1. Spirit Fanfics >
  2. Kiyomi Uchiha - A Uchiha perdida >
  3. Jinchuuriki

História Kiyomi Uchiha - A Uchiha perdida - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem...💞
Desculpa algum erro pq quando eu tava finalizando eu tava caindo de sono ksk

Capítulo 4 - Jinchuuriki


Fanfic / Fanfiction Kiyomi Uchiha - A Uchiha perdida - Capítulo 4 - Jinchuuriki

Alguns anos depois 

Kiyomi já estava treinada e com seu Sharingan um pouco mais evoluído, ela era uma das melhores subordinadas de Orochimaru além de ser a menina de ouro dele, ninguém a desafiava pois seria como desafiar Orochimaru 

Poderia dizer que ela estava ao nível do Itachi quando ele era criança, ela sabia os jutsus de Orochimaru além de ter o Sharingan, ela já tinha feito várias missões para Orochimaru e foi bem sucedida em todas 

Ela estava em seu quarto quando foi chamada por Orochimaru. Ela então vai até a sala dele para ver o que ele queria 

Kiyomi: Orochimaru Sama? Mandou me chamar?

Orochimaru: sim minha pequena Kiyomi... Tenho uma missão pra você

Kiyomi: sério? Que bom, faz um tempo que não me manda em missões *ela fala animada*

Orochimaru: preciso que vá até a aldeia da areia

Kiyomi: a aldeia da areia? 

Kiyomi já tinha ido para a aldeia da areia depois da morte de Kane mas sempre tinha receio de ir lá

Kiyomi: o que preciso fazer? 

Orochimaru: estou com uma suspeita de que eles possuem o jinchuuriki do Shukaku, preciso que vá até lá e verifique se minha suspeita é verdadeira e se for quero que descubra um pouco sobre ele

Kiyomi: como quiser... Vou me preparar para sair o quanto antes 

Orochimaru: Se quiser posso mandar mais alguém com você

Kiyomi: Não será preciso 

Ela então vai se preparar para a missão

  três dias depois 

Ela ja estava infiltrada na aldeia da areia, em um local bem escondido e planejando como entraria na sala no kazekage para roubar algum documento que provasse a existência do jinchuuriki 

Depois de planejar e rever o plano ela resolve entrar em ação... Depois do anoitecer, em um momento de distração quando a sala do kazekage ficou vazia por um momento e ela conseguiu se aproximar o bastante, ela entrou na sala e rapidamente procurou algum documento que provasse a existência do jinchuuriki 

E finalmente encontrou, era bem parecido com uma certidão de nascimento aonde constava o nome do jinchuuriki, o dia do seu nascimento, a bijuu celada dentro da pessoa e tudo mais

Kiyomi: Gaara... Então ele é o tal jinchuuriki que Orochimaru sama falou 

Ela escuta passos vindo em direção a sala e rapidamente guarda o papel e sai da sala como se nada tivesse acontecido 

Ela então resolve passar um tempo ali de uma forma em que ninguém suspeitaria dela, como uma visitante da vila, alguém que está apenas de passagem, alguém discreto e que não da motivos de desconfiança, assim como vários outros visitantes 

No outro dia ela andava pelas ruas da aldeia como todos, alguns a olhavam pois ela era visitante e novo mas nenhum olhar de desconfiança ou algo 

Ela vai a alguns lugares, conversa com alguns moradores que a tratam muito bem por ela ser uma criança fofa e gentil mas ninguém desconfia dela. Ela estava em um restaurante quando escuta alguem falar sobre um monstro 

???: eu sabia que o kazekage deveria ter dado um fim naquele garoto a muito tempo, agora ele virou um monstro sem coração 

???: bom, graças a ele, a vila da areia está fora de perigo agora que as aldeias inimigas sabem que temos o jinchuuriki 

???: ao menos isso, Mas quem garante que ele não vai atacar pessoas da própria aldeia?

Kiyomi: então é verdade... Eles tem mesmo um jinchuuriki *ela pensa*

???: bom, o garoto Gaara ainda é filho do kazekage não podemos fazer nada contra ele, temos que aceitar 

???: quem disse? Eu ainda vou mata-lo 

Já no final da tarde ela vai até uma torres que pareciam abandonadas mas em bom estado, o local dava uma vista para o por do sol e lá ela encontra um garoto que estava sentado na beira da torre

Kiyomi: é perigoso ficar Ai, você pode cair *ela diz com um sorriso fofo porem preocupada enquanto se aproximava*

O garoto se vira sem surpresa como se já soubesse se ela estava ali, um garoto ruivo, sério e com olheiras 

???: quem é você? *ele pergunta sério e sem emoção*

Kiyomi: sou a Kiyomi, muito prazer. *ela estende a mão com um sorriso no rosto mas ele não faz movimento algum* então... quem é você?

???: por que quer saber?

Kiyomi: bom... eu me apresentei e agora você sabe quem eu sou, quero saber quem é você

???: eu sou Gaara do deserto, o mostro da vila da areia 

Kiyomi: entao é você o tal jinchuuriki da vila da aldeia? Gaara, não é?

Gaara: exato... Agora fuja antes que eu te mate *ele diz com um olhar assustador*

Ela simplesmente solta um sorriso fofo

Kiyomi: não obrigada, estou bem aqui 

Ela anda até a beirada da Torre e ali se senta olhando o por do sol

Kiyomi: esse lugar é bonito não é?

Gaara a olhava curioso

Gaara: por que?

Kiyomi: o que?

Gaara: por que não correu? 

Kiyomi: por que eu correria?

Gaara: eu sou o jinchuuriki do Shukaku, sou um monstro

Kiyomi: você não me parece um monstro... Vem, senta aqui 

Ele então vai e se senta ao lado de Kiyomi enquanto a olhavam surpresa

Gaara: foi uma péssima escolha mandarem você para me matar 

Kiyomi: seu bobinho, não estou aqui pra te matar, até porque não sou uma assassina, estou aqui por outros motivos mas nada muito importante 

Alguns garotos passaram por ali e ficaram encarando até que um gritou 

???: toma cuidado, esse mostro vai te matar 

Assim que o garoto fala, Gaara usa sua areia para ataca-lo mas Kiyomi o impede, ela coloca suas mãos  em seu rosto fazendo Gaara olhar para ela a encarando nos olhos 

Kiyomi: não ligue pra isso, foca em mim, Ok? *ela sorri fofa*

Assim que ela fala Gaara solta o garoto que sai correndo e não para de encarar Kiyomi enquanto ela segurava seu rosto 

Gaara: Por que tá fazendo isso? *ele pergunta confuso*

Kiyomi: se tornar um assassino só vai provar a eles que você é um monstro, Não de motivos pra eles te chamarem assim, Por favor Gaara 

Gaara para de encarar ela e ambos voltam a admirar o por do sol que já estava quase acabando 

Gaara: me diga o por que está aqui, por favor 

Kiyomi: eu trabalho para Orochimaru

Gaara: Orochimaru? 

Kiyomi: Sim, meu trabalho é verificar se a história de que a aldeia da areia realmente possui o jinchuuriki e voltar, nada mais 

Gaara: Por que trabalha pra alguém como ele? 

Kiyomi: ele é a única pessoa que eu tenho, o único que lutaria por mim e um dos poucos motivos pra eu não desistir, ele é tudo que eu tenho desde que... *ela exita em continuar*

Gaara: desde que?....

Kiyomi: desde que seu pai matou Kane, a pessoa que me criou e que eu considerava um pai para mim 

Gaara: meu pai? Quer dizer que...

Kiyomi: a alguns anos eu e Kane viemos em uma missão aqui em nome de Orochimaru, mas acabou dando errado e seu pai matou Kane

Gaara: entendo... E você o odeia, Não é?

Kiyomi: na verdade não, não odeio ele, ele fez o que qualquer kage faria para proteger sua vila e Kane estava pronto pra morrer, talvez eu não estivesse pronta pra perder Kane mas consegui superar 

Gaara: você tem um coração muito puro e isso te torna fraca 

Kiyomi: talvez me torne fraca, Mas eu gosto de ser assim, Não quero ser como os outros membros do meu clã e acabar como meu... Meu irmão mais velho

Gaara: você pertence a que clã?

Kiyomi: isso não vem ao caso

Assim que Kiyomi fala ela vê alguém se aproximar e vê algumas shurikens vindo na direção do Gaara

Kiyomi: Gaara! *ela o puxa fazendo ele cair por cima dela*

A areia protegeu Gaara e logo ambos se levantaram para ver quem era, era o cara de mais cedo que provavelmente foi matar Gaara 

Kiyomi: melhor você ir embora *ela diz sacando duas kunais*

Gaara: Não preciso *ele diz friamente*

Ele pensa em logo o matar mas tem medo de assustar Kiyomi. Kiyomi vai lutar  com o homem e foi muito bem conseguindo deixar ele ferido porem não conseguiu dar o golpe final e por isso o homem quase a matou mas Gaara foi mais rápido e usando a areia matou o homem na frente de Kiyomi 

Gaara: por que não o matou?

Kiyomi: eu já disse... Não sou assassina *ela fala seria*

Gaara: ele iria te matar

Kiyomi: não iria deixar ele me matar mas também não iria mata-lo 

Gaara: vai chegar um dia que você vai ter que sujar suas mãos

Kiyomi: eu sei, Mas por enquanto vou manter minhas mãos limpas

Ela guarda suas kunais e se prepara para ir embora

Gaara: espera.... *ele fala antes de  ela ir* você vai voltar?

Kiyomi: não sei... Mas torço para que um dia voltemos a nos encontrar e melhor, que estejamos do mesmo lado 

Ela vai até ele e novamente segurasse rosto mas agora  lhe dando um beijo na testa 

Kiyomi: caso você não conhece o amor, se apresente a ele 

Gaara: Não sou amado por ninguém Kiyomi 

Kiyomi: então ame a si mesmo, proteja a si mesmo e lute  por si mesmo... Se  ame mais que tudo e quem sabe você prove do amor 

 Ela fala e logo sai correndo desaparecendo na escuridão

Três dias depois 

Ela havia acabado de chegar no esconderijo o foi direto para a sala de Orochimaru 

Ela entra e entrega o documento que encontrou para Orochimaru 

Kiyomi: a aldeia da areia realmente possui o jinchuuriki do Shukaku, ele é uma criança, se  chama Gaara e além do mais é filho do kazekage Rasa

Orochimaru: você fez um ótimo trabalho pequena, agora vá descansar, você merece 

Kiyomi: obrigada Orochimaru sama 




Notas Finais


Até a próxima...


Dois bjuus💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...