História Kingdons of Kingdons - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Cameron Dallas, Camila Cabello, Hailey Rhode Baldwin, Jack & Jack, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Camila Cabello, Hailey Baldwin, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Castelos, Medieval, Princesas, Principes, Reinos, Reis, Shawn Mendes
Visualizações 36
Palavras 934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Romance e Novela, Survival, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oinnn gentyy❤
Aqui está o primeiro capítulo, boa leitura!💙

Capítulo 2 - I


Fanfic / Fanfiction Kingdons of Kingdons - Capítulo 2 - I


Príncipe Shawn M.


Bem, aqui estou, sentado em minha cama, escrevendo novamente em um pequeno livreto, que posso chamá-lo de diário. Meu nome é Shawn Mendes, tenho 19 anos, sou herdeiro do trono de Voltarie, filho do rei Manuel Mendes, tenho um irmão, o Nash, mais novo, de 16 anos. Minha vida se resume em ouvir frases de meu pai falando que devo logo me casar para que eu assuma o trono, bem, eu tenho total capacitação para assumir, porém, não vou me casar com qualquer princesa apenas pelo bem de minha família, tenho amor próprio e ainda muito mais amor pra dar. Na minha opinião, duas pessoas só se casam por amor, e não pensando em si próprio, eu não penso como meu pai.

X


"...é como sentir o ar, como uma pena a cair...", tinha acabado de escrever meus últimos e sinceros pensamentos em meu diário, afinal, não poderia passar o dia escrevendo, por mais que eu quisesse. Bem, me levantei e caminhei até um espelho que tinha em meu quarto, me vi nele, eu sou um garoto do cabelo escuro e pele clara, meus olhos são castanhos e meus lábios rosados; estava vestido com um sobretudo com alguns botões, uma calça escura colada ao corpo e uma bota. Normalmente quando me dirigia ao espelho, ficava minutos e minutos me observando, mas hoje eu não tenho tempo para esse tipo de coisa, meu pai me chamou e queria falar comigo, fora meus afazeres que tenho para fazer. Enfim, logo saio de meu quarto e caminhei até a sala do trono onde meu pai estava sentado fitando o chão, certamente iria falar algo importante.

- Me chamou, meu pai?

- Sim - ele disse levantando a cabeça e olhando para mim - tenho algo a falar.

- Então fale.

- Bem, a família real do reino de Dranzia ira vir jantar no castelo amanhã.

- Mas, por que eles viram? Algum motivo em especial? - falo franzino a testa.

- Sim... Irei apresentar você a princesa Hailey e também um selo de paz. Meu reino e o reino de Dranzia ficaram distantes após a guerra, mesmo depois de tantos anos, então esse jantar simboliza a paz entre os dois reinos.

- Pai... Porque o senhor não me perguntou se eu realmente queria que me apresentasse a princesa? As coisas não são tudo como o senhor quer! Tenho minhas escolhas também!

- Bem filho... Estou fazendo isso para o seu bem.

- Não pai, o senhor esta fazendo isso para o bem do reino, pensando em seu filho casado logo para morrer em paz, mas isso não irá acontecer, não irei comparecer a esse jantar...

- Filho!

Suspiro e saio andando daquele lugar. Meu pai não tem controle sobre a minha vida! Eu escolho com quem quero me casar e se quero me casar! Passei pelos corredores pisando firme com raiva, logo vi Nash, mas o ignorei e continuei a caminhar.

- Shawn! Espere! - meu irmão grita e corre até mim - o que aconteceu? Porque está nervoso desse jeito?!

- O pai! Ele convidou a família do reino de Dranzia para um jantar, e adivinha porque?

- Já sei... Por causa da princesa Hailey, não é?

- Sim... - falo virando o rosto.

- Nosso pai não está certo, mas ele tem razão numa coisa... Você arranjar uma esposa! Você é o herdeiro do trono por ser o filho mais velho, e nosso pai... bem... um dia vai morrer, e esse dia está cada vez mais próximo! Mas você tem todo meu apoio irmão.

- Obrigado Nash! - o abraço, era bom sentir o calor de seu abraço, eu conseguia me acalmar com facilidade.

- Agora tenho que ir, vou mandar fazer as cartas para mandar para o palácio de inverno, se esse jantar realmente vai acontecer, o resto de nossa família deverá vir - meu irmão da um sorriso e logo se retira.

Nash tem uma alma bondosa, ele é um ótimo irmão e amigo, me orgulho de tê-lo como irmão. Suspiro fundo e caminho até a sala do conselheiro de meu pai. Após andar por alguns minutos pelos corredores do castelo, finalmente acho a sala de Cassio.

- Ah, olá príncipe, o que te o fez vir aqui? - Cassio fala parando de ler um livro ao me ver.

- É... Você sabia que meu pai irá dar um jantar amanhã pra receber a família real do reino de Dranzia? - falo me sentando numa cadeira a sua frente com apenas uma pequena mesa entre nós.

- Bem... Eu sabia sim... Porque?

- Não acha estranho? O rei de Dranzia nunca iria aceitar esse jantar, afinal, ele e meu pai são inimigos mortais desde que meu pai conquistou o acesso ao mar...

- É, eu não tinha pensado nisso, mas acho muito improvável uma discórdia entre eles dois, afinal, esse é um jantar para comemorar a paz entre os dois reinos... - Cassio fala voltando a atenção na leitura novamente.

- Não sei não... Enfim, obrigado!

Me retiro da sala de Cassio. Bem, anos atrás, quando meu pai era mais novo, ouve uma discórdia entre o rei Arthur e o meu pai por causa de posses de terras, essa discórdia acabou se tornando uma guerra, que meu pai ficou vitorioso, mas nosso reino perdeu muito lucro e dinheiro o que quase nos levou a falência, mas por sorte, na guerra, meu pai conquistou o acesso ao mar do reino de Dranzia, o que facilitou para nosso reino restabelecer a economia. Desde então, o rei Luiz ameaçou meu pai de morte, mas o tempo se passou e todos esqueceram disso, meu pai me contou tudo isso quando eu ainda era criança, e eu me lembro até hoje.


Notas Finais


Gostaram do primeiro capítulo? Em breve tem mais! Não esqueçam de marcar como favoritos e comentar o que acharam! Bjss💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...