História Kiss Me - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Little Mix
Personagens Ashton Irwin, Jade Thirlwall, Luke Hemmings, Perrie Edwards
Tags 5 Seconds Of Summer, Anjos, Demonios, Jashton, Little Mix
Visualizações 20
Palavras 1.391
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Drama de irmãos


P.O.V. Jade T.

"Por quanto tempo mais eu vou ter que aguentar sentada naquele carro?" Pergunto separando as almôndegas do macarrão, já pensando na Kira. Será que ela ainda está dormindo? Conhecendo aquela bela adormecida... certamente sim.

" Bem... Acho que vamos chegar em Sydney ao amanhecer. Claro se não tivermos um imprevisto." Diz. meu corpo chega a estremecer ao ouvir ele falar sobre imprevistos. Olho para ele, que está quase comendo o prato junto com o macarrão e acabo rindo da cena.

"Tô vendo que vou chegar em Sydney com a bunda doendo." Falo já prevendo isso. Oh deus!

Volto a comer o macarrão, que realmente me surpreendeu. Está muito bom! Mas o jeito que estou comendo nem se compara com o jeito de Luke.

"Menino você vai engasgar! E eu não tenho curso de enfermaria não." Digo assustada com a agilidade de Luke ao comer. Quem olha pensa que faz dieta. Só quem olha mesmo.

"Fica bobiando aí.... só esse prato não vai.... encher minha fome..." Diz em meio a garfadas fartas. Ele olha para o meu prato com um sorrisinho no rosto, e logo entendo suas intenções.

"Você nem e louco para tocar no meu prato!" Digo e cerro meus olhos de brincadeira. E Luke me olha abrindo seu melhor sorriso.

"Ah é..." o encaro e ele sorri bem mais. Ah é bom ele não mexer na minha comida.

Olho para o meu prato e logo percebo que está faltando duas almôndegas. Como ele fez isso? Eu não tirei meus olhos dele. "Ei" reclamo e Luke solta uma risada descontrola e gostosa de se ouvir.

" Isso era para a Kira, Luke!" Falo rindo. Não consegui controlar minha risada, como sempre né.

"Agora não é mais." Diz e rapidamente pega as outras. Olho emburrada para ele e bato levemente em seu braço. Afasto meu prato dele e como o resto do macarrão.

      P.O.V. Jesy Nelson

14hs00.
Olho no relógio pela décima vez em 20 minutos. Como eu queria que já fosse hora da festa. Olho para a porta e vejo meu irmão Michael ali me observando.

"Se gostou... Porque não tira uma foto!" Reclamo e ele sorri de lado. Reviro os olhos.

"Sua cara iria queimar a câmera" fala e ri e eu me seguro para não fazer o mesmo. "Você vai para a festa?" Diz se sentando na cama.

"E mais que óbvio que vou. Você já me viu perder alguma? Até doente eu vou." Ele concorda e sorri deitando sua cabeça em minha barriga. Quem vê pensa que é duram e frio.

"A Perrie vai?" Pergunta. Perrie? Por que ele quer saber se a Perrie vai?

" Eu não sei, ela ta em um spar e não pode usar celular lá. Mas por que quer saber?" Por favor não esteja afim dela.

"Gostaria de ver se estarei livre dos chiliques dela." Ele explica e eu uso meu poder para ver se é verdade... E realmente é. "Pelo visto acho que Não." Ele me encara sorrindo.

" Ela não é tão chata assim... Você só não a conhece." Falo e ele franze a testa e depois ri. "Para Mike! Ela é legal." Falo para tentar defende-la, mas Michael começa a rir bem mais. A Perrie só e um pouco bipolar e gosta de chamar atenção... Mas ela também tem um lado bem humano, onde gosta de carinho e ter alguém do lado sempre, geralmente e o coitado do Ashton que tem aguentado seus chiliques.

"De legal nela só tem o corpo." Fala e morde o lábio. Que nojo!

"Ai Michael! Pela dor de Lucifer, Me deixa vai." Digo e empurro sua cabeça de minha barriga e me levanto. "O que você acha que eu devo usar?" Acho que é uma péssima ideia perguntar para ele. Principalmente por ele ser meio possessivo comigo. Mas e só para não ficarmos sem silêncio.

"Uma calça jeans e um sobretudo até o joelho, e um saltinho." Ele diz e eu me engasgo com minha própria saliva. Está quase 50°c aqui em Sydney, coitado dele em achar que eu vou usar isso.

" Vai nessa! Quer que eu use um cachecol tambem?" Pergunto inconveniente.

"Seria bom... E coloque umas luvas para combinar." Só eu mesmo para aguentar esse garoto! Jogo um travesseiro nele e entro no banheiro do meu quarto.

"Acho que vou com o cabelo preso." Falo e ele resmunga um 'foda-se' que demônio mais mal criado esse.
Ri-o e o prendo com auxílio do espelho. Acho que vou usar um vestido curto... Ou um short... Ou talvez uma leg... Ah que se foda! Depois eu decido isso.

Fecho à porta e ligo à banheira, e fico mexendo no celular até ela encher.

***

"Michael, o que você acha desse?" Grito para ele ouvir e saio do closet desfilando.

"Da uma voltinha." Ele pedi e eu faço. "Muito curto. Proximo!" Fala e volta a assistir a TV.

"Fala sério mickey! Já é o décimo vestido que você dispensa!" Bufo já cansada de ficar vestindo várias roupas.

"Não é problema meu você só ter roupa curta. Vai deixa eu escolher." Ele se levanta e entra no closet.
Eu só gosto de mostrar meu corpo, mesmo algumas pessoas falarem que eu sou gorda, eu não ligo mais. Acho meu corpo lindo! ele e bem violão, e eu amo comer. Então se eu for julgada por ser feliz... apenas desejo um grande foda-se.

"Da próxima vez eu vou fazer compra com você..." grita do closet. Reviro meus olhos e me sento na cama.

"Ah cala a boca! Meu estilo e maravilhoso." Grito de volta. Olho para a TV e acabo gargalhando ao ver que Mike assistia a Lagoa azul. "É sério isso Mike?" Pergunto alto para que ele possa ouvir.

"Sério o que?" Ele pergunta e volta para o quarto com um vestido preto em mãos.
Vejo suas buchechas ficarem vermelhas ao perceber do que eu ria. "Ah... E que... a atriz e gata... Sabe." Resmungo um 'a tá' ainda rindo.

"Que belo bad boy você é." Digo rindo e ele joga o vestido em mim. Sinto o colchão afundar e percebo que só e o gordo do Mike voltando a assistir seu filme.

Olho para o vestido, e vejo que Mike escolheu um Louis Vuitton preto, que eu nem sabia que existia no meu closet. Ele era curto, mas não tinha para onde Mike correr, todos os meus vestidos são bem curtos, porque só os usos em festa ou quando estou de muito bom humor.

"Nossa... eu nem sabia que ele ainda existia. Você foi para Nárnia buscá-lo?" Pergunto de uma forma idiota. E ele sorri.

"Talvez... Mas no meio de tanta roupa suja o Leão com certeza já estaria morto." Ele fala e eu jogo um travesseiro, mas ele desvia.

"Fica quieto, e assiste seu filme muito viril." Falo e ri-o da cara de bravo que ele faz.

***

Viro mas uma dose puxando Leigh Anne e Perrie para o centro da sala. Nos dançamos de uma forma bem nossa, onde todos que estão no recinto nos olha, mas nesse instante eu só quero que uma pessoa me olhe... Calum... Só ele seria suficiente. Não para! Eu tô bêbada, anjos e demônios não se relacionam. Mas Calum é tão diferente, ele e instigante e misterioso, ele não anda com sua cabeça empinada como a maioria dos anjos que eu conheço. Ele é diferente em todas as formas, e eu só queria que ele me nota-se.
Consigo ver ele procurando alguma coisa, e eu sinto meu sangue frever em minhas veias, ao pensar que pode estar procurando uma garota. Eu preciso chamar sua atenção. Olho para os cantos até ver uma mesa parecida com a que subir na festa da noite anterior.

Puxo Leigh Anne que está um pouco alterada e subo com ela na mesa e em poucos minutos a nossa mesa já está cercada de garotos babando por nós. Mas só um me instiga. Danço da forma mais sexy que sei, é vejo que danço bem quando ouço gritos eróticos e palavras picantes. Sinto alguém me puxando e falo com todas as minhas forças, que no momento não são muitas, que não quero ajuda, mas logo sinto essa pessoa me pegar no colo. Logo reconheço a pele fria e o perfume francês que só uma pessoa da escola inteira usava... Calum.


Notas Finais


Espero que estejam gostando!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...