1. Spirit Fanfics >
  2. Labirintos do descobrimento >
  3. O último dos ultimos

História Labirintos do descobrimento - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Dsclp algum erro , boa leitura ❤

Capítulo 11 - O último dos ultimos


Fanfic / Fanfiction Labirintos do descobrimento - Capítulo 11 - O último dos ultimos

Ao atender a porta o viram , um animal putrefado com um papel sobre si . Pegando no papel o remetente não dizia nada
Eles congelaram Harry pegou sua cueca e a vestiu enquanto Draco puchava sua blusa para baixo cobrindo boa parte de suas coxas , parecia que a simples folha de papel os observava
A folha ao ser desdobrada revelava uma letra um tanto quanto bela e que era reconhecível

"Meu filho estou a te vigiar de longe ,vejo que finalmente encontrou o amor verdadeiro
Eu e seu pai estavamos sempre a te observar e cá entre nós tem coisas que não queriamos ter visto ..."

<pensamento de ambos> a carta deve ter sido escrita em tempos diferentes , porque a letra no primeiro paragrafo é perfeita e no segundo está tremida e com cor diferente

"... queria poder estar ai para te abraçar, conhecer seu namorado mas se eu fizer isso irei apanhar novamente , te ver será muito difícil ja que vivo sobre os olhares do seu pai que de uns dias para cá parece estar mais frio ..."

Draco ja estava chorando e não conseguia se controlar e nem ler , Harry tomou a carta de sua mão e começou a ler em alto e bom som

H-"... se você está se perguntando o porque de eu parecer desesperada é porque eu estou , no começo dessa carta tentei parecer segura de mim e que meu marido não tinha implicado com algumas coisas que contei para ele , mas foi assim que eu ganhei um olho roxo e braços todos marcados de dedos ..."

Uma pausa foi feita por ele pois Draco o abraçava de forma tão apreensivo que Harry não conseguia ler e ainda sim sentir profunda tristesa ao ser tocado por seu namorado

H-"... fugi para poder escrever e para te entregar , seu pai ira voltar para lhe fazer mal por favor se proteja . Ass:Narcisa Malfoy "

Ao terminar de ler a carta Draco ja tinha deitado sobre o corpo semi nu de Harry e estava a chorar sob seu peito , somente seus soluços eram escutados no quarto todo
Minutos se passaram e Harry indagou

H-Amor...
....
H-...o que  quer fazer a respeito disso meu bem ?
D-Eu tenho o que fazer ? Eu n posso ir atrás deles para salvar ela , foi ela quem escolheu . Agora ela ta sofrendo por ter se casado com um inescrupuloso como meu pai é , se é que eu posso chamar ele de pai
Ainda por cima tenho que me preparar para uma possivel visita

O silêncio reinou tanto no quarto quanto na mente de Harry , os olhares de ambos eram vagos
Draco se levantou e com friesa tirou sua blusa , olhava Harry com luxúria, desejo mesmo após essa notícia
Harry negou ter relações sexuais com ele naquele momento o que assustou o loiro , pois ele não negava nenhuma oportunidade de ter algo durante muitas semanas anteriormente

<pensamento de Harry > porque tanta frieza, depois dessa noticia ;querer transar .  .acho que ele pode incarar essa atitude de negar uma transa como algo repreensivo

Mesmo com medo de aquela atitude ser para mudar o assunto  ,Harry o beijou disse algumas e  palavras que quase fizeram com que o loiro subisse pelas paredes
Draco só conseguia pensar na boca de Harry em seu corpo ,  cada parte de seu corpo era acariciada e beijada
A mudança de humor de ambos era visível, após uma relação bem sucedida porém tristesa reinou novamente

---quebra de tempo ---

Harry foi para a biblioteca , pegou um livro sobre humores o que caía muito bem com a situação, começou da pagina onde havia parado, na página marcada exitia uma frase que fez com que ele pensa se na atitude de draco

"As pessoas tem formas diferentes de superar uma situação ou sentimento "

<pensamento de Harry >a transa de antes poderia ter sido uma forma de superar aquele baque da mãe dele ter apanhado do maldito pai




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...