1. Spirit Fanfics >
  2. Kiss Of The Right Love -Minsung- (Stray Kids) >
  3. Capítulo 10

História Kiss Of The Right Love -Minsung- (Stray Kids) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi, para comemorar o meu aniversário, hoje irei postar 2 capítulos yey♡♡♡

E também eu ganhei um celular novo e então posso voltar a escrever com mais frequência.

Aiai, estou muito feliz.

Boa Leitura♡♡~~~

Capítulo 10 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction Kiss Of The Right Love -Minsung- (Stray Kids) - Capítulo 10 - Capítulo 10

~°••°~

— Yoojung!!- Changbin chamou a irmã após ligar a torneira e notar que a água na caia. — Yoojung!!

— Já estou aqui! - A menina falou descendo as escadas rapidamente e indo em direção ao outro. — O que foi agora?

O Seo se apoiou no balcão ficando de frente para a Choi. — Você pagou a conta de água que eu te mandei pagar?

— Merda!!! 

A bolsa que estava em suas costas foi aberta e virada de cabeça pada baixo, de forma que, bruscamente, as coisas dentro dela caíssem  sobre o balcão. Yoojung procurava pela conta que sabia que tinha esquecido de pagar, mas no momento Changbin não pareceu se preocupar...bom...pelo menos não com aquela conta. Sua mão foi direto para a caixa preta, acampanhado do olhar de Yoojung. Ao abrir a caixa, notou de cigarros fileirados lado a lado.

Olhou para a irmã imediatamente como se exigisse uma explicação plausível. — O que é isso? Você anda fumando agora?

—Não,isso é de outra pessoa. - Disse ela, pegando o masso de cigarro das mãos do mais velho.

— Por que está com isso? Foi Felix que te deu isso? -Questionou.

— Não, ele esqueceu na minha bolsa. - Respondeu Choi, colocando as coisas de volta na sua bolsa já que havia encontrado a conta de água.

—Isso não faz sentido. Pare de proteger ele. -Rebateu indignado arrancando um suspiro pesado da menina. — Já te falei para parar de andar com ele, ele é uma má influência.

— Você anda com ele! São do mesmo grupo de amigos.

— Errado! Ele é do mesmo grupo que eu e meus amigos.

— E não é a mesma coisa?

— Não, ele não é meu amigo e eu não ando com más influências. 

—Que seja! Eu lhe disse que ele não me deu isso. Ele nunca me meteu em confusão, você sabe. - Yoojung retrucou irritada. — Ele é uma boa pessoa, ajudou várias pessoas e ele foi ajudado... inclusive você o ajudou, certo? Ele é grato a você. Por que diabos não consegue ver ele com bons olhos? O que caralhos ele fez pra você o odiar tanto?

~°•°~

— Ele não acreditou quando disse que era seu, e ainda pensa que você me ensinou a fumar. -Resmungou Yoojung, enquanto andava ao lado de seu amigo Felix. — Ele sempre fala mal de você.

— Seu irmão sendo seu irmão. Já até me acostumei.

— Não sei como você se-

—Socorro! Alguém!!!!

Yoojung e Felix se olharam ao ouvirem o grito pedindo ajudo vindo da esquina da escola. — Essa voz... é a Doyeon!! -Yoojung concluiu saidno correndo para o lugar de onde a voz veio, e então Felix a seguiu.

— O que está acontecendo aqui? - Felix indagou, notando que Doyeon estava sendo cercada por três garotos do tamanho do Lee.

— Yoojung! Felix! - Exclamou a menina. — Felix eles...- Doyeon correu para trás do maior. — Eles estão pedindo meu número, mas eu não dei e agora eles me perseguem.

— Vá embora, eu dou uma lição neles. - A voz do australiano fez com que Doyeon assentisse de imediato e saísse andando para longe deles.

— E você,vai me dar seu número? -Um dos caras sorriu para Yoojung, está que fez uma careta.

Credo, eca. - A Choi simulou que iria vomitar, deixando o cara mais raivosos ainda.

— Ainda não para de ser sem vergonha? - Felix indagou se colocando em frente a sua amiga.

—Quer brigar? 

— Já é! - E assim, Felix deu um chute no peitoral do homem derrubando  ele e seus amigos.

~°•°~

— Aqui está... - Changbin entregou a fatia de bolo para o cliente, que agradeceu e foi se sentar.

— Um frapê de chocolate e dois brownies, por favor. - Jisung pediu, se apoiando no balcão.

— Só um minuto por favor, estou com muitos pedidos acumulados. - Changbin pediu, cortando um bolo de chocolate para servir a mesa 6. — Me faz um favor? - Perguntou recebendo um 'sim' brevemente. — Pode entregar isso para a mesa 3, por favor. - Colocou dois copos de suco sobre o balcão.

— Sim...

Enquanto Han ia entregar os copos, uma cliente se aproximou e fez seu pedido. — Eu quero um macchiato de caramelo e outro de chocolate por favor.

— Claro, só um momento.

A menina voltou para a sua mesa, assim dando espaço para Jisung se apoiar no balcão novamente. — Por que o café está tão movimentado hoje? Cadê o Chan, Hyeongjun e a Sana?

— Chan eme ligou e disse que não está se sentindo bem. Sana está de férias no Japão e Hyeongjun ainda está na escola. 

— E a sua irmã?

— Não faço idéia, suas aulas devem ter acabado. Deve está andando com Felix em algum lugar. - Respondeu colocando vários pratos de b9los diferentes sobre o balcão para servir depois. — Só espero que não me causem problemas.

Relaxa, ambos não se meteram em problemas.

— E Minho, onde está? - Changbin perguntou preparando um expresso.

— Está ali sentado com o meu aluno.

E era isso o que acontecia, Minho cruzou as pernas de modo que a ponta de seu tênis tocasse no joelho de Lucky, que tentava se concentrar enquanto fazia um exercício. Com um sorrisinho no rosto, sendo tampado pela máscara que usava, Minho se sentia tão feliz por provocar aquele pirralho.

— Você não tem mais nada pra fazer?- Perdendo a paciência, Lucky indagou irritado.

Lee tirou a máscara e assentiu com a cabeça. — Tenho sim... e adivinha o que é! Ah, isso mesmo, te irritar. - Sarcástico, Minho riu depois.

Lucky passou a língua entre os lábios e balançou a cabeça, voltando a atenção para a sua atividade. Porém... seu caderno foi puxado deixando ele frustrado e irritado.

—Tão burro, nem consegue fazer uma simples conta. - Minho falou, como se tivesse experiência do assunto.

—Olha aqui, se você não para de me irritar... vou pedir para Jisung me dar aulas extras. - Lucky ameaçou pegando seu caderno de volta, sabendo bem a ferida de Lee.

— Você quer que eu pare de te incomodar?- Minho cruzou os dedos e apoiou seus cotovelos sobre a mesa. — Simples, pare de ter aulas com Han.

— Por que eu faria isso?

Porque eu não gosto de você.

Lucky soltou um riso soprado. — Então você terá que me aturar. Eu não vou parar de ter aulas com Jisung tão cedo.

Minho assentiu, se inclinando para trás e encostando suas costas na cadeira. — Eu vou pedir pra ele parar de te dar aulas.

— Pode tentar. - Lucky desafiou, colocando seus dois braços sobre o encosto do sofá que estava sentado. — Você irá prejudica-lo embora.

— Seu!

Minho se levantou bravo, fazendo Lucky fazer o mesmo e o encarar com deboche. — Por que está com tanto ciúmes de mim e Jisung? Por acaso vocês namoram?


Notas Finais


Lucky tá procurando a morte, aiai♡♡

Galera, eu tava pensando fazer um Q&A sobre mim e fatos da fanfic.
O que acham???
Podem me mandar perguntas aqui nos comentários, no meu instagram ( _pingu_koala) ou no grupo de wpp da fanfic ( https://chat.whatsapp.com/LcTfht1yOmw0L2cwuPPgCS )

~Chuu♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...