História Lados opostos (romance gay) - Capítulo 45


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 159
Palavras 629
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 45 - Idas e vindas


Fanfic / Fanfiction Lados opostos (romance gay) - Capítulo 45 - Idas e vindas

P.V.Os Nick

decidi que a Maria Eduarda não estragar as minhas férias, por nada nesse mundo eu vou dar um de barraqueiro aqui, mas é difícil, pois Maria está divorciada, isso significa que ela pode sim dar em cima do meu marido

-oi meu amor, oque faz aí?

-nada-me sentei em uma cadeira para ver a festa rolar-

-vem dançar, justo você que sempre é o mais animado, ta aí vendo tudo rolar e não faz nada?

-ah, sei la Lu, não to no clima

-na nossa época você era o melhor dançando

-nossa época foi a melhor, Ariana Grande, Pabllo Vittar, Anitta, agora esses garotos só escutam Indie, que nem é bom como o da Lana del Rey e esse Funk, bem mais pesado que o da nossa época

-e daí? Eu gosto, e ta todo mundo se divertindo, vem amor só um pouquinho

meu olhar se direciona para a Maria, e Lucas acompanha, ele sorri com o canto da boca e me olha

-você ta com ciúmes Nick?

-ciúmes? Eu? Claro que não

-owwnnt você ta com ciúmes mesmo

-para Lucas

-meu bebê ta com ciúmes, meu bebê ta com ciúmes, meu bebê ta com ciúmes!!!-ele cantarola da forma mais irritante o possível-

-chega Lucas, ta bom eu estou com ciúmes, muito, mas é só por que eu não confio na Maria Eduarda

-owwnnt, meu Marrentinho, relaxa, não vou deixar ela te desanimar essa noite ta?

-ta bom

-vem cá-me puxou pela mão para me levantar, me agarrou pela cintura e me deu um profundo, ardente e caloroso beijo-

-te amo PlayBoy

-também te amo

-não, não como a gente sempre fala, tipo falar te amo como se fosse um boa noite, eu realmente te amo muito- e me da um selinho leve-

P.V.Os Icaro

resolvi ir para o meu quarto, não to muito afim de nada hoje. Passando pela sala, encontro o Vinicius aos beijos com uma garota, muito linda, mas nunca vi na minha vida, me subiu um ódio, eles estavam tão cheios de intimidades, que quando Vinícius notou minha presença, uma lagrima ja caía

-Icaro-ele disse levantando-

-ah oi, eu sou a Cris-ela estende a mão, mas me nego a apertar-

-Icaro não e nada que voc...

-não, tudo bem, desculpa se eu atrapalhei o casal

ele faz uma cara de culpa, e eu, segurando o choro, subo pro meu quarto, mas me permito chorar quando me jogo na cama, tomado pela tristeza

-Icaro-sou chamado com batidas na porta-

-VAI EMBORA

-Icaro é o Miguel, abre essa porta

sabendo que não é o traidor, abro a porta e o abraço forte, me permitindo chorar mais

-ele mentiu pra mim

-eu vi Icaro, esquece esse babaca

não consigo falar, apenas o abraçar mais forte pelo pescoço, enquanto minha cintura é apertada pelos braços fortes de Miguel

-calma lindo, ta tudo bem, eu estou aqui, calma

saio de seus braços e volto para a cama, pensando estar livre do choro, mas continuo, então sinto Miguel deitando de conchinha comigo, me sinto melhor mas ainda soluçando muito

-ta melhor?

-sim, você sabe como me acalmar

-desculpa

-pelo oque?

-por te tratar daquele jeito antes, eu...

-sshhhhhhhh tudo bem, eu ja te perdoei

-você me deixa louco-diz deslizando os lábios pela minha nuca-sua pele, seu cheiro, só me falta descobrir o teu gosto

-gosto?

-é, quer ver?

Assenti com a cabeça, e senti a lingua dele passeando pelo meu pescoço, logo depois um chupão profundo e uma mordida, enquanto isso, uma ereção que mais parecia pedra roçava na minha bunda

-viu? É assim que se descobre o sabor de alguem

-e eu, tenho sabor do quê?

-de inocência, pureza, e um pouco de malícia, isso é tão excitante

-você acha?

-acho-disse me apertando mais forte na cintura-

...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...