História (Kiribaku) mais uma historia de amor - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Visualizações 67
Palavras 1.626
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


:D chegamos

Capítulo 43 - My Happy Ending- Super Sunset


Fanfic / Fanfiction (Kiribaku) mais uma historia de amor - Capítulo 43 - My Happy Ending- Super Sunset




Kirishima- que milagre você acordar antes de mim.- falou se levantando da cama enquanto esfregava os olhos.

Bakugo- é... eu acordei pra agilizar as nossas malas e eu já terminei.

Kirishima- que eficiente, posso compensar de alguma forma?.

Bakugo- que tal uma atençãozinha depois que você voltar do banheiro.

Kirishima- pode deixar.

Bakugo- e tenta ir rápido minha mãe tá fazendo o café da manhã pra gente.

Kirishima- pode deixar comigo.- assim como planejou o ruivo rapidamente se aprontou, fazendo suas necessidades matinais e também vestiu uma roupa pra encarar a viagem, e finalmente acompanhou o namorado para o último café da manhã da viagem.

Masaru- querem que eu leve vocês pra estação?.

Bakugo- nos não somos criancinhas, não precisa se incomodar.

Masaru- você rejeitando uma carona, surpreendente.

Bakugo- eu queria aceitar, mas a gente já combinou de se encontrar com nossos amigos.

Mitsuki- ontem nos fomos visitar a Inko e conhecer eles, são tão simpáticos.

Masaru- ja era de se esperar, a gente esperava que vocês dois fossem estar lá.

Mitsuki- a propósito o que os dois fizeram ontem a noite achei que iam sair pra algum lugar.- falou servindo copos de suco de laranja.

Katsuki- a gente ficou aqui em casa... jogando vídeo game.

Mitsuki- sei.- falou rindo de forma maliciosa.

Masaru- já sabem quando vão voltar.

Bakugo- nas próximas férias.

Mitsuki- e você eijiro gostou da viagem.

Kirishima- foi tudo tão otimo, cada dia aqui foi muito legal.

Mitsuki- todo mundo fala isso da nossa cidade, é por isso que a gente resolveu morar aqui.

Kirishima- aqui no interior é tão calmo como eu nasci na cidade grande foi perceptível o contraste.

Mitsuki- você fala bonito demais.

Kirishima sorriu.- simplificando aqui e incrível.

Masaru- podem vir morar aqui quando se aprosentarem.

Kirishima- eu gosto da ideia.

Bakugo- eu não, sair da cidade grande pra morar no meio do mato de novo.

Mitsuki- respeita o lugar que você morou menino.

Bakugo- tanto faz, já está na hora de ir.

Mitsuki- que pena, eu bati tão pouco em você. - disse puxando o filho pra um abraço.- tenta vir mais vezes ouviu menino.

Bakugo- vou me esforçar. - respondeu sorrindo.

Mitsuki- e você também viu.- disse abraçando o ruivo.- eu amei te conhecer, cuida bem do meu menino ok.

Kirishima- pode deixar, eu bato nele por você.

Mitsuki- é assim que se fala.- se separou dele sorrindo.

Masaru- tem certeza que não vai querer a carona.

Bakugo- não pode ficar tranquilo.- então o pai do garoto se despediu da mesma forma que a mãe antes que os dois pegassem as bagagens e começassem o ir de encontro com os amigos.

Uraraka- essas férias foram tão boas eu não queria voltar mesmo a estudar.

Bakugo- a Inko deve estar feliz que não vai mais ter que cuidar de todos vocês.

Uraraka- cala boca ela disse que amou a gente.

Bakugo- na frente vocês até a minha.

Iida- é quando que gente te vai conhecer ela?.

Bakugo- sei lá, algum dia quem sabe, as aulas começam amanhã né. 

Iida- sim.

Bakugo- todo mundo já deve estar lá mesmo.

Iida- provável, mais porque a preocupação.

Bakugo- por nada.

Uraraka- tá com saudade dos outros né.

Bakugo- só um pouco.

Uraraka- sabia, e se a gente fazer alguma coisa hoje de tarde.

Bakugo- é... Parece legal.

Todoroki- eae, vocês dois gostaram daqui.

Kirishima- pra mim foi ótimo, até porque eu tinha mais do que só esse lugar pra conhecer.

Momo- parece que alguém gostou mesmo da sogra.

Kirishima- os pais do katsuki são muito legais.

Todoroki- ele puxou os dois?

Kirishima- mais parecido com a mãe dele.

Midoriya- e você parece o pai dele.

Momo- é tipo um sinal que vocês dois podem dar certo.

Kirishima- são muitas conhecidencias.

Todoroki- pra mim, vocês já deram certo.

Midoriya- concordo.

Momo- eu também. - sorriu.- é bom vocês ficarem juntos.

Kirishima- se não o que você vai fazer.

Momo- nada, mais é bom que fiquem juntos, todos vocês porque eu estou mandando.

Kirishima- é eu não posso te desobedecer né.

Todoroki- exato, imagina o que pode acontecer.

Momo- não estão me levando a sério?.

Midoriya- não é isso, eu tenho certeza que eles vão obedecer. 

Momo- acho bom.

Bakugo- ANDEM RÁPIDO.

Uraraka- verdade, até eu admito que vocês estão lentos.

Momo- sabe que ele só exige que você vai mais rápido né.

Kirishima- sim, vou na frente pra vocês não precisarem ouvir mais gritos.

Todoroki- obrigado.- disse vendo o ruivo indo pra mais próximo do menino.

Quando o mesmo ficou ao lado do loiro não demorou pra que os dois andassem de mãos dadas e tomando uma distância do resto do grupo que socializava logo atrás dele, ficaram assim até chegarem na estação onde esperaram não mais de cinco minutos pelo trem, subiram no veículo indo diretamente pro seus lugares loucos pra dormir e repor as horas que acordaram mais cedo, duas horas de viagem dos dois dormindo, o loiro no ombro do ruivo e o ruivo nos cabelos do loiro, sendo aquecido pelo sol matinal e pela respiração suave e aquecida que os dois ezalavam com um bom reforço da temperatura emanada pelo corpo de ambos.



...........


Ashido- já guardaram as malas.

Bakugo- sim,não é tão demorado assim.

Kaminari- e vocês já estão indo?. 

Bakugo- é a gente vai dar uma passada lá antes.

Ashido- pra dar uns amassos antes da gente chegar né.

Bakugo- garota esperta.

Ashido- eu mesma.

Kirishima- bom voltei, vocês vêm agora.

Sero- o que vocês acham?.- viram um olhar do loiro.

Kaminari- acho que a gente vai esperar os outros. 

Kirishima- certeza?.- os três reafirmaram.- ok, até mais.


...........


Bakugo- lembra daqui, nosso primeiro encontro.

Kirishima- lembro, mais não foi o melhor deles. - disse rindo.

Bakugo- foi ótimo depois das duas terem ido embora.

Kirishima- sim, mais poderia ser melhor desde de o começo né.

Bakugo- sim, mas você sabe que eu sou complicado.

Kirishima- eu sei.- sorriu pro loiro.- mas mesmo assim eu gostei, depois daquilo você só melhorou, talvez não totalmente mas melhorou.

Bakugo- eu teria me assumido mais rápido se eu soubesse que tudo ia dar certo.

Kirishima- eu te avisei desde o começo que ia dar certo.

Bakugo- e é por isso que eu sempre vou ouvir você.- disse se sentando na árvore onde tiveram o primeiro encontro.

Kirishima- obrigado.

Bakugo- seu sorriso e tão lindo.

Kirishima- para de falar isso, eu fico sem graça.

Bakugo- fica sim.

Kirishima- é que eu fico feliz, sabe, imagina se isso não estivesse acontecendo.

Bakugo- tarde demais pra pensar nisso não acha.

Kirishima- exato, e também porque eu não consigo mais imaginar isso, é impossível, eu tem amo katsuki.

Bakugo- eu também te amo eijiro.

Kirishima- seus olhos estão tão lindos.

Bakugo- o sol nesse horário costuma valorizar meu rosto.

Kirishima- não, mesmo sem o sol eu amo seus olhos, principalmente o brilho neles quando eu falo isso.

Bakugo- agora eu estou com vergonha. - falou rindo.

Kirishima- eu amo sua risada, seu sorriso, seus lábios. 

Bakugo- e porque não mostra o quanto você ama eles.

Kirishima- é claro.- disse dando um beijo mais carinhoso que pode e por um bom tempo.

Bakugo- eu também amo seus detalhes, principalmente o tom rosado das suas bochechas quando eu te agrado.

Kirishima- eu queria saber controlar isso, mas você ainda consegue me deixar sem jeito.

Bakugo- que bom né.- sorriu.- você fica adorável assim.

Kirishima- eu gostaria de ficar vivendo aqui nesse por do sol com você pra sempre. 

Bakugo- a parte do por do sol pra sempre é complicada mais o resto...

Kirishima- o resto?

Bakugo- o resto você já tem.

Kirishima- é a parte que importa.

Bakugo- a gente ser um casalzinho?.

Kirishima- realmente pegou a forma que os nossos amigos nos chamam.

Bakugo- claro que não , a gente não é uma casalzinho, nos dois somos um puta casal, o melhor de todos.

Kirishima- pra nós dois sim.

Bakugo- exato, pra sempre.

Kirishima- pra sempre? como você tem tanta certeza?- falou provocando o loiro.

Bakugo- como eu tenho tanta certeza. - falou imitando ele.- porque eu te amo, e você também, mas quem não me amaria.- fez o ruivo rir.- a questão é que dá minha parte nos somos pra sempre. 

Kirishima- e obviamente da minha também.

Bakugo- Eijiro Kirishima.

Kirishima- Katsuki Bakugo?.

Bakugo- você quer casar comigo.

Kirishima- mais é claro que eu quero.- disse sorrindo deitado no colo do loiro.

Bakugo- ok, então já estamos casados só falta o resto.

Kirishima- o que seria o resto?.

Bakugo- nossa família, o nome do nosso cachorro e nossa casa no interior.

Kirishima- meu Deus a gente vai ter tudo isso?..- falou com os olhos brilhando.

Bakugo- é claro que a gente vai ter meu amor.

Kirishima- promete.

Bakugo- é claro que prometo.- disse dando o beijo mais intenso que já deu até hoje.

Ashido- EIIIIIII!.

Bakugo- parece que acabou nosso tempo sozinhos.- falou se separando dos doces lábios do ruivo.

Kaminari- VEM LOGO AJUDAR A CARREGAR AS COISAS.

Kirishima- vamos, a gente tem que ajudar eles antes de correr atrás de tudo que você falou.

Bakugo- sério?.

Sero- ANDA LOGO.

Kirishima- sim, vamos.

Bakugo- não tem jeito né.

Kirishima- para de reclamar.- disse rindo.- vamos, afinal tem muita coisa pra fazer a partir de hoje né.

Bakugo- sim.

Kirishima- e tudo vai dar certo né... - entrelaçou os dedos com os do loiro enquanto iam ajudar os amigos a pegar as coisas do piquenique que teriam com os colegas de sala.















Bakugo- é claro que vai, eu te prometo.- sorriu com o companheiro.


Notas Finais


Bom primeiramente muito obrigado a todos que chegaram aqui e interagiram e me influenciaram a continuar com essa história, obrigado a todos que gostaram e compartilharam as experiências que tiveram com minha historinea, foi ótimo poder escrever essa história e ter vocês como leitores obrigado novamente e espero que tenham gostado do último capítulo.

Beijos até a próxima história 💓💗💔💕❤💙💚💗💓❤💙💖💕💗💔💖💙💜❤💔💓💗💛💙💚💗❤💔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...