História Kiss Of Death - Min Yoongi - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura🌚☕

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction Kiss Of Death - Min Yoongi - Capítulo 1 - One

Primeiro dia de aula e lá estava eu olhando para os portões do inferno, você pode até gosta mais porra é ruim demais esse lugar chega a se sufocante, mas eu tinha que adentrar este lugar ainda mas se eu quiser me formar.

No momento em que eu adentrei o colégio todos os olhares se voltaram para mim como se eu fosse um extraterrestre, eu continuei caminhando até o lugar para ver onde seria a minha sala, alguns breves minutos descobri que eu ficaria no terceiro ano A. Eu caminhava tranquilamente pelo corredor até que alguém esbarrou em mim sem querer.

--- Me desculpe, - disse meio nervosa com a situação, ele ficou me encarando por breve segundos, pude perceber que ele tinha cabelos brancos como a neve, a boca rosada e a íris com um tom castanho claro se não me engano.

--- Olha por onde você anda garota, - disse sendo debochado.

--- Você viu o tamanho desse corredor?, Seu cretino do caralho, - disse já sem nenhuma paciência.

--- E daí?, - perguntou desinteressado.

--- E daí é que essa merda tem quase dois metros de largura e você vem e esbarra em mim, e vem fala "Olha por onde você anda garota", sendo que você é o errado da história?, - ele simplesmente engoliu a seco.

--- Parece que você encontrou a pessoa com o mesmo nível de deboche que o seu meu amigo, - um garoto de cabelo preto disse.

--- Adeus, - sair rapidamente dali.

Depois de tudo aquilo que aconteceu no corredor eu cheguei na minha sala bem antes que o professor, ainda bem pois eu estaria muito ferrada.

--- Bom dia alunos, vejo que temos rostos novos aqui, - que coisa mais chata disse mentalmente, - bom quero que cada um de vocês se apresentem.

--- Professor desculpe pelo atraso, - quando os meus olhos foram de encontro com a figura na porta, era o mesmo garoto debochado do corredor. - Claro, mas sem atrasos por favor, - quando dei por mim ele já estava se sentando.

Depois de quase todos terem sido apresentados faltava eu e o branco, ele se levantou e começou a fala.

--- Meu nome é Min Yoongi mas vocês pode me chama de Yoongi, eu tenho 19 anos e sera um prazer conviver com vocês durante este ano, - pelo menos agora sei o nome desse cretino.

Tinha chegado a minha vez e eu não estava nem um pouco preparada para aquilo, odiava ter que falar em público.

--- Sua vez mocinha, - disse o professor com um sorriso de orelha a orelha.

--- Bom meu nome é Elena Petrova, eu tenho 17 anos e sera um prazer conviver com vocês.

--- Nome diferente senhorita Petrova, poderia me conta de onde esse belo nome sugiu?

--- Da minha mãe professor, - com certeza ele percebeu o meu encômodo pois parou de fazer perguntas.

Depois de tudo, se passaram as três aulas mas tédiantes da minha vida e graças a deus era o horário de almoço, esperei todos saírem para eu poder sair com tranquilidade.

•🥀•


Já no refeitório me sentei em um lugar vazio para pode comer meu almoço tranquilamente, é meio estranho mas eu gosto de está e se sozinha, a tranquilidade e a paz é o que eu mais amo, não ter a quem entreter é ótimo. Em certo momento sentir alguém me observando de longe e quando dei por mim aquelas obes claras estavam me observando, no mesmo instante desviei os meus olhos do dele, pois estava começando a ficar corada. Foi estranho mas intenso.

Depois que terminei de almoçar foi direto para sala, depois de 10 minutos o sinal bateu e todos voltaram para fala inclusive o cretino dos infernos.

Se passaram bem rápido as últimas aulas e eu agradecia mentalmente por isso, quando eu estava terminando de arrumar minhas coisa Yoongi apareceu.

--- O que você quer?, - Perguntei sem rodeios pois queria ir para casa o mas rápido possível.

--- Eu só quero conversar com você relaxa, - ele falou de uma forma tão calma que eu relaxei no mesmo instante.

--- Ok diga logo que estou com pressa de chegar em casa.

--- Desculpa, por ter esbarrado em você não foi minha intenção, -  Yoongi disse aquilo com serenidade que não tinha como não desculpar.

--- Tá desculpado, mas agora eu tenho que ir, - antes que eu pudesse sair dali ele agarrou meu braço.

--- Posso te leva em casa?, - Perguntou esperançoso, eu não sabia se recusava ou aceitava era meio que difícil essa decisão.

--- Ok..., - ele abriu um sorriso tão lindo que eu fiquei literalmente encantada.

Depois que saímos do colégio, caminhamos um pouco e fomos conversando e descobrir que ele é um grande fã de Rap e Hip-Hop, meus gêneros musicais favoritos. Finalmente chegamos na porta da minha casa.

--- Obrigada por me acompanhar até aqui.

--- Era o mínimo depois da minha grosseria com você.

--- Já disse que isso é passado, - sorrir com tudo aquilo. Você quer entrar?

--- Seus pais não vão brigar?, - disse meio nervoso. Não quero confusão sabe.

--- Eu não, - era meio difícil fala sobre esse assunto mais mesmo assim eu tinha que fala. Eu moro sozinha e trabalho, sorrir fraco.

--- Por quê?, - ele perguntou e eu sabia que não tinha mais escapatória a não ser fala logo tudo.

--- Quando eu tinha 5 anos meus pais morreram em um acidente de carro, desde então eu morava com o meu avô e avó mas meu avô morreu já faz 6 anos e minha avó 1 mês, eu não tenho mas ninguém, naquele momento eu quiz chorar mas as lágrimas não vinha e como se a manta melancólica me enrolasse profundamente.

--- Eu sinto muito, - no momento em que ele falou aquilo meu coração se aqueceu em um fio de alegria, - eu posso ter dar um abraço Elena?, - eu queria rejeita mas eu precisava e queria aquele abraço.

--- Claro Yoong..., - Quando eu iria terminar de falar ele me deu um abraço apertado, demorou para mim retribuir mas eu consegui, - ele ser afastou de mim bem devagar.

--- Eu quero ser seu amigo, pode conta comigo para qualquer coisa, mas por favor não deixe de fala em hipótese alguma ok?.

--- Ok, obrigada por não me achar uma estranha.

--- Você não é estranha, só era uma pessoa solitária mas agora você tem a mim e os meus amigos é claro, bom eles são gente boa ser você quiser eu apresento vocês amanhã tudo bem para você?.

--- Claro, é mas você quer entrar?

--- Não, eu já vou indo já tomei muito do seu tempo.

--- Claro que não, e desculpa pelo apelido, - sorrir simples.

--- Que apelido?, - sorriu largamente.

--- Cretino dos infernos, - eu começei a rir e ele também com o meu apelido infeliz.

--- Se você quiser eu posso vim te busca para irmos juntos ao colégio, tudo bem para você?, - automaticamente eu abrir um sorriso e fiz que sim com a cabeça, antes que ele podesse prossegui com algum a mas o interrompi.

--- Eu vou entrar, tudo bem?

--- Sem problemas.

--- Até amanhã Yoon, - ele sorriu com o meu apelido nada a ver, antes dele ir embora ele veio até mim e me deu um beijo na bochecha.

--- Até.

Depois que eu entrei, foi direto toma um banho, para pode comer alguma coisa pois amanhã seria um dia longo e cansativo. Quando terminei de comer foi para o meu quarto me deitar mas nada do sono aparece. Nesse tempo fiquei pensado no beijo que o Yoongi tinha me dado.

--- Elena pare com isso é vá dormir por quê amanhã você irá trabalha indigente - dizia isso mentalmente para mim, chegava a ser engraçado as minha discussões psicológicas.

Algum tempo depois meus olhos começaram a pesar e eu final mente tinha caído no sono.



Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Bay, Bay🌚☕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...