História Kim Taehyung para Gucci - Taegi - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags 2019, Bangtan Boys (BTS), Fanfic, Gucci, Jungkook, Min Yoongi, Moda, Park Jimin, Romance, Taegi, Yaoi
Visualizações 73
Palavras 1.601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Perguntas e Respostas


Kim Namjoon, o apresentador do concurso Top Gucci, arqueou as sobrancelhas e apontou sua fichas para um Taehyung aparentemente sereno.

- Me fale um pouco de você, Taehyung. Você já representou alguma marca importante em sua cidade? Quando esse sonho começou?

- Eu sempre tive esse sonho, mas a minha realidade estava muito longe do que eu queria para mim. Algo me dizia que era possível, entende? E sobre representar alguma marca em minha cidade, bem, essa foi a primeira passarela que eu desfilei na minha vida.

Apontou para trás e Namjoon assumiu um ar surpreso, assim como muitos ali nas cadeiras ao redor.

- O quê?! - Ele riu quase em um engasgo. - Você está me dizendo que nunca desfilou antes? Nunca mesmo? Essa foi a primeira vez? Nem num concurso local?

- Sim, e eu estou desconcertado agora.

 

Riu de saber mesmo e pensando que deveria ter mentido.

Não, eu não poderia deixar essa bola de mentiras maior do que já está.

- Isso é incrível! - O apresentador girou a cadeira para falar com as  câmeras. - Vocês viram a entrada dele, não viram? Quem pode me julgar se eu disser que Kim Taehyung tem brilho, meus amigos? Eu quero comentários do Twitter em um minuto! Sejam rápidos!

Ele voltou a se virar para Taehyung, que prendia um sorriso, e seguiu com a entrevista.

- Me fale dos seus pais. Eles estão aqui agora? Eles apoiam o seu sonho de ser um modelo da Gucci?

Ali estava o ponto precário. Falar dos pais era tudo o que Taehyung não queria e, por estar justamente naquela situação, piscou várias vezes,  surpreso e rígido e engoliu em seco. 

Um silêncio se abateu e, se sentindo pressionado, Taehyung foi incapaz de mentir outra vez.

- Sabe, Namjoon, eu tenho pessoas maravilhosas do meu lado. O Jimin é o meu melhor amigo, eu não estaria aqui se não fosse pelo bom coração e olhar único que ele tem pra tirar o melhor de mim. Tenho Jungkook, meu outro melhor amigo e também o Yoongi...

A platéia explodiu em gritos histéricos e Taehyung voltou a sorrir, ainda que estivesse abalado. 

Era bom ver que Min Yoongi conseguia lhe dar boas sensações mesmo não estando ao seu lado, e melhor ainda era perceber o quanto o estilista crescia junto consigo no concurso.

- Tenho bons amigos ao meu lado e isso me ajuda a acreditar que eu não estou sozinho. Eles são o maior presente que a vida me deu. Minha família é essa; os meus amigos.

Ouviu os "oown" das pessoas e deu de ombros, receoso, mas entregue àquele desfecho que virou ao seu favor. A verdade era aquela e Taehyung a usaria para não permitir que qualquer outro se infiltre em seu passado.

- Eu sei que você entende o que quero dizer.

- Eu entendo sim, querido. - Namjoon segurou a mão do modelo de forma gentil e brandou o olhar. - Você não está mesmo sozinho, Taehyung. Milhares de pessoas estão ao seu lado. Você é um garoto de sorte! - Ele riu para a platéia que aplaudia. - Ou deve ser mérito por ser tão gentil! Pessoal! - Chamou a platéia. - Algum candidato me abraçou ao chegar?! Foi tão sorridente e falante assim?

Um "Nãooooo" ecoou tão alto que Taehyung corou e negou com a cabeça, sorrindo quadrado e achando que havia ficado surdo.

- Por que vocês não me abraçaram, candidatos? Estavam com medo de perder um brinco ou borrar a maquiagem? - Namjoon continuou, irreverente e fingindo estar magoado com os modelos passados. - Não tenham medo! Eu gosto de abraços, ok?

O clima estava tão engraçado que Taehyung acabou rindo, como todo mundo, e pensando se alguns daqueles garotos e garotas já lhe viam como um problema depois da entrevista.

- Me fale do seu estilista! Min Yoongi tem sido um dos mais bem aceitos até agora. Seus croquis são um sucesso entre os cinco perfis que ele concorre.

- Certo. - Pensou um segundo e lembrou de quando viu Yoongi caindo no meio dos tecidos no ateliê do Sr.Jin.

Sua chegada foi um desastre, mas bastou que olhasse nos olhos dele para tudo mudar.

Acabou sorrindo e, antes que respondesse, as pessoas já estavam fazendo "ooown" de novo,  encantadas com sua reação e rosto corado.

- Ele é adorável. Min Yoongi não tem só talento, ele trabalha muito para fazer tudo o melhor possível. Ah, e como ele é atento aos mínimos detalhes! Vocês não fazem idéia do quanto ele se cobra, mas é exatamente por isso que o admiro, porque ele não desiste de um croqui quando o começa. Meu amigo Jimin chama ele de príncipe, às vezes.

- Ah é? - Namjoon arqueou lançou soou irônico e Taehyung franziu o cenho quando a platéia voltou a explodir de entusiasmo. - Então,  vem aqui com a gente, príncipe Yoongi!

O coração quase parou naquele momento, a boca se abriu e Taehyung virou o rosto para a esquerda.

Yoongi vinha na passarela dando tchauzinhos discretos, às vezes abrindo o sorriso gengival e arrancando suspiros e gritos das fãs eufóricas. Os olhos felinos brilharam quando encontraram o rosto perplexo de Taehyung, que só pensava que o estilista tinha tudo para estar naquela passarela.

Seus passos eram elegantes e seu rosto perfeito irradiava calma e charme involuntário.

Namjoon se levantou e Taehyung o imitou, vendo o apresentador  abraçar Yoongi e colocar ele lado à lado com o modelo.

Só então Taehyung pôde perceber o quanto Yoongi estava nervoso, pois seu dedo resvalou no dedo dele e sentiu que estava muito frio. Queria poder segurar a mão do estilista com força e colocar dentro do bolso deu seu blazer para deixar aquecida e lhe passar confiança.

A platéia, que estava enlouquecida, se calou quando Namjoon ergueu as mãos e se voltou para os dois.

- Eles são fofos, eu sei. Yoongi, seus croquis são muito aclamados pelos jurados até agora. O que você está achando dessa novidade.

- Eu não esperava. - A voz dele ecoou angelical por todos os lados e Taehyung o encarou de imediato. Yoongi copiou o gesto e suspirou. - Eu... agradeço por ter o Taehyung, que me inspira a fazer o que ele chama de arte. Acho que é só por isso que eu tenho acertado de alguma forma. Porque é para ele que eu crio.

Sorriu largamente ao ouvir as coisas lindas que Yoongi disse e a platéia se derreteu mais uma vez, dando trabalho à Namjoon, que fechou os olhos e negou com a cabeça, mas sorria.

- Belas palavras, príncipe Min Yoongi! Sim, ele é mesmo um príncipe! ACHO QUE TAMBÉM ME APAIXONEI POR ELE AGORA, PESSOAL! E VOCÊS?

Os gritos voltaram com força e Taehyung e Yoongi se encolheram inclinados um na direção do outro, sorrindo e corados.

- Bem, eu lhes desejo sorte! - Namjoon  abraçou Taehyung. - Nos veremos de novo no Desafio das Fábulas! Até lá, queridos!

Sairam dando tchauzinhos e recebendo beijos de volta.

Aquilo era surreal para os dois, não conseguiam acreditar que tudo aconteceu tão rápido.

Passaram pela cortina negra e, na escuridão, Yoongi foi puxado e se abraçaram depressa, cheios de medo e nervosismo.

Eles tremiam, à beira de um ataque, mas buscavam a calma no corpo um do outro, respirando fundo fazendo carinhos nas costas alheias.

- Eu não sabia que iria lá. - Yoongi voltou seu olhar para ele e recebeu um afago gostoso na bochecha. - Só me trouxeram aqui e me empurraram. Eu não entendi nada.

- Você foi incrível. - Taehyung se inclinou e ergueu o rosto de Yoongi com a mão, beijando sua testa e o levando para ficar coladinho junto de seu pescoço. - Você ganhou o coração de todos eles, Yoongi, e o meu também.

Yoongi se mexeu como um gatinho manhoso naquele abraço e não demorou para alcançar Taehyung e juntar seus lábios aos dele num selinho lento.

- Eu não tive tempo de dizer. - Taehyung beijou as pálpebras de Yoongi, as bochechas, o queixo e os lábios pequenos outra vez. - Também gosto muito de você, Yoongi. Sou um cara que gosta de você e que também não quer ser só seu modelo e amigo. 

As bocas se uniram e as línguas se tocaram com lentidão, mas fervor. 

- Te beijar é tão gostoso. - Yoongi segurou os cabelos loiros de Taehyung e o puxou para um beijo mais profundo. 

Mais uma vez a pequena sucção foi sentida na língua e Taehyung franziu o cenho no beijo, se esforçando para não gemer quando a mordidinha viesse. No entanto, ela não veio, aí foi ele quem mordeu com leveza a pontinha da língua de Yoongi e o ouviu soltar um resmungo prolongado e doce. 

- Você aprende rápido, TaeTae.

 Taehyung teve os lábios tomados com força e perdeu a noção de onde estava quando o beijo ficou mais rápido e seu corpo  muito quente. Nem queria responder o que Yoongi disse, só queria continuar beijando o baixinho daquele jeito rápido e com virar de cabeças ágeis, mas foi obrigado a se separarar dele quando ouviram o barulho de uma cortina lateral se abrindo.

- ... com ele aqui!

 Um garoto mais alto que Taehyung e de cabelos pretos espetados para cima surgiu de lá e encarou o loiro com um olhar vermelho de raiva.

- Você vai sair desse concurso, me entendeu?! - Ele empurrou Taehyung nos ombros, que cambaleou para trás e levou Yoongi consigo. Apontou para a Sttaf que antes tinha agido com má conduta. - Eu quero ele fora! FORA!


Notas Finais


Queimaaaaa! 🥴


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...