História Konoha High School: Destino Imutável. - Capítulo 14


Escrita por: e Akihiro-

Postado
Categorias Naruto
Tags Drama, Naruhina, Narusaku Entre Outros, Naruto, Revelaçoes, Romance
Visualizações 47
Palavras 2.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Para mim, um dos casais mais lindos, e menos explorado de todos, por isso decidir coloca-los aqui, mesmo que bem discretamente.

Boa Leitura!

Capítulo 14 - Ino e Sai


Fanfic / Fanfiction Konoha High School: Destino Imutável. - Capítulo 14 - Ino e Sai

No melhor domingo de sol em um parque quase vazio havia uma garota loira com um pequeno laço vermelho na cabeça, no formato de uma gravata borboleta, sentada num balanço a garota loira tinha uma afeição triste e balançava sem animo, quem olhava de longe via a sena triste em preto e branco...

A garota loira pega o impulso e balança uma vez, vai e volta...

Balança duas vezes, vai e volta...

E na terceira vez quem vê de longe a vê colorida, porem...

Na quarta vez o balanço para e quem vê de longe volta a vê em preto e branco.

Triste a garota balançava os pés, quem vê de longe viu que a garota cresceu e embora  ainda em preto e braço a garota já uma moça balança uma vez...

Balança duas vezes...

E na terceira vez, um garoto já um moço não deixe-a parar e a empurra mais uma vez...

Pela quarta vez quem via de longe a garota já moça estava colorida novamente...

Pela quinta vez a garota já moça voava alto no balanço e então pela decima vez a garota para e ainda colorida olha para cima e vê o garoto já moço que a beija na testa, a garota já moça da um leve sorriso que quem vê de longe também fica colorido.

– Desculpe a demora Ino.

Diz o garoto, e a garota responde.

– É você demorou muito, Sai!

 

Em uma segunda de manhã embora atrasada uma garota morena caminha tranquila e despreocupada pelas ruas de Tokyo em direção à escola, Hyuga Hinata parecia abatida, embora desse bom dia a todos que via pelo caminho, talvez Hinata estivesse abatida com seus sentimentos ou talvez apenas frustrada por não conseguir dizer para o garoto que ama que o ama, Hinata toda vez que pensava sobre seus sentimentos para com o garoto sentia calafrios na barriga e seu coração ficava um tanto diferente, ela ria daquela sensação porque sabia que era algo bom de sentir, mas logo parava de sorrir pois lembrava que não tinha coragem de falar para o garoto que ela o ama, e foi caminhando e pensando sobre isso que de longe ela vê Yamanaka Ino e seu companheiro o misterioso Sai, naquele momento Hinata lembrou que havia boatos dizendo que Ino e Sai eram namorados, embora Ino nunca tivesse falado isso em público e nem mesmo o Sai, Hinata então pensa em observa-los um pouco, não para espiona-los, mas para tentar desvendar um mistério que só ela não entendia, como falar para um garoto que você o ama, então continuando caminhando Hinata entra para a escola logo atrás de Ino e Sai, Hinata percebe que embora tenham passado da sala de Sai o garoto ainda caminhava com Ino e apesar de curiosa Hinata continuou apenas observando, e Subindo umas escadas Hinata percebe que estão indo em direção a sua sala, e já na porta de sua sala Ino se despede de Sai e o mesmo vai embora, Hinata viu que segui-los não serviu para entender sobre os sentimentos ou de como se confessar, ela apenas notou que durante todo o caminho dentro da escola Ino e Sai ficaram calados ficaram apenas um ao lado do outro próximos como um casal, mas calados e sorriam ao se olharem, Hinata repensou sobre a sua experiência de segui-los e notou que aquilo não foi de inteiro em vão, ela pensou que era isso que queria para si mesma, sem precisar dizer nada apenas a presença do seu amado ao seu lado para ela já seria o suficiente, e foi com brilhos nos olhos que Hinata entrou para sala e já não mais abatida com um grande sorriso sincero no rosto a morena dos olhos mais lindos diz:

– Bom Dia a Todos!

Não havia tantos alunos dentro da sala pois ainda era cedo e o professor não havia chegado, no entanto eram a metade dos alunos da sala que estavam ali e Naruto estava entre eles, deitado na carteira despreocupado Naruto levanta seu rosto ao ouvir a voz de sua amiga, ainda no termino da frase de Hinata ele olha diretamente para a morena e se encanta com o tamanho da beleza que nunca havia reparado em Hinata que ao terminar a frase olhava direto para o loiro e sorria.

– Nossa...

Foi o que o loiro disse abservando a morena dos olhos mais lindos que apoiava uma das mãos sobre a carteira e deslizava os dedos sobre a mesa contornando-a e sentando-se em sua cadeira, Naruto notou cada movimento, para o loiro não havia mais ninguém ali, Naruto enxergava apenas o vazio e nesse vazio sua mesa e a mesa de Hinata que sem dizer uma palavra sequer conquistou a atenção do loiro que tanto admira, Naruto sem perceber se levantou de sua carteira e enxergando apenas Hinata ele caminhava em sua direção, alunos restantes foram entrando na sala enquanto que Naruto parava ao lado de Hinata e quando Naruto diz:

– Hinata...

Um garoto que entrava na sala esbarra no loiro fazendo acordar da poderosa hipnose ou talvez feitiço que a morena fez, e sem saber do porque está ali o loiro diz se virando para a esquerda.

– Pode deixar...

E Olhando para Yamanaka Ino, Naruto a pergunta.

– Aonde está a Sakura-chan?

– Ela está gripada e não virá hoje.

Respondeu Ino, não dando muita importância até vê que o loiro encarou o chão, Ino pensou que poderia ter feito aquilo por decepção e por isso disse:

– Aposto que ta caidinho por ela ne Naruto!

Sem dó nem piedade a loira mais linda disse realmente aqui, Hinata virou bruscamente seu pescoço para a direção de Naruto e Ino, e sem saber o que fazer Naruto olhou para a direção de Hinata e sem saber o porque olhou para Hinata ele volta a olhar para Ino e diz:

– É claro que não, estou com uma duvida em um exercício e como ele me ajudava pensei em pergunta-la só isso, juro!

Disse o loiro todo encabulado, e rindo da reação Ino diz:

– Eu estava apenas brincando com a sua ara bobo, sei que vocês não ficariam a Sakura já deixou isso claro pra mim...

Hinata respira aliviada e escondida após ouvir aquela frase de Ino por impulso diz:

– Na... Naruto-kun eu posso te ajudar...

Encostando a ponta do dedo indicador com a do outro e olhando de canto para Naruto espera pela resposta do loiro...

– Eu sou bem burro tem certeza disso, mas pra falar a verdade não sei como a Sakura conseguiu.

Disse Naruto sério, mas rindo a partir da virgula, e batendo os dedos e decepcionada Hinata em tom de tristeza fala:

– É tem razão se você acha que não precisa então...

Sem razão ou motivo Naruto fala surpreendendo a sim mesmo e também a Ino e Hinata...

– Eu quero a sua ajuda, se for você eu tenho certeza que vou aprender!

– Claro, o que tem dificuldade?

Disse a Morena com felicidade e com os olhos brilhando, Naruto coloca seu caderno na mesa de Hinata e aponta o dedo para o exercício que o mesmo tem dificuldade, jogando uma mecha de cabelo para trás da orelha Hinata começa a explicar ao loiro como se resolve tal equação.

Enquanto que Yamanaka Ino observando a sena pensa:

“– Eles formariam um belo casal...”

E continuando observando Ino para de observar a sena como um todo e passa a observar apenas Hinata, Ino se meche para frente em sua carteira e se surpreende como se descobrisse algo novo na ciência, mas o que ela descobriu foi...

“– Hinata, você ama o Naruto...!”

Pensa Ino com felicidade estampada no rosto e seguindo assistindo Hinata e Naruto...

– Então entendeu agora Naruto-kun?

– Sim entendi, valeu Hinata você é realmente uma pessoa legal, eu gosto de pessoas como você!

Hinata corou violentamente e desviou o olhar, mas Naruto acompanha a morena e para na frente do olhar dela e fala:

– Você está bem Hina, você ficou incrivelmente vermelha, quer ir à enfermaria?

Ao Naruto dizer “Hina”, Hinata ficou ainda mais vermelha, e Ino que assistia aquela sena ria, embora o Loiro não tivesse ideia, então Ino levanta de sua carteira e vai até Hinata que surpresa fala:

– Ino, você me assustou...

– Nossa você está quente, vamos para enfermaria, a culpa é sua Naruto!

Disse Ino xingando Naruto, mas dando uma piscadinha para Hinata.

– O que eu fiz!?

Falou o loiro sem entender nada, Ino para na porta e olhando para Naruto diz:

– Peça desculpas para Hinata agora!

– Desculpa Hinata, eu não tinha percebido que estava mal, da próxima vez vou ficar de olho em você.

Hinata ao lado de Ino corou ainda mais, e Ino rindo levou Hinata a caminho da enfermaria.

– Droga será que a Hinata está gripada e eu nem notei, talvez eu devesse não ter pedido sua ajuda...

Disse em voz baixa Naruto que sentava de volta em sua carteira e nessa hora o Kakashi entra na sala.

– Bom Dia a Todos, e Desculpem meu atraso é que eu estava ajudando uma senhora na rua e...

– Kakashi-sensei todo mundo ta cansado dessas desculpas esfarrapadas.

– Eu sou o professor posso me atrasar um pouco de vez em quando, onde está Sakura, Ino e Hinata?

– Sakura está gripada a Ino quem disse, e a Hinata parece ter passado mal e Ino foi leva-la a enfermaria.

Disse o Loiro, enquanto Kakashi nem prestava mais atenção e já escrevia no quadro.

– Ino eu não estou passando mal de verdade.

Disse Hinata sentada na cama da enfermaria e Ino de pé em frente Hinata.

– Eu sei disso Hinata, sei também que você gosta do Naruto não gosta?

– Eu costumo negar isso, mas parece que vai ser inútil negar para você não é mesmo...

Disse Hinata meio envergonhada, mas orgulhosa por conseguir dizer embora encarava o chão, mas Ino passando a mão sobre a cabeça de Hinata fala...

– Você ama muito ele não é, vejo você ficar com brilho no olhar toda vez que aquele loiro faz alguma coisa...

– Meu deus, está tão na cara assim Ino...?

Disse Hinata olhando surpresa para Ino, Ino respondeu com um sorriso forçado.

– Acho que só eu percebi isso Hinata...

– Mas acredito que i Naruto-kun gosta da Sakura, lembro de quando éramos pequenos e ele tinha uma leve queda por ela, e ainda hoje ele a procura...

Rindo Ino começa a falar balançando a mão.

– Não mesmo Hinata, você está errada...

– Estou?

– Bom não sei direito, mas sabe de uma coisa, eu falei para a Sakura agarrar o Naruto de uma vez, mas ela negou de tudo quanto é forma, aquela lá não gosta dele certeza.

– Eles passaram um bom tempo juntos quando o Naruto corria o risco de ser expulso, algo deve ter mudado porque havia um boato de que estavam juntos...

– Hinata não seja assim, fique sabendo que o Naruto mandou a Sakura ir atrás do Sasuke no aeroporto...

– Ei sei sobre isso, mas eles parecem tão felizes quando estão juntos...

– Hinata, o Naruto é tão tonto que nem deve saber diferenciar um amor de lámen de um amor de verdade, se ele e Sakura estão se pegando ou não isso não importa...

– Não importa, por que diz isso?

Fala Hinata olhando para Ino, e Ino responde.

– Porque quando você ama a pessoa e essa pessoa te ama também, não importa o momento vocês vão ficar juntos...

– Como pode ter tanta certeza?

Pergunta Hinata, e Ino novamente responde.

– Porque eu conheci o Sai.

Hinata fica surpresa com a resposta de Ino e seus olhos brilham como nunca, Ino estava com um rosto calmo e sereno, e enquanto o pequeno silencio bailava por ali, uma cortina de vento entra pela janela da enfermaria e balança o lençol branco que protegia o arredor de onde Hinata e Ino estavam, e com o barulho do vento adentrando a enfermaria passos rápidos eram ouvidos quase que junto com o som de uma porta de correr sendo puxada com força capas de rasga-la e então de trás do lençol que tanto balançava surge uma voz e um rosto conhecido...

– Me disseram que você veio para enfermaria, Ino você está bem?!

Disse Sai  puxando o lençol e encontrando Ino o olhando com o melhor dos olhares e Hinata vendo aquela sena declarou para si mesma que aquele era o melhor dos casais e que um dia também faria o mesmo rosto sereno de Yamanaka Ino ao olhar para o Misterioso Sai.

– Eu estou bem, meu amor!

Disse Ino tocando na mão de Sai.

 

The Best Couple!
(O Melhor Casal)

 

Continua...

 

Próximo Capítulo:

Festa Uchiha: Tio Madara.
 

“Vai ser demais!”


Notas Finais


Ino a conselheira Amorosa! X_X
Então gostaram?
Aguardem pelo próximo e obrigado por lerem!

------------->>>>>


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...