1. Spirit Fanfics >
  2. Konoha Empire School >
  3. A princesa quer virar camponesa?

História Konoha Empire School - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Dormi e sonhei com a história e pensei, por que não? Então aqui estou,. Vou tentar fazer algo decente porque me empolguei com a ideia. Espero que alguém goste e é isso. E como vocês verão é baseado em gossip girl.
E a foto de capa é o uniforme, achei muito bonito socorro.

Capítulo 1 - A princesa quer virar camponesa?


Fanfic / Fanfiction Konoha Empire School - Capítulo 1 - A princesa quer virar camponesa?

Era uma manhã ensolarada, o sol adentrava as janelas através das cortinas de cores claras que Hinata tanto odiava. A garota cobriu a cabeça com a almofada, mas já era tarde, o despertador tocava como um louco. Hinata sentou na cama bufando e tampando os ouvidos com as mãos, ela odiava esse despertador assim como odiava aquelas cortinas. Ela direcionou seu olhar para a porta no momento em que Kurenai sua dama de honra adentrava seu quarto com o seu costumeiro bom humor.

—Que bom que acordou, princesa Hyuuga. Vejo que o despertador novo é eficiente.

Hinata fez uma careta ao se lembrar do antigo que ela mesmo havia quebrado após uma grande irritação e disse:

—Esse é ainda mais irritante, aliás eu nem precisava dele já que automaticamente já acordo com o sol que essa porcaria de cortina não tampa! —disse cobrindo os olhos e os protegendo da claridade.

—Hinata!—Kurenai soltou uma risada— Você sabe que é protocolo os cômodos reais serem bem arejados, iluminados e claros. Algo que seu mãe impôs para a decoração de todo o palácio.

—Como é bom ser uma princesa e não poder nem dar palpite na decoração do seu próprio quarto-A garota se jogou dramaticamente de volta na cama.

—Não, não, não. Vai se levantando porque você precisa ir para a escola, mocinha, seu banho já está pronto e voltarei aqui para lhe ajudar a se vestir.

—Tudo bem, eu já estou indo.—Hinata suspirou e se levantou e dirigiu-se para o seu quarto de banho.

Hinata era a princesa de Konoha.  A família Hyuuga já reinava o país a séculos, felizmente sempre fizeram isso impecavelmente deixando seus habitantes satisfeitos, o que para Hinata era um alívio já que na escola havia estudado sobre várias monarquias que foram devastada com a revolta popular. A revolução francesa e a revolução Rússia eram as que mais lhe assustava, não queria perder a cabeça e muito menos ser executada a tiros. Mas felizmente não precisava se preocupar com isso enquanto seu pai justo e competente estava no poder, atualmente só tinha que se dedicar a sua vida de adolescente, tinha 17 anos e uma beleza incomum, tinha bastantes amigos, alguns que não eram tão confiáveis e verdadeiros, mas que para as aparências bastava.

Estudava no mais caro colégio do país, onde a elite, os filhos das pessoas mais ricas e mais poderosas do pais estudavam. Resumindo: Falsidade, competições e jogos de poder. Você tinha que manter a sanidade e ser tão ruim quanto eles se quiser sobreviver até o fim dos seus estudos principalmente para Hinata que pertencia a família real.

Em um todo você não precisava estudar lá para ter a melhor educação, Konoha possui um dos melhores índices de educação pública, porém estudar em Konoha Empire School era um tradição familiar, sendo uma das mais antigas escolas com seus métodos tradicionais, festas organizadas pela elite, eventos de caridade, viagens escolares pelo resto do mundo além do fato de só aceitarem pessoas de nomes ou extremamente endinheiradas, fazendo com que estudar lá seja algo bem mais disputado onde poucos conseguiam e quem entrava já saia com um diploma literalmente de ouro. Estudar lá significava ter um status social valioso e ser uma das pessoas mais importantes no planeta.

Hinata terminou seu banho e Kurenai entrou no quarto para ajudá-la a se vestir. O uniforme que era constituído por meias que batiam acima do joelho, uma saia plissada xadrez azul vermelha, uma blusa social branca, um colete preto, um blazer ture vermelho duplo breasted e uma gravata da mesma estampa que a saia, o sapato era livre e de sua escolha. Hinata sempre preferia ir com um dos seus saltos, para ela ficava mais elegante e com mais altura. Ao terminar de se vestir se dirigiram ao grande café da manhã que tradicionalmente era feito com sua família, mal prestava atenção nas conversas já que estava demasiadamente ansiosa para o primeiro dia de aula.

Foi quase flutuando para o carro com seu pai e sua irmã quando ele lhe deu uma chamada.

— Hinata cadê sua coroa?

— Pai, eu preciso mesmo usar isso na escola?

— Claro que sim, você é uma princesa e precisa mostrar isso. Aliás sua irmã usa sem reclamar—  Como se fosse para provocar a mesma ergueu a cabeça para indicar sua coroa.

— Mas pai ela ainda é uma criança!

— Eu não sou criança— Hanabi lhe mostrou língua.

— Hanabi, por favor se comporte, e Hinata vou mandar buscar sua coroa e não falamos mais isso—  Hinata concordou com a cabeça e revirou os olhos discretamente e adentrou para esperar, Hanabi fez o mesmo e depois começou a falar novamente.

—Hina, eu não entendo por que você ainda vai com a gente para a escola, você já tem idade para dirigir.

—Eu não curto muito dirigir —mentiu a mais velha que já havia ficado nervosa.

—Você não gosta ou não sabe? — Sugeriu— Neji desde o ano passado já vai com o carro dele e antes disso você vivia louca para dirigir o seu.

—Hanabi, não amole sua irmã. —Hiashi falou entrando no carro e entregando para Hinata sua coroa. — Aliás, Hinata, respeito que você não goste de carros e não queira dirigir, mas daqui alguns dias não poderei mais lhe emprestar o meu motorista. Irei contratar um motorista para você ainda essa semana.

—Sim, papai, como quiser— Hinata concordou enquanto colocava a coroa em sua cabeça e agradecia por estarem mudando de assunto, aquela conversa já estava causando lembranças.

Depois de pouco tempo chegaram nos terrenos da escola. Se despediu dos dois e começou a percorrer o caminho para entrar, passou pela segurança, mas na entrada parou olhou para os lados, retirou a coroa da cabeça e a escondeu na bolsa, não queria ficar andando com aquilo, seria cafona e um motivo para garotas invejosas a criticarem. Depois de guardada seguiu para dentro da escola, o que Hinata não tinha visto é que havia sido fotografada.

.

.

.

Ao entrar avistou Ino e Tenten, suas melhores amigas, correu e as abraçou.

—Eai meninas, prontas para mais um ano? —Hinata perguntou.

—Eu estou prontíssima, esse ano vai ter muitas festas! — Ino comemorou com uma dancinha contida e as outras duas riram.

—Você só pensa em festa, Yamanaka. Eu quero mesmo é passar novamente pro time da escola. — Tenten falou determinada.

—Que bom que ambas tem um objetivo, eu ainda não achei o meu, talvez eu tente o teatro ou algo assim— Hinata comentou.

—Seria muito bom ver a princesinha de Konoha atuando, essa eu quero ver— Ino comentou animada.

—Esse ano promete! — Tenten comentou e elas riram mas então todos os celulares biparam e as três já o pegaram por saber do que se tratava.

—Eu não acredito nisso! Blogueira maldita. — Hinata esbravejou.

O bip era uma notificação do blog da gossip girl, a maior fonte de fofoca da escola, ela sabia de tudo e falava sobre todos, era uma pedra no sapato principalmente dos populares. E o alvo da vez havia sido Hinata, no blog dizia:

“Flagrada tirando a coroa! Pelo que parece a princesinha Hyuuga não gosta de ficar esbanjando o título, escondida do papai logo esconde a coroa para ninguém ver, será que a nossa realeza resolveu que quer ser camponesa? Se eu ficar sabendo vocês sabem que eu contarei para vocês.

- xoxo, gossip girl.”

—Hina, por que você escondeu a coroa? — Ino perguntou curiosa.

—Porque eu acho cafona, meu Deus isso nem é notícia— Falou revoltada

—Acho que ela quis começar leve esse ano, mas olha, não é tão inofensiva porque agora vão zoar você. Olha aqui, estão te chamando de camponezinha. —Tenten apontou para os comentários do blog.

—Que ódio dessa vadia! Vamos para a palestra de iniciação logo antes que eu pire. — Falou e começou a andar.

.

.

.

As primeiras aulas passaram rápido e agora estavam no intervalo, Hinata por onde passava tinha que ouvir provocações mas conseguiu segurar a onda, pagou pelo seu lanche e se dirigiu para a mesa onde estava todos os seus amigos e a elite da Elite: Ino, Tenten, Neji, Sasuke, Sai, Shikamaru, Chouji, Kiba e Lee. Sentou e participou da conversa, mas a atenção de toda a mesa se voltou para uma particularidade: uma aluna nova, uma que chama bastante atenção. Com os cabelos rosas e longos batendo na cintura e olhos verdes cristalinos e uma losango roxo na testa que Hinata achou estiloso, ela chamava a atenção por onde passava. Hinata tinha que admitir, ela era muito linda.

—Ela é filha da Tsunade a maior cirurgiã plástica do mundo e do Jiraya um dos maiores escritores com vários romances de sucessos e adaptações de cinema. Ou seja, é uma queridinha de Hollywood. —Ino comentou para todos.

—Como você sabe tanto da vida da menina? — Hinata indagou.

—Gossip girl já puxou a ficha e postou no blog.

—Nem me fale dela. —Hinata revirou o olho—Mas e o losango na testa?

—Tsunade é indiana, assim como Sakura que viveu seus primeiros anos lá, ela e a mãe possuem esse símbolo, é algo da cultura deles ou algo assim. —comentou Ino— Eu achei um charme! Se não fosse apropriação cultural eu super iria usar.

—Só sei que me apaixonei. —Comentou Sasuke sorrindo.

—Você se apaixona por qualquer rabo de saia, Sasuke— Tenten comentou.

Hinata deu risada, não era mentira, Sasuke era o maior pegador daquela escola, bonito e rico podia pegar quem quisesse. Hinata olhou novamente para novata e viu que ela não estava sozinha, agora estava acompanhada por um loiro de olhos azuis e riscos como marca de nascença na bochecha que Hinata achou fofo, nunca o tinha visto e agora estava chamando sua atenção.

—Quem é ele? —perguntou.

—O loiro? Deve ser o único pobre que estuda nessa escola, Naruto Uzumaki, um zé ninguém. —Comentou Ino.

—Se ele é um zé ninguém como estuda aqui— Neji perguntou a mesma coisa que estava passando pela cabeça de Hinata.

—Jiraya é padrinho de Naruto, deve ter penado pra conseguir a vaga pra ele, deve ser por isso que está fazendo companhia para a novata. —Ino respondeu.

—Linda desse jeito não ia demorar pra ela arranjar companhia—sorriu Sasuke— Aliás acho que tenho que ir lá dar boas vindas. — Se levantou e seguiu caminho para a mesa dela.

—Doido— Tenten riu— Mas eai, Hina, gostou do loiro bonitão? —perguntou maliciosa.

—Pelo visto quer virar camponesa mesmo—Kiba comentou maldoso.

Hinata ficou vermelha como um tomate.

—Não é nada disso, idiotas, só fiquei curiosa.

—Aliás o boy da Hina é o Toneri— Ino comentou brincalhona— E olha ele está olhando para você.

Hinata olhou na direção da mesa de Toneri e ele estava lhe sorrindo galanteador. Toneri também era um príncipe de um pais prospero, o pais da lua. Seus pais botavam muita pilha para Hinata se aproximar dele e talvez não fosse má ideia para a garota, então lhe retribuiu um sorriso caloroso.

—É esse ano realmente promete— Tenten falou e logo deu risada.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...