1. Spirit Fanfics >
  2. Kit Kat >
  3. Um sentimento

História Kit Kat - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Declaro expressamente que esta é uma história original. Aproveite.

Capítulo 1 - Um sentimento


{Quando você conhece uma pessoa, nunca se esquece dela.}

 

Não consigo tirar aquela cena da minha cabeça, justamente aquela face. Aquela bela face... Desde o dia em que eu o vi, pude sentir que o meu pequeno coração se tornou pequeno o bastante para que eu me desse conta de que não há tanto espaço nele para guardar tantas emoções, principalmente quando se trata de amor. A partir daí pude perceber que meu coração está mais do que aberto para o amor; ele está aceitando-o como parte de si, está aceitando o fato de que está se entregando pouco a pouco. Isso pode ser doloroso, mas sei que é como se fosse uma anestesia para tudo ao meu redor. Pode acontecer o que for no mundo ou nas minhas redondezas, mas o amor ainda sim consegue fazer com que tudo se torne menos...mórbido, desesperador, pior. Ao mesmo tempo que tenho medo do amor, eu o agradeço todos os dias por isso. Assim como um bichinho, o amor me picou.

Já ouviu falar de amor a primeira vista? Pois bem, seria supostamente o meu caso. Posso sempre me ouvir questionando comigo mesma: "Estaria tudo isso sendo um exagero? Afinal de contas, ainda não falei com o rapaz o qual estou sempre a observar quando ele menos espera". Às vezes, estou realmente concordando comigo mesma, mas ao mesmo tempo, discordando. Isso porque eu sei que ainda terei a oportunidade de conversar com ele, de ver sobre seus gostos variados, suas opiniões, críticas, humores e habilidades que estão escondidas dentro daquele ser humano incrível. De uma coisa eu sei: ele aparenta e age como uma pessoa inocente, como uma pessoa de coração bom, com uma áurea limpa e sincera. Sabe, sei que eu não posso ficar imaginando coisas sobre uma pessoa que eu nem sequer conversei ainda, mas fico pensando: "Sonhar não custa nada"; e sonhar realmente não custa nada, assim espero...

De qualquer forma, este sentimento foi alimentado mais uma vez pelo fato de que o mesmo rapaz está no mesmo ambiente que eu, todos os dias: na mesma faculdade, na mesma sala, no mesmo espaço. Isso me deixa um pouco nervosa, mas ao mesmo tempo sei que estou feliz e ansiosa por isso. Pode parecer besteira mas este fato me faz crer que estou 1% mais próxima dele, ou menos que isso. Isso não chega a amar, mas sei que isso pode ser o resultado do que quer que ocorra nesta minha jornada. Só do fato de eu poder enxergá-lo quando está no mesmo ambiente que a mim, já é algo que posso me contentar; não sou como algumas pessoas que necessita ter aquele que ama em suas mãos. Não funciona assim comigo... Quero ver ele liberto, livre e sem correntes o aprisionando sobre algo, muito menos preso em minhas mãos. O que ocorre é simplesmente: estarei feliz se ele estiver feliz. E assim será. Me desejo sorte antes que ele entre na sala, já que costumo ficar bem nervosa com isso. Boa sorte.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...