História Lágrimas - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Visualizações 7
Palavras 537
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie pessoas

Um drama básico que ocorre na vida das pessoas

Desculpem-me os erros e boa leitura

Capítulo 1 - Único


Você se sente bem em fazer isso com as pessoas? Assim, usá-las e depois as largar em um canto qualquer nem mesmo se importando se estão bem ou não?


Eu acho que é a maior diversão que você tem. Pois não é a primeira vez que te vejo fazer isso, tanto comigo quanto com outras pessoas.


Você vive reclamando que ninguém te ama ou que não tem amigos verdadeiros e bla bla bla, mas você já parou para pensar que você tem os melhores amigos possíveis? Ou ao menos tinha, porque enquanto você chorava litros e litros, ditava livros e livros só com reclamações sobre aquela pessoa, estávamos ali ao seu lado, mas você não se importava não é mesmo? Quero ver se não ira se importar quando não tiver ninguém ali.


Você nunca se contenta com absolutamente nada. Quando consegue o que quer nem para nossas faces não tem coragem de olhar para agradecer.


Se você soubesse o tanto de lágrimas que a garota loira já derramou por sua culpa, ou talvez você saiba mas simplesmente não liga. Não é isso que você faz? Ignora os outros à sua volta ? Pois bem meu querido, deixa eu te contar uma coisa, o mundo não gira ao seu redor!


A garota que você zoa por ser magra também não fica muito atrás, ah! Espera! Você só se importa com ela, não é... Verdade, havia me esquecido que ela é a única que você enxerga além de si mesmo.


Bem, e lá vamos nós mais uma vez. Sentar ao seu lado, te ouvir e observar cada lágrima que cai. Todos sabem que talvez saiam chorando daqui, pois querendo ou não, nos importamos com você.


E olhe só, já não era surpresa para ninguém. Todos olham para uma garota que chora no fundo da sala de aula, todos a viram passar o dia todo servindo de ombro a você e sendo uma das únicas pessoas que foram questionar o motivo de suas lagrimas. Mesmo depois dela ter conseguido resolver seu problema você a ignora. Essa garota sou eu e mesmo depois de ter falado com aquela pessoa você me da um abraço forçado e vai embora... "Por que eu não me acostumei com isso?" essa pergunta rodeava minha mente.


Mesmo com uma cachoeira caindo de meus olhos, você me olha com um sorriso no rosto e vem até mim ter a audácia de me perguntar o que eu tenho.


E claro, que, como sempre, você não se contentou em me ver no estado deplorável que me encontrava. Teve a coragem de me perguntar o que eu tinha e depois simplesmente esquecer que eu chorei por você e por coisas que fui obrigada a ouvir saindo de sua boca e da boca daquela pessoa.


Eu não te odeio por essas coisas que você faz ou que diz. Eu apenas desconto em mim... O que pode se tornar um problema no futuro, mas quem liga, não é mesmo?
















Só tenho mais uma coisa a te dizer:


Pode me fazer chorar, faça o que quiser comigo, mas nunca mais faça nada com a garota loira, ela é minha única amiga de verdade e eu não suportaria vê-la chorando por um idiota como você.


Notas Finais


Baseado em fatos reais, os personagens são reais

Até mais e um abraço para a "garota loira"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...