1. Spirit Fanfics >
  2. Kisses and Cheesecake - Choi Yeonjun >
  3. Banana

História Kisses and Cheesecake - Choi Yeonjun - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oi nindos. Espero que gostem.
Bjinhos
Tô viajando, então eu tô me esforçando para lembrar de postar.

Capítulo 3 - Banana


Fanfic / Fanfiction Kisses and Cheesecake - Choi Yeonjun - Capítulo 3 - Banana

Mafê

06:30 AM, Uma semana depois...

Depois daquela noite, Yeonjun me mandou mensagem, ele disse que quando tiver tempo irá ao restaurante. Eu tenho me saído bem no trabalho mas estou tendo pouco tempo para descansar. Deve ser quase noite no Brasil, resolvo fazer uma chamada de vídeo para mamãe.

- Alô filha! - Mamãe exclamou.
- Oi anjo. Tudo bem? - Sorri.
- Tudo e você?
- Eu estou bem. Só um pouco cansada.
- Você devia estar dormindo ainda, você entra às 10:00 ainda dá tempo de ficar mais um pouco na cama.
- É sim, mas eu estava com saudades.
- Eu também estou. Alicia saiu com o pai.
- Eu estava lembrando de quando eu e ela íamos até a casa da vovó.
- Ela sente muito a sua falta, afinal você é a outra "mãe" dela.
- Também sinto falta. - abri um leve sorriso.
- Você já fez amigos? - Perguntou
- No trabalho os mais próximos são sra Zhang, Yuq e Binnie. Conheci Lana, uma universitária e tenho conversado com Yeonjun, ele é idol... k-pop e tal... foi um encontro inesperado... - Contei tudo a ela.
- Alicia vai pirar. Ela é fascinada por K-pop.
- Nem fala nada para ela. Não somos amigos muito próximos.
- Você queria que fosse mais? Tá com uma cara...
- Mãe eu só estou cansada. Faz pouco tempo que o conheci. Eu estou bem como estou.
- Tudo bem, tudo bem. Eu preciso sair agora, mas depois nos falamos como sempre. - Piscou para mim.
- Todos os dias, enquanto vou pro trabalho, combinado. - Levantei meu dedo mindinho.
- Combinado. - Ela levantou o seu. Desliguei a chamada e me deitei novamente. Eu ainda tenho alguns minutos.



Yeonjun

09:00 AM, mesmo dia.


Estamos trabalhando em um novo álbum, mas tudo que eu consigo pensar é na Mafê. Não sei o que está havendo comigo. Eu não a vi desde a noite que conversamos um pouco no restaurante.

- Você vai lá hoje a noite? - Beomgyu se referiu ao restaurante que ela trabalha.
- Eu pretendo. Vocês vão?
- Nós gostamos muito de lá, mas... - Kai intrometeu-se.
- A gente não quer segurar vela. - Completou Taehyun.
- Nós mal temos uma amizade gente...Bem, na verdade não vão ficar de vela, eu só vou conversar um pouquinho. To indo por causa so Menu. - Fiz biquinho.
- Yeonjun você vai atrapalhar o trabalho dela de novo? Esse Menu tem cabelos cacheados? - Soobin perguntou entrando na sala de ensaio.
- Cacheados, a voces são...Eu... é verdade. Ela disse que não pode ficar saindo.
- Espera ela sair do trabalho! - Soobin sugeriu.
- Isso, você pede entrada, o jantar, a sobremesa, repete tudo até ela sair. - Disse Hueningkai.
- Ainda bem que o dinheiro é meu né? Deixa minha fome pelo amor de Deus. - Respondi.
- Eu só estava pensando em como você poderia demorar. - Defendeu-se.
- Sei bem. - Revirei os olhos.
- Kai e as indiretas diretíssimas. - Comentou Taehyun. Ele estava recortando corações para as fãs, ele é amigo do Jin-hyung faz tempo, então foi influenciado. Até no quesito segurança, ele diz que é a Beleza do TXT.
- Okay então vou ao restaurante, mas espero ela sair. - Confirmei.
- Aproveita e leva ela em casa. - Beomgyu sugeriu fazendo uma cara como se eu fosse agarrar ela quando chegasse lá.
- Você se supera a cada vez cara.
- Mas é claro.
- Chega, vamos praticar.
- Play! - Avisou Soobin e nós começamos novamente.

•••

Já estava na segunda sobremesa quando a vi, ela estava conversando com o gerente. Nossos olhares se encontraram e ela sorriu momentâneamente e depois voltou sua atenção para o cara. Depois ela veio em minha direção.
- Que bom que você veio. - Ela falou ao chegar, eu me levantei para comprimenta-la.
- Eu estava com saudades, dos doces.
- Acho melhor você sentar novamente, estamos chamando atenção. - Eu me sentei.
- Você vai ficar em pé? - Perguntei.
- Sim, eu só vim cumprimentar você. Não posso demorar. E você já matou saudade dos doces. - Ela apontou para as taças de cheessecake de banana e flã de menta que comi. Eu queria dizer que também queria vê-la mas...
- Yeonjun você está bem? - Ela perguntou.
- Hã, desculpe eu me distrai com meus pensamentos.
- Eu queria saber o que é, mas preciso ir trabalhar.
- Ah tudo bem. Bom trabalho.
- Obrigada. Tchau. - Ela estendeu a mão e eu a peguei. Depois nos demos conta que estávamos demorando com o ato, sorri nervoso e ela foi embora. Eu sou um banana mesmo. E por que estou em sentindo assim?
Mas não, eu não posso me envolver com ninguém. Ah, não, eu vou ficar louco.

Eu paguei a conta e fiquei esperando ela no carro do lado de fora. Já era um pouco tarde quando ela saiu. Corri até ela.
- Yeonjun o que faz aqui? - Ela assustou-se.
- Eu vim ver você. - Respondi.
- Você ficou aqui esse tempo todo? - Ela parecia chocada.
- Eu não estava somente com saudades dos doces. - passei a mão nos seus cabelos.
- Yeonjun...
- Deixa eu te levar em casa, vou me comportar. Prometo.
- Tudo bem. Eu sei que você vai se comportar e não tenho medo de você.
- Eu realmente não quero que você me chute a bunda. - Ela riu do meu comentário.
- Então cumpra o combinado.
- Vem, entra no carro. - Peguei nas suas costas momentâneamente enquanto a conduzia. Ela entrou e eu a levei em casa, conversamos no caminho e quando chegamos ela falou.
- Obrigada por me trazer, eu mando mensagem. - Me deu um beijo no rosto e saiu.
- De nada, você... - Saí atrás dela.
- Que foi?
- Nada, eu só queria saber se gostaria de me acompanhar a um lugar, qualquer dia desses. - Mordi os lábios de nervoso.
- Hã...nossa por essa eu não esperava... - disse surpresa.
- Então... espera você pode pensar sobre o assunto primeiro...
- Não. Não, eu topo. É, se eu tiver livre...
- Claro! Sim, eu te convido.
- Ok, boa noite sr Choi.
- Não me chame assim, me chame de Yeonjun.
- Tudo bem, Yeonjun. - Disse divertida.
- Boa noite...
- Boa noite.

Eu só posso ter pirado, chamei ela pra sair, esperei no trabalho. O que eu tô fazendo?

Durante o caminho de volta percebi que ela havia esquecido algo ao lado do banco do passageiro, encostei o carro, peguei a bolsa e observei, não queria espionar mas acabei abrindo-a e vi que se tratava de livros. Dois volumes de romance e outro de culinária brasileira. Pensei em voltar mas já estava tarde e Soobin havia ligado mais cedo avisando para que eu não demorasse tanto. Então guardei os livros novamente e voltei minha atenção para o trânsito. Tempo depois entro no novo maior condomínio da cidade e avisto a entrada da propriedade da Big Hit e logo recebo autorização para seguir, passo pela estradinha ladrinhada, chego ao descampado, sigo pela lateral direita sentindo o cheiro das rosas do jardim, chego até o guarda, Sonyoung, que a abre a garagem ampla e estaciono o carro ao lado do de Hobi hyung, depois sigo pela porta lateral até a academia, Jungkook hyung está treinando boxe com Taehyung hyung.
- Uau estão treinando até essa hora... - Disse sorrindo e entrando no local.
- Claro. - Disse Jungkook, cansado. - Eu quero manter a forma.
- E eu quero aprender boxe de qualquer jeito. - Disse Tae com seu sorriso quadrado.
- E você mocinho onde estava, Hum?? - Quase infartei, Jin hyung estava parado na outra porta da academia, com um pijama rosa do Cooky, muito, muito assustador.
- Hã... Jin hyung eu fui à um restaurante...
- Até essa hora? É 1 da madrugada. - Ele levantou uma sobrancelha.
- Eu comi muito, muito mesmo e me destrai. - Tentei disfarçar.
- Jin hyung deixa o garoto. - Disse Jungkook.
- Ele já é maior de idade. - Completou Taehyung.
- Yeonjun fofinho, nem se você fosse mais velho que eu... Tá, quem é a moça? - Ele sorriu.
- O que?
- Tá querendo me enganar é? - Ele meneou a cabeça.
- Ixi Jin hyung é só uma amiga. Ela trabalha lá no restaurante que eu fui...
- Eu sabia! Sabia! Igualzinho o Jimin quando mente. Não sabe mentir. - Ele parecia se divertir e Jimin abre a porta sorrindo.
- aiaiai já está falando de mim ? Poxa hyung... - Ele faz bico.
- Claro. Yeonjun está gostando de uma garota e eu queria saber... Mas ele resolveu mentir assim como você da última vez.
- Agora vai espalhar... - reclamou Jimin.
- Ai meu Deus, eu só queria ir pro meu quarto. - Reclamei.
- Tá fofinho, pode ir. Amanhã eu descubro quem é a felizarda.
- Ai Boa noite Hyungs! - Exclamei.
- Boa noite. - Disseram em uníssono.

Quando saí da academia 1, peguei o corredor que vai direto à sala de estar, a propriedade é enorme, muito bem estruturada, cheia de cômodos e passagens duplas. Lembro que quando viemos para cá, eu saí da Academia 2 e fui parar direto na cozinha e não no saguão. A sala é aconchegante e com uma decoração clássica, foram Taehyung e Soobin que acompanharam a decoradora, sra Lee, quando ela veio especialmente para decorar o cômodo. As paredes são de um creme tão atraente que da vontade de comer, uma grande lareira está acesa no lado esquerdo do local, paralela à porta principal. 3 grandes sofás rodeiam a mesa de centro, de vidro transparente que está depositada em cima de um tapete felpudo também creme, mas de um tom mais escuro. De cada lado da lareira surgem estátuas, uma de anjo e outra de cisne negro. Fotografias nossas estão em diferentes porta retratos em cima da lareira. Na parede oposta aos sofás, estão os todos os nossos álbuns e alguns fanarts que escolhemos. Papéis de parede com molduras antigas rodeiam a parte inferior da parede creme, separadas com uma divisória, vasos de flores, e outros se espalham pelo cômodo na medida certa, me volto a mesa de centro. Agora observando, percebo que há algo diferente em cima da mesma, parece uma chave, dourada com fios de hera. Minha curiosidade é enorme, pego-a e a observo de perto. Parece abrir algo grande, só não sei o quê. Sem nem perguntar de quem é, levo para meu quarto, subindo a escada e virando a esquerda. Passo pelo quarto de Soobin, Beomgyu e avisto a porta com uma estátua minha, como no MV de Nap of the Star. Com chifres e tudo. Abro a porta e deixo a chave em cima da escrivaninha, tomo uma banho e me deito. Espero que eu não sonhe com Tom novamente...

Yeonjun off


Notas Finais


Aiaiai eu tô me sentindo frustrada. Não tô escrevendo bem.

Tô tentando melhorar.

Beijos hihi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...