História Knights of Sky - Interativa - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Drama, Fairy Tail, Interativa, Knights Of Sky, Luta, Magia, Romance
Visualizações 17
Palavras 515
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Inevitabilidade de Divulgação!


Templo desconhecida / 20:00

O silêncio habitava o ambiente desgastado e abandonado do templo que ficava nas redondezas do continente de Pergrande. O local mesmo deteriorado é coberto de sujeira, vinhas e musgo, ainda transmitia certa beleza de uma era passada.

As únicas iluminações eram as geradas pela luz da lua que passava por algumas frestas ou buracos maiores. Em especial na câmara central do templo, talvez fosse a parte mais bem conservada se comparado ao restando do ambiente danificado pelo tempo; em seu centro se notava uma pessoa coberta por um grande manto negro esfarrapado, seu rosto não era identificável por causa da escuridão tanto que o manto fazia em seu rosto como do ambiente naturalmente escuro

Tal indivíduo olhava fixamente para uma grande rocha com um papel de selamento fixado em sua superfície, tal objeto emitia uma aura forte porém tranquila que engolia o cômodo inteiro. Contudo a pessoa move a cabeça sutilmente pro lado em prol de olhar por cima de seu ombro para a pessoa que estava ajoelhada atrás de si

- Mais uma Guilda foi eliminada, meu senhor! - A pessoa ajoelhada dizia tranquilamente para o outro. Pela voz se definia ser uma garota

- Excelentes notícias.... Continue com o trabalho, sim! - O misterioso indivíduo fala tranquilo antes de andar até o selo e agarrar uma de suas pontas sutilmente para enfim puxa-lo da Rocha que estava preso

- Sim senhor! Mas por que estamos destruindo as Guildas? Não que esteja reclamando.... Só tenho essa curiosidade - A jovem questiona com certa curiosidade e respeito em sua voz que a faz se surpreender ao ouvir o cantarolar do superior que olhava o papel de selamento que continha entre os dedos

- Algumas coisas só podem ser alcançadas se estiver disposto à alguns sacrifícios. Todas as mortes que causamos são um meio, igual a remoção desses selos; no fim.... a única coisa que importa é inevitabilidade! - A pessoa coberta pelo manto dizia tranquilo olhando o papel fino em mãos antes de soltá-lo a tempo de o ver entrar em combustão e sumir no ar e completar - Por isso, continue fazendo seu trabalho e uma hora entenderá os frutos de nosso trabalho. Ambos os trabalhos!

A garota acena em silêncio, não sabia o motivo por trás daquelas palavras mas preferiria evitar forçar o assunto é irritar seu superior aquilo era a última coisa que desejaria para sua vida, por causa de tal pensamento, ela se levanta antes de se retirar e fazer parecer que nunca estivesse lá em primeiro lugar... O encapuzado ficava em silêncio na medida que colocava as mãos atrás das costas  e girava os calcanhares pra se afastar do ambiente 

- Inevitabilidade. No fim, tudo se resume a isso, puro e simples! - O encapuzado falava tranquilo para se desfazer em partículas arroxeadas. Quando ele deixa a sala isolada um forte tremor ocorre e a rocha se rompe em pedaços enquanto todo o ambiente é coberto com rachaduras esverdeadas de tonalidade totalmente fantasmagórica; aquilo era meramente o começo de um jogo mais amplo que o pensado!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...