1. Spirit Fanfics >
  2. Lá no morro >
  3. Cap-10

História Lá no morro - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Cap-10


Trovão⚡

Tava saindo com ela do paredão do bolinha no morro do Bicudo, nois é aliado tá ligado mas já seu que ele quis subi no meu morro mas já mandei o papo se ele tentar ele ta fudido, baixou a bolinha dele rapidinho.

Melissa tava gata demais hoje ce é logo mermão a filha da puta me estigou o dia todo.

Decidi sair logo daqui é hoje que vou matar o desejo que eu to dela, meu corpo quase implora por essa porra.

Mel- Deixa eu pilotar ?

Ela pergunta e dou uma risada alta.

Trovão- Minha neném??- faz que sim com a cabeça - Nunca.

Mel- Porfavor? Vai - A desgraçada faz bico automaticamente deixei.

Troavo- Se você cair e machucar meu bebê eu te mato da pior forma Melissa.

Entrego a chave pra ela com o cu na mão e ela como sempre deu um sorrisão maneiro me amarro nesse sorriso dela.

No começo ela estranhou mas logo pegou o jeito chegamos bem rápido no morro já que ela não controlou o dedinho vou negar não fiquei com o cu trancado a mina tava nem aí pro bagulho lá dos sinais lá de trânsito.

Ela foi direto pra minha goma, chegamos lá ela entrou sorrindo feito besta kkk Ela tava rindo praticamente só a maluca gosto desse jeitinho dela de ser feliz meio doida e retardada.

Deitei no sofá e ela tirou o tênis e a corta- vento e ela senta do meu lado com as pernas no meu colo.

Folgada pá caralho.

Mel- Cadê a Juju? 

Trovão-Com dona Neuza como sempre.

Mel- Ahh.

Fiquei olhando pra boca dela e só queria beijar, pensava somente isso, essa desgraçada é linda de mais cara.. 

Trovão- Desculpa mas tenho que fazer isso mandada.

Mel- Fazer is- Nem deixo ela terminar de falar e praticamente ataco a boca dela, ela por quase instinto cede o beijo então vejo que ela queria tanto quanto eu, vou puxando ela pro meu colo,aperto sua bunda, massageio seus peitos por cima da blusa ainda e já posso vê-la se arrepiar com cada toque meu e isso é muito bom na moral.

Ela tira minha blusa e arranha minhas costa, puxo seu cabelo fazendo secções em seu pescoço com certeza ficará marcado amanhã

Ela rebola devagarinho e meu pau já tá tão duro que chega dói.

Passa a boca pelo o meu pescoço e da pequenos beijos e cupões e arranha de leve me fazendo arrepiar e meu pai latejar...mermão Como eu preciso dela.

Levo minha mão até sua intimada e massagueio por cima do short ela dar pequenos suspiros e uns gemidos baixinhos e isso me deixa galudão essa menina é fora do normal puta que pariu.

Tiro sua blusa com delicadeza e admiro seus seio, são deliciosos nem grandes demais nem pequenos, são perfeitos quando tento tirar teu sutiã a porta se abre e Jeniffer empata minha foda, meu ódio subiu ao extremo máximo.

Melissa sai do meu colo vermelha de vergonha e colocando sua blusa.

Jeniffer- Eu ja sabia!! Mas não vou brigar nem nada porque vadia como você não merece nem isso- Ela fala e eu penso que a Mel vai voar nela- Só vou te dar um aviso loira! Ele vai te tratar bem, vai te iludir, vai te fazer apaixonar por ele mais em um mês ele vai enjoar de você assim como ele faz com todas você é só mais uma marmitinha pra ele.

Passo a mão no meu rosto já prevendo a merda que ódio da Jeniffer vou dar três tiro na testa dela, pra ficar esperta essa desgraçada.

Mel- Sabe, Se ele demora um mês pra enjoar eu demoro uma semana,Eu não gosto de grude...Mas obrigada por avisar querida.

Mel- Trovão me leva pra casa? 

Ela fala e assinto com a cabeça, ela nem fez barraco e nem nada simplesmente sorriu normalmente, pensei que ela ia cair no pau com a Jeniffer

Trovão- Tu tá fudida filha da puta- Falo no ouvido da Jeniffer e vou pra casa da Melissa

[...] 

Chegamos na casa dela, ela saiu pro quarto sem falar nada, eu fui atrás neh, ela tava tirando a roupa.

Corpão do caralho vou odiar a Jeniffer pro resto da vida.

Trovão- É serio oque tu disse?! 

Levei a sério ainda não pow tô acostumado com mulheres que se matam pelo o pai aqui.

Mel- Sim- Ela chegou perto de mim com a expressão seria- Entende eu não sou como as outras que tu pega não sou emocionada e nem tenho expectativas em você então relaxa o cu aí tá? - Ela me da um selinho.

Fala naturalmente sem parecer está com raiva ou triste ou chateada sei lá não demonstra nada além de calma.

Mel-Agora pode ir embora que o tesão sumiu e quero ficar sozinha tô cansada, amanhã a gente se ver ok? Obrigada novamente.

Trovão- Se cuida tá? Qualquer coisa liga.

Tu tá acreditando? Porque eu não!  Essa garota me surpreende à cada dia que passa, ficou a obsevendo perdido e seu olhar no seu corpo, no seus olhos no seu jeito, pqp princesa realmente você é uma deusa...

Saio da casa dela é vou em direção da boca do pra ver como tá as coisas por lá, chego lá estão todos trabalhando, chamo Th e pra contar pra ele oque aconteceu.

Th- Oii amorzinho hoje você é pasiva meu cu tá doendo desde ontem- entra fazendo uma voz fina esse certos amigos que eu tenho me da medo.

Trovão- Vai se fuder.

Th- Se você vim comigo kkkkk 

Ele para e eu conto pra ele que ficou rindo igual um retardado.

Th- Tá gostando dela pow?

Trovão- Só um pente é rala. 

Th- Se você diz kkk eu disse o mesmo da Nanda. - Eu digo e eu taco meu celular na testa dele..

Th- Ou seu arrombado tô brincando!!! Ce sabe que sempre amei aquela mandada.

Th- Tu só não sabemas tu tá perdição na loirinha kkkkkk

Ele sai da sala e tento trabalhar mas parece que o th colou aquela porra na minha mente.. deu a hora deu ir pra casa,peguei Juju na casa da dona Neuza.

Coloco ela pra dormir e vou tomar banho, me deito na cama e acabo me perdendo nos meu pensamentos quando vejo me pego pensando na Melissa..de novo penso no seu jeito, no seu deboche insuportável, na suas piadas horrorosas, no seu cheir...

Te fuder!! Tá pensando nisso porque desgraça!!! Cria vergonha trovão.

Um pente e rala vai ser como todas no mesmo modelo sem viadagem.

Melissa💜

Não consigo dormir, deço vejo Ak sentada no sofá vou até ela e abraço a mesma.

Ak- Oque foi?

Mel- Sem sono mô.

Ak- Também tô sem sono e tô triste .

Mel- Oque foi? Se quiser falar comigo eu to aqui..

Ak- A Alicia(garota do Leblon) Ela foi expulsa de casa porque é lésbica e agora tá colocando a culpa disso em mim, dizendo ela eu que levei essa " doença" pra mesma..

Falou e eu vir algumas lágrimas no seu rosto meu coração quebrou nisso.

Mel- Vem cá- puxei ela pra perto- Ela nem sabe quem é agora, ela tá passando por uma barra bem difícil mas a culpa não é sua, se ficou contigo é porque gosta, se tava contigo foi porque quis, ela tá gamadona em você eu vir os áudios Ak ela tá confusa! E isso nunca foi é nunca será uma doença! Doente é quem não consegue aceitar as diferenças de o gênero, sexo, cor e todas as outras...

Ak- Eu sei, eu queria tanto aquela desgraçada de verdade eu nunca senti por outra oque sinto pela aquela filha da puta é nem sei oque sinto pela a desgramadaaquela diaba! 

Engraçado xinga mas ama kkkkkkk

Mel- Ak tu tá apaixonada minha filha kkk mas vem cá se ela te conrrespoder vai se a melhor coisa que tu vai viver porque o amor é bonito demais! Mas se não for.. não desiste tá?! Sempre vamos ter mais de um só amor, claro sempre um é diferente doque o outro kk

Ak- Tu é incrível corna, mas conta aí sobre teu dia, me distrai um pouco porfavor.

Contei pra ela tudo que acontecu, ela deu risada igual uma retardada.

Ak- Mermã que postura kkkkk se a Jeniffer tivesse empatado minha foda ia dar uns na cara dela.

Mel- E não deu vontade ?! Ainda mais quando me xingou de vadia meu sangue ferveo, mas sabe que ver a cara dela foi bom demais enquanto ela tava lá toda no ódio eu plena fazendo a Kátia.

Ak- Você não presta kkk 

Ak- Gosta dele?

Mel- Uma foda e rala eu não sou de gostar é sempre só fogo no cu mermo. Eita porra!!!!

Lembrei do Caun,  Carlos Renato sei lá o nome dele...

Mel- Acabei de lembrar que tava quase namorando o bixinho lá de Brasília.

Ak- Kkkkkkkkkkk nem lembra o nome lkkklkk cachorra mrrmo- tava dando um treco de tanto rir a Ak é tão bonita rindo ela é muito perfeita cara se essa garota não cuidar da Ak eu viro lésbica e cuido kkkk 

Mel- Como eu disse uma foda e rala sem emoção!! 

Ak- Cuidado pra não perder essa pose de bandidona no coração  não tem essa de uma foda e rala simplesmente acontece, quando ver já tá amando. Cuidado pra não pagar com a língua e só você não tá enxergando a verdade.

Ela levanta eu penso um pouco no que ela diz..

Mel- Que verdade Ak?

Sai em um quase sussurro como se eu estivesse perguntando pra mim mesma.

Ela nem responde sobe e eu fico no sofá pensando na minha vida, nas coisas como elas acontecem, mas me pego pensando no trovão mais uma vez..

No jeito dele, no seu corpo,nos seu cheiro, no seu olhar que me deixa trêmula e no seu sorris-

Parou!!! 

Nego com a cabeça expulsando esse pensamentos! Vou pro quarto e tento dormir mas é quase impossível odeio não ter controle da minha mente, depois de um tempo sem sono rolando pela a cama toda eu coloco uma musica baixinha e adormeço 


Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...