1. Spirit Fanfics >
  2. Laço de Sangue. >
  3. Um Jackson de Pikachu e um Namjoon á espreita!

História Laço de Sangue. - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Sorry not sorry, mas sim eu shippo Rapson e omg, alguém me segura por que eu tô quase criando uma fic só pra eles mds T-T Okay, aquitei o facho, mas esse mometno SO SWEET deles foi fofinho demais até pra mim que tava escrevendo viades!
Falei que ia tentar atualizar regularmente assim como em 2016 e eu tô como? Exatamente, quase ficando doida de tanta cafeína e açucar, não virem escritores crianças, você podem acabar viciados em café assim como a tia Shade! (Mentira, bebo café desde que tava no ovo meus consagrados)
Tá bom, então me perdoem se houver muitos erros, ou se não entenderem, pois kk eu tava meio lesa em nome do emu santo G-DRAGON não foi por querer quando tava escrevendo sa' joça kk

Capítulo 8 - Um Jackson de Pikachu e um Namjoon á espreita!


Fanfic / Fanfiction Laço de Sangue. - Capítulo 8 - Um Jackson de Pikachu e um Namjoon á espreita!

 

- Meu Deus, essa coisa tá demorando! – Jackson bufou com as bochechas infladas e um biquinho nos lábios vermelhinhos se jogando pela milésima vez na cama fofinha de lençóis brancos e lilases de Anny.

O quarto era um pouco espaçoso, possuía as paredes de um tom vivido entre o roxo e o lilás, com a cama no canto ao lado um criado mudo com um abajur roxo sobre ele e um baú aos pés da cama, o armário embutido de portas brancas do lado direito deste um porta-chapéus pálido com um sobretudo roxo e outro vermelho um pouco mais grande, do lado oposto a cama residia uma escrivaninha clara com um notebook de capa violeta e preta no estilo chibi de um k-group chamado EXO, uma agenda negra com uma lapiseira lilás brilhante, uma luminária de mesa arroxeada, um carregador e fones jogados sobre o rack, na parede horizontal haviam três janelas largas que iam do teto até ao chão e que ficavam bem ao lado da escrivaninha, haviam cortinas blackout brancas, duas prateleiras estilo escada na parede esquerda de cor branca com vários livros e a outra com porta-fotos, sendo alguma delas fotos de Jack, Anny e Namjoon quando eram mais novos; Haviam várias fotos e enfeites pelas paredes, posters de bandas de rock, idols de K-pop, inclusive haveria ao lado da escrivaninha um quadro onde a rosada pendurava os desenhos que fazia, quais eram rascunhos de Styles tão coloridos quanto eram bem feitos; Em um canto perto da porta bem ao lado haviam três puffs um Roxo, outro lilás, e um branco opostos a porta com uma mesinha de centro preta, a porta para o banheiro e sem contar o tapete fofinho de pelinhos brancos; Mas o que chamou a atenção de Namjoon foi à prateleira em cima da cama da amiga, lá possuía uma caixinha semelhante a um formato de baú roxo de enfeites dourados e com uma fechadura, do lado dele residia uma foto em uma moldura delicada de entornos brancos, onde estavam Nyone Akira a irmã mais velha da garota; Um garoto desconhecido para Namjoon, Anny com Gabriel do lado que era o caçula dos quatro, a Senhora Hao e um homem sorridente de pele negra e cabelos negros totalmente desarrumados abraçando os mais novos.

Namjoon reconhecia aquela foto, já a tinha visto antes na sala da mãe da garota, mas não com o pedaço que possuía um homem de cabelos negros e pele escura, o Kim achou aquilo estranho, mas preferiu não abrir a boca no momento.

- O que tanto olha pra esse diabo de prateleira Namjoon? – Jackson perguntou ainda emburrado pela demora da Hao, mas seus olhos foram seguindo o olhar do moreno até o porta-fotos delicado, nesse momento o rostinho de Jackson mudou de birrento para serio. – Joonnie, por favor, não pergunte a ele dessa foto. – Pediu fitando os olhos escuros do outro, Namjoon achou estranho o apelido carinhoso pelo qual o chinês o chamava ser usado com tanta delicadeza na voz mansa e séria. Isso o fez pensar que Jackson e Anny eram amigos de fraldas, e ele só conhecera ambos quando tinham 12 anos, claro que haveria historias que não sabia, e talvez isso magoasse um pouco seu amago; Estranhou, mas não questionou Jackson, acenando positivamente com a cabeça, mesmo que as duvidas fervessem em sua mente, ele confiava sua vida aos seus amigos.

- Desculpas, mas depois nos te explicamos Jonnie! – Suspirou fazendo um biquinho e se jogando nos braços do mais alto enquanto abraçava Namjoon como um filhote de coala, e arrastando o Kim até que ambos caíssem na cama da menina novamente. Sempre que o Wang dizia isso ele cumpria, inclusive até quando não dizia ele o fazia, assim como explicara sobre a conversa do coreano de cabelos azuis escuros e ombros largos naquela tarde de aula de física. Secretamente, aqui entre nós, Namjoon estava torcendo para Jackson ficar com pelo menos um dos garotos, era #TEAMGOT7.

- Cara, daqui a pouco você vai quebrar a cama da menina de tanto se jogar nela! – Namjoon alfinetou rindo enquanto Jackson permanecia em seu colo o abraçando como se fosse um ursinho de pelúcia.

- Affs, como ela chama a gente pra dormir na casa dela e some? – Perguntou incrédulo olhando para cima e fitando Namjoon com uma careta engraçada. – Eu trouxe até meu pijama de Pikachu! Não vim atoa! – Choramingou escondendo o rosto no peito do Kim o fazendo rir do jeito emburrado e manhoso que o Wang tinha de lidar com as coisas.

- Engraçado, pois eu trouxe o meu do ursinho Ryan! – Disse atraindo olhar do chinês que brilhava em expectativa, como se fosse uma criança.

- Caralho, a gente precisa tirar uma foto de eu de Pikachu, você de Ursinho Ryan e ela de unicórnio! E é pra hoje! – Disse batendo palminhas enquanto se sentava direito no colo do coreano que ria da animação quase que infantil do menor.

- Claro meu filho, você acha que eu iria perder essa chance?! – Anny chegou gritando assustando os garotos fazendo Jackson soltar um gritinho nada másculo e pular no colo de Namjoon agarrando o amigo no susto.

- Desgraça de diabo de menina! Tá louca é minha filha?! – Jackson berrou irado tacando o travesseiro na rosada que se desviou do mesmo rindo até pelos cotovelos assim como Namjoon, que assistia as tentativas falhas do menino que estava ainda em seu colo tentar matar Anny com arremesso de travesseiros a distancia. Será que alguém já avisou pra Jackson que porrada de travesseiro não mata?

- Sua filha necas de pitibiriba, Deus que me cruze, amém meu G-DRAGON! – Se benzeu indo em direção ao armário e jogando a bolsa ao lado dos Puffs. – Vou tomar um banho e colocar meu pijama, já volto e não se matem. – Pegou a roupa dentro do próprio e bagunçando o cabelo de ambos antes de ir para o banheiro.

Jackson revirou os olhos e mostrou um joia para Anny, mas assim que a mesma fechou a porta o menor já foi mostrando a língua para a Hao.

- Ah, o que vocês acham de chamar os garotos? – Gritou do banheiro para os dois.

- Bora! Mas se você se atracar com Yoongi-Hyung eu mato os dois! – Jackson berrou mal-humorado no colo de Namjoon, fazendo uma careta mal-humorada para o Kim ouvindo Namjoon rir.

- Que isso homem? Que ódio todo é esse no coração? Controla-te bicho desvaído! – Namjoon disse rindo da cara de tacho que o Wang fez.

- Desvaído é esse teu rabo desnutrido Namjoon! – Respondeu dando o dedo do meio para o amigo.

- Assim quase que você me magoa Seuni! – Namjoon disse se fingindo de triste enlaçando a cintura esguia do menor com os braços e dando um sorriso maroto enquanto recebia tapainhas de Jackson em seus ombros.

- Você me respeite que eu sou homem de familia, sou um homem de Deus, então sai de mim seu abusado! – Disse olhando na cara e Namjoon enquanto fazia uma careta engraçada de nojinho.

Namjoon riu; - Mas foi você que se sentou em mim Jackson!

- Eu posso querido! – Jackson empinou o nariz cruzando os braços.

- Direitos iguais, por favor? –

- Pedido negado, agora cala a boca Namjoon,

- Meu Santo TOP, que viado agressivo.

Passaram mais alguns minutos “conversando civilizadamente” e os barulhos do chuveiro cessaram logo Anny estava secando os cabelos com uma toalha e trajando o pijama de unicórnio.

- Vão logo tomar banho, pra eu chamar os meninos e fazer alguma coisa pra gente comer e depois escolher os filmes. – Disse jogando os cabelos coloridos com uma de suas mãos para trás e deixando a toalha descansar em seu pescoço.

- Se eu fosse uma das Alphas do colégio até te pegava, mas você tem tanto cabelo que me dá quase que angustia, tanto que até vou tomar meu banho depois disso. – Jackson disse no colo de Namjoon fazendo cara de nojo e se levantando para pegar a mochila com roupas e seguir para o banheiro, mas antes de entrar nele teve que soltar a língua; - E eu juro que se eu vir calcinha jogada pelo Box, vibrador na pia e camisinha em cima do vaso eu te jogo pela janela! – Disse e sumiu para dentro do banheiro de desviando do sapato que a menina jogaria em sua cara, mas infelizmente não cursou a rota exata e bateu na porta.

- Acho bom não ter nada aqui mesmo! – Jackson berrou de lá de dentro.

- Vai tomar no cu Jack! – Rebateu sorrindo irônica com a provocação do chinês.

- Não precisa o mandar fazer isso duas vezes e você sabe disso! – Namjoon disse baixinho e riu junto com a Anny.

- Man bora chamar meu novo amiguinho Bambam? – Hao perguntou sorrindo maliciosa para o Kim.

- E não é que eu ia te perguntar a mesma coisa! – Correspondeu o sorriso maldoso na mesma intensidade já prevendo os surtos de Jackson ao passar uma noite na mesma casa com o ruivo.

- Então chama ele aí e aproveita pra chamar o Youngjae e o Yugyeom! E eu vou sei lá, fazer alguma coisa. – Riu vendo Namjoon assentir sorridente e perverso.

Nessa única semana que passara Anny e Namjoon meio que desenvolveram uma amizade com o Ruivo tailandês, Kim Yugyeom e Choi Youngjae já que ambos os três sempre andavam juntos e  Bambam e Choi eram da mesma sala que eles, também graças ao fato do Kim mais novo e Bambam sempre encherem o saco de Jackson, haveria Mark, JB e Jinyoung também, mas a menina preferia nem pensar no moreno no momento.

- O Bam tá perguntando se pode chamar o Jinyoung e o Jaebum? – Anny ouviu a voz do amigo agradecendo aos céus por não citar o nome do moreno. Sorriu lembrando como seria interessante ajudar seu novo amigo Lim a trocar mais que simples palavras com Jackson.

- Claro! Vai ser top se os Hyungs vierem também! – Anny sorriu agradecendo pelos cabelos um pouco longos e volumosos esconderem as marcas em seu pescoço. Ou era isso o que ela achava isso.

- Beleza então! – Assentiu voltando a digitar no celular. – Um apena Mark-Hyung não vir, Bambam disse que ele entrou no cio hoje de tarde, e por isso que ele andava meio que violento, tanto que ele disse que o Park-Hyung saiu no soco com o Yugyeom-Dongsaeng e o Jinyoung-Hyung esses dias, e quase quebrou o skate do Bambam! Coitados deles!  – Comentou rindo ainda focado na tela com a rosada do lado, esta que arqueou as sombracelhas naquele momento, então muita coisa explicava a atitude de Mark.

- Sabia que Alphas perto do cio eram meio violentos, mas esse cara tá parecendo a minha mãe! – Ela riu ainda escondendo o acontecimento de mais cedo de Namjoon.

- Pelo que Bambam me contou, ele e Mark são Alphas Lúpus, então tudo é multiplicado com eles, tanto que ele também disse que Mark-Hyung se desculpou um milhão de vezes por isso, e tals, mas como o cio vem sempre sabe como é a história! – Assentiu vendo o menino ainda com o celular em mãos. – Mas eu sei lá como isso funciona, pergunta pro Jeon depois, ele é um Alpha Lúpus! Também tem o Yoongi! – Deixou o celular de lado olhando para a menina.

- Pergunta você, eu não quero saber se eles andam transando ou não cara! – Jogou o travesseiro  bem na cara de Namjoon, que se desviou por pouco, mas a imaginação desse não saiu impune, Namjoon se martirizava por não controlar sua bendita e abençoada imaginação fértil, essa própria que não hesitou nem um pouquinho e foi voando para um Jeon totalmente ofegante com um sorriso malicioso nos lábios vermelhos e úmidos assim como a pele levemente amendoada, ou um Jin abusando e ousando com um sex apple quase que totalmente proibido para sua visão de adolescente virgem e inexperiente tentando lhe levar para caminhos nada santos e puramente prazerosos, sentiu seu interior queimar com os pensamentos nada “bons” e o rosto corar, tanto que achou que tinha virado um tomate momentaneamente. Voltou ao seu mundinho puro e livre de garotos gostosos que tentavam lhe seduzir com seus olhos novamente esbarrando naquele objeto um tanto misterioso para si, novamente Namjoon se encontrava fitando o porta-fotos misterioso sobre da prateleira acima da cama de lençóis brancos. Namjoon sempre permanecia quieto a maior parte do tempo, Anny e Jackson já haviam se acostumado com seu jeitinho único de ser mesmo apesar ambos fossem ligados nos 2000 24hrs por dia, o Wang e a Hao presavam muito pela presença do Kim, inclusive nas vezes que Namjoon agia tão elétrico quanto uma criança de seis anos, mas apesar do silencio de Namjoon os pensamentos do menino não paravam a um segundo. Para o Kim não passou despercebido que no primeiro dia de Aula os seis meninos poderiam ser Betas ou Alphas, não passou o jeito que Jeon e Jin olhavam de modo tão terno para ele, Namjoon percebia o jeito que Jackson se incomodava quando um dos meninos o tocava, ou com Mark, Bambam ou Kim olhavam para ele; Percebeu Yoongi encarando Jin, como se fosse esfolar o Kim mais velho, depois que voltou com Anny, e nem mesmo as marcas roxas no pescoço da garota passaram despercebidas pelos olhos amendoados de Namjoon. Mas ele sempre se mantinha calado preferia analisar tudo e esperar uma resposta própria enquanto sua mente vivia projetando duvidas silenciosas tais essas que não achava nada inconveniente não serem respondidas quase que imediatamente.

Por que eu estou pensando nisso agora? Você deveria se preocupar com seus sentimentos em relação ao Hyung e ao seu Dongsaeng!” estapeou-se por ser tão débil a esse ponto, male dita seja sua imaginação fértil e mal feitora. Quando voltou a terra percebeu que Anny procurava alguma coisa nas gavetas do criado mudo e a foto antes citada estava virada para baixo.

Namjoon ainda tinha muito que descobrir sobre seus amigos, mas isso iria fazer depois.

- Anny daqui a pouco já é para os garotos estarem chegando! – Avisou com o celular em mãos vendo as mensagens dos grupos que havia feito e colocado os meninos, indo par ao outro “Got7” onde colocara o outro grupinho que vivia dando em ciam do Wang e incluíra o próprio Jackson vendo todos responderem, menos Mark que nem online estava, voltou para o grupo do “Bangtan Boys” e todos responderam marcando presença.

- Okay, eu já vou lá pegar os futons reserva! Vocês vãos todos ficar aqui no meu quarto ou precisa separar entre os dois outros quartos de hospedes? – Perguntou fechando a gaveta do criado mudo e se voltando para Namjoon.

- Olha acho que aqui cabe todo mundo mesmo, seu quarto é espaçoso e se a gente arrumar bem os futons cabe todo mundo! – Disse se levantando e pegando as roupas na bolsa assim que os olhos pousaram em Jack saindo do banheiro, com os cabelos caindo pelo rosto gordinho e espetados em todas direções, como se Jackson fosse uma criança.

- Okay, eu já vou lá então! – Anyy respondeu e saiu em direção a um dos quartos de hospedes onde havia uma quantidade considerável de futons branquinhos e fofinhos bem guardados em um grande armários embutido.

- Ei, Jack! – Assim que Anny saiu do quarto Namjoon chamou vendo o chinês olhar para si com os olhos curiosos, chegou perto do garoto que secava os cabelos já vestido no pijama do Pikachu, logo substituindo as mãos delicadas do Wang pelas suas e secando adequadamente os fios castanhos claros do outro, afinal, Jackson ou era um puppy desastrado ou uma criança desastrada.

- Eu não sou uma criança Hyung! – Inflou as bochechas emburrado. Era tão difícil reconhecerem ele como um Homem Viril e que tinha tudo sobre controle?

- Você parece mais uma princesa Jacks, uma princesa birrenta e fofinha! – Namjoon disse rindo e apertou a pontinha redondinha do nariz do chinês, esse que bufou vermelho de raiva fazendo Namjoon rir do amigo. – Só aceita que me ama demais pra discordar e deixa-me secar teu cabelo direito, Wang-Gae. – Namjoon sorriu carinhosos para o amigo esse que apenas revirou os olhos afirmando com a cabeça e aproveitando do carinho do mais alto.

Logo caíram em um silencio confortável, onde Namjoon secava os fios do seu pequeno menino e Jackson apreciava os cuidados que a um bom tempinho não recebia de quase ninguém.

– Quem é aquele homem negro da foto? – Namjoon perguntou quebrando o silencio como quem não quer nada enquanto manuseava a toalha fofinha de algodão com cuidado e delicadeza pelos fios do chinês, esse que nunca admitiria que sempre ficava um pouco molinho e feliz com carinhos tão ternos e amigáveis como aquele.

- Ahh. – Jackson suspirou fazendo um biquinho pensativo desviando o olhar para a foto, logo mordeu os lábios vermelhinhos fitando Namjoon novamente. – Aquele é o pai dela, o Sr. Anthony. – Murmurou baixinho olhando os orbes amendoados do maior.

- Por que eu nunca o vi aqui? – Perguntou terminando de secar os cabelos macios, cheirosos e rebeldes do menor, arrumando eles em uma franja colocando alguns fiozinhos atrás da orelha, seu olhar era ainda curioso para o Wang. Parecia que ambos sempre estavam escondendo alguma coisa.

- Olha, iss-

- Voltei! – Anny berrou frente à porta sendo escondida atrás de uma pilha de futons e cortando Jackson que fitou assustado a menina disfarçando logo em seguida.

- Tá doida pra ficar se esgoelando por aí à toa assim?! Quase me matou de susto! – Jackson se exaltou fazendo Namjoon esboçar uma careta engraçada ao ver todos os fios do chinês saírem do lugar novamente e Anny vendo isso riu pela sincronia oposta dos seus dois meninos.

- Eu tô com catorze futons pra trazer pra cá! E você ainda reclama que eu grito? Que deselegante Jack! –

- Como assim 14? Os meninos não eram seis e com mais a gente é nove! – Jackson perguntou confuso e nessa hora Namjoon saia de fininho dando um sinal que para os olhos de Anny eram um “Fodeu Bergui, só corre lek” e indo de fininho para o banheiro.

- É que bem... – Anny colocou os futons no chão sorrindo amarelo e indo começar a bolar uma boa desculpa pra estragar “a surpresa”, mas nem precisou forçar os três neurônios que tinha, pois logo o Chinês já pegou a ideia no ar, somando 1 + 1 o resultado sempre será 2, somando Anny + Namjoon o resultado sempre será o que amiguinhos? Quem pensou “É MERDA!” está de parabéns, toma aqui seu premio Einstein, um bolinho de caju.

- Eu não creio que vocês fizeram isso! – Jackson berrou bravo, o rostinho do chinês estava vermelhinho de raiva, Namjoon agradeceu pela hora em que correu para o banheiro se salvando daquele ira grande demais para um pequena pessoa como Jackson, agora Anny correu como nunca havia feito em toda sua vidinha, semelhante a como o diabo corre da cruz, tanto que foi parar no quarto de sua irmã mais velha, se trancando lá como se estivesse se salvando de um holocausto sangrento ou de pandemônio universal.

Namjoon só ouviu os gritos de socorro esganiçados da Hao, se lamentou pela eminente perda de uma amada amiga e foi tomar seu banho bem pleno e calmo, ciente que a raiva já havia sido descontada no rabo de alguém e ele no seu lindo e intocado rabinho que não foi.

Não, mas pera, pleno? Com tanta duvida, ele estava pleno? Bom, estava até se lembrar de que era curioso demais.

 


Notas Finais


Ui, vai rolar beijinho?
Aqui é o clube de pessoa heteras e não heteras que são totalmente boiolinhas pelo Jackson Wang? Se sim, simbora que eu sou a presidenta bê!
Excuse-me Anny, mas o que houve meu anjo? *siníca*
Namjoon boiolinha safada 2020 confirmado.
Me perdoa mundo por já pensar nos lemons sendo que o JACKSON AINDA É UM BABY PUPPY, kk Let's go Hell amadxs kk
Então, até o próximo cap? Até o próximo cap, e um beijo e um pão de Queijo pra vcs meus xuxus > < /


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...