História Laços com Alpha - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aceitacao, Alfa, Alpha, Amor, Ciumes, Companheiros De Alma, Desaparecimento, Lobisomem, Lobisomens, Lobo, Lobos, Macho Alpha, Rejeição, Rival
Visualizações 772
Palavras 1.763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - 06


Fanfic / Fanfiction Laços com Alpha - Capítulo 6 - 06

Alice Narrando:

Não paro de correr. Tenho que alcança-la, mas não posso deixa-lo me alcançar. Mas ele é rápido de mais.

Droga! Eu deveria ter aceitado o convite da Hannah para fazer capoeira e ginástica rítmica. Assim poderia usar as árvores...

Paro de correr assim que um lobo marrom claro aparece em minha frente. Ele rosna sério e firme para mim enquanto começa a me rodear. Só então percebo que é uma loba e não um lobo.

Olho para trás e vejo o lobo preto me encarnado sério e cauteloso. Volto a olhar para a loba e a vejo se inclinando, para então pular em mim.

Acordo, novamente, ofegante. Dessa vez o sonho foi muito mais real, foi como se eu sentisse e estive lá...

Horas depois;

Coloco um lindo vestido roxo que a Hannah me sugeriu.

Coloco um salto preto e faço beibiliz no meu cabelo. Passo um pouco mais de maquiagem para tampar minhas olheiras, pois não dormi bem essa noite.

Hannah disse que o Aidan iria mandar um casal de lobos me buscar as 20:00 e agora são 19:50. Decido pegar uma leve bolsa e colocar algumas coisinhas.

Depois de pronto, eu vou até a cozinha e pego um copo de água e começo a tomar. Mas logo escuto o som da minha campainha tocando.

Pego minha bolsa e vou até a porta a abrindo.

— Senhorita Mattyns? — Uma linda mulher de cabelos pintados de loiro pegunta.

— Sou eu. — Falo calma — Você é?

— Sou Mia, e estou a mando do Supremo Alpha para leva-la a apresentação. — Fala ela calma.

Supremo Alpha?

— Ha claro. — Falo com um sorriso amigável. — Estou pronta.

— Por aqui. — Fala ela abrindo passagem para um lindo carro branco, apropriado para andar em estrada de terra.

Parece um Jeep, mas é um pouco diferente, pois também se parece com os carros urbanos modernos.

Chegando em frente ao carro e um homem de aspecto forte abre a porta para mim.

— Obrigado. — Agradeço enquanto entro.

Logo depois todos entram dentro do carro e homem da a partida.

Enquanto isso, eu pego meu celular para ver as mensagens. Tinhas algumas de meus pais e amigos, as quais eu respondi.

Eu morava com meus pais até a algum tempo atrás, mais meu pai, depois de muito esforço conseguiu um vaga de emprego na empresa Admas e teve que se mudar. Era para eu ir com eles, mas como eu já tinha 18, eles deixaram eu ficar.

Apesar de eu ser meio descontrolada, eu sou responsável com meus deveres graças a influência da Hannah. E como meus pais trabalham eles mandam dinheiro para a despesa da casa.

Depois de algum tempo no celular, eu escuto o som do carro entrando em uma estrada de terra. Olho em volta e vejo que estamos na floresta. Então eu encosto a cabeça no banco e espero até chegarmos.

Alguns minutos depois a gente chaga, e paramos em frente ao castelo. O homem sai do carro e vêm até onde eu estou e abre a porta para mim descer.

— A Luna está no quarto do Alpha. — Fala o homem que abriu a porta do carro.

— O nome dela não é Luna! — Falo séria e vejo ele serrar a testa. — Então da pra parar se chamar ela assim?

— Que bom rever-lá senhorita. — Escuto uma voz amigável e conhecida.

— Sem essa de senhorita, Ana — Falo fingindo seriedade. — Me chame pelo nome; Alice.

— Como quiser. — Fala ela gentilmente — Vamos?

— Claro. — Falo animada caminhando até ela.

— Por aqui. — Fala ela abrindo passagem.

Então eu entro no castelo sendo guiada pela Ana. Começamos a subir as escadas até minha perna cansar.

Hannah como você aguenta isso? Claro, deve ser porque é esportista...

Subimos uma última escada, dando origem a um grande corredor. E Ana abre a única porta que tem alí no fim do corredor, dando origem a um enorme salão.

— Alice. — Fala a Hannah vindo me abraçar.

— Você está linda — Falo com um sorriso.

— Você também está maravilhosa. — Fala ela desfazendo o abraço e me olhando. — Da uma volta. — Fala ela e eu dou uma volta. - Está uma diva.

— Que bom, podemos ir? — Ouço a voz impaciente da Merry.

Olho para ela e a vejo impaciente com um vestido meio rosado, e com a Karolinne ao lado, com um vestido cinza.

— Podemos sim. — Fala a Ana. — Por aqui.

Fala ela abrindo passagem, e assim seguimos ela para aquela tortura de escada, novamente. Solto um suspiro de frustração em ver aquelas escadas.

— Ta velha de mais para descer as escadas? — Pergunta a Merry provocando.

— Estou em boa forma. — Digo calma. — Você está com mais maquiagem que eu. Está tentando esconder os pés de galinha? — Falo e ouço ela rosnar. — Ou o vestido longo é para esconder as varizes e estrias?

Falo enquanto começo a descer as escadas como se nada tivesse acontecido. Karolinne e Hannah não dizem nada, pois elas falam que a gente é um "caso perdido"

Depois de uma vasta tortura, finalmente chagamos ao térreo. Fomos em direção a sala principal e a Ana abriu aquela enorme porta.

Assim que saímos do castelo, pude ver quatro carros.

— A Luna deverá ir no carro principal, que é o segundo. — Ouço um dos homens falar. — As Sub-Lunas devem ir no terceiro.

— E eu vou onde? — Pergunto com raiva por ele ter chamado a Hannah de Luna.

Mas que droga, não podem chama-la pelo nome?!

— A senhorita irá acompanhar a Luna, já que são amigas. — Fala ele educadamente. 

— Ela não se chama Luna! — Falo séria. — Vêm. — Falo puxando ela para o segundo carro.

— Alice, você me faz passa cada uma. — Fala a Hannah com a mão no rosto.

Não digo nada e vou em direção ao banco de trás, já que um outro homem a abriu. Eu entro, e logo depois a Hannah entra.

— Sabe o significado de Luna? — Ela pergunta enquanto o homem fecha a porta.

— Não — Falo não dando importância.

— Luna é o nome dado a companheira do Alpha. — Fala ela calma. — É o nome dado para a mulher do Alpha.

— Então é por isso que te chamam de Luna? — Pergunto curiosa enquanto o homem começa a dirigir o carro.

— Sim. — Fala a Hannah com um sorriso.

— Não importa. — Falo dando de ombros. — Pra mim você é Hannah e não Luna. — Falo fingindo ser séria. — É Hannah seu nome e não Luna, independente do significado.

— Você não tem jeito... — Fala a Hannah rindo.

— É por isso que você me adora. — Falo convencida e a Hannah ri.

Depois de algum tempo dentro do carro, nós paramos. O homem sai do carro e abre a porta para a Hannah e eu saímos. E assim nós fizemos.

— A parti de agora a Luna seguirá sozinha. — O homem fala sério.

— Por que? — Pergunto curiosa.

— Porque o Alpha ira apresenta-la. — Fala o rapaz calmo. — A senhorita poderá entrar pela entrada principal. — Fala ele mostrando um lugar com dois seguranças.

— Fazer​ o que neh? — Pergunto dando de ombros e indo até lá.

Depois de chagar lá, sou barrada pelos dois.

— Você não é uma loba. — Fala um deles. — Quem é você?

— Sou Alice Mattyns. — Falo calma. — Sou amiga da Hannah que vai ser apresentada.

Um dos homens pega uma lista e começa a checar os nomes dos convidados.

— Ela tem a permissão do Alpha para entrar. — Ouço a voz de um outro homem aos fundos.

Olho para o homem e vejo um verdadeiro Deus Grego.

Quem é ele?

— Senhor? — Um dos homens pergunta.

— A lista foi modificada de última hora. — Ele fala calmo. — O Alpha me deixou atento para que pudesse liberar a passagem dela.

— Como queira senhor. — Fala um dos seguranças calmo. — Pode entrar.

Fala um deles, e assim eu faço.

— Obrigado senhor. — Falo meio tímida.

Pois se nota que ele é de importância nesse lugar. Sem contar que estou fascinada com a beleza dele.

— Não me chame de senhor. — Ele fale calmo — Por aqui — Fala ele abrindo passagem.

— Quem é... você? — Pergunto curiosa.

— Eu sou o beta do Supremo Alpha. — Ele fala calmo enquanto me guia entre um tapete vermelho. — Meu nome é Héctor.

Fala ele e pisca para mim, antes de parar de andar.

— Espero que goste da festa. — Fala ele olhando para uma multidão de gente, todos conversando, comendo, bebendo e entre outras coisas.

— Não conheço ninguém... — Sussurro a mim mesma.

— A apresentação é rápida. — Fala o Héctor calmo. — Poderá se juntar a Luna e Sub-Lunas para aproveitar a festa, ao final da apresentação. — Fala ele começando a andar novamente. — Poderá ficar comigo se quiser.

— Não irei incomodar? — Pergunto apreensiva.

Mas que diabos está acontecendo comigo? Estou com vergonha de falar com ele?

— De maneira nenhuma. — Fala ele e olha para mim. — Todos os lobos estão com acompanhante. Sejam companheiros ou não. — Fala ele e olha em meus olhos. — Ao que parece você também não tem um par.

— Não. — Falo sentindo minhas bochechas queimar. — Hannah não me disse nada.

— Talvez porque ela, também, não sabia. — Fala ele sério.

— Sério? — Pergunto o olhando e ele confirma.

Uma festa que tem que ter acompanhantes e eu não tenho nenhum. Ai que vergonha...

— Eu sou um lobo macho. — Fala o Héctor calmo. — Você é uma mulher. - Fala ele me fazendo olha-lo. — Quer ser meu par?

— Mas, você já não... — Não consigo termina a pergunta.

— Sou encarregado da segurança do local. — Ele fala com um sorriso de lado. — Tenho que participar da festa, tendo ou não um par. — Fala ele e se aproxima de mim. — Somos os únicos sem par. Então por que não? Aceita?

— Aceito. — Falo sentindo uma leve queimação na bochecha. Então o Héctor vêm ao meu lado e estende o braço para mim entrelaçar ao dele.

— Me acompanhe? — Ele pergunta com formalidade. Eu sorrio e entrelaço meu braço ao dele.

Gente, que braço é esse? Os homens desse mundo são tudo Deus Grego?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...