por um momento eu fiquei calada.

Por que um homem tão bonito como esse está me "perseguindo"? Oque eu fiz pra merecer isso? - pensei

Seu rosto era realmente bonito, seus olhos puxados era tão fofos, seus lábios rosados, seu cabelo castanho escuro eram tão lindos, ele é um homem perfeito...

Taehyung- Você está bem? - perguntou me tirando dos meus pensamentos e eu assenti com a cabeça.

- Sim... - me levantei - Não tenho um lugar pra você dormir... Vai ter que dormir no chão.

Taehyung- Eu não costumo dormir... Mas como estou na terra, acho que posso tentar... - se levantou da minha cama - Aah... - gemeu de dor.

- Oque foi? - perguntei analisando o homem.

Taehyung- Minha barriga, minhas pernas e minha cabeça estão doendo... - se sentou novamente na cama colocando a mão na cabeça.

- Oh... Tudo bem... Vou trazer algo pra você comer logo, não faz barulho. - sai do quarto trancando o mesmo por fora.

Fui até a cozinha que estava vazia, peguei alguns remédios pra dar pro Taehyung, fiz o jantar que todo dia eu era obrigada a fazer. Assim que terminei, comi e levei a comida do Taehyung pro quarto.

- Pronto! - me sentei encima do travesseiro que eu tinha colocado no chão - Pode comer. - olhei pro Taehyung que pegou os Hashis com as duas mãos.

Taehyung- Você quer que eu coma os palitinhos? - perguntou e eu ri.

- Lógico que não, isso é usado pra comer a comida. Assim. - peguei o Hashi e comecei a ensinar o Taehyung a mexer os os mesmos - Tenta! - entrei o Hashi pro Taehyung.

Taehyung- Difícil... - tentou mais uma vez pegando um pouco do macarrão e logo consegui então ele comeu toda a comida, eu levei pra cozinha e voltei pro quarto, o Taehyung tomou os remédios e logo foi dormir - Ah... Meus olhos estão fechando sozinhos... Meu corpo está fraco. - se deitou na minha cama, já que eu falei que ele poderia dormir na cama.

 (...)

A noite toda foi ouvindo roncos de Kim que estava dormindo, e o pior era que ele roncava alto de mais.

NO DIA SEGUINTE

Acordei com o meu celular tocando e assim que vi o Taehyung dormindo, achei  o então fofo e bonito, ele é realmente lindo.

- Aish, oque eu estou penando? Ele é um desconhecido. - disse pra mim mesma, logo saindo do pequeno sofá que tinha no meu quarto e que eu tinha passado a noite - Hey acorda! - tentei acordar o Taehyung que fez um barulho estranho com a boca.

Taehyung- Deixa eu continuar, estou adorando isso... - disse sonolento.

- Como assim? - perguntei encarando o homem - Quer dizer que gostou de dormir? - perguntei e ele assentiu com cabeça dando um sorriso sem mostrar os dente e sem abrir seus olhos - Para de ser preguiçoso! - empurrei o homem de minha cama fazendo o mesmo cair no chão.

Taehyung- Au! - gemeu de dor se levantando do chão com dificuldade - Por que fez isso? - olhou pra mim confuso segurando seu próprio braço.

- Você já estava me irritando. - bati o pé - Agora fala baixo, que eu vou me arrumar pra ir trabalhar, e depois disso você vai embora!

Taehyung- Já falei que não posso ir embora S/n! - cruzou seus braços me encarando.

- Você é folgado sabia? Vai pra sua casa cuidar da sua vida! E me deixa em paz!

Taehyung- Não.

- Aish! - fui pro banheiro tomei um banho fiz minha higiene pessoal, coloquei minha roupa do trabalho que ficava dentro banheiro e saí do mesmo, vendo o Taehyung sentado na minha cama - Está com fome? - perguntei secando meu cabelo com a toalha enquanto encarava Kim.

Taehyung- Não... Minha barriga não está fazendo barulho nenhum. - falou colocando sua mão em sua barriga.

- Ela não precisa roncar pra você estar com fome, vou trazer seu café mais não é pra você fazer barulho! E fique calado! - saí do quarto e fui pra cozinha, fiz o café da manha de todos de casa e levei o café de Kim pro meu quarto já que era lá onde ele estava. Entrei no meu quarto e vi Taehyung ainda sentado na cama - Acho que você é filhote de um cachorro... - me aproximei de Kim fechando a porta.

Taehyung- Por que? - olhou pra mim.

- Você me obedece... Como se fosse um cachorro treinado, e isso é mais que estranho! - coloquei a bandeja com o café de Kim nas pernas do mesmo - Pode comer e depois disso, vou te colocar pra fora de casa.

Taehyung- Minha obrigação é cuida de você, e não vim para a terra por acaso. - comeu um pouco do que eu trouxe pra ele.

- Aish, olha vamos fazer um teste. - me sentei do seu lado na cama o encarando assim como ele estava falando comigo.

Taehyung- Como assim? - perguntou me encarando e falando de boca cheia.

- Vou perguntar algumas coisas sobre a minha vida e quero que você responda.

Taehyung- Tudo bem, irei responder o que você quiser. 




Contínua...







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...