1. Spirit Fanfics >
  2. Kiss Me: The search for our essence. >
  3. Prologo Parte 3- Go Baby. (Parte Final do prologo).

História Kiss Me: The search for our essence. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Para quem ainda não entendeu nada, essa é uma versão melhorada da minha fic “Kiss Me”, a história é a mesma tá gente!
Link da fanart da capa provisória: https://medibang.com/picture/bp1805021543135320000836936/

Capítulo 3 - Prologo Parte 3- Go Baby. (Parte Final do prologo).


(Narrador)

Tóquio, Japão, 09h00 P.M.

Com os dias passando da segunda gravidez das mulheres, Hanna começou a ter alguns problemas, e logo lhe foi diagnosticada com um câncer de mama avançado, que comprometia sua vida e a vida de sua filha, e Mikoto encontrava-se com a placenta descolada colocando a vida de seu filho em risco.

As duas estavam de sete meses, quando as bolsas não resistiram e romperam, e Hanna estava muito fraca devido a sua condição de saúde. As pressas no hospital, e em um longo procedimento de parto cesariana, Fugaku, Hiashi, Obito, Itachi e Neji encontravam-se na sala de espera angustiados com o porvir da pequena família.

As portas do centro cirúrgico se abrem, de lá saem os médicos de Mikoto, dizendo que a cesariana foi um sucesso, porém por nascer de sete meses Sasuke teria que ficar em observação, e como Mikoto fez muito esforço ficaria um tempo no hospital também. Um alívio momentâneo toma a todos, mas em seguida saem os médicos de Hanna com uma feição preocupante.

Médico-Senhor Hiashi podemos falar em particular?

Hiashi-Por favor senhor, eles são a nossa família, pode falar na frente de todos eles.

O médico suspira, mas continua.

Médico-Tudo bem então, devido a sua filha nascer pré-matura ela ficará em observação aqui, porém ela nasceu perfeita e com saúde, e não possuí nenhum traço de cegueira como seu filho mais velho.

Todos vibram de alegria com isso.

Médico-Mas sinto em lhe dizer meu caro, sua esposa não suportou, veio a óbito poucos minutos após Hinata ser tirada de dentro dela, o corpo dela estava fraco, e foi constatado que a mesma entrou em estágio de metástase, por pouco sua filha não foi vítima também. Eu sinto muito, meus pêsames senhor Hiashi.

Hiashi cai de joelhos em meio ao hospital, gritando e chorando desesperado, as três crianças de cinco anos não entendiam muito o que ocorriam, mas entenderam que Hanna não estavam mais entre eles e começaram a chorar, Fugaku com lágrimas nos olhos tentava acalmar o amigo, mas os médicos acharam por bem chamar as enfermeiras e dopar Hiashi, para evitar que o mesmo viesse a fazer alguma besteira.

Passado algumas horas, Hiashi acorda na emergência tomando soro com Fugaku o encarando preocupado.

Hiashi-Fugaku...

Fugaku-Graças a Deus Hiashi...

Hiashi-Me diz que é mentira...

Fugaku suspira e ao olhar para baixo começa a chorar, seguido de Hiashi que o efeito dos remédios começava a findar.

Hiashi-Onde estão as crianças.

Fugaku-Seus pais, estão com eles, já que devemos cuidar das coisas.

Hiashi-Eu tenho que cuidar...

Fugaku-Somos uma família Hiashi, ela era minha melhor amiga, estou sofrendo tanto quanto você, e Mikoto também, não passe por isso sozinho por favor.

Hiashi-Por que?

O mesmo olhava melancolicamente para a parede branca a sua frente.

Fugaku-Quando era eu que estava no fundo do poço, você foi quem me estendeu a mão. Me deixe fazer isso por você agora, por favor.

Assim que liberado, Hiashi e Fugaku pediram para ver o corpo de Hanna, no necrotério, o corpo da pequena mulher parecia menor, Hiashi chorava compulsivamente, Fugaku tentava se controlar para cuidar do amigo.

Hiashi-Por que? Por que? Você era tudo de mais valioso que eu tinha nessa vida, íamos ser uma família feliz, perfeita, eu você nossos filhos, Neji e Hinata seriam médicos como você sempre sonhou...íamos envelhecer juntos...

Ele chorava desesperadamente em cima do corpo da amada. Dada algumas horas, Hiashi e Fugaku estavam enterrando o corpo de Hanna ao lado dos familiares de Hiashi que muito a amavam, Mikoto não pode vir devido a as suas condições pós parto.

No hospital.

Mikoto-E os meninos?

Fugaku-Estão com o senhor e a senhora Uchiha, acharam por bem deixar os meninos longe disto, Hinata está muito bem segundo os médicos.

Hiashi olhava para o chão com as mãos apoiadas na maca, Mikoto pouso a mão sobre a dele.

Mikoto-Serei a mãe dela.

Hiashi a olha.

Mikoto-Continuaremos a ser uma família feliz – com os olhos marejados- vamos criar Hinata juntos ok?

Hiashi -Ok!-com os olhos marejados- Eu preciso de vocês.

Fugaku estende o braço sobre o ombro do amigo.

Fugaku-Estamos com você, estamos com a pequena Hinata.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...