História Laços Sanguíneos - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7, Melanie Martinez
Personagens BamBam, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Melanie Martinez, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 24
Palavras 1.158
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3: Semana com o appa


Fanfic / Fanfiction Laços Sanguíneos - Capítulo 3 - Capítulo 3: Semana com o appa

{ G-Dragon P V O's }

Eu havia terminado as fotos, e estava voltando para ver a minha filha no corredor, vi a pequena sentada no banquinho com seu joelhinho vermelhinho e o imbecil do Daesung com as mãos na cabeça parecia um pouco assustado.

Choi estava limpando seu joelho, enquanto ela fazia bico coçando seus olhinhos que estavam vermelhinhos de chorar.

- O que aconteceu, Daesung?- perguntei ao moreno que congelou no mesmo instante ao ver meu semblante bravo e voz alterada.- HEIN! Eu não pedi pra você largar o que estava fazendo é olhar a minha filha?- cruzei os braços e dei um suspiro pesado.

- Desculpa Dragon, eu e a Jully estavamos brincando e ela tropeçou.- ele coçou a cabeça preocupado- Foi só um acidente.

- Acidente? A MINHA FILHA PODIA TER UM MACHUCADO PIOR NESSE ACIDENTE! - gritei irritado.

- Calma Drago..- escutei a voz rouca e calma vindo de T.O.P.- Pequena Jully, você já está melhor não, tá?- sorriu enquanto perguntou a pequena.

- Sim...o moço bravo me ajudou.- disse passando a mãozinha sobre o joelho machucado.

- Moço bravo?- estranho o comentário da mesma.

- É appa, esse moço aqui.- aponta para Choi e eu rio de sua inocência.

- Haha..meu amor, o moço bravo é seu outro tio, o tio T.O.P ou  tio Choi.- me abaixo para falar com a pequena.

- Dragon...me conta direito essa história, a Jully é sua filha mesmo?- disse o Choi desconfiado.

- Sim ela é minha filha...- suspirei sério- Era isso que queria saber? Já sabe.- tento sair do assunto, mais o mesmo segura meu ombro.

- Cara...- me olhou meio: " Eu sei que tem caroço nessa angu, me conta logo a verdade".

- (suspira*) T.O.P, a minha vida pessoal não tem nada haver com o meu trabalho, se me dá lincença..- eu peguei a minha filha do banco e coloquei ela no meu colo seguindo até a porta da empresa.

- Achei que fossemos amigos, Ji-Yong- disse T.O.P antes de eu sair.

- Olha....vocês querem a verdade..Jully é minha filha e filha de Melanie- disse e  Daesung e Choi ficaram muito surpresos.

- Melanie...a Mel, aquela sua namorada- disse Daesung.

- Quem mais poderia ser? sua anta!- disse eu olhando para ele de soslaio.

- Ora que surpresa, eu não achei que você iria tão longe com ela- Choi pois a mão no queixo.

- Appa..- escutei uma voz de sono manhosa vir da pequena em meus braços- Tô com sono.

- Filha a gente já tá indo pra casa, ta bom?- disse pra ela que assentiu esfregando as mãos nos olhos.

- E AI POVO! - era Taeyang que chegou do nada, gritando como se estivesse usando um megafone.

- SHHH! - faço o sinal de silêncio para ele calar aquela boca de casamba de lixo, só sai merda.- Fica quieto se não arraco sua língua! - disse baixo.

- Hum? - olha para Daesung e Choi que se entre olharam e voltaram o olhar para Taeyang- Mano, o que tá acontecendo?

O Mesmo percebe Jully deitada sobre meu peito quase durmindo, então se pronunciou.

- Gente..quem é a menina?- perguntou e os outros só fizeram sinais para ele ficar quieto se não eu mesmo iria calar a boca dele.

- Taeyang, ela está dormindo, você vai acordar ela.- disse T.O.P baixo.

- Ah...desculpe ai..foi mal Dragon..- percebeu a cagada.

- Tudo bem, só cala a boca.- ela bocejou e logo fechou os olhinhos e dormiu.- Ah...que bom..- encosto o meu nariz em seu cabelo.- Boa noite meu bebêzinho.- disse com um sorriso bobo que eu só mostrava a duas pessoas: Melanie e Jully.

- Agora, alguém pode me explicar o que tá acontecendo?- disse Taeyang mais perdido que cego em tiroteio.

- Ah vai durmi, vai Taeyang!- disse Daesung dando um tapa na cabeça do mesmo.

- Ai [email protected]!, porque tu fez isso?- disse passando a mão no cabelo.

- Porque só tem merda dentro deste seu cerébro.- respondeu Daesung.

- Dae, A garota é a filha do Dragon..- explicou Choi o que fez Taeyang entender finalmente.

- Dae, Choi e Taeyang...eu já vou indo tenho que cuidar da baixinha..- disse.- Ae..por falar nisso, cadê o Seungri?- perguntei dando a falta do último integrante.

- Ah ele tá doente, disse que vem amanhã.- respondeu Taeyang enquanto se aproximava de Daesung dando um peteleco forte na cabeça do mesmo.

- Ai FD%!- reclamou o mesmo acertado pelo peteleco, eu só revirei os olhos e dei tchau pra eles indo para o carro.

Entrei no carro e pedi para o motorista do carro dar a partida eu e a minha filha seguimos até em casa aonde muitos fãns estavam desesperados no portão para entrar e paparazzis também estavam atentos.

Por isso eu coloquei meus óculos escuros, e tente esconder Jully para que eles não verem ela, se não eles iriam fotográfar ela por nós seus sites de fofocas e começar a fazer "teorias" com a minha filha, eu não quero isso

Muitos flashs foram em encontro com o meu rosto nessa tentativa de esconder Jully, enquanto eu entrava em casa, mas...por sorte eles não viram nem fotografaram ela.

Cheguei em casa e coloquei a Jully deitada no sofá, a mesma dormia feito um anjo, sua boquinha era pequenininha e no formato de um pequeno moranguinho vermelhinho, parecia a dá mãe, já os olhos eram puxadinhos e pretos como os meus seu nariz também era parecido com o dá mãe.

Os dentinhos dela eram um pouco separados no meio, os de Melanie eram também..eu acho tão fofo ver como as duas são parecidas até na personalidade.

- Senhor Dragon...seja bem-vindo- me assustei com a voz da empregada que estava atrás de mim.

- Oh...obrigado..- digo com a mão no coração.- Haha...me assustou.- sorri.

- Me perdoe..- disse séria- Quer que eu leve a senhorita Kwon para a cama?- perguntou ela.

- Ah...não precisa..eu mesmo levo ela..-disse enquanto pego uma chupeta da bolsa dela que tinha um sorvetinho de estampa e ponho na boca dela.

Subo as escadas até o quartinho que eu mandei fazer para Jully e a coloco no berço, dando um beijo em sua testa.

Na poltrona ao lado estava o meu presente para ela, era uma linda boneca típica de anime shoujo do anime que ela mais gosta.

Deixei ali para ela ter uma surpresa quando acordasse, voltei para sala e começei a mexer no notebook esperando a mesma acordar.

Quando eu escutei o telefone tocar, eu já revirei os olhos e suspirei, afinal eu já tinha ideia de quem era.

* Celular *

GD: Alô?

Melanie: Dragon? A Jully está com você?

GD: Oi Mel, ela está dormindo agora.

Melanie: É?..que pena eu queria falar com ela..

GD: Quando ela acordar eu ligo aí.

Melanie: Por falar nisso, Ji-Yong, o Yoongi me ligou agora pouco ele falou que quer ver a Ju, que está com saudade dela.

GD: Hum..- falo meio sério.

Melanie: Eu falei pro Yoongi que ela tá na sua casa, então ele disse que vai passar ai para ver ela..eu passei o endereço pra ele.

GD: Como é que é Melanie?? Min Yoongi na minha casa!- falei irritado.

Melanie: Eu sei que você não gosta da BTS, mais a Ju gosta, então faz um esforço Dragon.- pediu ela.









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...