1. Spirit Fanfics >
  2. Kiss Kiss, Bang Bang >
  3. Capítulo 4

História Kiss Kiss, Bang Bang - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Lê rapidinho aqui, por favor!

S/n vai aparecer neste capítulo, porém, contudo e todavia acho que todo mundo sabe que não existem apenas Armys meninas. Eu posso ter tanto leitores quanto leitoras, EU não acho justo colocar S/n nas fics apenas como se ela fosse menina, por isso eu não especifiquei o gênero da (o) S/n.

Capítulo 4 - Capítulo 4


- Boa noite! Eu sou a Lisa!

- E eu sou a Rosé!

- E este é o Jornal de Seoul, o programa de notícias mais popular da Coreia do Sul! - as duas falam em uníssono.

- Ok, ok! Estamos aqui para informar aos nossos queridos telespectadores que, como a World Tour do BTS acabou e os membros tiveram um tempinho para descansar, amanhã, sábado, é o grande dia em que os três ganhadores sortudos passarão um final de semana inteirinho com os boys do BTS! - Lisa fala animada.

- Isso mesmo! E informamos também para Kim TaeHyung, YoonGi Min e Jeon JungKook que vocês irão hoje à noite para o dormitório dos meninos em Seoul para que possam passar o sábado e o domingo inteiros com eles. No caso de YoonGi Min, como ele mora no exterior e o voo dele demora aproximadamente vinte e três horas dependendo do estado do Brasil em que ele mora, ele já deve estar chegando a Seoul.

- Então já estejam com as malas prontas, segurem os corações e aproveitem ao máximo possível! Eu sou a Lisa!

- E eu sou a Rosé!

- E este é o Jornal de Seoul, o programa de notícias mais popular da Coreia do Sul!


 {👊🏻🖤}


Nervoso. Ansioso. Com o coração quase saindo por vários lugares do meu corpo. 

O momento finalmente chegou!

As minhas malas já estão prontas e eu me encontro no aeroporto, só esperando o meu voo para Seoul ser anunciado.

Além de estar ansioso por conhecer o meu grupo e o meu UTT, também estou ansioso por finalmente poder estar com o TaeTae pessoalmente!

- Atenção, senhores passageiros! Esta é a primeira chamada para o voo 1385 com destino para Seoul. Por favor, dirijam-se para o portão de embarque. Quando estiverem dentro do avião, procurem os seus assentos, que estão enumerados, e fiquem atentos às instruções que as aeromoças lhes darão sobre os procedimentos de voo. Obrigada por confiarem na nossa companhia e tenham uma ótima viagem!

Faço exatamente o que a moça dos autofalantes instruiu. Quando sento na minha poltrona solto um suspiro de alívio mas quando o avião começa a decolar lembro-me de que é o meu primeiro voo e fico nervoso de novo, principalmente porque o avião está se inclinando.

E se o avião cair? E se eu morrer? E se o avião bater? E se a Coreia do Norte decidir lançar um míssil e ele bater no avião?

Cadê a bosta da máscara de oxigênio que os aviões dos filmes mostram?

Ah, achei!

Quando finalmente consigo acalmar a respiração tento colocar a máscara de oxigênio de volta no lugar em que ela estava mas ela fica caindo...

Arghh! Quer saber? Deixa ela caída mesmo. Yeos Meog-eo*¹.


 {🕒☀ 🌤 🕖}


Acordo sentindo algo pressionando meu ombro. Abro os olhos lentamente depois de dormir no avião.

Ai, minha coluna! Acho que estou com torcicolo também! Faço uma careta de desconforto.

-Senhor, nós já chegamos. - a aeromoça diz e ela parece estar com um pouco de pressa para mim sair do avião.

Vai ver é fome.

- Ah... Ok. - murmuro percebendo que minha voz está rouca e minha garganta um pouco seca.

Entro na área de desembarque do aeroporto para pegar as minhas malas. Por sorte elas vieram rápido.

Quando estou perto da saída do aeroporto vejo uma pessoa com uma vestimenta inteiramente preta; iguais aquelas de chofer de filmes sabe? Terno, gravata, calça e sapatos sociais pretos, com uma máscara e uma boina também pretas, a única parte do conjunto que não é na cor preta é a camisa social branca por baixo do terno; segurando uma placa com o meu nome.

Aproximo-me devagar arrastando as minhas malas.

- É... Annyonghaseyo Jeon JungKook imnida. - curvo-me em sinal de respeito.

- Oi! - diz alegre e se curva também - Eu sou S/n. Posso ver o seu bilhete de confirmação? - assinto e tiro uma das alças da mochila do meu ombro esquerdo para poder colocá-la na minha frente.

Acabo me atrapalhando um pouco na hora de procurar e derrubo algumas coisas da minha mochila, inclusive o meu celular que caiu no chão em câmera lenta e, para melhorar, com a tela virada para o chão.

Ttong!*²

Recolho rapidamente minhas coisas e as guardo de qualquer jeito na mochila e depois de ver que a minha tela não rachou, guardo ele lá também, com todo o cuidado do mundo. Procuro mais um pouco, achando o bilhete que me mandaram por e-mail e o entrego para S/n.

- Bem-vindo à Seoul, JungKook... Ah, mian*³, posso te chamar de JungKook? - pergunta um pouco sem graça pela situação.

- Ah... Ye*⁴ - sorrio de leve para tentar deixar o clima um pouquinho melhor.

- Então vamos, você deve estar cansado!

Sigo S/n até o carro que nos leva para o dormitório.

Ai.

Meu.

Cuzinho.


Eu realmente vou conhecer o BTS!

Minha ficha ainda não caiu! Acho que isso só vai acontecer quando eu estiver frente a frente com eles.

Despeço-me de S/n, parando em frente ao dormitório, que para mim é quase uma mansão, com a minha mochila nas costas e as duas malas pousadas no chão em cada lado do meu corpo enquanto aperto as suas alças com tanta força que os meus dedos ficam brancos.

Isto está realmente acontecendo...

- JungKook? JUNGKOOK! JUNGKOOOOKIE! - a voz de Tae me faz sair dos meus pensamentos.

Viro em direção ao som e só tenho tempo de fechar os olhos e sentir o impacto das minhas costas com o chão.

- Ai!

- Mian JungKookie!

- 'Tá tudo bem Tae! Mas você está esmagando os meus pulmões sabe...

- Querem ajuda aí, seus arrombados?

Nós olhamos em direção à pessoa que proferiu a frase.

- YoonGi? - eu e Tae exclamamos ao mesmo tempo com o olhos arregalados.

- Sim, sou eu! Vão querer ajuda ou não? Tempo é dinheiro, meus consagrados! - fala levemente irritado.

Tae segura a mão que ele estendeu e finalmente sai de cima da minha pessoa. Meus pulmões agradecem!

- Então era você mesmo que foi sorteado! - falo levantando e limpando minha roupa.

- Isso aê brother!

- E como foram as suas férias no Brasil, Yoon? O JungKookie aprendeu algumas gírias de lá com você.

- Ah, sabe coméquié... Carnaval, samba, praia, onde eu tive que passar protetor solar fator 200 que eu comprei de uns carinhas quando passei em SamPa. Lá no Rio eu cheguei e quando fui perto do Morro, apareceram uns doidos armados que tinham acabado de assaltar um ônibus, daí já viu né? Parecia que estavam brincando de Polícia e Ladrão, mas em uma versão com armas e vários Click Click, Bang Bang de todos os lados, mó louco! Parecia até um teste de sobrevivência!

- Nossa Yoon, que horror! - Tae faz uma careta.

- Que nada! Mas ainda bem que fui sorteado sabe...

- Porque hyung? - pregunto curioso.

- Uai 'fi da peste! Não ficou sabendo que 'tá tendo um monte de caso de Dengue e de Febre Amarela, não? Esses troços matam sabiam? Oxi, pessoas desinformadas são foda! - revira os olhos - Mas eu também consegui umas ervas curandeiras de uns caras que estavam vendendo.

- Ervas curandeiras?

- Deixa de ser lerdo Jeon! Ele 'tá falando de maconha, de drogas! - dá um tapa na minha cabeça e na do hyung - Por que você comprou drogas Min YoonGi? - acho que nunca vi o Tae tão vermelho de raiva.

- Oxi, e tú queria que eu fizesse o quê? O Gustavo chegou 'ni mim estudando o território, e quando o Gabriel viu que...

- Espera, mas não era Gustavo? - interrompo confuso.

- Então, era Gustavo, mas tinha o Gabriel também. Enfim. O Gabriel viu que eu não era de lá, não sei como que ele percebeu isso, eles também ficaram me mandando falar Pastel de Frango, não sei por que, enfim, e daí o Felipe se aproximou...

- Felipe?

- É TaeHyung! Felipe! Acompanhem o raciocínio gente! Enfim, onde eu 'tava? Ah é! O Felipe se aproximou com o Gustavo e o Gabriel e do nada o Vitor, o Davi e o Matheus chegaram me oferecendo drogas.

- E o que aconteceu hyung? - pergunto curioso.

- Aconteceu que eles vieram com um papo 'pra cima de mim falando dos benefícios das ervas curandeiras ao mesmo tempo em que o Daniel ficava mexendo nas partes dele sabe? Daí eu fui reparar que o pau dele não 'tava em um tamanho normal, e eu criei duas teorias...

- Quais Yoon? - Tae pregunta tentando conter o riso e eu não estou muito diferente.

- Ou ele 'tava excitado comigo ou 'tava com uma arma dentro da cueca. E a minha segunda teoria se comprovou quando ele tirou uma parte da arma da cueca e ficou perguntando se eu 'tava estranhando ele depois que eu fiquei encarando demais as partes dele sabe? E já que eles 'tavam armados não tinha como negar! E vou te falar uma coisa viu bicho, tem que ter coragem 'pra andar com um bagulho daqueles perto do bilau, já imaginou se aquela coisa dispara? O coitado nunca mais vai conseguir transar e nem ter herdeiros para lavar as louças dele.

Nós três nos arrepiamos só de pensar.

Não por causa da parte de não ter herdeiros para lavar as louças, mas na de disparar na parte íntima dele mesmo.

Apesar de que...

- E ficou tudo bem hyung? - pergunto preocupado.

- Se ele está aqui né JungKook! - Tae me dá mais um tapa na nuca. Esse hyung... Tsc... Tsc.

- Vixi Kim, 'tá agressivo porquê? Quer que eu te empreste as minhas ervas?

- Sai 'pra lá Min! - dá um empurrão de leve no Yoon.

- 'Tá, 'tá gente, chega! Por que não entramos? - pergunto e eles concordam comigo.

Cada um pega as suas coisas e Tae toca o interfone, nos identificamos e abrem o portão para nós.

É agora. Fighting JungKook!


{🎤🎶}



Jin hyung abriu a porta e por ela passaram os três ganhadores.

O primeiro, que parece ter a minha altura, tem os cabelos azuis e a pele bem branca, entrou caminhando em um estilo que tenho certeza que já vi em algum lugar... Talvez igual aos meninos no Brasil? É, tipo isso.

O segundo era mais alto que o de cabelos azuis, a pele um pouco mais morena e com um sorriso retangular.

O terceiro e último passou pela porta, que foi imediatamente fechada pelo hyung, e... Uau!

Quer dizer, os três são lindos, mas esse moreno com os olhinhos um pouco mais redondos do que é comum nos asiáticos; esse sorriso envergonhado que mostra um pouco dos dentinhos que são um pouco maiores na frente, não que seja feio, inclusive me lembra um coelho; e as bochechas coradas, são simplesmente... Ele é simplesmente... Uau!

Saio dos meus pensamentos quando o líder me cutuca para fazermos a apresentação aos meninos

- Dul, ses, Bangtan! Annyeonghaseyo, Bangtan Sonyeondan ibnida! - terminamos de nos curvar e ficamos encarando uns aos outros enquanto um silêncio reinava no ambiente.

- Falei com o DJ 'pra fazer diferente, botar chapa quente 'pra gente dançar. Me diz quem é a menina, que dança e fascina que alucina querendo beijaaar. Eae brothers, sou o YoonGi Min. - todos olhamos estranho para ele.

- Prazer... - Hobi tenta uma aproximação.

- Prazer só na cama novinho. - dá uma piscadinha e J-Hope cora.

- Desculpem-me por ele. - sorri amarelo - Sou o Kim TaeHyung, mas você - pega a mão do Hobi e dá um beijo - pode me chamar de amor da minha vida.

Acho que nunca vi Jung HoSeok tão vermelho. Pelos anos de experiência que eu tenho, ele deve estar tendo um gay panic interno.

- E você, qual é o seu nome? - chego mais perto do único que não tinha se apresentado ainda e dou um sorriso. Pelo jeito era tímido porque mais um pouco e ele se funde com a parede.

- J-J-Jeon... - ele arregala os olhos e começa a suar um pouco - J-Jeon... Jeon - força uma tosse - J-J-J-J-J-Jung-K-K-K-oo-oo-k - seus olhos ficam ainda mais abertos. Será que ele está bem? Apesar de que ele é fofo.


 {👊🏻🖤}



É oficial.

Eu quero morrer.

Tantos dias que eu poderia ter gaguejado desse jeito e tem que ser justo quando eu estou falando pela primeira vez com o outro pai dos meus futuros filhos?

E para melhorar ele chega mais perto.

Maravilha!

- Você está bem? Quer água?

Ownt, que fofo! Ele está preocupado comigo! Ele está preocupado comigo? ELE ESTÁ PREOCUPADO COMIGO! IRRAAAA!

- Não quer sentar um pouco? Seus olhos estão muito abertos, como é que eles não saem?

JungShook. Droga.

E estaria tudo bem, tudo ótimo, se ele não tivesse chegado tão perto do meu rosto ao ponto de sentir a sua respiração se mesclando com a minha.

AI.MEU.CUZINHO.

- JUNGKOOK. JEON JUNGKOOK! - ele se assusta e se afasta, dando um pulo para trás com a mão no peito, quando eu grito essas palavras na cara dele.

Em minha defesa, a culpa não é minha ok? Nunca senti um gay panic tão forte assim.

E para "melhorar" a situação, todos os 12 pares de olhos estão me encarando agora.

O que eu fiz para você mundo?

- O.k... – fala pausado - Então, vocês gostam de pão? – todos olhamos para YoonGi com um ponto de interrogação bem visível em nossas faces.

Mas eu tenho que agradecer a ele por isso porque a atenção deles não está mais em mim.

Ufa!

- Hã... Sim? – HoSeok responde meio acuado. Será que ele está com medo do Suga hyung?

- Sério? Então vamos ali na cozinha que eu vou te ensinar uma receita gourmet incrível de pão que eu aprendi lá no Brasil! – puxa a mão dele mas HoSeok exita um pouco – Vamos logo homem! Pelo amor né, eu não mordo criatura linda, maravilhosa, dona do meu...

- 'TÁ BOM YoonGi, acho que vou junto com vocês, só por precaução. – Tae dá um sorriso amarelo e sai puxando ele e HoSeok pelas mãos.

- Então JungKook – a voz do líder me traz a minha atenção aos três que restaram na sala – quantos anos você tem?

- Vinte e dois.

- Oh então eu sou o seu hyung? Pode me chamar de JiMin hyung então hein! E senta aqui JungKookie, quero ficar pertinho de você. – JiMin dá dois tapinhas ao seu lado no sofá e eu vou até lá torcendo para não pagar mais nenhuma vergonha alheia na frente dele e processando as suas palavras.

ELE QUER FICAR PERTINHO DE MIM! DE. MIM!

- Você tem algum hobbie JungKook? – Namjoon me perguta.

- Ah... – fico meio tímido – E-eu... Gosto de cantar e dançar as músicas de v-vocês e de alguns girlgroups mas o que eu amo fazer mesmo é tirar fotos e gravar vídeos.

- Oh, que legal! Então você pensa em seguir com isso como profissão? – dessa vez é Jin quem pergunta.

- S-sim... Quer dizer, e-eu faço faculdade de fotografia.

- Ficamos felizes que você está seguindo o seu sonho e fazendo algo que ama, tenho certeza que você é ótimo no que faz! – JiMin dá o maior sorriso do mundo, aquele que faz os seus olhinhos se fecharem e se tornarem dois risquinhos, sabe? Fico corado com o seu elogio e incentivo.

- Ah obrigad...

- ISSO TAEHYUNG, BOTA FOGO NA COZINHA MESMO!

- TAEHYUNG O QUÊ HEIN YOONGI?! NÃO ERA VOCÊ QUE ERA O MESTRE EM PÃO GOURMET BRASILEIRO? E SE EU ESTOU BOTANDO FOGO NA COZINHA, VOCÊ ESTÁ QUEBRANDO ELA!

- KIM TAEHYUNG!

- MIN YOONGI!

- Eu... Acho melhor eu e o Jin vermos o que está acontecendo lá... – dá um sorriso amarelo, onde aparece as famosas covinhas... Ai que fofo gente – Vem Jin.

Jin o segue e ficamos apenas eu e o amor da minha vida na sala.

- Então JungKookie, você tem algum material de fotografia seu para me mostrar?

- Bom... E-eu tenho m-mas não é melhor esperarmos os outros?

- JungKookie, eu quero ser o primeiro a ver! Vai Kookie, mostra-me , por favor! – ele faz aegyo.

PARK. JIMIN. ESTÁ. FAZENDO. AEGYO. PARA. MIM.

NA. MINHA. FRENTE.

AI. MEU. CUZINHO.

VOU. CHORAR.

Eu mostro algumas fotos que estão no meu celular, os olhinhos dele brilham a cada foto que ele passa.

- Aigoo! Você é ótimo mesmo JungKookie! – dá mais um de seus lindos sorrisos para a minha pessoa.

- Obrigado JiMin ssi! – sorrio igual um bobo para ele.

- E... Você disse que também grava vídeos certo? – assinto – Tem algum lugar em especial em que você gostaria de gravar?

- Sim! Eu quero muito ir gravar um G.C.F. no Japão!

- G.C.F.? – olha-me confuso.

- Ah, que tonto! – bato a mão na minha testa – Eu não expliquei né? – ele nega – Na faculdade cada aluno tem que ter um projeto, como se tivéssemos nosso próprio estúdio de fotografia. O meu se chama Golden Closet Film, G.C.F., entendeu?

Olha só! Quem que conseguiu falar frases inteiras perto do crush sem gaguejar? Isso aí, euzinho! IRRAAA!

- Isso é muito legal mesmo JungKookie! E o que você gosta de filmar?

- O céu, a paisagem...

Você, se me der uma chance...

- Eu adoraria que vo... - tenho certeza que ele ia falar algo que ia fazer o meu coraçãozinho perder mais uma batida por ele mas a sua fala, infelizmente, é interrompida.

- Ei, vocês dois! – RM entra na sala acompanhado de HoSeok – O Jin, o TaeHyung e o YoonGi estão fazendo o pão, e como vocês devem estar cansados o Jin pediu...

- Cof cof mandou cof cof.

- Jung... – lança à ele um olhar bravo e volta o seu olhar à nós – Como eu estava dizendo, ele pediu educadamente...

- Com a colher de madeira neon rosa de glitter dele.

- Acabou HoSeok?

Acho que estou vendo uma veia na testa dele saltando.

Wow!

- JungKookie, você está bem?

- Porque JiMin ssi? – olho-o confuso.

- Seus olhos...

- Ah! Jungshook, ttong! – resmungo.

- Jungshook?

- É o nome que o Tae e o Yoon deram para quando eu faço essa cara.

- SERÁ QUE DÁ PARA PRESTAR ATENÇÃO EM MIM? QUE SACO! Eu sou o líder aqui, cadê o respeito hein?

- Desculpa hyung, pode continuar a falar o que ia dizer. – JiMin fala segurando o riso.

- Hum! O Jin pediu para que eu, você e o Hobi levássemos as coisas dos meninos para os quartos em que ficarão hospedados.

- Espera, espera! – eles olham confusos para mim. Mas o único que tem o direito de ficar confuso sou eu. Oxi! – Nós não iríamos ficar em um hotel?

- Ah, então, sobre isso... – Nam coça a nuca com uma mão e seu rosto fica um pouco corado. Ownt! – O sr. Wang achou melhor que vocês ficassem hospedados aqui. Tem algum problema?

Problema? Puft!

- NÃO! Q-quer dizer... Que? Imagina, problema nenhum NamJoon hyung! – dou uma risada forçada.

- Muito bem! Então eu vou levar as coisas do TaeHyung, o Hobi as do YoonGi e você leva as do JungKook, JiMinie.

- Ok! – meu amorzinho responde animado e levanta rapidinho do sofá, indo correndo até a porta onde estavam as nossas coisas, pegando as minhas e voltando em um flash – Vem JungKookie, vou te mostrar o seu quarto! – segura na minha mão, levantando-me do sofá e sai me puxando escada à cima até um dos quartos de hóspedes.


 {🕒☀ 🌤 🕖}


- Eu não estava levando muita fé nesse seu pão YoonGi hyung, mas está realmente bom! – lambe os dedos que tinha um pouquinho do farelo do pão.

Depois que nos organizamos nos quartos, fomos tomar o café da manhã na cozinha.

- Nossa JiMinnie, magoou! Você tem que confiar mais em mim pirralho!

- Yah!

- "Yah" nada! – dá um tapa na nuca do JiMin – Sou o seu hyung, exijo respeito nessa caralha!

- Cala a boca vocês dois! Eu sou o hyung de todo mundo aqui, quem tem que exigir respeito aqui sou eu!

E sim, nós pegamos intimidade bem rápido. É como se nos conhecêssemos há anos!

- Aqui JungKookie, experimenta a salada de frutas que eu fiz! – JiMin ssi pede todo alegre, inclinando-se na minha direção e levando a sua colher até a minha boca.

- Hmmm... Está muito bom JiMin! – falo todo alegre pelo meu crush ter dado comida na minha boca COM A COLHER DELE! Foi um beijo indireto! Eu dei um beijo indireto no JiMin! Anfkewçqnrhfeb

- Yah, eu já falei que é JiMin hyung para você! Cadê o seu respeito pela minha pessoa hein? – faz um bico emburrado, cruza os braços e vira a cara.

- Desculpa JiMin hyuuung, vem aqui para mim te dar um abraço, vem! – inclino-me na direção dele, jogando os braços por seu pescoço mas nesse momento ele vira o rosto, era para ser só uma brincadeira inocente mas como estávamos muito perto, acabamos dando um selinho.

E ficamos assim por algum tempo, que eu não faço ideia de quanto foi porque deu Error 404 em mim, mas nós dois ficamos com os olhos arregalados nos encarando ainda com as nossas bocas juntinhas, juntinhas.

Óh céus! Óh vida!

- Um beeeijo fala mais que mil palavras, um tooooque é bem mais que poesia...

- Fica quieto Yoonie, está atrapalhando o momento do casal! – dá um tapa nele.

As vozes do YoonGi hyung e do HoSeok hyung nos despertam e nos separamos rapidamente.

- Ahm/E-eu... – falamos ao mesmo tempo e ficamos em silêncio enquanto vejo as bochechas dele corarem e tenho certeza que as minhas não estão diferentes.

- T-tchau! – levanto rápido da cadeira, derrubando-a, me fazendo ficar meio perdido mas logo a levanto e saio correndo para o meu quarto, desbloqueando o meu celular e colocando na música que eu considero sendo a minha e do JiMin pois foi enquanto estava ouvindo ela que conheci ele: There For You, do Troye Sivan.

Preciso do meu momento para surtar em paz.


{🕒 🌤 🕖}


Depois do meu pequeno surto, estou deitado na cama olhando para a tinta branca do teto e pensando em como ela pode ser tão branca... Sério, onde acharam uma tinta assim? Ela tem até um brilhinho!

Batidas na porta interrompem os meus pensamentos.

- Kookie? Posso entrar?

Levanto da cama, caminho até a porta, abrindo-a e dando de cara com o Tae.

- Oi Tae. - dou um sorriso fraco - Entra.

Dou passagem a ele e fecho a porta. Ele senta na minha cama enquanto fico em pé rodando em círculos lentamente, mordendo o meu lábio inferior.

- JungKook desse jeito você vai abrir um buraco nesse chão e vai ter que pagar pelo conserto vendendo os seus órgãos.

- Uh... Você tem razão, ops!

- Senta aqui dongsaeng. - dá dois tapinhas do seu lado na cama e vou até lá, sentando-me - Hmm... Já sei porque está meio mole assim, o surto tirou as suas energias né?

- Sim!

- E como você está se sentindo?

- Ah Tae... Mesmo sendo sem querer, eu finalmente beijei o crush, o amor da minha vida! Ele tem os lábios tão macios, acho que me viciei neles! - falo choramingando na última parte e faço um biquinho.

- Mas isso é bom não é? O crush te notou!

- Acho que é...

- Mas...?

- Mas eu não sei se ele está sentindo o mesmo que eu. Quer dizer, ele me conheceu hoje! E se ele não gostou? E se quiser se afastar de mim? E se me achar um pervertido ou um aproveitador?

- Pervertido você é! - dá um sorriso malicioso.

- TAE!

- Ok, ok! Olha Kookie, não precisa pensar no lado negativo da coisa. Ele não vai te achar um aproveitador porque você não é um e tenho certeza de que ele sabe disso! Eu não acho que ele vá se afastar de você ou que não tenha gostado do selinho, qual é! Ele é Park JiMin, no mínimo é bi porque hétero ele não é! Meu gaydar apita 'pra ele e você sabe que o meu gaydar nunca erra!

- Verdade. - assinto com a cabeça.

- E além dele ser Park JiMin, você é Jeon JungKook, fala sério! Até eu pegaria você se não tivesse o Hobi e o Y... Cof cof... o H-Hobi no meu coração. Vocês formam um puta casal. Casal da Nação! Sério, não tem como ele não ter gostado do contato dos lábios dos dois, olha a sua boca menino, essa pintinha embaixo dela só dá mais charme e vontade de beijar!

- TAEHYUNG! - arregalo os olhos encarando ele e corando.

- Que? É verdade! Certeza que ele deve estar pensando nisso também!

- 'Tá hyung, chega! Estou ficando tímido. Vamos nos juntar aos meninos?

- Olha, nem precisei falar! E... Kookie, tenho uma informação importante.

- O que é Tae? - pergunto curioso.

- Depois que você saiu correndo da cozinha...

- Aish, nem me lembre!

- O seu marido, amor da sua vida, seu crush eterno, ficou corado e depois saiu da mesa também, daí o Jin hyung, como o mais velho e mais experiente dali, foi conversar com ele.

- Só espero que ele não esteja me odiando... - falo ficando cabisbaixo novamente. TaeHyung passa um dos seus braços por meu pescoço e nos levanta da cama, encaminhando-nos em direção à porta.

- Relaxa Kookie, ele não está te odiando, ele pode estar sentindo tudo, menos ódio de você, confia em mim!


 {🎤🎶}


Depois do que aconteceu fui para o meu quarto e Jin hyung veio atrás de mim.

- Tudo bem JiMinnie?

- Eu não sei hyung, eu realmente não sei. - passo as mãos nervosamente em meus cabelos, bagunçando-os e andando pelo quarto.

- Por que você está assim? - pergunta calmo.

- Eu... Não sei, quer dizer sei sim! Eu g-gostei do beijo...

- Cof cof selinho cof cof.

- Aish hyung! – reviro os olhos e bufo – Eu... Senti um calorzinho gostoso na minha barriga quando os nossos lábios se encostaram...

- Ah, as famosas borboletas no estômago!

- Sente isso com o NamJoon hyung, hyung, mesmo depois de todo esse tempo em que estão juntos? – pergunto curioso.

- Claro que sim! Em todas as vezes em que nos beijamos eu sinto as borboletas como se fosse a nossa primeira vez. É mágico JiMin! – os olhos dele brilham - E achar essa pessoa que faz o seu sorriso nascer só de olhar para ela, que fazem os seus olhos brilharem só de escutar a risada dela e que faz você sempre querer ela ao seu lado para protegê-la e fazê-la feliz, mesmo ás vezes havendo brigas porque nada é perfeito, é o sentimento mais incrível do mundo! Não perca a sua pessoa por nada nesse mundo JiMin, porque o amor verdadeiro é muito difícil de achar nos dias de hoje, poucas pessoas conseguem.

- Aigoo hyung, não sei nem o que falar... Eu já namorei uma garota antes do nosso debut mas, sei lá, a sensação de ter apenas dado um selinho no JungKookie é diferente de quando eu dava nela... – falo pensativo.

- Diferente como?

- Mais... – procuro a palavra certa para o que estou sentindo – Intenso!

- Então você gosta dele? – dá um sorrisinho.

- Não sei, acho que ainda é muito cedo para mim saber isso, mas eu quero descobrir.


{👊🏻🖤}


Na hora do almoço todos ajudamos o Jin e o YoonGi hyung na cozinha, seja ajudando a fazer os pratos ou só dando os utensílios que precisaríamos, como foi o caso do Tae e do Nam hyung.

- Esse bibimbap está com uma cara ótima! – Hobi hyung fala quase atacando o prato gigante que estava no meio da mesa.

- Óbvio né, fui eu quem fez! – Jin e Yoon falam juntos.

- Eu vou querer uns daqueles gimbaps também hyung. – NamJoon faz uma carinha de cachorro que caiu da mudança, derretendo o coração do Jin hyung...

- Pega você então, eu hein, não sou empregado de ninguém! Já fiz a comida, comer sozinhos tenho certeza vocês que conseguem! – É... Esquece o que eu falei, acho que não derreteu o coração dele.

- Jeon? – sussurra sem querer chamar a atenção dos outros meninos. E sim, o JiMin estava sentado ao meu lado.

- Hm? – viro-me para ele curioso e com receio, até porque ele não me chamou de "JungKookie", ele me chamou pelo sobrenome então coisa boa não deve ser.

- Podemos conversar sobre o que aconteceu, depois do almoço?

- A-ah, pode ser... – sorrio forçado.

AI.MEU.CUZINHO.


{🕒☀ 🌤 🕖}


Depois que todos terminaram de comer, cada um foi fazer uma coisa. O Yoon foi mostrar umas composições dele para o Nam e o Hobi; o Tae foi ter uma aula de patadas com o Jin; e eu e o JiMin estamos no quarto dele para conversarmos. Só espero que essa conversa acabe com nós dois na cama trocando carinho.

- Acho que já está na hora de conversarmos sobre o selinho, não é?

Não.

- Ahm... É...

- Você fez de propósito? – pergunta calmo mas ainda passando um ar sério.

- NÃO HYUNG! Não foi de propósito... Mas eu gostei... – respondo de cabeça baixa e mexendo nos meus dedos.

- Jeon olha para mim. – sua destra segura o meu queixo e levanta a minha cabeça delicadamente, fazendo-me conectar os nossos olhares – Eu sei que você não faria de propósito e... Sobre gostar... Eu também gostei. – suas bochechas coram e ele desvia o olhar mas logo volta a me encarar novamente e se aproxima mais, ao ponto de nossas respirações se mesclarem, ele faz um carinho na minha bochecha – Se o que eu estou sentindo agora é o mesmo que você está sentindo, quero te pedir que me dê... Não... Que nos dê uma chance.

Ele está me pedindo em namoro? Isso realmente está acontecendo?

Acho que vou ter uma parada cardíaca, socorro!

- JungKookie... – seu lábios encostam nos meus levemente e eu fecho os olhos tentando parar de tremer e de fazer meu coração bater tão rápido – Aceita namorar comigo? – abro os olhos novamente, olhando-os nos olhos e vendo os dele brilharem, sorrio de lado fraquinho e avanço em seus lábios cheinhos. Seguro sua nuca com uma mão e a outra se direciona aos seus fios acinzentados, bagunçando-os, enquanto as mãos dele vão à minha cintura, apertando-a quando o beijo se intensifica. Sinto a língua dele pedindo passagem e abro mais a boca, fazendo o beijo ficar melhor. Vou caminhando com JiMin em direção à cama e ele senta, sem rompermos o beijo. Sento no colo dele e suas mão imediatamente vão à minha bunda quando começo a rebolar em seu membro, que assim como o meu, já está semi ereto. Antes de acabarmos indo rápido demais na nossa relação que mal começou, quebro o contato dos nossos lábios, ofegante.

- Sim, Park JiMin, eu aceito namorar com você! – dou meu sorriso de coelho e recebo o seu eyes smile em troca.

Saio de cima dele e deito na cama, puxando-o para deitar em meu peito, onde ele deita a cabeça e coloca uma de suas mãozinhas, fazendo um carinho entre o meu abdômen e o meu peito. Envolvo-o com os meus braços dando um abraço apertado nele. Não quero mais soltá-lo.

Eu amo o beijo dele. Eu amo o abraço dele. Eu amo o sorriso dele. Eu amo a risada dele. Eu amo Park JiMin! Espero que um dia ele me ame também...


{🕒☀ 🌤 🕖}


Agora estamos todos na sala, eu, o Mochi e NamJin no sofá, e o Tae, o Hobi e o Yoon sentados no tapete fofinho de frente para nós.

- Hmmm... Então os pombinhos estão se bicando é? E quando vão fazer o ninho de amor de vocês? – YoonGi hyung pergunta fazendo movimentos estranhos com as sobrancelhas para cima e para baixo.

- Hyung... O que deu errado com você? – pergunto enquanto todos olhamos estranho para ele.

- Acho que nem ele sabe Kookie, antes de ir ao Brasil ele estava normal!

- Ixi filho, pode parar de fazer bullying comigo vocês dois! E 'pra sua informação, Kim TaeHyung, eu sempre, digo S.E.M.P.R.E fui normal! Os esquisitos dos Três Mosqueteiros aqui sempre foram vocês, eu hein! Garoto Coelho e Menino Alien acham que tem alguma moral 'pra falar comigo assim?! Onde já se viu isso minha gente?! – faz um falso tom de indignação.

- Garoto Coelho, JungKookie? – eu 'tô vendo esse olhar Park JiMin, me zoa para ver se você não dorme no sofá.

- Aish YoonGi hyung, qual a necessidade de espalhar esse apelido para mais gente? – faço um biquinho e escondo o meu rosto no pescoço do meu amorzinho enquanto abraço ele de lado, e ele retribui cheirando meu cabelo. Heheheh.

- JungKookie não fica assim, eu achei fofo! Você parece um coelhinho, o meu coelhinho!

- Ai, ai, ai, ui, ui! De Garoto Coelho virou Coelho da Playboy!

- Aigoo Suga hyung! Eu não quis dizer nesse sentido! – meu Mochi 'tá vermelhinho ele, iti! – Aish! Só você maliciou o que eu falei hyung! – que vontade de morder esse bico gigante dele! E é exatamente o que eu faço!

- EI, EI, EI, sem pegação aqui! Respeito por favor!

- Hobi hyung, você só 'tá falando isso porque não tem ninguém...

- Protesto! – Tae e Yoon falam juntos.

- O meu Hobinho tem duas gostosuras para pegar e levar ao altar aqui!

- Uh... Então você me acha gostoso TaeTae? – Yoon faz uma cara de pervertido.

- I-isso não vem ao caso! Cala a boca Min YoonGi! – Tae dá um tapa no braço dele e tanto o TaeTae quanto o Hobi estão corados enquanto o Yoon hyung está rindo.

- De qualquer modo, não é como se você pudesse falar muita coisa né NamJoon? Esqueceu que o Jin 'tá de greve? – eita que eu 'tô vendo esse sorrisinho do mal brotando nos lábios do Hoseok hyung!


{🕒☀ 🌤 🕖}


Como anoiteceu, achamos que o cinema seria bem legal para aproveitarmos todos juntos.

- NA NA NA NA

NA NA NA NA YEAH

YOU ARE THE MUSIC IN MEEEEEEE! – todo mundo canta.

Sim, estamos assistindo High School Musical! E para as pessoas que nunca assistiram, corre na Netflix e assiste, sério, melhor filme da minha infância!

A melhor parte de assistir com eles é que nas partes que tem as músicas todos cantamos juntos!

- QUAL É O TIME? - Nam hyung pergunta.

- WILDCATS!

- QUAL É O TIME?

- WILDCATS!

Conhecendo-nos melhor e pegando intimidade com os meninos, um café da manhã e um almoço delicioso feito pelo Yoon e Jin hyungs, um tour pelo dormitório, e, para terminar a noite um cineminha com direito à pipoca com o sabor igualzinho a de cinema. Foi assim que passamos o primeiro dia na casa do Bangtan!

E... Ah, verdade! O pedido de namoro do Park mais perto de ser o futuro pai dos meus filhos JiMin.


Notas Finais


Oi, oi, oi, ooooiiiii❣️

Desculpa ter demorado pra postar!🙏🏻😭

Obs.: Eu já li vááááárias fics mas na hora que EU tenho que escrever partes de beijo e hot eu travo e fica meio bléh, então desculpa se a parte do beijo dos JiKook não ficou tão boa, ainda sou nova nessa parte!

E se você está gostando da história pode comentar a vontade o que está achando (quero saber a sua opinião kkk). Não esqueça de adicionar aos seus favoritos ⭐, à sua biblioteca pra não perder nenhuma atualização e à sua lista de leituras pra que mais pessoas possam ler também❣️

Obrigadaaaaa por não desistir da história, sei o quanto você esperou❣️❣️❣️❣️❣️❣️❣️💜🙏🏻

Até o próximo capítulo❣️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...