História Kiss The Devil - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Jeff The Killer, Lendas Urbanas, Slender (Slender Man)
Visualizações 96
Palavras 331
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nova fic pq as ideias brotam e eu n consigo ficar sem postar :')

Capítulo 1 - Vingue-os


Fanfic / Fanfiction Kiss The Devil - Capítulo 1 - Vingue-os

A vingança é uma espécie de justiça selvagem – M.

Vejo em seus olhos, o desespero. “O que eu fiz?” Você se perguntava. Ora essa, tirou a vida de pessoas inocentes e agora se pergunta o que fez? Sua hora final não estava muito longe de chegar, eu apenas... Apressei as coisas.

Assassinos, estupradores, vocês todos são a escória do mundo, aqueles cujo a maldita alma eu faço questão de mandar em um expresso para o inferno.

Vocês me enojam, acabam com a vida de pessoas, famílias inteiras e ainda tem a capacidade de perguntarem o que fizeram para merecer tal coisa? Ridículo.

Podem esconder a verdade dos outros, mas não de mim. Eu vejo tudo, escuto tudo. Estou em todos os lugares, todos os cantos, não podem se esconder de mim. Minha foice vai partir cada um ao meio e eu vou ver o sangue nojento de vocês sujar o chão.

Não se importam com isso, não é? Afinal, nunca se importaram com as paredes que vocês sujaram com o sangue de suas vitimas, por que se importariam com o seu próprio sangue que as suja?

Seres humanos são tão rudes, arrogantes e pretensiosos, nunca pensam antes de agir. Nunca pensam nas conseqüências de seus malditos atos, mas, ah, eu penso.

Talvez tenham razão, talvez eu altere o curso das coisas, fazendo-as do meu jeito. Talvez eu lote o inferno com almas podres. Talvez a balança mude a meu favor.

Mas eu estou fazendo a minha parte, livrando esse mundo podre, daqueles que o deixam cada dia pior. Vingando aqueles que não podem.

Verei sua carne queimar e seus ossos virarem pó, não me importo com quanto sangue terei nas mãos, pois o final, é sempre satisfatório.

Agora, o próprio rei do inferno quer acertar as contas comigo? Estou desequilibrando as coisas? Pois que venha, minha foice está afiada e medo é algo que não possuo.

Eu sou a própria Morte e você não irá me matar, mas te deixarei tentar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...