1. Spirit Fanfics >
  2. Lado a lado Sope Yoonseok >
  3. Capítulo 28

História Lado a lado Sope Yoonseok - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Oie!

Então... uma leitora muito fofa (@olwfa) deu a sugestão de usar uma tag no twitter pra poder comentar sobre a fic.

Eu tenho vergonha de divulgar meu Twitter 🤪

Mas... fica aqui a sugestão da tag, caso vcs queiram interagir, comentar e etc. Eu não vou engajar, mas vou ler tudo \o/

#LadoALadoSope

Capítulo 28 - Capítulo 28


YOONGI

Acordei com gosto amargo na boca. Abri um dos olhos, incomodado com a claridade que entrava pela janela.

Alguém dormia nas minhas costas, o nariz colado na minha nuca e uma braço por cima de mim. Era o Hoseok. Aparentemente havíamos dormido de conchinha no sofá da sala do Jackson. Virei de frente para ele e desci um pouco o corpo, encaixando meu rosto logo abaixo do seu queixo. Voltei a fechar os olhos, aproveitando aquele calorzinho.

- Isso nunca aconteceu, ouviu?

- Negue o quanto quiser, mas que aconteceu aconteceu.

Duas pessoas cochichavam baixinho, provavelmente achando que estavam todos dormindo.

- Não foi você que fingiu que não me conhecia quando transamos? Quem disse que não posso fazer o mesmo?

- Não é a mesma coisa.

- Claro que não. Uma transa é muito mais íntima do que um beijo mixuruca.

- Mixuruca? Foram quase 4o minutos, Bunny.

- Não me chama assim. E afasta que eu tô quase caindo do sofá.

- Porque você não aceita que gosta de mim?

- Porque eu não gosto. Sai! - Jungkook reclamou e eu ouvi o barulho de alguém caindo no chão.

- Caralho, Guk - Jimin se levantou e foi andando até a cozinha - Não precisava disso.

- Bom dia, Flores do dia - a voz do Jackson ocupou o lugar, alta e vibrante.

- Cala a boca - Tae disse - Minha cabeça tá doendo.

A casa foi acordando. Bambam levantou e foi até o banheiro, Tae gemeu, raclamando que estava de ressaca e Jackson continuou falando, bem-disposto e alegre.

Ficaram conversando sobre a festa, decidindo o que iam comer, enquanto eu me perdia no rosto do Hoseok. Levei minha mão até o seu cabelo e ele se mexeu. Eu sei que devia deixá-lo quietinho para não acorda-lo. Mas não dava. Ele estava muito fofo e sereno dormindo ali, ao meu lado. Os olhinhos inchados, o cabelo despenteado, a bochecha amassada... Minha mãos estavam implorando para fazer carinho nele.

Percorri seu rosto com o dedo, passei pela testa, nariz, boca e bochecha. Seus músculos faciais tremeram um pouquinho e eu comecei a sorrir feito um bobo. Ele piscou umas três vezes até acordar com um resmungo fofo, que mais parecia um ronronar.

- Bom dia - eu disse baixinho com os olhos grudados nele.

- Bom dia.

Seu braço me puxou para mais perto e eu afundei o rosto em seu pescoço. Ele levou a mão até a minha orelha e ficou alisando-a suavemente.

- Como você tá? - ele sussurrou e eu senti os pelos dos meus braços se arrepiando.

- Ainda com fome.

Hoseok deu uma risadinha e deixou um beijo carinhoso na minha testa.

- Eu até diria pra gente levantar e comer alguma coisa, mas... eu não quero sair daqui tão cedo.

Eu não fazia ideia do que os meninos estavam fazendo. Se continuavam a discussão boba sobre ir para a piscina ou se estavam cozinhando ou mesmo comendo. Naquele momento só existia eu e o Hoseok. E era só o que eu queria que existisse. Acordar com ele assim ao meu lado e fazendo esse tipo de declaração era como estar sonhando.

Até alguém gritar e me puxar para a realidade.

- YOONGI? - levantei a cabeça na direção da sala para ver o que tinha acontecido - HOSEOK?

- Puta que pariu - Disse me levantando e sentando no sofá - Eu posso explicar, Nam.

- Então é você? E você me escutou esse tempo inteiro sofrendo por... você?

- Não é como você tá pensando. Não foi nada planejado - Me levantei tão apressado que quase caí em cima da mesinha.

Namjoon estava parado nos encarando com uma expressão magoada e triste. Jackson voltou para a sala comendo alguma coisa, sem saber o que estava acontecendo, e disse animado:

- Ah, finalmente os pombinhos acordaram!

O rosto de Namjoon se contorceu em uma expressão de decepção.

- Todo mundo sabia? - ele olhou para o chão - E eu o idiota me abrindo e me lamentando com voc-

Sua voz ficou embargada e ele pareceu prestes a quebrar.

- Deve ter sido divertido rir de mim pelas costas, hm?

Ninguém dizia nada. Uma nuvem tensa e pesada pairava pela sala.

- Nam, você já... - Jin desceu a escada e parou assim que percebeu o clima pesado - O que aconteceu?

- Você também sabia, Jin? - Namjoon perguntou baixinho ainda encarando o chão.

- Nam, eu... Olha. Sabia. Mas não é o que você tá pensando.

Namjoon soltou um riso sofrido e cortado.

- Beleza - finalmente ele levantou o rosto, olhando para o Jin - Então tudo o que conversamos ontem não significou nada, né?

Ele se esforçava para sorrir. Para esconder que estava doendo. E para não chorar.

- Obrigado pela festa, Jackson. Jin, obrigado por cuidar de mim. Hoseok, desculpa por ontem. Tchau pra vocês - E saiu apressado da casa.

Eu corri atrás dele, seguido por Jungkook, Jin e Hoseok. O alcancei quando estava no jardim e segurei seu braço.

- Nam, me escuta, por favor - minha respiração estava pesada e apressada - Eles não tem culpa. Fui eu. Eu que não quis contar. Eles só respeitaram minha decisão.

- Me solta, Yoongi. Por favor.

- Não, me escuta, não foi como você tá pensando, eu não queria, eu apaixonei, não foi planejado, me desculpa.

Eu falava rápido, quase sem pausas, sem pensar direito no que dizia, apenas liberando o que estava em minha cabeça. Seus olhos me fitaram, profundos e ferozes.

- Você deveria ter me dito. Ter sido sincero. Nós somos amigos! Ou éramos. Eu nem sei mais.

- Eu estava com medo! - gritei com a voz tremida, o choro subindo pela minha garganta, querendo sair.

- Me solta, por favor - A voz de Namjoon ficou incerta, fraca. Seus nariz e olhos estavam vermelhos. Ele também estava prestes a chorar.

Hoseok parou do meu lado e tirou minha mão do braço de Namjoon.

- Ele quer ficar sozinho, Yoon. Dá um tempo pra ele.

Namjoon nos olhou uma última vez, algumas lágrimas já escorrendo pelo rosto, e saiu. Jungkook correu atrás dele e eu fiquei ali no jardim. Chorando e soluçando, enquanto Hoseok me abraçava.

[��]

Namjoon ignorou minhas mensagens no domingo. Na segunda, fui tentar falar com ele no intervalo e ele me afastou, dizendo que precisava de um tempo, que não conseguia falar comigo naquele momento. Tentei outra aproximação no dia seguinte e novamente ele não quis falar comigo. Até me dar por vencido. Hoseok tinha razão. Era melhor eu respeitar o tempo dele.

Ele chegava, me dizia um oi fraco, assistia a aula calado e saía assim que acabava. Jungkook ia com ele para almoçarem juntos. Não queria que ele ficasse sozinho, já que devia estar triste e talz. Eu ficava com Bambam ou Hoseok ou sozinho mesmo. Não estava no clima para conversar.

Já fazia quase duas umas semanas que Namjoon não falava comigo. Provavelmente tinha me bloqueado, já que nem ao menos lia minhas mensagens. E isso doía. Muito. Não que eu pudesse culpá-lo, mas ele é Jungkook foram meus primeiros amigos aqui. Praticamente os únicos, até eu conhecer o Hoseok. E pensar que isso tudo tinha acabado era como se alguém estivesse apertando meu coração e fazendo-o doer.

Eu estava em casa, trancado no quarto tentando estudar para a semana de provas e falhando miseravelmente. Não conseguia esquecer a expressão decepcionada que ele fez na casa do Jackson. Eu devia ter contado antes. Todo mundo me disse para contar e eu não escutei. Eu não quis escutar! Por medo. Afundei o rosto no travesseiro angustiado. E senti meu celular vibrar em cima da cama. Peguei o aparelho e quase não acreditei no que estava lendo.

Nam

Desde quando?

Minha respiração ficou entrecortada. Encarei a tela, pensando no que dizer. Não queria estragar tudo. Não queria que ele voltasse a me ignorar de novo.

Yoon

Desde quando o quê?

Nam

Que vocês tão ficando

Yoon

Um dia antes da festa

Nam

Ah

(Nam está digitando)

(Nam está digitando)

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

(Nam on-line)

Yoon

Nam...

Me deixa explicar tudo?

Por favor

Depois você pode voltar a me odiar

Mas me deixa explicar

Nam

Hunrum

Yoon

Eu já gostava dele antes de saber que vcs estavam ficavam

Eu fiquei em choque daquela vez que vc foi lá em casa

Eu jamais iria imaginar que ele fosse seu ficante misterioso

E ele achava q eu era hetero

Eu tentei esquecer e fugir dele

Mas... não deu

Nós moramos juntos e cada vez eu gostava mais dele

Mesmo que tentasse evitar

E eu não sabia como te dizer isso!!!

Nunca nem imaginei q ele poderia vir a gostar de mim também

Sempre achei que seria platônico

Mas... eu não sei

Acho q ele tb foi se envolvendo sem perceber

Eu...

Devia ter falado com vc

Mas fiquei com medo e não soube o que dizer

Me desculpa

Por favor

(Nam está digitando)

.

.

(Nam está digitando)

.

.

.

.

.

(Nam está on-line)

.

.

.

.

(Nam está digitando)

.

Nam

Tudo bem

Yoon

Fala comigo

Me xinga

Briga

Diz q me odeia

Me chama de falso

Traidor

Fura olho

Qualquer coisa

Mas não fica assim

:(

Nam

Yoon...

Eu não vou fazer isso

Eu sei que vc não é assim

Eu... não sei

Eu... me senti traído

Você me ouvindo falar do hobi

E depois me ouvindo sofrendo por ele

E todo mundo sabia

Menos eu

Eu chorando e dando vexame na festa

E quando acordo vejo você e o hobi juntos

Ops... Hoseok ��

Eu sei que você é ciumento

Yoon

Kadgafhh

PARA!

Nam

;P

Yoon

Nam...

Você não é idiota

:/

Nós brigamos na festa

Pq ele disse que deveríamos te contar

Mas eu tava com medo

Eu nem sei se isso vai durar

E tava com tanto medo de vc me odiar

:(

Nam

Você deveria ter me dito!

Conversado comigo

Ter sido sincero

É isso que os amigos fazem

 

Yoon

Eu sei!

E eu queria ter uma explicação melhor do que: tive medo

Mas eu não tenho

:(

Nam

Tudo bem

Já foi

Já passou

Até esqueci da minha dor de cotovelo

Hahahaha

Yoon

Então você não me odeia?

Nam

CLARO QUE NÃO, YOONGI

Yoon

Que bom

T-T

(Nam está on-line)

.

.

.

.

.

.

.

.

.

(Nam está on-line)

(Nam está digitando)

.

Nam

Yoon

Yoon

Oi

Nam

Talvez eu precise de um tempo

Pra me sentir confortável

Pra voltarmos ao que éramos

Yoon

Tudo bem

Eu entendo

Nam

Mas...

Eu tô feliz por vc

De verdade

Fazia tempo que vc não se envolvia com ngm

Desde o daniel

E vc merece alguém legal

Yoon

AAAAAAAAAAAAAAAH

T-T

Nam...

Obrigado

De verdade

T-T

Tô tão feliz por vc não me odiar

Nam

~revirando os olhos~

Eu nunca te odiei, seu idiota

Yoon

Vou fazer brownies pra te dar amanhã na faculdade

\o/

Nam

Gay.

Nem sei como o hobi engoliu essa de hétero

;P

E sem colocar planta no brownie, por favor

(É. Eu fiquei sabendo da sua experiência na festa)

Yoon

Kdfadahdga

Idiota

Nam

Boa noite, Yoon

Até amanhã

Yoon

Boa noite, Nam

<3

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Yoon

Nam

Nam

Oi

Yoon

Obrigado por me perdoar

Nam

E eu vou fazer o q, idiota?

Deixar de ser seu amigo pq gostamos da mesma pessoa

~revirando os olhos~

Yoon

Mesmo assim...

Brigado

Nam

Esquece isso e vai fazer meus brownies

;P

Yoon

#exploração

Boa noite, Nam

Nam

Boa noite

Yoon

<3


Notas Finais


Oieeeee,

Como estão?


Gente!
Preciso dizer que o Yoon é um pitico e eu sempre sofro muito quando tenho que escrever ele sofrendo T-T
E o Nam é um amor. Compreensivo e sensível e racional ao mesmo tempo.

Espero que tenham gostado.

Comentem o que acharam.
Se cuidem.
Beijoos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...