História Labirito sem fronteiras - MiTw - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Mike, Pac, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Batista, Cellbit, Cellrende, Jvnq, Jvtista, Mike, Mitw, Moonkase, Pac
Visualizações 119
Palavras 536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~~So pucha
Naum sei como tá... Vou me apagar em 3...2...1... #Dorme#

Capítulo 6 - Mãos


          Pov. Mike

Acordei e já era noite... Fiquei a tarde toda dormindo??

Domindo... no colo do Pac...? Ele estava dormindo e... Acho que embaixo de mim tinha um pequeno volu---... Ta isso é meio vergonhoso então não vou citar.

Estou com sono... Mas não consigo dormir de novo... Está frio... Muito frio...

Saio de cima dele tomando bastante cuidado para não acordá-lo e o carrego colocando-o deitado no sofá.

Me sento no outro sofá e o observo dormindo... Acho que ontem eu estava enganado... Afinal eu sou hetero né? Não estou apaixonado por ele... Isso é óbvio... Isso! Isso aí! Não estou apaixonado por um garoto! Ainda mais meu melhor amigo...

E também... Não é possível se apaixonar por outra pessoa tão rápido assim... Eu acho.... Ah esquece isso Mike... ESQUECE...

Suspiro, e o vou ao meu quarto pegar alguns cobertores.

Olho para a cômoda e vejo um retrato meu com Maria que esqueci de jogar fora... Uma lágrima escorre no canto do meu olho... Infelizmente ainda tenho sentimentos por aquela garota sem coração.. Irônico né? A pessoa te traí e você ainda gosta dela... Eu devia odiar ela...aff porque eu não a odeio? Porque?

Pego o retrato jogando-o no chão e pisando várias vezes consecutivas... Depois disso joguei o retrato pela janela...

Esse ataque de humor me fez me sentir como aquelas pessoas piradas que vivem no hospício, pois isso foi meio que desnecessário... Acho que sou bipolar... Eu tava triste agora... E do nada fiquei com raiva... O que está havendo? Garotos também tem TPM? Ta esquece... Tô' muito enigmático hoje... Ah...

Me dirijo aos cobertores.

Volto e coloco um cobertor encima dele, logo vou ao sofá onde eu estava e me enrolo.

Agora sim posso dormir tranquilamente... Sem pensar naquela... Droga pensei de novo...

Está bem...

É só fechar os olhos e dormir...

Vamos lá...

Fecho os olhos e durmo minutos depois...

[...]



Pov. Jv

-Eu não acredito que o Cellbit colou nossas mãos com cola super bond - falei encarando Cellbit rindo ao longe tirando várias fotos com a câmera

-VOU POSTAR NO TWITTER - gritava ele Berrando rindo

-Nem eu... EU VOU MATAR ELE!! - diz Batista devolvendo o berro o encarando furioso

-Como vamos matar ele se estamos grudados? - questiono observando o loiro

-As outras mãos estão livres, ENTÃO SERVE - batista gritou me puxando pra perto do loiro que fugiu com a câmera atravessando a rua

-Ótimo... Ele fugiu - suspirei

-Ele deu sorte, eu vou matar ele quando ele voltar

-O que faremos quanto a cola?

-Podemos pegar uma faca... E serrar nossos braços... - disse rindo

-SEM CHANCE - falei segurando meu braço com a outra mão enquanto ele ria

-E agora como vamos pra nossas casas? - disse ele me puxando

-Eu não sei...

-Você não deixa eu cortar nossos braços... - ele ria

-Mas ai morreriamos - falei encarando

-Você não tem senso de humoor--- ele caí assim me fazendo cair também

E acabou acontecendo algo inesperado...

Nossos rostos se encontaram e houve um beijo acidental

Ficamos nos encarando por um tempo sem entender o que aconteceu...

-OMG ESSA VAI SER MINHA FOTO DE CAPA - disse Cellbit, que no momento parecia ter brotado do chão porque ele voltou DO NADA

-Eu vou te matar!!! - Batista e eu gritamos

Tentamos bater nele, mas ele correu, e como estamos grudados... Caímos... De cara no chão....






Notas Finais


Nada a declarar apenas: Vou tacar tijolo na Maria.
Obg de nada

Adeus pessoas
Até algum dia :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...