História Kisses.... - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Compramos um Zoológico
Personagens Dylan Mee, Personagens Originais
Tags Amor, Colegial, Colin Ford, Drama, Dylan Mee, Dylan X Oc, Matthew Eriksson, Romance, Sexo, Yaoi
Visualizações 53
Palavras 1.932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Opaaaa, voltei minha gente, e com um novo capítulo quentinho pra vocês.

Chequem minha outra fic, "Caminhos", ela é para quem tem um fetiche meio sádico haha.

Espero que gostem!!!

Capítulo 27 - Festa - Parte Três


Fanfic / Fanfiction Kisses.... - Capítulo 27 - Festa - Parte Três

 P. O. V.  Dylan

 Antes que eu tocasse a maçaneta, ele me chama. 

 - Hey, espera um pouco. 

 - Fala.  -  Falo parando e olhando pra ele. 

 - Vamos descer, mas antes, tire as calças.  -  Ele fala sorrindo. Espera, o que?? 

 - Como é?!?  -  Indago. Inconformado. 

 - Eu falei pra você tirar a roupa.  -  Ele repete me puxando. 

 - E-espera... por que?  -  Indago com ele já desabotoando minha calça. 

 - Oras, eu fiz essa festa pra me divertir e divertir meus amigos, e é claro que eu não ia te deixar de fora né.  -  Ele fala se levantando logo após abaixar minha roupa. 

 - O que quer dizer?  -  Indago, meio desentendido. 

 - Vou fazer você aproveitar essa festa ao máximo, mozão.  -  Ele fala com um sorriso sacana, me empurrando pra cama. 

 O que ele tá planejando? 

 Ele pega uns objetos de dentro da gaveta do criado-mudo. Um é estranho, parece um negócio fálico... rosa... com bolinhas na base... que droga, é um vibrador. 

 - Você vai por um vibrador em mim?!?  -  Indago me levantando rapidamente. Mas logo sendo amparado pelo maior. 

 - Sim, você vai adorar.  -  Ele fala pegando um pote de lubrificante. 

 - Mas... por que?  -  Indago, ele separa minhas pernas. 

 - Eu já falei Daughter, vamos nos divertir. E olha  -  Levanta a mão mostrando um pequeno controle rosa com um botão giratório.  -  Ele é de controle remoto. 

 - ... deixa eu adivinhar... o controle vai ficar com você.  -  Falo arqueando a sobrancelha. 

 - Exatamente.  -  Ele responde com um sorriso. 

 - O ÚNICO QUE VAI SE DIVERTIR É VOCÊ!!  -  Grito. 

 - Ah, você não me engana, tenho certeza que você vai se divertir também.  -  Ele responde debochando e depositando um pouco do lubrificante no vibrador. 

 - Talvez eu me divirta se você não ligar essa coisa, e afinal, quantos vibradores por controle remoto você tem? Esse é diferente daquele primeiro.  -  Indago com ele passando um pouco do líquido em minha entrada. 

 - Isso não vem ao caso, o caso aqui é que nós dois vamos sentir muito prazer.  -  Ele fala sorrindo e pressionando o objeto. Gemo um pouco. Não é tão grande quanto o que ele pôs quando estávamos brincando de esconde-esconde, mas ainda é grandinho e dói um pouco... 

 - Pra... pra que sentir... prazer? É uma... festa...  -  Não dá nem pra falar direito. 

 - Oras, amor, o prazer não tem hora nem lugar.  -  Ele conclui encaixando bem certinho o objeto dentro de mim. Neste momento dou um curto mas alto gemido, logo tapo minha boca.  -  Se gemer desse jeito no meio da festa, muita gente vai querer esse controle.  -  Ele brinca. 

 - Id.... idiota...  -  Falo meio envergonhado. 

 O vibrador que ele colocou em mim é um tanto comprido com umas bolinhas na sua extensão, sendo grosso e com uma parte mais fina na base, pra encaixar certinho em minha entrada, de fato, não vai sair. 

 Ele continuou mexendo um pouco o objeto, parece que está procurando um jeito melhor de encaixá-lo, até que sinto o vibrador no meu ponto mais sensível, o que me faz morder um pouco os lábios. Ele achou minha prostata, e para minha (in)felicidade, ele percebeu, e acabou encaixando melhor encostando bem em meu ponto mágico. 

 - Vamos testar?  -  Ele indaga retórico, pegando o controle. 

 - Não ouse...  -  Antes que eu terminasse, ele gira o botão pro lado indicando maior potência, consequentemente comeco a sentir as vibrações no meu ponto mágico, e começo a me contorcer. 

 Ai... que ódio... mordo os lábios e fecho os punhos, e gemo um pouco... se ele ligar isso no meio da festa, não sei não que vai dar. 

 - Pelo visto funciona mais que bem, imagina no máximo.  -  Ele fala rindo com uma surpresa irônica. Reviro os olhos. 

 Ahh essa festa vai ser longa. 


 ... 


 Começamos a descer as escadas, não é tão difícil andar com esse vibrador, diferente daquele primeiro, mesmo assim, dói um pouco da mesma forma. 

 - Ainda não sei por quê quis que eu ficasse com esse troço, ele dói Zack. -  Reclamo, ele ri. 

 - Haha, dói é?  -  Arqueia a sobrancelha com um sorriso maldoso, logo depois começo a sentir uma intensa vibração acertando em cheio minha prostata.  -  Acho que é mais prazer do que dor. 

 Só não caio por estar apoiado no corrimão, me contorço todo, mas meio discreto, afinal, já tem gente na festa. 

 - Cody! Você veio!!  -  Grita Zack indo na direção do asiático. 

 - Zack... desligue isso...  -  Sussurro, certeza que ele ouviu, apenas me ignorou, deixando as vibrações.... 

 Ele é mesmo um bad boy... 

 - Achei que tinha pedido as cordas emprestadas.  -  Fala Cody, com seu tom cínico e indiferente de sempre. 

 - Puta merda, é verdade, esqueci completamente. Foi mal.  -  Fala Zack batendo na própria testa. 

 - O que foi que te distraiu tanto à ponto de te fazer esquecer?  -  Indaga o asiático, fazendo o toque de mãos com Zack e seguindo em frente, até parar, olhando pra mim.  -  Ahh... descobri o que foi.  -  Arqueio a sobrancelha. 

 - Eu não tenho nenhuma objeção em relação à isso.  -  Fala Zack, rindo de lado. 

 - Haha, muito engraçado.  -  Rio irônico. 

 - E então Dylan, me diz, como foi seu dia?  -  Indaga Cody, sem demonstrar muito interesse, mas sem tirar os olhos dos meus. 

 Ele sabe, tenho certeza que esse cara sabe. Mas espera, é segredo? Como eu pude não conversar com Zack sobre isso? Não, não... calma, eu tenho que manter postura, afinal o vibrador parou de vibrar. 

 - Foi ótimo, e o seu?  -  Indago sorridente. 

 - Foi normal.  -  Ele responde desinteressado,  -  Mas sinceramente, você deveria ganhar um prêmio.  -  Ele fala indo para longe. 

 - Prêmio? Pelo quê? 

 - Por aguentar aquele pedaço de anta por tanto tempo.  -  Conclui. 

 Nunca esquecerei que esses dois são melhores amigos, pela forma que se referem um ao outro. Haha. 

 Observo a entrada e encontro um Iggy entrando meio receoso, pela expressão ele deve estar se sentindo muito perdido. Detalhe, sua roupa cobre quase o corpo inteiro, uma camisa azul claro com um cachecol preto, uma calça jeans preta e tênis da mesma cor da camisa. 

 Zack o cumprimenta e ele retribui, em seguida vindo em minha direção. 

 - Hey Iggy. Você veio.  -  Falo me aproximando para um abraço, tal que ele retribui. 

 - Vim sim, não queria, mas vim.  -  Ele fala meio receoso. 

 - Qual é, não minta pra mim, todo mundo queria que você viesse, e eu sei que você queria vir.  -  Falo batendo em suas costas. 

 - Não sei do que está falando.  -  Ele conclui com um biquinho.  -  E além disso, por que não foi na aula hoje? 

 - Ahh...  -  Será que eu conto que fiquei o dia inteiro com Zack, brincando, nos divertindo e transando?  -  ... Bem... é que rolou uns imprevistos assim... 

 - Cody tinha razão, você ficou mesmo transando manhã, tarde e noite com o Zack.  -  Ele fala olhando pra mim e nesse momento eu coro direto. 

 - O... o que...?  -  Como que Cody... será que Zack contou? Será que eu sou o único que acha que não é para contar pra ninguém? Será que eu estou sendo muito dramático? 

 - Assim como você disse lá em cima, não minta pra mim, seus olhos revelam que isso é verdade.  -  Ele fala apontando seu curto e fino indicador para meu nariz. 

 Que droga, será que é só ele e Cody que sabem disso? Iggy não contaria pra ninguém sem meu consentimento, certeza, mas Cody.... eu acho que ele simplesmente caga para mim e para o Zack. 

 Mas espera... quando eu decidi que a relação de Zack e eu seria segredo? Quando decidimos isso? É necessário? Acho que contanto que meu pai não saiba... mas se todo mundo souber, ele ficará sabendo, e eu não tô afim de ficar me estressando com ele. Então acho que seria melhor deixar em segredo por enquanto. 

 - Por favor, não conte pra ninguém Iggy.  -  Peço de mãos unidas para o menor, que sorri. 

 - Eu não tenho porquê contar pra ninguém. Aliás, você não tem com que se preocupar, só Cody e eu sabemos.  -  Ele fala. Que alívio. 

 - Ai que bom....  -  Suspiro. 

 - Mas assim, Zack é meio possessivo e exibido, ele adoraria contar pra todo mundo que pegou você.  -  O menor fala dando de ombros. MASOQUE?!? 

 - O QUE?  -  Indago alto demais. 

 - É sério, ele não é a melhor das pessoas no quesito de guardar segredo, mas sei lá né.  -  Ele fala olhando de lado para o de olhos azuis. 

 - Isso é mal... do jeito que ele é, ele vai gostar de me irritar.  -  Falo pensativo. 

 - Tente falar com ele, talvez ele ainda não tenha contado pra todo mundo.  -  Ele conclui indo na direção de Cody.  -  Ah, e assim, se não esconder todos esses chupões e mordidas no pescoço, todo mundo vai desconfiar.  -  Iggy termina, se afastando. 

 Rapidamente cubro o pescoço com as mãos. Esqueci completamente disso. Zack gosta de me marcar, e não tem como esconder isso, que ódio. 

 Vou na direção de Zack, que cumprimenta alguns convidados. 

 - Hey, Zack...  -  Sussurro, atrás dele. 

 - Hum, fala querido.  -  Ele responde com um baita sorriso. 

 - Precisamos conversar, rapidinho.  -  Falo ainda sussurrando, o puxando para um canto. 

 Ao chegarmos, puxo seu rosto pra baixo para ficar na minha altura. 

 - Quer me beijar é?  -  Indaga ele, com um sorriso sacana

 - Não é isso, é que.... 

 - O que? 

 - Tipo, você contou pra alguém que estamos. .. tipo assim, juntos?  -  Indago meio receoso. 

 - Hum... deixa eu ver....  -  Ele olha pra cima pensativo  -  ... acho que só para o Cody. Por que?  -  Ele olha pra mim malicioso  -  Quer manter segredo?

 - Assim... se todo mundo souber, vai chegar aos ouvidos do meu pai, e tipo, eu não quero que venha de ninguém senão de mim.  -  Falo, meio apreensivo. Será que ele vai ficar bravo? 

 - Hum... por mim tudo bem.  -  Ele fala sorridente, que bom que ele é compreensivo.  -  Mas, eu vou querer algumas coisas em troca, afinal eu queria tanto contar pra todo mundo que essa bundinha gostosa é só minha.  -  Ele fala apertando minha bunda de modo escondido. Acho que estou corado 

 - Ai... e o que seriam essas coisas?  -  Indago com a mão na testa. Certeza que coisa boa não é. 

 - Você verá.  -  Ele fala sorrindo sacana. Logo começo a sentir aquela maldita vibração. 

 - Awnn... pare.  -  Falo batendo em seu braço. O pior que é bom. 

 - Haha, vai ter que aguentar... Daughter.  -  Ele fala rindo e em seguida indo na direção da porta.

 Conforme o tempo vai passando, mais gente vem vindo. E num piscar de olhos, a mansão inteira estava cheia.  

 Entram os amigos de Zack, que eu acredito serem meus também, Hayden, Liam, Froy, James e Camila. Eles nos cumprimentam e retribuímos, logo, a música alta e luzes Neon já tomam conta do espaço. 

 Incrível como Zack é popular. Nunca na minha vida estive em uma festa de colegial com tanta gente, essa foi Zack que organizou, e parece que metade do colégio veio. 

 Ahh... essa festa vai ser maneira. 

 Mas algo me diz... que alguma coisa vai acontecer. 


 

 Continua.... 


Notas Finais


Hummm esse Zack é uma figura né não?
Essa saga "Festa" terá vários capítulos gente, então, será que alguma coisa vai acontecer??


Vou dar um pequeno spoiler: terão novos personagens!!!

Espero que tenham gostado amores, até o próximo!!

-- Será que vocês perceberam alguma coisa até essa altura da fic? --


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...