1. Spirit Fanfics >
  2. Kimetsu no yaiba - the storm inside me. >
  3. Chapter twenty-two - Before the death.

História Kimetsu no yaiba - the storm inside me. - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - Chapter twenty-two - Before the death.


[Dia seguinte.]

[Hiroaki PO.V]

Acordei com a mesma abraçada comigo ... deitada, com sua cabeça em cima do meu peitoral, dormindo tranquilamente, me fazendo deixar escapar um sorriso bobo, enquanto acariciava sua cabeça delicadamente.

 – Eu te amo, Arashi-san... - sussurrei, sorrindo.

A mesma permaneceu em seu sono, dando um suspiro aliviada ... enquanto a coloquei deitada na cama, me levantando depois.

Vesti meu uniforme e logo depois, olhei no relógio, era nosso último dia aqui ... não podíamos perder a hora.

Me aproximei da Arashi ... me deitando por cima de suas costas, dando um leve beijo em sua nuca.

– Nee.... Arashi-san, acorde ... daqui a pouco temos que ir. - sussurrei em seu ouvido, beijando-a novamente.

A mesma se moveu ... olhando para mim com os olhos um pouco fechados, dando um sorriso aí reparar que era eu.

– Ohayoo .... - Ela diz, sorrindo, beijando minha bochecha.

Retribui o beijo ... De forma suave, saindo de cima dela, enquanto a mesma se levantou ... com o cobertor por cima de sua intimidade.

 – M-me diz que não perdemos a hora... - ela diz, esfregando seus olhos, e bocejando, num tom sonolento e um pouco.. manhoso.

 Fiquei com uma leve vontade de a beijar novamente ... de fazer aquilo outra vez, e graças a essa vontade, fiquei a encarando, corando imediatamente.

– Nee... Tudo bem? - ela questionou.

– E-Eh!? T-tá sim ... - respondi, tentando desviar o olhar.

Ela se levantou lentamente da cama, deixando o cobertor, que estava a cobrindo cair no chão, enquanto caminhava até mim, me agarrando, ainda nua.

– Aham .... Sei.. - ela diz, rindo.

Olhei para seu corpo sem nem pensar duas vezes ... eu não sabia explicar o jeito que ela mexia comigo.

– Tudo bem, danadinha.. - a chamei, a puxando para perto de mim, pegando em sua cintura. - vamos se vestir, vai .. te ver assim me deixa completamente maluco, sem falar que ... temos que ir, logo.. - afirmei, a beijando.

A mesma retribuiu o sorriso, colocando um de seus dedos em meus lábios.

– Okay, Okay ... eu já vou. - ela diz, dando um selinho no canto da minha boca.

Deixei um sorriso malicioso escapar da minha feição ... enquanto eu arrumava as coisas, olhava para a mesma de relance ... até terminar de arrumar tudo.

– Vamos? - questionei, me aproximando dela. 

– Sim, antes que dêem falta de nós.. - ela diz, ficando abraçada comigo por um segundo.

Enquanto estávamos abraçados, dei um beijo em sua cabeça ... olhando para ela em seguida, colocando uma de minhas mãos em seu rosto.

– Eu te amo tanto, Arashi-san... - sussurrei, sorrindo.

A mesma sorriu, ficando levemente corada ... arregalando seus olhos.

– Eu também te amo, Hiroaki-san... - ela respondeu, também sussurrando.

Finalmente... era hora de irmos, pegamos nossas coisas e fomos até o quintal do hotel, se encontrando com todos ... que já estavam entrando no ônibus.

Enquanto nos sentavamos, percebi Hayato nós encarando, digo, me encarando ... junto com seus outros amigos... porém não dei tanta atenção, aquele garoto não valia a pena, apenas pensei na Arashi ... Enquanto me sentava ao seu lado, finalmente indo para a escola.

 [...]

Quando finalmente chegamos ... Estava na hora da saída da escola, então, todos nós fomos para a casa ... exceto eu, que fiquei mais um tempo na escola, junto com outros alunos, para ajudar a limpar o ônibus.

Sem saber o que me aguardava..

[...]

Estava limpando os acentos do ônibus ... de depois de mais ou menos uma hora, eu havia acabado, saindo de dentro do mesmo ... Arashi já havia ido para a casa,  insisti para que ela fosse, pois por conta do horário .. Era perigoso ela ir sozinha.

Peguei minha mochila e fui caminhando até o portão da escola ... sentindo uma pequena sensação ... que estava sendo seguido..  mas eu só confirmei, quando Hayato, e seus dois "comparsas" apareceram, me cercando.

– Andando na rua essa hora??? que perigoso ... não e nem do seu feitio... Hiroaki-san. -  Hayato diz, rindo.

Olhei para ele com um ódio estampado em meu rosto, depois de ter feito Arashi sofrer tanto ... eu não poderia olhar nem dando um sorriso falso.

– O que vocês querem !?! - questionei, berrando, mesmo não tendo ninguém ali naquele horário.

– Nada de importante... segurem ele. 

Os dois aproximaram-se de mim rapidamente, segurando meus braços, me deixando impossibilitado de se mover.

 – Eh!?!?? - exclamei, enquanto tentava me soltar.

Hayato caminhou até minha lentamente ... enquanto retirava uma faca de trás de suas costas... me olhando, com um olhar pavoroso .. E vingativo.

– Nós éramos amigos ... cara ... Mas você sumiu... - ele diz, enquanto caminhava até mim. 

Fiquei um tanto desesperado, mesmo não demonstrando, tentei me soltar de qualquer forma possível, mas ... não consegui.

– Mas você preferiu aquela vagabunda a mim ... aquela .... Esquisitinha, ao seu melhor amigo... - ele diz, passando a faca em meu pescoço. - Como será que ela vai se sentir... sabendo que algo trágico aconteceu com o namorado dela??? - Ele questionou, tremendo.

Fiquei ainda mais desesperado ... e sentindo ainda mais ódio do mesmo ... enquanto fiquei completamente sem reação, sem nem se quer me mover mais.

– Eu vou matar você!!!!! - ele berrou, enfiando sua faca direto em meu peito.

De imediato, começou a jorrar sangue ... do mesmo, me fazendo eu me contorcer de dor ... quando os dois me soltaram, eu já havia perdido os sentidos ... caindo no chão..

– Eu te ODEIO.... SEU MERDA... - ele diz, enquanto me esfaqueava.

Tentei segurar a faca ... segurar a mão dele para ele parar .... mas ... eu já estava sem forças ... senti meus olhos começarem a fechar lentamente .... senti meus sentidos travarem .... minha visão... embassar... enquanto ele continuava a me esfaquear ... enfiando a faca várias e várias vezes.

– Morre ... morre...! - ele dizia, mesmo eu não dando atenção alguma.

Fiquei pensando.... em outra pessoa...

Arashi ... minha namorada .... meu amor, que eu demorei tanto ... para admitir .... que a amava .... que só percebi, a pessoa que ela realmente é.... esses tempos.

  "Não precisa ficar comigo se não quiser.."

"Tá bom! Tá bom! Eu estou aqui porque eu quis... "

"E sério, você não e obrigado se não quiser... ninguém e obrigado a ficar com .. Alguém como eu..." 

"Hey! Sem essa..." 

A partir dali ... nos aproximamos ... e comecei a me apaixonar perdidamente por ela ... 

Via ela sorrir, se sentir confortável perante minja companhia... se sentir ... feliz ... Foi a coisa mais ... incrível que eu já sentir em toda minha vida.

Pena que eu não ... sabia que era o último..

Eu sei que ela não está vendo isso ... mas.... 

Eu te amo, Arashi-san. 

Sempre amarei, mesmo até depois do fim... Da minha vida.

[...] 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...