História Ladrão de corações. - Jimin - - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jimin
Visualizações 125
Palavras 737
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AHHHH voltei! Ahahah
Bjs Bjs!

Capítulo 11 - SEGUNDA TEMPORADA - 1 -


Meu querido ladrão de corações, sinto tua falta; por mais forte a dor que tu me causaste, meu coração ainda te ama, esses dias eu pensei e pensei... Acho que vou ser médica psiquiatra; você que me fez tomar esta decisão, estás preso e não tens como cuidar das tuas doenças, mas eu prometo que vou cuidar de ti quando tu saíres da prisão.

Já se passou uma semana desde que tu foste preso e eu ainda não fui te ver, desculpe estava resolvendo as coisas da faculdade; pensando bem, eu nunca me apresentei direito pra vocês, meu nome é sn, acabei agora meu último ano na escola - ou seja, tenho 18 anos haha - e sou brasileira.

Estava arrumando minhas coisas para ir até a prisão; chegando lá me arrepio toda, o clima não era nada agradável.

- Olá meu nome é Sn e eu vim visitar o Park Jimin.

- Só um minutinho Sn-ssi, irei fazer seu cadastro, nunca lhe vi por aqui.

- Bom er, eu nunca tive algum conhecido que foi preso.

- Ah, o Park é seu namorado?

- Não, mas somos bastante íntimos haha. - dei uma risada sem humor -

- Pode ir lá Sn-ssi, vá direto neste corredor e entre na segunda porta à esquerda.

- Ok obrigada!

Segurei com força na alça da minha bolsa, meu olhos marejados faziam minha visão ficar borrada; quanto tempo eu esperei para o ver? Bati na porta e entrei, encontrei um guarda e ele me revistou, logos após disse que Jimin já estava à caminho.

...

Jimin estava trêmulo, as pessoas da prisão eram cruéis consigo, o deixaram quase essa semana toda sem comer só com pouca água. Quem será que estava lá? A única pessoa que foi visitarão até agora, foi apenas o Namjoon.

Assim que entrei não acreditei no que vi, Sn estava lá! Ela veio me ver!

...

- Jimin! - corri para o abraçar, não consegui segurar minhas lágrimas, eu chorava feito um bebê. -

- Sn você tá aqui... Me desculpe. - sussurrou e logo depois começou a chorar. -

- Eu te desculpo! Mas ei, você tá muito magro, não anda comendo?

- As pessoas daqui... Não gostam de mim, passei a semana toda sem comer, quase.

- O QUE?

- Ei silêncio! Não fale nada se não será pior pra mim!

- Eu não vou ficar calada Jimin, mas tudo bem vamos falar sobre outro assunto.

...

- Tchau fica com Deus e ... Eu te amo! - disse dando o meu último abraço nele e logo saindo da sala ouvindo um "também te amo meu amor." -

Estava mais aliviada, mas logo me enfureci pois lembrei do que ele me disse.

- Ei moça, vocês contratam os funcionários aonde hein? Será que não tem ninguém que supervisione o tratamento deles com os presos?

- Er bom, não.

- Eu exijo falar com o gerente.

- Só um minuto.

...

- Senhora, não achas que ele tá fazendo isso só pra sair daqui ou algo do tipo?

- Olha aqui, não me venha com isso não, VOCÊ como GERENTE devia fazer suas coisas DIREITO. Como é que não tem pelo menos uma pessoa para observar esses funcionários imundos? Ele esta mais pálido que o normal, esta mais magro de quando chegou. Vocês são incompetentes e irresponsáveis.

- Eu exijo respeito senhora.

- E eu exijo justiça e igualdade! Quero que vá agora comigo ver o Jimin, veja você mesmo a situação dele.

...

- É... Ele realmente esta mal, me desculpe senhora, mandarei alguém ficar de olho nos funcionários.

- Jimin, quem que tá te tratando assim meu amor?

- A Soo.

- Soo? Não é a Soo que eu

- É ela mesma Sn.

- QUE? O que ela faz aqui? Por favor ... Senhor, chame ela aqui.

Ele pegou um tipo de rádio do bolso e falou algo, um tempo depois vi ela chegando, ela me olhou espantada.

- Por que você fez isso sua idiota?

- Eu não fiz nada!

- Ah deixa de ser cínica sua quenga! Eu te conheço muito bem! Você só tá fazendo isso porque é à mim que ele ama, não você!

- Ora sua ...

- Sua o que? Você não é mais a menina que eu conheci, você tá ficando louca! LOUCA!

...

Resumindo, só no primeiro dia que fui na prisão, já arrumei barraco e os polícias tiveram que me segurar, até me ameaçaram dizendo que iam me prender. Conto pra vocês depois o resto! 


Notas Finais


Partiu comentários??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...