História La Tribulación - Capítulo 5


Escrita por: e JungHoseoka093

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Jackson, Kim Namjoon (RM), Sehun
Tags Bts, Exo, Got7, Jackson, Namjoon, Sehun
Visualizações 40
Palavras 856
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 005


Fanfic / Fanfiction La Tribulación - Capítulo 5 - 005

SEHUN ON

Simplesmente fiquei sem reação quando escutei S/n dizer aquilo, eu não estava esperando por isso.

- Guarde esses sentimentos para alguém especial para você!

- Você quer dizer que não é especial para mim?

- Não, muito pelo contrário! *Digo saindo daquele lugar

Sabe, eu tenho ódio de mim mesmo por não conseguir me expressar bem, não conseguir dizer que ama alguém. Ódio desse orgulho idiota!

Meu pai foi embora daqui sem ao menos se despedir de mim, à essa hora ele deve estar muito ocupado e blá blá blá...

Jackson wang cuidou de mim por bastante tempo, porém não era uma relação normal entre pai e filho, ele sempre estava ocupado fazendo sei lá o que e esquecia de mim, esquecia que uma criança precisa de amor de um pai e uma mãe, porém eu já não tinha a minha mãe. Ele sempre deu mais importância para reuniões com bruxos do que para mim, e com isso comecei a ter vontade de morar sozinho porque achei que era uma pedra no caminho do grande Jackson Wang.

Desde pequeno era orgulhoso assim como meu pai, e depois de um tempo isso só foi pirando, chegou à um ponto em que eu não consigo me misturar com outras pessoas... eu sempre queria estar sozinho em meu canto, Kim Namjoon e S/n eram os únicos que eu tinha contato diariamente.

- S-Sehun? *Assim que escuto S/n me chamando me viro rapidamente em sua direção

- O que foi?

Estranhei ver ela se apoiando no corrimão da escadaria.

- E-Eu não estou bem!

Corri em sua direção e a segurei. S/n, estava suando frio e com febre.

- O que você está sentindo?

De repente a garota apaga em meus braços. Peguei ela no colo e subi correndo para no quarto, coloquei-a na cama e me sentei ao seu lado.

- O que você tem S/a? *Digo passando a mão pelo seu rosto

S/N ON

- S/n? Acorde!

Abri meus olhos bem devagar e comecei a ver a imagem de meu pai, sem pensar duas vezes me afastei dele. Ele veio atrás de mim e me abraçou... isso nunca tinha acontecido.

- P-Pai?

- Me desculpe por tudo *Diz chorando

Logo ele desfez o abraço e passou a me encarar.

- Espero que se vingue por mim

Ele começou a desaparecer pouco à pouco e logo fiquei inconsciente novamente.

SEHUN ON

Quando estava me aproximando de seus lábios para a beijar, S/n abriu os olhos me dando um enorme susto.

- V-Você está bem?

De repente ela me abraçou chorando.

- M-Meu pai...

Ela ainda está sentindo dor por ele? Ela está mesmo sentindo dor por quem só fez o mal para ela?

Ela desfaz o abraço e se levanta da cama indo em direção ao seu guarda-roupa.

- O que vai fazer?

- Eu preciso voltar para aquela casa

O QUE!?

Me levantei da cama e segurei seus braços.

- Você não pode fazer isso! *Digo autoritário

- Eu tenho que fazer isso

- Você não vai sair daqui

- Sehun, por favor me entenda! *ela se joga no chão chorando

Me abaixei ficando na altura da mais nova.

Peguei em seu queixo e a fiz olhar nos meus olhos.

- Você não pode voltar para lá! Precisa ficar aqui comigo!

- E por que eu tenho que ficar aqui com você? *Pergunta soluçando

- Eu gosto... da sua companhia!

- Mas...

Encosto minha testa na sua enquanto olhava fixamente em seus olhos.

- Escute, eu pretendo cuidar muito bem de você, quero te proteger de qualquer mal mas... não vou poder fazer isso se estiver longe de mim então, por favor fique aqui!

Ajudei-a a se levantar e lhe dei um abraço.

- Não se distancie de mim nunca!

Ela assenti.

- Você promete S/n?

- Eu prometo Oh Sehun!

{...}

S/N ON

Os dias estão sendo um tanto estranho, Sehun tem tentando ser carinhoso comigo mas... muda de uma hora para outra, isso me confunde muito!

Eu só queria que... que ele me notasse pelo menos uma vez.

- Porque está tão aérea?

- Hã?

- Isso vai te fazer voltar ao normal

Na hora fiquei sem entender o que ele queria dizer com isso, o mesmo foi até à cozinha e trouxe alguns pedaços de bolo para nós dois.

- Você quer?

Assenti.

- abra a boca *Diz dando uma garfada no bolo e direcionando para minha boca

Boba do jeito que sou abri a boca esperando que ele me desse aquela garfada. Ele sorriu e desviou sua mão comendo aquele pedaço de bolo.

- Sehun! *Digo fechando a cara

- Você fica tão bonitinha dando uma de brava! *Diz rindo

Apenas o encarei com um olhar mortal.

Logo ele mudou de expressão.

- O que foi agora!?

Ele dá um longo suspiro antes de começar à falar.

- Eu não deveria ter dito para você guardar seus sentimentos para uma pessoa especial

- Como assim?

- Eu não sou tão bom com palavras então... se eu fizer algo você não vai ficar brava?

- Oh Sehun, eu não consigo ficar brava com você por mais que eu queira

É agora Oh Sehun!

Segurei seu rosto e comecei a me aproximar bem devagar.

Quando percebi, estava beijando S/n. Era um beijo tão doce, parecia que ela tinha esperado aquele beijo por muito tempo.

Assim que nos separamos por falta de ar, S/n abaixou a cabeça enquanto sorria envergonhada.

Peguei em suas mãos fazendo a garota me olhar.

- Eu percebi uma coisa só agora

- O que?

- Eu não posso viver sem você S/n



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...