1. Spirit Fanfics >
  2. Laços da depressão >
  3. Cap 10

História Laços da depressão - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oie,eu tenho um aviso pra dar antes de tudo,eu vou passar uns dias sem postar capítulos da fic porque eu realmente tenho muitas atividades da escola acumuladas,vai ser chato mas é pro meu bem eu não quero reprovar 😅 enfim,eu vou fazer todas as atividades daí quando eu finalmente terminar eu volto a postar ok? É isso agora fiquem com o capítulo 10 🥀

Capítulo 10 - Cap 10


Fanfic / Fanfiction Laços da depressão - Capítulo 10 - Cap 10

Já fazem algumas horas que estou andando por aí sem rumo,eu realmente não tenho pra onde ir,se eu pelo menos tivesse dinheiro pra passar a noite em uma sauna aqui perto,porém todo meu dinheiro se foi ontem e agora o que eu faço? Ando por aí mais um pouco até chegar em uma praça,eu não tenho outro jeito,vou passar a noite na rua mesmo,sento em um banco que havia no meio da praça e pego meu celular pra saber se havia alguma ligação ou mensagem,não tinha...Ah se Jae estivesse aqui,tenho certeza que ele me deixaria ficar por um tempo na casa dele,ao lembrar de nossos melhores momentos me vem uma imensa vontade de chorar,porém consigo segurar,não quero mais chorar toda vez que me lembrar de Jae;estava me preparando pra dormir quando uma pessoa vem até mim,olho para a pessoa receosa de quem poderia ser,até porque não seria nada agradável me encontrar com um ladrão ou um sequestrador ou sabe se lá o que,pra minha felicidade não era nenhum desses era Wendy.


   - Na Ri?


   - Oi.


   - Que coincidência! Você mora por aqui?


   - Não,na verdade...- olho pra mochila e abaixo a cabeça.


   - Ah não,essa mochila está cheia demais,provavelmente tem roupas dentro dela não é?...por acaso você fugiu de casa?


Assenti com a cabeça e a garota se senta ao meu lado no banco.


   - Você quer conversar sobre isso?


   - Acho melhor não,não quero preocupar os outros com meus problemas.


   - Não irá me preocupar,será melhor talvez eu possa te ajudar.


   - Infelizmente você não vai poder me ajudar,mas mesmo assim vou contar,mesmo não querendo preocupar as pessoas mas preciso desabafar.


   - Ótimo,comece.


   - Bom,tudo começou no dia do meu aniversário...


  ————————//————————


Eu contei tudo o que tinha acontecido pra ela,Wendy parecia ser uma pessoa confiável,então contei cada detalhe a mesma chegou a chorar com minha história...era tão triste assim? Ou ela se emociona facilmente com qualquer coisa?A mesma se levanta e se pronuncia.


   - Sinto muito por você Na Ri,olha eu posso te ajudar com uma coisa,não...na verdade com duas.


  - Com o quê?


  - Primeiramente,você pode ficar na minha casa,pode ficar lá pelo tempo que desejar.


  - Mas e seus pais? O que eles vão dizer? 


  - Meu pai é bem rígido,mas ele está no exterior à negócios e minha mãe ao contrário dele é muito gentil,acho que ela vai entender seu lado e vai te deixar ficar.


 - Melhor não,eu não quero ser um incômodo.


 - Não vai ser,vamos Na Ri.


 - Tudo bem,mas só por um tempo,enquanto isso vou trabalhar pra juntar dinheiro e alugar pelo menos um quarto em algum hotel barato por aqui.


 - É assim que se faz! Vamos.


Andamos até o prédio onde a mesma morava,no caminho fomos conversando para não ficar tedioso.


 - Mas...Wendy.


 - O que?


 - Qual é a segunda coisa que você disse que poderia me ajudar?


 - Uma psicóloga.


 - Psicóloga? 


 - Sim, eu moro em um prédio onde mora uma psicóloga vai ser fácil então.


 - Mas pra que eu preciso de uma?


 - Na Ri,na casa dessa psicóloga tem um garoto,que é o filho dela,eu andei observando ele esses dias e uma vez eu estava falando com a mãe dele e ela me disse que ele tem depressão,ele tem um comportamento parecido com o seu.


 - Ah sim...então eu tenho depressão?!!


 - Não sei,não tenho como saber mas pelo seu comportamento parece ser isso.


 - ...Wendy,sobre o filho dessa tal psicóloga,por que você estava observando ele?


 - Ah...eu meio que gosto dele sabe?


 - Se declare pra ele então.


 - Eu já tentei falar com ele,mas ele sempre me ignora,mas mesmo assim ainda gosto dele,do jeitinho que ele é kk.


 Isso me fez lembrar do Yoongi,aquele babaca,por que estou lembrando dele? Com tanta conversa jogada fora,acabamos chegando no prédio dela...peraí,aquele prédio me parece familiar...foi o prédio onde tentei suicídio! Então a psicóloga que ela disse,é a moça que me salvou!


 - Wendy você mora aqui?


 - Sim,por que?


 - Nada...


Entramos no prédio e usamos o elevador para ir até o andar onde ela mora,o prédio tinha 10 andares,e ela morava no 5º andar,ao chegarmos,fomos até o apartamento da mesma,ao entrar pude ver a sala e a cozinha que eram separadas apenas por um balcão,embora seja uma casa simples,é bem decorada o que deixa o lugar bastante acolhedor,na cozinha vejo uma mulher cozinhando,certamente fazendo seu jantar.


 - Cheguei mãe.


 - Oi bebê,chegou à tempo para o jantar...quem é essa bela moça ao seu lado? Sua amiga?


 - Sim,mãe essa é a Na Ri,Na Ri essa é Jang Mi minha mãe.


 - Prazer. - digo para a senhora que estava agora à minha frente.


 - Ah o prazer é todo meu.


 - Mãe,Na Ri está passando por alguns momentos difíceis na família dela,ela teve que sair de casa,será que ela pode ficar aqui por um tempo?


 - Tadinha,claro que pode! Mas o que houve com você pequena flor?


 - Mãe,são problemas pessoais,não a obrigue a lhe dizer.


 - Tudo bem,seja bem vinda flor,fique à vontade,Wendy apresente a casa pra ela.


 - Sim mãe,vem Na Ri vou te mostrar primeiro nosso quarto!


Wendy estava muito empolgada,ela é uma garota muito alegre,eu invejo muito ela até a última vez eu que sorri pro que me lembro foi no meu aniversário antes de toda essa tragédia,eu só queria conseguir voltar no tempo e mudar tudo isso.


Notas Finais


Foi isso,espero que tenham gostado e desculpa por qualquer erro ortográfico 🥀💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...