História La família 2 temporada - Capítulo 7


Escrita por: e karol365


Notas do Autor


Genti demorou mas tá ai

Capítulo 7 - Celestial


Na noite anterior...

Ucker: oi, ingrid?

Ingrid: oi ucker, saudades de você meu amor. (Fala sorrindo e fazendo uma cara de inocência)

Ingrid: Então bebê, não vai me convidar pra entrar? (Fala cínica)

Ucker: pode entrar, mas fala logo porque eu estou atrasado.( fala dando espaço pra ela passar).

Ela entra no apartamento dos meninos e tira a roupa partindo pra cima de ucker e sem dar tempo de reação pra ele, ela dá um beijo nele. Ucker então se afasta dela e fala..

Ucker: Ingrid Para! Eu gosto de outra garota.

Ingrid:Ah ucker, conta outra (fala rindo debochada)

Ela agarra ucker e tenta beijar ele novamente,ele então grita por chris e poncho que estavam no quarto e correm pra ver oque estava acontecendo. Quando chegam tem uma surpresa ao ver ingrid agarrada a ucker e sem roupa.

Poncho: oque?.. Se veste mulher!( fala espantado).

Chris: o que é isso aqui ucker? Você quer acabar com a RBD?

Ucker: me ajudem!(fala em tom de suplica )

Poncho pega as roupas de ingrid que estavam jogadas no chão e joga pra ela..

Poncho: toma garota, se veste e vaza daqui! (Fala olhando pra ela sério )

Ingrid: ta bom, eu vou embora!(Fala se vestindo)

Ingrid se veste e vai em direção a ucker.

Ucker:oque foi?!(fala já nervoso com a situação)

Ingrid:nada.(fala e de repente agarra ucker de novo e deixa um chupão no pescoço dele).

Ucker: sua louca!! Sai daqui!!

Ingrid: claro! boa noite meninos. E ucker? Espero que tua namoradinha goste da marquinha nova que tem no teu pescoço.( fala com um sorriso vitorioso de quem fez uma grande merda e saí do apartamento dos meninos).

Depois que a surtada foi embora os meninos ficaram calados num clima super tenso, até que christian fala.

Chris:mano amanhã vocês dois estão ferrados.

Poncho:vocês dois é uma ova! Tudo isso é culpa do ucker eu não fiz nada.

Chris: não fez, mas olhou. A any vai surtar!

(Fala rindo)

Ucker: vamos dormir.(fala saindo da sala pro quarto com uma cara super séria)

Poncho e chris ficaram conversando mais um pouco depois que ucker foi dormir, mas logo foram dormir também.

No dia seguinte..

May foi a primeira a se acordar com pedro berrando no celular, então ela se arrumou e foi chamar as meninas. Ela começou por Anahí que era a mais dorminhoca, ela chegou no quarto subiu na cama e começou a balançar any chamando ela.

May: any acorda!

Any: só mais cinco minutinhos may ( Fala fazendo vozinha de manha)

May:Não, não! Any você lembra dá última vez que o pedro veio te acordar e acordou o prédio todo gritando?!

Any: ai may, já acordei!

May: ótimo, pois não queria ouvir ele gritar novamente.

Any: okay.(olha pra ela com cara emburrada).

Ela sai do quarto de any e vai para o de dul.

May:dul?

Dul: já tô acordada may.

May: ótimo, poupei esforços. Já já a comida tá pronta.

Ela desce e termina de preparar o café da manhã. Por volta das 7:20 as meninas estavam todas prontas sentadas na sala esperando os meninos, quando chris e poncho chegam.

Chris: bom dia meninas!

Any:bom dia, loirinho!

Poncho:bom dia any.

Any:bom dia beloved.

Dul:bom dia gente! Any beloved?!

Any: para dul!

Dul: okay. Cadê o ucker?

Poncho: ele..

Poncho ia dar uma explicação, mas ucker chega bem na hora e fala..

Ucker:bom dia a todos, quem aqui já começou o dia com o pedro berrando no telefone?

Somente may levanta a mão.

Dul: ucker, vem aqui mais perto de mim por favor.(fala desconfiada com o que viu ou achou ter visto no pescoço de ucker)

Ucker: tá (fala chegando perto dela)

Dul: Cristopher uckerman, isso é a desgraça de um chupão!!(fala surtando)

Chris: ferrou, cara agora tu tomou bem no meio do cujo.(fala fazendo cara de ferrado pra ucker)

Dul: christian! Me conta tudo oque aconteceu agora!(fala olhando pra christian com olhar de morte e com a mão na cintura)

Chris:a ingrid veio até o nosso apartamento ontem e atacou o ucker.(fala tranquilo e calmo como se não fosse nada).

Dul: O QUÊ?!

Ucker: dul..

Dul:cala a boca uckerman! Continua chris.

Chris: é isso mesmo, ela ainda ficou peladinha na frente do ucker e do poncho.

Any: é mesmo chris?, fala mais.

Poncho:eu não vi nada any, eu..

Chris:viu, viu sim! Ficou uns 5 segundos parado olhando.

Any: AH SIM, CLARO!

May; christian!

Chris: o quê?!

May: cala a boca!

Dul: e tu ainda tem a capacidade de dizer que me ama!

Ukcer: dul. Por favor, me escuta..

Dul:NÃO!

Poncho: a gente não fez nada!

Dul: realmente não fizeram nada! Se tivessem feito talvez não tivesse um CHUPÃO no pescoço do meu namorado!

Chris: o poncho devolveu as roupas dela, e ele nem olhou.

Ucker: ela me atacou dulce! Não deu pra me defender! Você queria o que ?que eu batesse em uma mulher?!

Dul: não! Mas dava pra ter evitado!

Ucker: ELA É LOUCA! LOUCA!..

eles estavam todos em uma discussão infinita, quando Fabíola aparece não sei da onde (talvez do inferno) e fala..

Fabiola:oi poncho, voltei.

Poncho: e daí?

Fabiola:eu queria te avisar.

Poncho: existe celular pra essas coisas.

Fabiola: poncho..

Dul: AGORA SIM EU TE MATO, SUA VELHA GORDA!

Fabiola: am ?!

Any: acontece que você mentiu sobre nós!

Fabiola: Ah, isso! Fiquem sabendo que vou processar vocês.

Dul: AGORA VOCÊ VAI VER OQUE É APANHAR DE VERDADE! SUA RAPARIGA DE BOTEQUIM!!

Any: SE PREPARE SUA VELHA BANDIDA!

Chris: ANY, DUL,ANY,DUL..

Poncho: parem!

May: o poncho tem razão gente, sem brigas.

Poncho:vai embora fabiola!

Fabiola: poncho você poderia me levar é que..

Dul: taxi e uber existem pra isso, chama um!

Fabiola: tô sem carro.

Any:chama o nacho vadia!

Poncho: okay.

Any:é sério isso ?

Dul: vaza daqui velha desgraçada! Tô afim de quebrar o nariz de alguém hoje.

Fabiola: você precisa se tratar.

Dul: Ah é? (Fala indo pra cima dela porém ucker a impede)

Ucker: deixa ela dul, ela não merece o teu estresse.

Dul: poncho se for com ela você estará dando as costas para a RBD e para nós que somos sua família.

Fabiola: vamos poncho?

Poncho:desculpa gente.

Ucker: bom, você já escolheu um lado.

Dul:é,infelizmente.

May: mais uma vez você traiu a gente e deu as costas para a RBD, decepcionada.

Any: espero que agora você esteja feliz, sua puta.

Fabiola: tchau barbezinha, vamos baby.

Poncho e fabiola saem dali e todos ficam sem acreditar que ele realmente deu as costas pra família e pra RBD pela segunda vez,por causa de alguém que claramente só queria desunir eles.

Any: gente vamos pra van, a gente já tá atrasado e ficar aqui não vai ajudar muito.

Dul: vamos.

Elas foram pra van juntas e o resto do pessoal desceu logo atrás, eles entraram na van e ficaram todos bem quietos durante um tempo,mas a viagem era de quase três horas até o local então may começou a cantar pra distrair e quebrar a tensão que estava dentro do carro.

May: me levanto y no estas,

de mi mente te vas,

Confundida yo estoy,

Sin saber donde voy.

Y soy una chica enamorada de tus caricias.

Y hoy hago paro y no es un motor.

Buscando sin saber con quien vas a ceder me resigno a pensar que con otra tu estas jugando.

Y voy preparando cicatrices del corazon, que hoy se libera de tu control.

Any e dul: y no puedo entender,

no quiero comprender

La razon de esta situacion.

Mas no puedo seguir dependente de tu calor.

Si el amor se acabo,

La passion termino,

Tus recuerdos lo siento bien,

Pero el dia de hoy ya tu voz se desvanecio.

Any:y no puedo seguir asi,necessito mas de ti.

Dul: ya no busco color,

El detalle murio.

y me niego a pensar que a tu lado yo brillare.

Y voy preparando cicatrices del corazon que hoy se libera de tu control...

Chris e ucker ficaram só ali quietos pensando na letra da música e no jeito que as três estavam cantando aquela melodia, quando a música parou e ucker começou a cantar como que em resposta pra dul.

Ucker:ella quiere tener una noche de placer

Se ahoga en el deseo y yo lo siento.

Es su forma de ser, pero algo no anda bien.

Terminare por darle todo lo que yo tengo.

se bien que esto no es normal,

Porque si facil viene,facil vá.

Chris e ucker: ella no comprende todo lo que tengo,

no vá cambiando lo que siento.

Ella es mi tormiento,fiebre del momento.

Soy su futuro ex-novio...

Ficaram lá cantando um pro outro em forma de indireta e de expressar as magoas e alegrias que eles sentiam, até que chegaram ao local da gravação.

Eles chegaram era mais ou menos umas 9:30 e já correram pro set pra começar a gravar. O clima entre any e poncho não estava dos melhores então tiveram que conversar para poder resolver e gravar as cenas de beijo.

Poncho: desculpa any.

Any:poncho de desculpa o inferno tá lotado. Não quero falar com você.

Poncho: any eu sei que eu errei, não só com você, mas com todos da RBD e peço que por favor dê uma trégua pelo clipe. Não precisa falar mais que o necessário comigo se não quiser, mas dê uma trégua.

Any: okay, mas você magoou a gente.(any diz meio triste e saí de perto dele indo atras de dul e may).

Any foi atrás das meninas no camarim lá may tava terminando de se maquiar e dul estava sentada num banco em um canto, any percebe que ela não parecia muito bem e dul estava esquisita desde a noite anterior então ela vai falar com a amiga.

Any: dul, tá tudo bem?

Dul: tá sim, any não precisa se preocupar.

Any:amiga tem certeza? Tu tá mais branca que papel, parece até que viu um fantasma.

Dul: tenho certeza barbie, só quero um pouvo de água. Aqui tá calor né?

Any:não, dul aqui não está calor. Peraí..(any estica a mão na direção do pescoço de dul e vê que ela tá com febre)

Any: dul, cê tá pegando fogo. Não vou te deixar gravar desse jeito.

Dul: não amiga, eu tô bem. É só uma febrezinha passageira.

Any: okay, não vou insistir nisso pois sei que tu és muito teimosa e não vai baixar a guarda.

Dul: isso mesmo .

Any: mas eu não quero que você fique nem um minuto sozinha.

Dul: okay.

Any: May!

May: oii

Any:já que tu só tá terminando de se arrumar, olha a dul enquanto euvou trocar de roupa porque ela tá com febre e é muito teimosa então fica aqui com ela.

May:okay, eu vigio a madame.

Dul: vocês duas, são um pé no saco.

Any:a gente te ama, estressadinha.

May: isso mesmo. E para de drama visse.

Dul:eu também amo vocês.

Se passaram mais ou menos uma hora e eles enfim começaram a gravar. Estavam gravando a primeira cena ainda quando dul começou a ficar meio tonta, ela estava indo em direção a algum lugar com any quando ia caindo e any segurou ela.

Any: dul! Senta aqui, você piorou! (Any sentou ela no meio do corredor).

Dul: any, eu acho que vou ...(ela nem terminou a fease e caiu nos braços de any desmaiada).

Any: MAY! UCKER! GENTE AJUDA AQUI!

May chega correndo e se desespera um pouco quando vê dul desmaiada.

May:ai meu deus, any a gente não deveria ter deixado ela gravar desse jeito e agora?!

Any: may, calma! Cadê os meninos?

May: estão no set.

Any:vai chamar eles!chama uma enfermeira também!

May: okay.(ela saí dali correndo)

May chegou no set, correndo oque fez com que parassem a gravação de imediato.

Pedro: Maitê, oque foi?

May:a dulce..

Ucker: a dul, o quê may?

May: a dul tá desmaiada ucker.(ela isso e cai no choro)

Ucker: vamos socorrer ela,logo! Pedro chama os enfermeiros.

Pedro: okay. May leva os meninos até lá .

May: ta certo. Vamos gente.

Eles viraram pra sair do set atras de dul quando pedro falou..

Pedro: tragam ela pra cá.

Todos:okay!( saíram do set correndo pra ver dulce)..

Eles foram ver dulce com any que já estava ficando estérica por ver a amiga ali desacordada.

Chris : dulcita!acorda!

Ucker: dul! Meu amor, acorda! Por favor acorda!

Any: gente, não adianta chamar!vamos levar ela logo pra o set.

Todos: vamos!

Ucker pegou dul no colo levou ela pro set e colocou ela deitada em um sofá que tinha lá. Uma enfermeira chegou lá com um algodão molhado com álcool e passou o algodão perto do nariz de dulce pra fazer ela acordar com o cheiro e funcionou.

Dul: oque? Oi? Onde eu tô?

Ucker: amor, até que enfim você acordou.(fala dando um abraço nela)

Chris: dulcita! Tu me deu um baita susto mulher! (Fala abrindo um largo sorriso pra dul)

May: dá próxima vez fica quieta em casa por favor!

Any: verdade, tava surtando já amiga!

Dul:gente, obrigado pela ajuda. Eu amo vocês demais. Agora por favor alguém me leva pra casa.

Xxxx: oi dulce, eu sou a enfermeira que te acordou. Preciso saber umas informações suas antes de te deixat ir embora, pode ser?

Dul:okay.

Elas foram para uma sala reservada que tinha lá, pra atendimento médico.

Xxx: dul, faz quanto tempo que você se sente mal?

Dul: faz umas duas semanas.

Xxx: enjôos? Tonturas?

Dul:sim e dores nas costas e nos peitos.

Xxx: sua menstruação, ela está em dia?

Dul: não, tá atrasada. (Ela falou com calma até que percebeu oque isso queria dizer)MEU DEUS!Não pode ser,pode?

Xxx: dulce, tudo indica que sim. Você está grávida, só temos que fazer um exame de sangue pra confirmar.

Dul: então faz logo! Só não conta a ninguém.

Xxx: okay. Vira o braço

Dul:certo.(diz estendendo o braço virado pra ela).

A doutora colheu a amostra de sangue de dul e mandou levarem pra um laboratório que tinha ali perto. Cerca de 20 minutos e eles voltaram com o resultado.

Xxx: e ai dul, pronta pro resultado?

Dul: não, mas fala logo.

Xxx: positivo! Você está grávida de um mês. Parabéns mamãe!

Dul: obrigado. Posso ir?

Xxx: sim.

Dul saiu da sala atônita, ela queria um filho mas agora era muito cedo então ela estava assustada e pra piorar ela estava brigada com ucker oque não ajudou. Ela pediu pra levarem ela embora e any se ofereceu pois percebeu como a amiga tava aérea, any levou dul pra casa e tentou puxar papo,mas dul foi calada e perdida em pensamentos o caminho inteiro. Realmente ela tinha muito oque pensar. Dul estava perdida? Sim estava. Mas ela tava muito emocionada por saber que agora carregava uma vida dentro dela.


Notas Finais


Esperamos que gostem. O que acham da gravidez de dulce?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...