1. Spirit Fanfics >
  2. A nova aliança (Cedric e princesinha Sofia) >
  3. As sombras do passado

História A nova aliança (Cedric e princesinha Sofia) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem, agradeço muito quem também curte muito eles dois.
O começo ainda está acontecendo na 4 temporada e eu vou avançar, Sofia ainda vai crescer e muitas coisas acontecerão.

Capítulo 1 - As sombras do passado


Fanfic / Fanfiction A nova aliança (Cedric e princesinha Sofia) - Capítulo 1 - As sombras do passado

        •Ao amanhecer do sol Cedric se encontra no alto de sua torre. Cedric está sentado e lendo um ele de seus livros, parece pensativo e duvidoso como se algo em sua mente o questionasse. 

•Escuta-se então barulhos a porta.

Sofia: Bom dia senhor Cedric, posso entrar? Está tudo bem?

•Cedric logo se assusta com uma visita tão repentina, embora fosse comum recebê-la.

Cedric: Entre, e por favor feche a porta.

•Sofia obedece em silêncio, ao entrar encontra-se surpresa ao ver o estado em que se encontra Cedric.

Sofia: Está tudo bem senhor Cedric? Não parece que dormiu bem está noite...

Cedric: Ah princesa Sofia, não se preocupe com isso, mas me diga o que quer em minha torre a essa hora?

Sofia: Bem, queria me desculpar por aparecer hoje mais cedo, mas queria saber se poderia me ajudar mais tarde depois do café em uma pesquisa para a escola.

Cedric: Ah sim claro, não tenha dúvida princesa. Mais tarde estarei totalmente animado para ajudá-la com sua pesquisa. 

Sofia: Poxa senhor Cedric, o senhor é realmente incrível.

•Sofia o abraça e da um leve beijo em seu rosto. Ela estava muito feliz.

•Cedric parece nervoso e envergonhado, mas ao ver a felicidade de Sofia ele se recobra lentamente.

Sofia: Antes de ir gostaria de deixar esse lanche para o senhor. 

Cedric: Para me princesa?...

Sofia: Claro, por que não?

Cedric: Ah... Obrigado Princesa Sofia.

Sofia: Espero que goste, mas agora vou indo. Nos vemos mais tarde Senhor Cedric.

•Antes que dissesse qualquer outra interrogação, Sofia desce para sentar-se a mesa com sua família.

Ah Sofia... Me encontro tão perdido e desapontado comigo mesmo, dês do último incidente no qual mais um vez sua piedade e confiança me livrará. Esses sonhos sombrios que antes tinha, não sei se os quero mais, entretanto tem sido eles minha única companhia antes de sua chegada, me pergunto se vale a pena continuar com isto...

•É interrompido por Wormwood que percebe a angústia de seu mestre e pousa em seu ombro para conforta-lo.

Wormwood: Não sinta-se mal, está fazendo o que é certo, todos irão te reconhecer e pedir perdão por tudo de ruim que te fizeram, sem nem ao menos pensar em teus sentimentos.

Cedric: tem razão, porém tenho medo de falhar novamente e do que farão comigo.

Wormwood: A culpa de sempre falhar é da princesa Sofia, se queres conquistar o trono tem que ataca-la também.

Cedric: Bom Wormy, Sofia nunca me traiu, como você fizeste ao falar sobre o amuleto para seus amigos animais.

Wormwood: Bom... Eu já aprendi minha lição, mas a maior traidora que tem aqui é Sofia, sempre atrapalhando em seu reinado. Enquanto a me, só tento ajudá-lo.

Cedric: sobre isso tem total razão, mas não consigo fazer mal algum a princesa, de certa forma sinto que só posso contar com ela.

Wormwood: então provavelmente já se esqueceu de teu passado.

Cedric: Não!!! tenho pesadelos todas as noites com as lembranças de meu passado e o medo de falhar que sempre me cerca. Eu sempre fui a ovelha negra, nunca fiz nada direito, meus colegas eram muito mais admirados pelo meu pai do que a me. 

Wormwood: Então o que me diz, porque não mostra de uma vez que tudo o que eles pensavam era mentira?

Cedric: Não será nescessário para meu pai, sinto que já tem confiança de meu pontecial após minha última visita com Sofia até sua casa.

•Wormwood se mantém calado e com um frio olhar de desaprovação.

Cedric: Quem sabe ajudando outras pessoas, eu posso finalmente andar livremente sem olhares frios sobre me.

Wormwood: De repente ficou tão bom em ajudar os outros.

Cedric: Wormy, eu preciso ajudar neste exato momento, depois de eu ter congelado toda a família real, minha reputação foi a ruína pelo Reino.

Wormwood: Sua reputação já não era das melhores.

Cedric: Sim sim, eu sei!!! Se não fosse por Sofia não sei onde eu e você estaríamos.

Wormwood: De certa forma planejando nossa vingança contra o Reino.

Cedric: Não seria tão simples assim.

Wormwood: Seria sim, e seria mais fácil se você tivesse congelado a princesa quando teve chance.

•Aquela indagação de Wormwood mexeu psicologicamente com Cedric que agora se via frustado.

Cedric: Eu... Não conseguia fazer aquilo...

Wormwood: Era nossa meta dês de nossa chegada ao Reino.

Cedric: Ainda é, eu pretendo tomar meu lugar no Reino, mas antes tenho que ter a confiança de todos novamente.

Wormwood: Pretende mesmo fazer isso, mesmo que Sofia o tente impedir, atacaria ela sem exitar?

Cedric: Eu não sei... Esperei muito para conseguir realizar meus sonhos, parece que agora eu não sei se quero fazê-los...

•Ao ouvir aquela resposta de Cedric, Wormwood não diz uma palavra sequer, ele parece desapontado e extremamente furioso.

Cedric: Venha Wormy, temos que ajudar logo Sofia com aquele trabalho. Quem sabe assim os outros me olhem melhor e esqueça o que fiz.

•Cedric desce a torre junto de Wormwood ao encontro de Sofia.








Notas Finais


Primeiro capítulo espero que gostem, por favor se quiserem comentar estão livres.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...