1. Spirit Fanfics >
  2. La Vie En Rose >
  3. La vie est une tasse de chocolat

História La Vie En Rose - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Retornei! Sério, tava com saudades de postar aqui :333
Estava focando em outras coisinhas e assuntos fora daqui, mas já que estou de quarentena e não posso fazer nada a não ser ficar em casa mofando, decidi escrever um pouco. Demorei um pouco, pois tinha escrito duas! Mas acabei preferindo essa aqui e estou postando, espero que vocês gostem dela assim como eu gostei, beijos!

Capítulo 1 - La vie est une tasse de chocolat


Enroladas em um cobertor velpudo de tonalidade lilás, Bonnibel e Marcy se deliciavam com uma boa caneca de achocolatado quente com marshmallows, em alguns momentos, a rosada observava os pequenos marshmallows boiando no líquido adocicado, arrancando um sorriso alegre de si.

— Ora, ora, ora...o que está vendo de tão interessante nessa caneca? É algum monstrinho de goma? — a vampira, vulgo namorada de Bonnibel disse entre uma risada soprada, se aproximando da garota e após dar um último gole de sua bebida quente, deixou a caneca de lado, envolvendo o corpo pequeno em um abraço —

— Deixe de ser boba! Estou vendo os marshmallows flutuando aqui, sem se preocuparem com nada e aproveitando a companhia uns dos outros....— ela deu uma pequena pausa, afundando o rosto na curvatura do pescoço da garota de fios ébanos, sorrindo levemente e arrancando uma risadinha envergonhada da namorada — Cante para mim?

— Hum...o que ganho em troca disso? — cessando o abraço, Marceline coloca o braço em torno da cintura de sua garota, acariciando o local enquanto estava a esperar a resposta da rosada —

— Vários beijinhos e talvez, faço meu famoso bolo de sorvete de morango, somente para você! — ela sabia dos gostos de sua namorada e não excitou em usá-los para obter o que desejava, observando os olhos escuros da garota brilharem e ela assenti, se levantando e calçando suas pantufas de panda, saindo do sofá aonde ambas garotas estavam sentadas e sumindo do cômodo, retornando minutos depois carregando seu ukulele decorado com inúmeros adesivos de bandas de rock, retornando em seu lugar e ajeitando sua postura, começando então a cantar —

— Des yeux qui font baisser les miens (Olhos que derrubam os meus). Un rire qui se perd sur sa bouche (Uma risada que se perde na boca). Voilà le portrait sans retouches (Aqui está o retrato sem retoque). De femme auquel j'appartiens (Da mulher a quem pertenço) — a voz da Vampira era lírica e calorosa, esquentava o coração da rodada e arrancava um sorriso apaixonado de si, observando-a com um sorriso, delicadamente levou uma das mechas ébano da garota atrás da garota e então, se pôs a cantar consigo —

— Quand elle me prend dans ses bras (Quando ela me pega em seus braços). Elle me parle tout bas (Ela fala comigo suavemente). Je vois la vie en rose (Eu vejo a vida em rosa). Elle me dit des mots d'amour (Ela diz palavras de amor para mim). Des mots de tous les jours (Palavras cotidianas). Et ça me fait quelque chose (E isso faz algo comigo). Elle est entré dans mon cœur (Ela entrou no meu coração).

Mesmo com o frio que fazia naquela manhã, o casal não perdia a chance de ficarem juntas, se deliciando com uma boa caneca de achocolatado com marshmallows e aproveitar uma boa música, não esquentando somente ambas, mas também seus corações que queimavam de amor.


Notas Finais


Vamos fazer um joguinho legal aqui, me digam o nome de uma música bem legal e um shipp que vocês gostem, aí tentarei escrever de acordo com o comentário de vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...