1. Spirit Fanfics >
  2. Lábios de vinho >
  3. Preto e roxo

História Lábios de vinho - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


WANNA BE INTOXICATED WITH... THAT SPECIAL BREW
Avisos:
• Hoje a pegada burguesa tá mais alta ainda.
• Akaashi burguês é minha religião, é isso.
• IZI IZI QUEM É O MELHOR CAPISTA DO MUNDO? @kalaahi eu escolho você!!!!!
• Shimi está 100% boiola por esta capa, é isso.
Boa leitura 👍

Capítulo 1 - Preto e roxo


Akaashi Keiji levou a taça de vinho para os lábios, saboreando a bebida com uma feição suave enquanto via homens e mulheres passando por si em suas roupas caras e sorrisos falsos. 

Ele queria saber como havia parado naquele local onde o quanto você tem na sua carteira é o que realmente importa para os outros, mas não havia explicação mais plausível para si do que o fato dele ser o sucessor de um grande negócio. Colocou a taça de volta na mesa isolada onde estava sentado, olhando para baixo e vendo o terno caro que sua mãe havia comprado para si, não gostando do que via. 

Filho da simplicidade, Akaashi odiava coisas que de longe eram fáceis de ser reconhecidas como coisas caras, conseguindo ver mais luxo na simplicidade do que na extravagância de roupas, jóias e sapatos caros, porém, ele tinha de admitir, algumas pessoas simplesmente ficavam lindas daquela maneira. 

E esse era o caso do rapaz de cabelos brancos que vestia um terno Armani e sorria para todos que passavam, se provando sensual aos olhos de Akaashi até mesmo em meio a conversas. O nome dele, se Akaashi bem se lembrava, era Bokuto Koutaro, e desde que algumas empresas, inclusive a sua, se juntaram para fazer o eixo Fukurodani, Akaashi teve mais chances de ver o garoto de sorriso simples se mostrar sensual. 

Akaashi suspirou levemente, pensando que deveria ter evitado ao máximo ir naquela festa de negócios com seu pai, pegando a taça de vinho mais uma vez e levando a boca. Foi quando, em meio a alguma conversa com alguém que Akaashi não conhecia, Bokuto o olhou. Os olhos dourados em contato com os olhos azuis acinzentados fez um choque percorrer pelo corpo de Akaashi, que aproveitou a deixa para dar seu melhor sorriso sensual. Bokuto devolveu na mesma moeda, interrompendo delicadamente a conversa com dois senhores amigos de sua família para ir andando até Akaashi, vendo ele terminar de beber todo o vinho da sua taça. 

Antes de chegar na mesa, parou um garçom e pegou uma taça de vinho, agradecendo e voltando a andar. Deu dois goles na bebida e entregou a taça para o de cabelos escuros, sentando ao seu lado naquela mesa redonda. 

— Bokuto Koutaro, ao seu dispor. — Bokuto ofereceu a mão para Akaashi, que não demorou tanto para cobrir a mão dele com a sua. 

— Akaashi Keiji. — O cumprimento não demorou muito para ser desmanchado, com Akaashi evitando olhar para outras direções que não fosse os olhos e a boca de Bokuto. — Mas então, senhor Koutaro, o que o trouxe até essa mesa onde somente um rapaz simples como eu está? — Disse com a voz suave, dando uma entonação sensual ao dizer o primeiro nome de Bokuto como provocação. 

— O fato de que o rapaz simples que nela está é muito bonito e chamou minha atenção entre tantos olhares. — Quando Akaashi iria levar a taça aos lábios para beber um pouco mais daquele vinho, Bokuto pegou a taça de sua mão e levou aos próprios lábios, bebendo todo o vinho daquela taça. 

Akaashi olhou em volta, vendo que todos os garçons estavam ocupados servindo alguém com bebidas mais caras que vinho, ou mais fortes, então, em um ato impulsivo, Akaashi inclinou o rosto em direção a Bokuto, sentindo o gosto do vinho ainda muito vivo na língua do de cabelos brancos. “Chupou” a língua de Bokuto e deixou uma leve mordida no lábio inferior dele, se afastando com um semblante feliz de quem provou algo e gostou. 

Havia sido um beijo rápido, apenas para Akaashi roubar o vinho que ainda tinha na boca de Bokuto, mas mesmo assim, ainda havia sido um beijo, que fez Akaashi ficar temeroso com o que aconteceria a seguir, mas Bokuto passou a mão esquerda pelo cabelo, jogando alguns dos fios caídos em frente a seus olhos para trás com um sorriso provocativo no rosto. 

Bokuto pegou a mão direita de Akaashi e se levantou da mesa, puxando levemente e discretamente o outro para um dos lugares mais vazios que veio em sua mente e estava perto, ou seja, a sala com produtos de limpeza. Bokuto parou para trancar a porta, mas quando se virou para Akaashi, ele já estava sem seu paletó e tirava o colete sensualmente. 

O de cabelos brancos iria começar a tirar a parte de cima do seu terno quando Akaashi balançou o indicador em negação, tirando o colete e o jogando em algum lugar do chão. Akaashi foi andando até Bokuto, tirando o lentamente toda parte de cima do terno dele, o deixando apenas com a gravata. Ao terminar, passou os braços pelo pescoço dele, recebendo um beijo luxurioso como agradecimento pela ajuda, de Bokuto.

Os lábios de Akaashi, não tão incrivelmente assim, tinham gosto de FP Branco Bical Arinto, diferente dos de Bokuto que tinham gosto exclusivo de Trivento Reserve Malbec. Era uma mistura de sabores que agradava os dois, fazendo o beijo ser intenso e com uma pegada sedutora, Bokuto acariciava a cintura de Akaashi com uma mão enquanto, com a outra, apertava uma das nádegas dele com luxúria. 

Akaashi suspirava melodiosamente no beijo, arranhando a nuca de Bokuto com  suas unhas curtas, o que causava arrepios no de cabelos brancos. De repente, Akaashi se afastou de Bokuto com um sorriso no rosto, andando de costas até uma mesinha que tinha naquela sala. No caminho, foi tirando sua calça, jogando ela até onde seu paletó e colete estavam, sentando na mesa logo a seguir, desabotoando os botões de sua camisa social bem lentamente, sem tirar ela. 

Chamou Bokuto com o dedo indicador, e quando ele já estava perto o suficiente, o puxou pela gravata para um beijo desesperado, rodeando as pernas na cintura dele enquanto aproveitava aquele beijo com gosto de vinho. 

Para alguém que não sabia o que estava fazendo naquela festa, Akaashi Keiji estava até que aproveitando bem ao lado de Bokuto Koutaro, acabando por desfrutar de uma noite divertida recheada de beijos com gosto de vinho. 


Notas Finais


Grande dia 👍
Akdhiendlsmdlsmndnsjskslslos @kalaahi, me desculpa por fazer você capar uma história tão meh, eu juro que vou melhorar.
Ou pelo menos tentar JQBDNXSKNSKSMAKDNKSND sofro.
Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...