História Laços; - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Bts, Laços, Namjin, Sope, Taegguk, Vkook
Visualizações 27
Palavras 1.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo~🌙💙🌊

Bem, eu trago hoje uma fanfic que particularmente, ela não iria sair masss como eu estava com muito vontade de ver o que ia dar resolvi que tudo que estava apenas em minha cabeça - É em um espacinho das notas. - Passaria para ser realmente uma de minhas estórias e aí está o resultado. Heheh ~riso de nervoso :')
Eu gostaria muito que me dissessem o que acharam, eu gostaria de saber muitão se gostam da maneira que escrevo <3
Além de que me ajuda em saber se eu continuo ou não a história. 💛🌻
Esse capítulo será mais a base do resto da história, e contará o que aconteceu com o Tae ♡

Obs: A frase do começo do capítulo, é a tradução do título :)

Sem mais delongas! Fiquem com esse capítulo que acabou de sair do forno!! ❤🌸 a qual estou com medo de por descuido tenha se queimado. Eu espero que nesse tempinho de seu dia, seja agradável a leitura! ❤🍦🌸🍭

IsSy 💚🍃

Aproveitem!

Capítulo 1 - Prologue; fresh start


Fanfic / Fanfiction Laços; - Capítulo 1 - Prologue; fresh start

Recomeço;

@Laços

❝Grandes e apertadas amarras de cetim, o prendiam nos braços; ele se sentia impaciente, seu pequeno coração estava acelerado e suas mãos suavam frias, seu pequeno corpo estava sobe o chão sujo e gélido daquele quarto com cheiro há mofo. Medo. Era isso o que aquele pequeno e até então puro ômega sentia; nunca pensará que o seu alfa, a quem deu seu coração e tanto amou o faria isso, parecia um pesadelo. Um pesadelo que ele queria que acabasse; com um resmungo de dor e sofrimento ele tentou se soltar das amarras que o impediam de sair, ser livre, e com aquilo acabar com aquela combustão de sentimentos ruins, que o faziam ter nojo de si, ali mesmo ele queria morrer, apenas para acabar com seu sofrimento e de alguma forma poupar o ar de desgosto, que seus pais possam fazer. Ele só queria poupar a tristeza, sofrimento, e dor que passaria. Sabia que a sociedade onde vive não o pouparia; o sujaria ainda mais, o faria se sentir pior do que estar, e para não ter uma aberração em sua perfeita sociedade o expulsaria de sua matilha. Mas como isso não será possível, lá está ele novamente sendo usado pelo seu alfa; ele só queria gritar para os quatro ventos o que acontecia, já se fazia duas semanas que ele passará por esta situação: ser usado e jogado fora. Nem nos dias agonizantes do cio, ele fizera algo assim consigo, mas como seu avô dizia, "Não se pode confiar em qualquer alfa, não seja tolo! Os que não percebem se tornarão um completo idiota." É agora seu tão amado neto, estava sendo idiota; idiota por não percebe o que havia de errado, idiota por ser tão submisso, e claro, por um dia ter jurado aos céus o seu completo amor ao mesmo. Imbecil, estúpido, inútil, era assim que o menor se sentia. Estava sendo infeliz no momento que deveria estar feliz; seu amor pelo alfa era grande demais para ter percebido algo de errado em seu relacionamento; o garoto sempre sobera que ele não o amava, mas ambos concordaram que seriam amigos, foram obrigados pela família a se unirem e concordaram a dois anos atrás que se juntariam apenas para o bom proveito de ambas as famílias. Mas claro seu coração foi frágil de mais e acabou se apaixonando pelo maldito alfa, tolo!

↠Prólogo↞

ⓛⓐⓒⓞⓢ

Os gemidos altos e potentes eram escutados por todo o cômodo; o menor era preenchido pelo mais velho, fazendo com que algumas lágrimas ficassem no canto de seus olhos. Ele passava sua mão por todo o corpo do ômega, fazendo-o se debater por debaixo de seu corpo, e no mesmo instante as estocadas se tornar intensas, insanas, sem dô era como aquele ômega não fosse nada, apenas um brinquedinho sexual que não era importante para si. E pra aquele homem era assim mesmo; nunca o amará, ele sempre se divertiu com as demonstrações de afeto do ômega, mas nunca sentiu amor pelo mesmo. E agora estava mais uma vez usufruindo do gosto do Taehyung, sentindo suas paredes internas apertarem seu pênis querendo a todo custo não o ter dentro de si; o choro baixinho do menor, era inconfundível perto dos gemidos do alfa. Ele sabia que era errado. Mas não conseguirá se controlar diante do belo ômega, que poderia chamar de seu; ele é um pecado, cada parte sua é uma perdição tremenda. Seu cheiro é perfeito perto dos demais de sua linhagem, sua fragrância adocicada contamina todo o lugar fazendo-o ir mais a fundo usufruindo de cada mínimo pedacinho de seu submisso. Para o alfa, era prazeroso ouvir o choro baixinho, e os gritos que ele dará quando acertava-lhe um ponto sensível, claro, sabia que o menor não sentia prazer e nem estava gostando de seus toques mas, ele não ligava. Estava contaminado com a abstinência do pecado, não conseguia perceber que o que estava fazendo, poderia causar uma guerra entre as famílias. Mas claro não ligará, o mais importante era foder seu ômega e te-lo para si. 

Descontrolado;

Era assim que ele se sentirá após o cheiro adocicado do menor, entrar rente  em suas narinas; sua cabeça se passava um turbilhão de pensamentos, mas, dentre deles havia o que mais o parecia prazeroso: puxando o corpo mais para si, beijou toda a pele bronzeada do mesmo chegando até seu pescoço onde ele nunca fora tão enextasiado por aquele local. Fungou  deixando selares e marcas por todo o local e sem pensar muito deixou que, suas presas aparecessem vendo o medo no olhar de seu ômega apenas se reergueu para melhor aproveitamento e enterrou suas presas no pescoço do mesmo - Que se debatia e tentava se soltar dos braços do maior, que apenas se deliciava com o mínimo que podia de seu menino. Agora, ambos estavam ligados, não por um casamento ou um nó; suas almas estão interligadas, dentro de uma conexão inquebrável e tende a serem assim por toda a sua eternidade.

↠Prólogo↞

ⓛⓐⓒⓞⓢ

Dois meses depois 

O Kim, andava à  passos lentos e precisos até a porta de madeira rústica. E em seu caminho recebia olhares de insatisfação vindos das pessoas ali presentes. Seu corpo estremeceu e suas mãos soaram; sabia que naquele momento o seu destino estava nas mãos de pessoas desconhecidos. O garoto sentia que a cada passo que dará seu coração batia mais, suas mãos soavam e sua visão ficava turva. Ele só queria sair por um tempo, queria que em poucos minutos pudesse abraçar bem forte seu avô, e se desculpar por não ter lhe dado ouvidos; aquele velho senhor já lhe dizia que o jovem alfa não era para si, mas claro, o neto não lhe deu ouvidos e agora está indo para seu destino. Seus pais, ambos falaram palavras grosseiras e como previsto expulsaram o ômega de casa; agora, sem lar, sem família e carregando um filhote do alfa. E agora só falta sabermos se diante do ocorrido, ele será expulso da matilha. 

Respirou fundo, e abriu a porta. Sendo recebido por olhares curiosos, que tentavam descubrir tudo que podiam. Caminhou até a cadeira e já com o coração despedaçado e olhos inchados do recente choro, foi começado o seu "julgamento". O alfa podia sentir o nervosismo do ômega, não era preciso nem a marca para saber como o garoto estará; seus olhos estavam sem aquele brilho e felicidade, havia ali, olheiras profundos e possível registro de choro. Mas, não deixará de ser lindo. Ele seguia firme até a cadeira a frente de seu alfa, que o encarava com a maior cara de psicopata. O odiava! Sentiu seu sangue ferve após seus olhares se encontrarem, e por um segundo esqueceu que algum dia teve afeto por ele. Alguns minutos haviam se passado, e depois de debaterem e ouvir mentiras vindas do alfa, era esperado a decisão das cinco pessoas do Conselho para enfim, ser proclamado seu futuro.

- É decidido com dois votos não e três sim, que Kim Taehyung, ômega de vinte e dois anos foi banido da matilha. Este caso foi encerrado!- Disse batendo seu martelo na mesa e se retirando do local. As pessoas saiam da grande sala, e com lágrimas no rosto o Kim fez o mesmo; andou em passos rápidos até a saída e com os olhos lacrimejando, foi até o encontro de seus pais, que o esperavam com uma mala. As pegou e sem muito olhar para trás, desapareceu dentre os flocos de neve que caia. 

-- Esse será meu recomeço. - Pensou. Enquanto andava sem rumo e sentia lágrimas quentes rolarem sobe sua pele. 

"Ele não pediu para isso acontecer, e dói saber que esse pequeno ômega, está pagando um pecado que não cometeu, mas sim, que foi vítima." 

↠Prólogo↞



Notas Finais


Por favor, desconsiderem algum erro eu realmente não arrumei e nem editei o capítulo só vou fazer isso depois ~ Hihih
Mas eu espero que ele esteja bom mesmo desta maneira! ❤

Tchau e até mais?

~IsSy ☁👶🍼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...