História Konoha - Escola de Heróis - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Chouji, Escola De Heróis, Gaalee, Gaara, Heróis, Hinata, Ino, Kiba, Kibaten, Lee, Naruhina, Naruto, Neji, Nejiten, Poderes, Sai, Saino, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Shikamaru, Shikatema, Temari, Tenten, Vilões
Visualizações 253
Palavras 2.596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus kridus, desculpem postar a essa hora, é que tá tudo muito corrido essa semana, minhas aulas voltaram, tem que efetivar as matrículas nas matérias que quero, ontem foi meu aniversário e amanhã tem festinha então tá bem corrido, mas eu não esqueci de postar, espero que gostem <3

Capítulo 2 - O Começo de Tudo



 Os novos alunos descobriram que em breve haveria um baile, em comemoração aos jogos de heróis que dessa vez seriam sediados em Konoha. Heróis de todos os cantos do mundo iriam participar e prestigiar o evento. 
 A primeira semana de aula correu tranquila, a primeira tarefa do ano havia sido escolher um nome de herói e criar um uniforme, isso teria que estar pronto até o baile, pois era o que eles usariam.
 Ino estava sentada sozinha em um banco no meio do gramado, estava matando aula de ética e moral do professor Asuma, havia pedido pra ir no banheiro e não voltou. A loira estava tão distraída que não notou que o garoto asiático sentado num banco afastado a olhava sem parar, na verdade ele a desenhava em seu caderno de desenhos. Aquele era Sai, também conhecido como o Ilustrador, tinha a habilidade de transformar em realidade o que ele desenhasse.
 Sai era veterano do segundo ano, e um garoto reservado, era orfão mas foi criado por Danzou, um professor já aposentado de Konoha, o único amigo de Sai era Shino, outro garoto reservado e de poucas palavras, Shino tinha domínio sobre os insetos e era capaz de se comunicar com eles, conhecido também como Insecto e filho de uma família de super heróis, o garoto também era veterano do segundo ano.
 Ino olhou em volta e só então percebeu o par de olhos que a encarava, ela corou, adorava chamar a atenção mas não sabia há quanto tempo o garoto a observava. Sai vendo que havia sido notado, apenas fechou seu caderno e saiu andando, deixando a loira encucada. Ela tentou ler a mente dele, mas ele não pensava em nada, como podia alguém não pensar em nada?
...
 Asuma já havia ido embora quando Ino voltou para a sala, mas ela deu sorte pois a próxima aula seria trabalho em equipe com Yamato e Kakashi, e como Kakashi sempre chegava atrasado, a aula demorava a começar. Ino tinha um olhar perdido e Sakura notou.
- Ino, aconteceu alguma coisa? - A loira a olhou e abriu um sorriso fraco.
- Não, nada.
- Ino... Não mente pra mim. 
- Okay, no intervalo eu te conto, o professor acabou de chegar. - E de fato Kakashi havia acabado de entrar na sala.
- Bom dia alunos, hoje vocês farão duplas que serão sorteados pelo Yamato. Quero observar como vão se sair com alguém sorteado ao acaso. - Kakashi falou paciente. - E levem este exercício a sério pois ele valerá nota.
 Foi possível ouvir uma batida na porta e logo alguém entrou, era Sai.
- Com licença professor, desculpe o atraso. 
- Ah é você Sai. Reprovou nessa matéria ano passado, espero que esse ano se esforce mais. - Yamato falou e o rapaz assentiu.
 Então o nome dele é Sai, pensou Ino, qual seria a habilidade dele? Ino não teve muito tempo pra pensar pois os professores começaram a anunciar as duplas.
- Shikamaru e Kiba. - Ambos reviraram os olhos com o anúncio e Shikamaru reclamou que aquilo era um saco. - Naruto e Hinata. - O loiro gritou de felicidade, era bom ser parceiro de alguém que já conhecia e a Hyuuga apenas corou. - Suigetsu e Gaara. - Ambos olharam um para o outro como se fossem se matar. - Sasuke e Sakura. - Sasuke a analisou de cima a baixo. - Ino e Sai. 
 A loira arregalou os olhos e abriu a boca, enquanto Sai não esboçou expressão. As duplas se aproximaram umas das outras. 
- Muito bem, agora que as duplas já foram decididas, vocês têm uma hora para se prepararem para atividade que será logo depois do almoço no ginásio em parceria com a aula de treinos heroicos do professor Gai. - Yamato falou. Em seguida ele e Kakashi saíram da sala.
- Brilhante, eles vêm aqui falam meia dúzia  de palavras e vão embora. - Sasuke reclamou.
- É, enfim, qual sua habilidade mesmo? - Sakura perguntou.
- Eu crio realidades paralelas que só você vê, caso eu consiga fazer contato visual. E a sua?
- Eu tenho super força. - Ele a olhou desconfiado.
- Difícil de acreditar, você é magrela demais. - Ele falou provocando ela e havia conseguido.
- Como que é? - Ela o levantou pela gola da camisa.
- Era um teste pra ver a sua super força. Pode me soltar agora.
- Você testa a minha  força, mas como vou testar sua habilidade ocular?
 Naquele momento ele começou a olhar fixamente nos olhos dela e ela se viu em um campo cheio de flores com enormes árvores, Sasuke estava com ela, ele a puxava pela mão e depois a segurava pela cintura e a girava no ar. Os dois sorriam, ele a colocava de frente pra ele e começava a olhar para seus lábios e a se aproximar. E então ela estava novamente na sala.
- Se queria me beijar, era só ter me falado. - Ele falou com um sorriso de canto.
- Cala a boca.
- Olha o lado bom, agora você sabe que minhas habilidades realmente funcionam.
 Enquanto isso, Kiba estava quase batendo em Shikamaru pois o Nara estava com a cabeça abaixada sobre a mesa e só sabia reclamar que aquilo era um saco. Suigetsu e Gaara estavam sentados um do lado do outro sem falar nada. E Ino não parava de falar coisas aleatórias para Sai.
- Você fala demais. - Sai falou de repente.
- Eu...Hã... - Ela fez uma cara triste.
- Eu gosto. - Ele completou a deixando vermelha. - Qual sua habilidade mesmo?
- Eu leio a mente das pessoas.
- Interessante. - Ele falou abrindo seu caderno de desenhos e olhando fixamente para o desenho que havia feito dela. - No que estou pensando?
- Você... - Ela leu a mente dele, ele estava pensando nela, na verdade no quanto ela era bonita, na hora ela ficou vermelha por completo.
- Pode falar, não tenha vergonha.
- Você está pensando em mim... Não, está pensando num desenho. - Ele assentiu. - Um desenho que fez de... de mim? - Ele assentiu novamente. - Por que fez um desenho meu?
- Porque você estava parada tão distraidamente hoje mais cedo no banco, tão serena com a natureza em volta. Eu não resisti.
- Ah obrigada eu acho. Qual a sua habilidade?
- Eu consigo transformar em real tudo que desenho. - Ele falou e em seguida havia uma outra Ino do seu lado. Ele fez um gesto com as mãos e ela voltou pro papel.
- Uau. - Foi o que ela conseguiu falar.
 Não demorou muito para que o sinal do almoço tocasse, os alunos correram para o refeitório. Naquele dia seriam servidos vários tipos de massa. Naruto e Hinata encheram o prato e Sakura os olhou abismada.
- Sabem que depois do almoço vamos ter treinos heroicos né? - Eles assentiram. - Não acham que comendo desse jeito vão passar mal?
- Relaxa Sakura, esses dois são um saco sem fundo. - Ino falou. 
 Sai não estava junto com a loira, quando o sinal tocou ele foi procurar seu único amigo, Shino, e uma garota ruiva, a tal de Karin, puxou Sasuke pelo braço e começou a elogia-lo sem parar.
...
 Assim que comeram o grupo foi para o ginásio, que por sua vez estava lotado, alunos dos outros anos e também professores estavam sentados nas arquibancadas. E todos pareciam bem animados. O grupo do primeiro ano olhava tudo curioso.
- O primeiro treino heroico do ano. Serve apenas para fazer os calouros passarem vergonha. - Temari que estava parada ao lado deles falou.
- De onde você saiu? - Shikamaru perguntou.
- Eu tava aqui o tempo todo, você que não me viu.
- Isso é tão problemático.
- Você é tão reclamão. Vou te chamar de bebê chorão. - Ela falou piscando pra ele.
- Que problemática.
 A bagunça e os griteiros que se faziam cessaram quando o professor Maito Gai foi para o centro da quadra.
- OLÁ ALUNOS. - Ele gritou. - HOJE TEREMOS NOSSO TREINO HEROICO E COMO SEMPRE, O PRIMEIRO TREINO DO ANO OCORRE EM PARCERIA COM AS AULAS DE TRABALHO EM EQUIPE. OS PROFESSORES KAKASHI E YAMATO JÁ FORMARAM AS DUPLAS. MAS ANTES DE CHAMAR A PRIMEIRA DUPLA PARA A QUADRA, VAMOS AS REGRAS. 
 Gai explicou que haveria um boneco que representaria um civil em perigo, o boneco fica amarrado sobre um tanque de piranhas e o objetivo das duplas de calouros era impedir que o civil caísse no tanque. Mas para complicar um pouco as coisas, uma dupla de veteranos seria escolhida pelos professores e faria o papel de vilões, afim de impedir o sucesso dos calouros, fazendo assim o civil cair no tanque de piranhas. Cada dupla tem 3 minutos em cena, esse é o tempo máximo para impedir que as cordas que seguram o civil se soltem.
- Muito bem, quem é a primeira dupla de calouros a participar?
 Naruto não teve dúvidas e empurrou Shikamaru para o meio da quadra.
- Naruto ele vai te matar. - Ino falou lendo a mente de Shikamaru.
- Ah pode deixar isso comigo. - Kiba se aproximou do loiro no mesmo momento em que Gai perguntou quem era o resto da dupla e assim o garoto foi para a quadra.
- Agora que já temos a primeiro dupla de heróis. Tenten, Neji para quadra os dois.
 Tenten saiu da bancada com seu habitual uniforme das líderes de torcida, os coques de sempre, a saia estava um pouco mais curta que as das suas colegas de equipe e aquilo era algo que não passou despercebido pelos garotos, que em sua grande maioria a olhavam com desejo.
- Se você não tirar o olho da minha namorada eu te mato. - Neji falou para um garoto que o estava impedindo de passar, pois não o tinha notado exatamente por estar ocupado demais observando Tenten. O garoto deu um pulo e deixou o Hyuuga passar.
 Neji usava o uniforme do time da escola, afinal ele era o capitão dos esportes, a jaqueta preta com o desenho igual ao da parte de cima do uniforme de Tenten. O Hyuuga era desejo de muitas garotas e até garotos, o olhar penetrante e sempre sério, raramente sorria mas quando sorria fazia qualquer um se derreter.
- Quando eu soprar o apito vocês começam.
 Gai soprou o apito e na mesma hora Tenten puxou uma pequena adaga que estava dentro de sua meia. A garota tinha o dom de controlar metais, jogou a adaga no ar e fez com que ela cortasse a corda que segurava o civil, tudo isso em menos de um  minuto. Gai soprou o apito encerrando a primeira partida.
- Podia ter me deixado participar também. - Neji falou se aproximando da garota.
- Foi mal, um deles tinha um cachorro, não queria correr o risco do cachorro se machucar sem querer.
 Neji apenas revirou o olho, mas Kiba com sua super audição conseguiu escutar, e mesmo achando que poderia ter ganhado, ele achou uma bela atitude e não conseguiu conter o sorriso que se formou em seus lábios.
- Próxima equipe. Sasuke e Sakura.
- Achei que era voluntário. - Sasuke resmungou.
- Depois dessa rápida derrota ninguém seria voluntário. - Sakura falou.
 O professor soprou novamente o apito.
- Sakura distrai a Mitsashi. Deixa que eu cuido dele. - O Uchiha falou com um sorriso de canto e a rosada assentiu.
 Sasuke andou em direção a Neji, o Hyuuga possuía super visão e sabia que Sasuke vinha em sua direção.
- Sabe Neji, a vida inteira eu ouvi falar dos dons oculares dos Hyuuga. E sempre foi um desejo lutar contra você.
- E você acha que pode me ganhar? - Neji falou olhando diretamente nos olhos de Sasuke e aquele seria seu maior erro.
 O Hyuuga agora estava tendo uma visão de algo criado pelo Uchiha. Ele via Tenten desfilando pelos corredores do colégio com seu curto uniforme de líder de torcida e todos em volta olhavam para ela, ela gostava daquela atenção mandava sorrisos e beijos no ar. Até que ela parava na frente de um garoto, o mesmo que Neji havia ameaçado matar, e então Tenten começava a beijar o garoto e descia os beijos para o pescoço dele, enquanto explorava com a mão todo o corpo do garoto.
 Enquanto Neji tinha uma das piores visões da sua vida graças a Sasuke, Tenten já havia nocauteado Sakura, não foi difícil, a garota ainda não tinha muito controle da própria e quando socou o chão se desequilibrou sozinha, dando tempo para Tenten fazer a mesma coisa com a adaga que havia feito antes.  O apito soou encerrando mais uma partida.
 Sasuke ao ouvir o apito, retirou Neji de sua visão, o Uchiha tinha um sorriso debochado no rosto enquanto o Hyuuga estava com uma cara de desespero. Sasuke voltou para a arquibancada junto com Sakura.
- Você me pede pra te deixar participar e daí simplesmente não ajuda. - A Mitsashi falou se aproximando do Hyuuga e vendo a cara de desespero dele. - Tá tudo bem?
- Precisamos conversar. - Ele falou assim que a viu.
- Tá, depois da partida.
 Gai soou o apito, e só então o casal notou que dois garotos já estavam no centro do ginásio com eles. Eram Gaara e Suigetsu e os dois já haviam bolado um plano para ganhar. 
 Suigetsu correu para o tanque de piranhas e parecia estar se comunicando com elas. Gaara que carregava nas costas uma cabaça cheia de areia começou a fazer seu trabalho. Retirou a areia aos poucos e começou a fazer um redemoinho, cercando Tenten e Neji. Os dois estavam encurralados e não tinham o que fazer.
- Droga, o outro tá salvando o civil. - Ele falou para Tenten enquanto usava sua visão de raio X.
 O apito soou anunciando a vitória de Suigetsu e Gaara. O Sabaku guardou a areia de volta e saiu da quadra. Gai escolheu novos alunos para serem os vilões e assim a partida prosseguiu. Enquanto isso Neji puxou Tenten para um dos muitos corredores da escola.
...
 Algumas horas depois, todos já haviam ido embora, mas Kiba precisou ir ao banheiro, e enquanto o garoto deixava a natureza falar, seu cachorro Akamaru saiu correndo e então agora Kiba perambulava sozinho pelo colégio atrás do cachorro. Os únicos que ainda estavam lá além do garoto eram os professores.
 Ele sentiu o cheiro de seu cachorro e começou a seguir, acabou indo parar no ginásio, onde viu que Akamaru fazia festa para alguém, uma garota. Kiba reconheceria o cheiro dela em qualquer lugar, era Tenten, e ela estava chorando? Pelo menos foi o que Kiba achou, pois enquanto ela falava com Akamaru sua voz saía embargada e ela fungava. Sim, ela com certeza estava chorando, Kiba não sabia o que fazer, tinha que ir embora logo ou ficaria muito tarde. Mas a garota estava chorando e Akamaru parecia alegra-lá, ele não podia simplesmente chamar o cachorro e ir embora.
 Kiba assobiou, ele sabia que se Akamaru ouvisse o assobio viria correndo pra ele e assim poderia ir embora. Porém ao ouvir o assobio Tenten se recompôs, limpou suas lágrimas e se levantou, ela esperou que o cachorro saísse dali, não queria deixa-lo sozinho. Um novo assobio foi ouvido e assim Akamaru foi até Kiba e ambos foram embora. Tenten pegou sua mochila e saiu logo depois sem ser vista por ninguém.


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3
Gente têm alguns personagens que eu cito, e não falei dos poderes, ao longo eu vou falar, mas pra vocês já saberem vou colocar aqui:
⦁ Karin Uzumaki - Atemporal - 16 anos - Controla a temperatura
⦁ Suigetsu - Tritão - 15 anos - Domina a água.
⦁ Tayuya - Musicista - 16 anos - Produz notas capazes de estourar os tímpanos das pessoas
⦁ Konan - Garota de Papel - 16 anos - Consegue se transformar em vários pedaços de papel
⦁ Hidan - O Ceifador - 17 anos - Caso consiga sangue do oponente pode controla-ló
⦁ Yahiko - Fireboy - 17 anos - Produz fogo com as mãos
⦁ Deidara - Demônio da Vida - 16 anos - Consegue dar vida ao seus bonecos de argila
⦁ Sasori - Diverso - 16 anos - Habilidade de virar outra pessoa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...