História Knight Vampire- Segunda temporada-"amaldiçoados" - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Romance
Visualizações 72
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura

Capítulo 49 - O plano


Fanfic / Fanfiction Knight Vampire- Segunda temporada-"amaldiçoados" - Capítulo 49 - O plano

Jungkook on

Deixo o quarto de Taehyung pensativo. "Ser gentil, nada de deboche", geralmente não ligo muito em ser gentil com ninguém, mas esse é um caso especial. Farei ela engolir aquelas palavras. Pensei que aquilo não me afetaria, mas afetou e muito. Ninguém nunca iria me amar ela falou em meio as lágrimas. Vou fazer com que me ame e depois vou destruí-la.  Reduzirei ela a pó. Um sorriso de escarnio surgiu em meus lábios.

Entrei no quarto ainda pensativo quando arregalo os olhos e praguejo.

JK__ O que você fez sua ... sua ... garota tola.__ falo entre dentes.

Gia estava sobre a cama muito pálida com os pulsos cortados, o sangue tingia os lençóis de vermelho, um pedaço de espelho ao lado de seu corpo. Seus lábios estavam sem cor e me olhava como se não conseguisse ficar com os olhos abertos.

Olho para o lados, o livro de romance estava totalmente destruído e o espelho que ficava no quarto estava em pedaços, ela o havia quebrado para se cortar.

JK__ Que inferno Gia!__ digo revoltado.

Corro para junto dela e mesmo débil do jeito que estava ainda tenta lutar comigo empurrando minhas mãos. 

JK__ Você não vai morrer. Isso quem decide sou eu, que sou seu dono.__ rasgo com os dentes mesmo meu pulso e ordeno.__ Beba.

Gia__ Não.__ ela afasta minha mão, mas não me dou por vencido e a forço a beber.__ Deixe-me eu não quero.

Ignoro sua recusa e seguro sua cabeça para que tome o sangue.

Quebra de tempo

Gia__ Por que não me deixou morrer?__ ela chorava copiosamente evitando me olhar.

JK__ Como eu falei você não decide isso Baby Girl.__ suspiro e em um gesto rápido pego ela em meu braços.

Gia__ O que está fazendo me põe no chão.__começou a ficar agitada e procura se libertar.

Jk__ Vou banha-la.__ digo__ Você está toda suja de sangue se não percebeu.

Gia__ O quê?__ ela parecia confusa e para de se debater.

JK__ Ainda não está em condições de andar. Seus pulsos  estão cicatrizando aos poucos pois leva um tempinho para está totalmente curada e eu não vou ficar com você assim.__ procuro falar com calma quando na verdade tudo que queria era dar-lhe uma boa surra por me desafiar novamente.

Abre e fecha a boca diante de meu olhar severo.

Quando chegamos no banheiro tiro sua camisola e ela se encolhe parecendo envergonhada. Não ligo para sua atitude e a faço entrar no chuveiro. Começo a retirar minhas próprias roupas e a ouço perguntar.

Gia__ Vai tomar banho também?__ sua voz era tremula e desviou o olhar quando tirei a calça.

Não entendo por que tanto pudor sendo ela quem era e quando já ficamos nus tantas e tantas vezes diante um do outro, mas não falo nada sobre isso apenas confirmo.

Jk__ Sim.__ digo e entro no box.__ vem cá.

Falo quando ela se encolhe novamente diante de mim. Lentamente se aproxima obediente e junto seus cabelos para o lado, pego a esponja e a escorrego a principio por seus ombros vagarosamente subi para o pescoço. Ela fecha os olhos quando nossos olhares se encontram prendendo-se um no outro e sorrio gostando de como a perturbo.

Jk__ Desculpe.__ digo de repente pegando-a mais uma vez desprevenida.

Gia__ C...como?__ ela abre os olhos. Passo a esponja agora em seus seios e os sinto enrijecer ao meu toque.

Jk__ As vezes sou um completo idiota.__ falo e continuo meu passeio pelo seu corpo, maravilhado com a resposta que ele me dá, desço a esponja de banho agora para sua cintura e ela já esta ofegante.__ Não pensei que iria te magoar a ponto de querer se matar. 

Finalmente chego com a esponja entre as suas coxas e ali me demoro. Arranco um gemido dela ao jogar a esponja de lado e com os dedos massagear os pêlos que cobrem aquilo que no momento me enche de desejo. puxo ela contra meu corpo e deslizo meus lábios lentamente pelo seu pescoço ainda a fazendo gemer com os meus dedos agora dentro dela..

Jk__ E então estou perdoado?__ sussurro bem junto ao seu ouvido. Nossos corpos colados um no outro, eu já estava duro querendo foder ela, mas ainda tinha a bendita aposta. Sei que ela também me queria. Podia até me odiar, mas não podia negar que adora quando trepo com ela.

Gia__ Sim... Ohhh... sim.__ gemeu totalmente entregue a caricia.

Fiz algo que vou queimar no inferno por ser tão estupido e  não tomar o que me pertence naquele exato momento.

Jk__ Obrigado.__ falo resignado com voz rouca me afastando.___ Agora vamos tomar banho.__ retiro os dedos de dentro dela e abro o chuveiro de uma vez e a água fria molha nós dois.

 

 


Notas Finais


Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...