1. Spirit Fanfics >
  2. Laços (SasuNaru) >
  3. Anjo Caído

História Laços (SasuNaru) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤
Caso goste, não se esqueça de favoritar ♡

Capítulo 6 - Anjo Caído


Fanfic / Fanfiction Laços (SasuNaru) - Capítulo 6 - Anjo Caído

CONTEÚDO FORTE, SE VOCÊ FOR UMA PESSOA SENSÍVEL RECOMENDO QUE NÃO LEIA ESTE CAPÍTULO.

                                                                                              -

Naruto espera todos saírem, ele realmente não queria ir até uma delegacia, não mesmo.

Ele foi até o quarto de Sasuke que estava deitado olhando para o nada.

--- Sasu.

--- Oi loirinho.

O Uchiha abre um espaço para o loiro deitar ao seu lado e o menor faz isso.

--- Com o que estava na cabeça quando resolveu se drogar?

--- Eu realmente não sei, Sasuke, eu estava com raiva do meu pai, da minha mãe e de todos.

O Uchiha abraça o Uzumaki.

--- Eu não quero ficar com medo de te perder toda vez que ficar com raiva. 

--- E-Eu vou ficar limpo! Eu prometo que vou, você pode me ajudar?

--- Claro que posso.

Naruto se coloca em cima do maior fazendo om que o mesmo se assuste.

--- Eu gostei daquele beijo. – O loiro diz aproximando-se do moreno e beijando-o.

O menor faz questão de sentar-se no colo do moreno.

--- E você, Sasuke, gostou do beijo?

--- Sim, eu te amo

Ambos ouvem a porta da frente sendo aberta, então se desfaze do abraço e caminham até a sala. Assim que chegam no cômodo encontram Shisui, Itachi, Obito e Deidara entrando.

- E aí? - Sasuke diz se sentando ao lado de Naruto no sofá.

- Bom, o Minato irá receber uma intimação daqui a algumas semanas. - Itachi responde e suspira se sentando no sofá depois de todos já terem se acomodado.

- Agora temos outras coisas para resolver. - Deidara se pronuncia pela primeira vez desde que chegou e encara Naruto que abaixa a cabeça imediatamente.

- Isso não pode acontecer mais, Naruto. Você se colocou em um tremendo risco... Da próxima vez que tiver algo errado fale com a gente. - Itachi diz a Naruto e Obito concorda junto ao Uzumaki, mesmo que a fala não tenha sido direcionada a ele.

- Você irá para a reabilitação. - Deidara diz e Naruto nega freneticamente com a cabeça enquanto seus olhos se enchem de lágrimas.

- Não, eu não quero ir para lá, por favor... - O menor derrama algumas lágrimas que somem após o mesmo limpa-las com brutalidade. 

- Não tem conversa-

- Dei... - Obito aperta a mão do ômega e oscila seu olhar para Naruto e Deidara até parar em Deidara. - Falamos disso depois, deixa ele descansar.

Deidara afirma com a cabeça e se levanta.

- Naruto, vamos embora.

- Embora para onde? - O loiro se levanta.

- Eu pago algum lugar para você ficar.

- Não precisa, ele fica aqui. - Itachi se pronuncia e passa um braço em volta do pescoço de Naruto que era um pouco mas baixo que ele.

- Não quero atrapalhar. - Naruto diz e recebe um tapa na cabeça.

- Deixa de ser idiota, é claro que não vai atrapalhar. - Itachi o puxa mais para perto, deixando Deidara com uma pontada de ciúmes ao perceber que Itachi era melhor irmão para Naruto do que ele mesmo.

- Tudo bem, mas será temporário. - Deidara diz e abraça o irmão. - Eu te amo.

- Eu também te amo.

O ômega sai pela porta junto a Obito e vai embora.

- Amor, eu também tenho que ir, vou trabalhar. - Shisui dá um beijo nos lábios de Itachi e sai, indo para o lado oposto ao que Deidara e Obito foram.

- Okay, agora somos só nós três. Naruto, quer conversar? Sei que consegue falar melhor com a gente. - Sasuke pergunta a Naruto que já havia se deitado novamente no sofá só que agora em posição fetal.

- O que aconteceu? Onde pegou aquilo? E por que não quer ir para a reabilitação?

- Não quero contar o que aconteceu agora. Peguei com um conhecido. E tenho meus motivos para não querer ir para a reabilitação.

Sasuke e Itachi olharam-se reciprocamente e encararam Naruto.

- Vamos fazer assim. - Sasuke faz Naruto se sentar e faz uma massagem em seus ombros, fazendo com que um arrepio percorra por todo o corpo do loiro. - Eu vou ir no mercado e comprar lámen, e você sabe o quanto eu não gosto disso, mas farei por você, contanto que a partir do momento que eu sair por aquela porta você conversará com Itachi.

Naruto concorda lentamente com a cabeça e Sasuke para a massagem, pegando sua carteira e celular antes de sair pela porta.

- Pode começar a falar. - Itachi se senta no sofá, colocando suas duas pernas em cima do sofá, uma dobrada escorada no encosto e outra esticada na direção de Naruto. - Olha, eu preciso que me fale, Naru, eu preciso te ajudar. - Itachi deu ênfase para a palavra.

Naruto respira fundo.

- Meu pai me agrediu.

- Ele fez mais que só isso, não foi? 

Naruto se assustou com a capacidade de Itachi entender as coisas rápidas.

- Naruto, ele... - insinuou pedindo a Kami que não fosse verdade, porém a confirmação veio com um soluço do loiro.

O Uchiha arregalou os olhos não querendo acreditar naquilo e puxou Naruto para que ele ficasse entre suas pernas, o abraçando e ouvindo os soluços do loiro se intensificarem.

[...] 


Antes de ir ao mercado Sasuke passou na casa de um "velho amigo" para "conversar" com ele.


Tocou a campainha duas vezes bufando com a demora do outro. 


- Sasuke...


O Uchiha não aguentou e desferiu um soco no rosto do garoto.


- POR QUE DEU AQUILO PARA ELE?! ELE ESTAVA SE CURANDO SEU IMBECIL!


- Sasuk-


O alfa pegou o beta pela gola da camisa que ele vestia e o empurrou para dentro da casa até o prensar na parede.


- EU QUASE PERDI O NARUTO PORQUE DEU AQUELA COISA PARA ELE! - Desferiu mais um soco no rosto de Shikamaru. - Se explique! - Sasuke apertou mais a gola do maior, o soltando do aperto e o jogando contra a parede novamente.


- Ta bom, ta bom, mas eu preciso que me solte.


- Não vou te soltar enquanto não falar!


- Ele veio na minha casa ontem e disse que queria mais, eu disse que não iria dar mas ele ameaçou ir até o Kakuzu, se eu não desse iria ser muito pior.


- Por que você não me avisou seu idiota?!


- Por que eu não tenho nenhum contato com você!


Sasuke solta Shikamaru.


- Mas tem com Deidara! - Sasuke diz ofegante. - Se eu perdesse o Naruto, eu iria te matar.


- Nossa... Parece que tem algo rolando entre vocês dois.


O Uchiha dá mais um soco no nariz do outro e sorri sadicamente.


- Não tinha quebrado na primeira e nem segunda, mas agora quebrou, e doeu... Doeu muito. 


Sasuke mostra o dedo médio para Shikamaru e sai da casa, dando uma última olhada no estrago que fez na casa quando praticamente jogou o Nara contra a parede.


[...]


Após ter saído da casa de Shikamaru, Sasuke foi até o mercado e comprou bastante besteira, mas também comprou algumas frutas e legumes para a janta e o almoço. Pagou no caixa e foi até sua casa.


Quando chegou na frente da sua casa pegou sua chave e abriu a porta devagar, foi direto para a cozinha, deixando os alimentos em cima de um lugar reservado no balcão para que fosse desinfetado. Ele era um fanático por limpeza, chegava a irritar.


O moreno caminha até a sala, encontrando Naruto dormindo no peito de Itachi e seu irmão mais velho deixando que algumas lágrimas escorressem por seu rosto.


- Onii-san... - Sasuke franze o cenho. - O que aconteceu?


- Depois a gente conversa, Suke... Eu vou colocar ele no quarto de hóspedes.


Itachi sai de baixo de Naruto lentamente tentando não o acordar, depois ele carrega o loiro estilo princesa para o quarto, o cobre e sai do quarto fechando aporta atrás de si.


Quando chega na sala percebe que Sasuke ainda o encarava.


- Vou ser direto, Sasuke.


O menor concordo e Itachi continuou.


- Naruto foi estuprado pelo pai, não foram só as agressões físicas e verbais, ele estuprou Naruto. Naruto pegou as drogas com Shikamaru e ele realmente não quer ir para a reabilitação, não dá para fazê-lo mudar de ideia.


-



Notas Finais


Obrigado por ter lido até aqui ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...