História Laços de Sangue - Nejihina - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Nejihina Neji Hinata
Visualizações 25
Palavras 1.482
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom essa é minha primeira fic, espero que gostem.

Capítulo 1 - O Encontro


Fanfic / Fanfiction Laços de Sangue - Nejihina - Capítulo 1 - O Encontro

Amanheceu um dia lindo, o céu bem azul e Hinata já estava se preparando para iniciar suas obrigações reais, ela como princesa e futura herdeira teria trabalho dobrado, afinal sua festa de aniversário estava a poucas horas de começar e com a chegada dos seus 21 anos viriam em conjunto sua coroação o que significava mais trabalho a ser feito. 


Na grande sala onde tomariam seu café da manhã já estavam o Rei e a pequena Hanabi irmã mais nova de Hinata conversando alegremente sobre os preparativos da festa enquanto esperavam a mais velha.


- Bom dia papai, bom dia pequena. - disse a mais velha ao demais


- Bom dia minha filha! 


- Bom dia grandona - brincou Hanabi com a irmã.


- Sobre o que estão conversando? - perguntou enquanto tomava seu lugar a mesa e se servia de um pouco de chá


- Ai onee-chan sobre sua festa né, estou tão animada, virão muitos príncipes e eu mal posso esperar par.....


- Hanabi vá ver os preparativos no grande salão - interrompeu Hiashi e a pequena Hyuga seguiu sem protestar enquanto a mais velha observava tudo com curiosidade, por qual motivo o pai havia interrompido a irmã. 


- Otosan com sua licença eu vou fazer meus deveres antes de me preparar para o baile sim?


- Hinata espere, preciso conversar com você - a princesa sentou -se novamente fitando os olhos do mais velho, olhos que marcavam muito bem toda a linhagem real - Hinata hoje você completa 21 anos e sabe muito bem que com essa idade já pode ser coroada a rainha não sabe? 


- Sim Otosan eu tenho estudado muito para isso, para que sinta orgulho da rainha que eu vou ser. - o mais velho esboçou um sorriso mínimo e continuou


- Pois bem minha filha, de acordo com as leis antigas, uma princesa sendo a mais velha e herdeira por direito ao trono, precisa se casar antes de assumir o mesmo.


Hinata que estava tomando seu chá novamente engasgou com a notícia que acabará de receber.
- Otosan? 


- eu sinto muito minha filha, esse baile será para te apresentar todos os nobres solteiros da sua idade para que assim você possa escolher seu noivo, foi a única condição que o Conselho cedeu minha filha.


Hinata ainda processava a informação, nunca imaginaria, para ela iria se casar assim como os pais, conheceria um rapaz e se apaixonariam e só então se casaria, mais o destino lhe preparou um terrivel surpresa. 


- Pois bem Otosan eu estou ciente de minhas responsabilidades para com o meu reino, se essa é a condição, que assim seja, agora me dê licença preciso me preparar. 


- Hai. 


Foi o necessário para a Hyuga sair dali praticamente correndo em direção ao quarto, e só ali ela desabou, chorou até adormecer e só acordou com as criadas a chamando para se preparar para o baile, onde conheceria seus pretendentes, "pelo menos posso eu mesma escolher o que mais me agrada" ela pensava enquanto se preparava. 


¥


Hinata estava linda, um vestido lilás bufante, acompanhado de luvas de cetim que iam até os cotovelos, o cabelo preso em um coque muito chique e a sua coroa maravilhosa para completar o visual, saiu para enfrentar seu amargo destino, desceu e o salão estava impecável, uma música agradável tocava e todos os olhos se voltaram para a futura rainha que descia a escada elegantemente, ao final da escada estavam seu pai e irmã que estava deslumbrante e arrancando suspiros dos rapazas mais jovens e olhares curiosos dos mais velhos. 


Ali a princesa dançou com cada um de seus pretendentes até os pés doerem e a mesma começar a procurar um lugar para se sentar. Andou distraidamente até trombar em alguém e a mesma cair sentada, seus olhos buscaram os da pessoa a sua frente, ela estava linda e estranhamente seus cabelos eram rosa? E então ela sumiu na multidão, a princesa se levantou e foi até seu trono enquanto observava a festa aos poucos ir diminuindo. No final na mesma seu pai a procurou pra receber informações sobre o escolhido mais Hinata não havia gostado de nenhum pretendente, todos olhavam seus seios enquanto dançavam e alguns nem se quer deram oportunidade da moça falar algo e só falavam de si mesmo. A Hyuga disse que estava cansada e de manhã informaria ao Conselho sua decisão e assim seguiu para o seu quarto. 


No quarto ela se desfez de suas vestes colocando uma longa camisola de seda e seu roupão também de seda entreaberto por cima e foi para a janela chorar.


E ali olhando a imensidão de seu reino e a escuridão da floresta a sua frente ela desabou em um misto de emoções que ela teria que guardar para si para sempre assim que se casasse e fosse rainha, precisaria agir com a cabeça, precisaria de herdeiros, e seu coração sangrava.


- está tudo bem? - a Hyuga se assustou ao se virar e ver s bela moça de cabelos rosados com quem havia tombado na festa 


- Quem é você? - perguntou tentando limpar as lágrimas que escorriam livremente 


- sou a sua salvação, eu venho te observando princesa.


- Como? 


- Isso mesmo, basta apenas você aceitar o que eu tenho para lhe propor.


- Primeiro me diga seu nome ou eu vou gritar. - a princesa disse tentando intimidar a rosada a sua frente 


- meu nome é Sakura hoje, se acalme por favor eu venho em paz- disse enquanto sorria alegremente com a reação da Hyuga.


- E o que você deseja Sakura?- disse a princesa gesticulando para que ambas entrassem no quarto
- Bom princesa eu venho te observado a muito tempo, desde o seu nascimento, observo o favoritismo de seu pai para com a sua irmã, observei a morte da sua mãe e a frieza com que seu pai a tratou desde então, afinal para ele a culpa era sua não é mesmo? - disse é o coração de Hinata quase saiu pela boca e a mesma só assentiu - eu estive presente em diversos momentos minha princesa e eu juro que não iria interferir, porém um casamento forçado? Isso já seria o cúmulo do absurdo.


- Quem é você é como sabe dessas coisas ? 


- tudo a seu tempo, por hora apenas direi que sua mãe antes de morrer me encarregou de cuidar de você e lhe contar toda a verdade sobre seu passado quando estivesse pronta. 

 
A Hyuga não estava entendendo nada mais precisava saber mais sobre a mãe com quem passar tão pouco tempo, a mesma morreu quando ela tinha apenas dois anos e o pai se casou novamente. 


- então me mostre qual é a salvação que me trouxe ? - ela perguntou debochada porém queria realmente saber


- eu te trouxe a imortalidade minha princesa, porém para tal ato você precisa morrer. 


A Hyuga olhava incrédula, como isso poderia acontecer? E em um ato de impulsividade


- Ok vamos logo com isso.


Sakura retirou de seu pequeno coldre uma poção e uma tigela vazia e a princesa observava tudo enquanto a rosada murmurava coisas que a Hyuga não entendia, observou a jovem tirar um punhal de dentro da saia e virar- se para a princesa.


- está pronta? - ela assentiu- beba essa poção. - a Hyuga bebeu e o gosto era horrível.


- Para que isso ? - Sakura sorriu e com o punhal cortou o pulso e o levou ao encontro da boca da princesa e disse enquanto a mesma se debatia sem sucesso para não beber aquele sangue


- a sua nova vida começa agora minha Hime e por sinal a minha termina, não se preocupe eu retornarei para te ajudar em 300 anos, você precisa beber esse sangue - esbravejava com a princesa a sua frente e a mesma obedeceu, ao fim ela cortou a mão da princesa despejou o sangue dela na tigela vazia e misturou com a poção enquanto resmungava algumas palavras e então bebeu. 


Hinata não acreditava no que via em sua frente, a jovem de cabelos rosados se transformou nela? 


- perdão minha princesa mais agora você precisa ir, tem uma escada na sacada e lá em baixo uma pequena bolsa com roupas para a senhora se misturar, vá rápido tome sua liberdade e eu logo voltarei para você - Hinata no modo automático foi até a janela e sentiu a brisa fria que o amanhecer trazia, nem havia reparado no tempo que ficara com a rosada no quarto, antes de descer olhou a sua "sósia " agora vestida como ela sorrir e antes que pudesse falar algo com o mesmo punhal que cortarou a mão de Hinata, Sakura enfiou- se nas cobertas e o punhal foi de encontro ao seu coração. Hinata correu para a floresta, curtindo assim sua tão sonhada liberdade.



Notas Finais


E aí gente, espero que gostem, eu pretendo postar sempre que possível!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...