História Laços - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Romance, Seokjin, Taehyun, Yoongi
Visualizações 21
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sábado chegou e com ele... Mais um capítulo de Laços.
Esse capítulo foi beeem curtinho, então talvez eu poste mais de um.
Espero que gostem e sem mais delongas...
Boa leitura, amores.

Capítulo 16 - Escolha o amor


Fanfic / Fanfiction Laços - Capítulo 16 - Escolha o amor

  O peso de um silêncio constrangedor se instalou no carro enquanto Jeon usava um lenço branco para tentar estancar o sangue que escorria por seu lábio inferior. Taehyung era bom de briga, e um único soco certeiro foi capaz de abrir um corte na boca do moreno.

Jeon só começou a falar quando deu partida no carro.

– Então era isso, não é? Você estava me desprezando o tempo todo... Para sair com outro. Com quantos outros você está saindo, garoto?

Jimin suspirou baixo. Sequer sabia por onde começar suas explicações, então procurou a maneira mais simples de faze-lo.

– Era pra ele que eu estava devendo todo aquele dinheiro, Kookie. Eu só precisava pedir outro favor.

Em um breve pico de raiva e indignação, Jungkook socou o volante do carro com força, deixando marcas rubras nas juntas de seus dedos. A ação repentina assustou um pouco o garoto, que se encolheu contra a porta do carro momentaneamente.

– Você está saindo com o cara que mandou te esfaquear?! ELE TENTOU TE MATAR! Eu vou acabar com ele.

– Kookie, tem coisas mais importantes do que isso em jogo agora.

– Mais importantes que a sua dignidade? Então você vai dar pra ele por causa de um favor?

– Eu... Não sei, Kookie.

– Se fizer isso... Não ouse me procurar novamente, Park Jimin, porque eu vou ter nojo de você.

O carro parou em frente à casa de Jimin e o moreno sequer olhou para o garoto quando o mesmo desceu do carro.

O loiro entrou em sua casa, sem coragem de olhar para trás e seus passos pesados não passaram despercebidos por Hoseok, que correu para a sala para recebe-lo.

– Jiminnie! Eu precisei manter a cabeça ocupada, então fiz nosso jantar. Adivinhe o que cozinhei?– O garoto disse, animado, sem esperar que Jimin o respondesse antes de continuar a falar. –Está tão arrumado. Estava com o namorado rico?

O ruivo disse, com a fala seguida de uma gargalhada doce, que parou assim que ele percebeu os olhos perdidos e marejados de Jimin.

Foram questão de segundos para as lágrimas, antes contidas, passarem a encharcar o rosto do loiro, fazendo delicadas trilhas úmidas por suas bochechas fartas.

Ele soltou o peso de seu corpo contra o do ruivo quando este o abraçou. Hoseok não fez nenhuma pergunta. Sabia que não era o momento para questionamentos, então apenas ficou alí, agarrado ao corpo pequeno do garoto enquanto o mesmo lhe dizia, em meio ao choro, frases que lhe pareciam sem sentido.

– Eu não quero ter que escolher. Eu não quero, Hope. Como Jungkook pode... Esperar que eu faça uma escolha desse tipo?– Quanto mais falava, mais forte Jimin apertava Hoseok contra seu corpo. – Maldito Taehyung! Maldito Jungkook! O que esses idiotas estão tentando provar?

Foram longos minutos alí, na sala de estar pequena e fria, entre os braços do melhor amigo, despejando tudo que sentia mesmo que o outro parecesse não entender o que estava acontecendo.

Jimin apoiou as palmas de suas mãos nas bochechas de Hoseok, analisando a expressão confusa e preocupada do ruivo por quem tinha tanto carinho e puxou delicadamente o rosto dele para mais próximo do seu. Hoseok precisou abaixar um pouco a cabeça para que Jimin conseguisse se aproximar mais de seu rosto.

A distância entre seus rostos era tão curta que suas respirações, mornas, se entrelaçavam como uma e não foi preciso mais que um sussurro para que Hoseok o escutasse com clareza.

– Eu te amo, Hope. Eu faria qualquer coisa por você e... independente de qualquer coisa... Eu sempre vou te escolher.

Jimin havia tomado sua decisão naquele exato momento. Ele havia escolhido Hoseok e estava disposto a qualquer coisa pelo ruivo que tanto amava.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e que não me matem por causa desse final kkk ainda tem bastante coisa pra acontecer.
Sugestões? Críticas construtivas? Opiniões? Aceito tudo kkk
Até o próximo capítulo.
Bjs da B_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...