História Lágrimas - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Min Yoongi (Suga)
Tags Amor Não Correspondido, Bangtan Boys (BTS), Jungkook, Overdose, Suícidio, Yoongi, Yoonjook
Visualizações 13
Palavras 1.036
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi minha gente☺☺

Capítulo com senas de sexo - pelo menos eu tentei fazekkkk


Se gostarem comente e favorite.

Capítulo 3 - 3 bônus final



                                   (Jeon!on)





Não conseguia concentra-me no trabalho, não quando tinha um Min Yoongi andando para lá e para cá aprocura de uns documentos, o problema era que a roupa que o menor estava usando deixa tudo muito a mostra _ já que a peça de roupa era colada em seus corpo_ o que tira a atenção de qualquer um que visse a beldade que era o meu Yoongi. E nesse exato momento aquela bunda tão redondinha ficará empinada em minha direção,isso é tortura.



- Yoongi - o menor se vira e sua cara era de pura confusão - vem aqui.



Chamo e faço um gesto com a mão, ele caminha  para perto de mim com os documentos que tinha pegado na prateleira no canto do escritório.



- o que foi sr. Jeon? - sorri gentil.



- é meio difícil se concentra com você andando de um lado para o outro - falei calmo.


- desculpe-me.... já vou para - olhou para o documento - o que estava procurando encontrei agora.



Fez uma reverência e se virou para pode ir para sua mesa, porém, antes que o mesmo chega- se até lá puxei-o pela cintura fazendo que o Min se sentar-se em meu  colo.


- você com esse roupa colada é um pecado,sabia?- falou em seu ouvido e ali vejo alguns pelinhos se eriçarem.



- o que está fazendo j-Jungkook?- adentro a camisa social branca do Min, apertava suas curvas tão desenhadas por baixo do pano.



- so quero faze meu trabalho com eficiência e pra isso tenho que começa com você - o incentivo a rebola em meu colo, abro os botões um a um de sua camisa e quando a mesma está toda aberta a tiro do corpo do menor. Distribu-o beijo e mordidas em suas costa escutando seus arfares baixinhos.



- a-alguém p-pode entra... ah- os seus movimentos ficará mais intenso e meu membro dolorido por precisa de atenção.



- há esse horário quase todo mundo já foi embora - simulo estocadas.-vem!!!



O levanto pegando sua mão direciono até o sofá que tinha ali,deito ele no mesmo e fico entre suas pernas.



Beijo seus lábios macios sendo retribuído pelo menor.



A euforia que fiquei quando senti sua língua se tocando com a minha era eminente,único e inexplicável, ter seu corpo e seus sentimetos para mim era uma coisa boa e ao pensa que o fiz sofre me autoculpava. Seus dedos habilidosos abria com urgência minha camisa, ajudei o mesmo e logo nossos troncos se tocará,podia sentir seus membro bastante rígido assim como o meu que necessitava de uma ajudinha.



- tire o resto de sua roupa Yoonie - falei rouco,o outro acenou e pois-se de pé para pode retirá o resto de sua vestimentas e para pressa as coisa fiz o mesmo ficamos completamente nus e não demorou para o beija novamente, desta vez com mais sutilezas em meus atos, puxei-o novamente para o sofá logo fazendo que o menor se senta-se em meu colo.



Meu membro ficou entre suas nádegas enquanto suas mãos em meus ombro, direcionei minhas mãos para sua cintura ajudando em seus movimentos aproximo meu rosto ao seu e beijo aquela boca tão viciante.



- k-kook.... ah.. vamos logo com isso - joga sua cabeça para trás quando pego seus pênis para o masturba.- quero logo você.



- o-ok!! Mas sabe que não tenho lubrificante,né ?- assenti em um movimento rápido troco nossas posições agora fico entre suas pernas- prometo ir com calma.



Adentro aquele canal apertado e quentinho do meu namorado, este que geme manhoso e com certa dor, alguns minutos se passaram, me movimentos devagar dentro do menor, mesmo não tanto em um local favorável para esse ato pude senti algo a mais do um ato carnal que envolvia nossos corpos, tinha sentimetos, paixão.



Aumento a velocidade das estocadas no inteiro de Yoongi, um gemido alto e agudo pode-se ouvido assim que encontrei sua próstata, acertei aquele local com mais agilidade era impossível não se perde naquele corpo,naqueles gemidos manhosos e o melhor de tudo era que eu era o causado desses sons.



- amor e-eu.... vou gozar..- pego em seu membro movimentando minha mão na mesma intensidade das estocadas.- k-kook!!!!




Seu líquido viscoso se espalhou por todo o nossos corpos, continuei o estocando com rapidez e não  tava difícil para eu chega no meu limite sendo que o menor  aperta ao redor do meu pênis. Com mais algumas investidas me derramei em seu inteiro e um gemido de ambas as partes foi ouvido. Sair de seu interio e me sentei na ponta do sofá, Yoongi veio até mim e se aconchegou em meu peito.



- temos que volta ao trabalho kook - cheirava meu pescoço, com a destra acariciei seus fios.





- sim mais antes tenho que ti entrega uma coisa - o olhar do menor era de ansiedade,me inclunei para o lado abrindo uma gaveta que ficará na escrivanhia ao lado do móvel que estavamos  deitado e dela tirei um um papel e entreguei para Yoongi que assim que ver a carta arregala os olhos.



- você leu ela?- pergunta supreso e assintir.


- o que está escrito nessa carta é verdade? Não a parte de eu se um babaca,isso eu sei, mas sim o que está escrito quase no final.- o moreno abaixa o olha.


- os sentimentos que eu coloquei nela e tudo verdade - aperta a carta na mão - eu fiz isso para pode ti esquece, então fiz essa carta na tentativa de lhe supera de alguma forma mas o que sinto é mais forte kook mesmo se eu quisesse me mata o amor que sinto por você é maior do que eu possa imagina.



- fico feliz que tudo tenha fica bem, não saberia o que faze se eu pertesse a pessoa que eu amo- vejo o outro me olha e um grande sorriso gengival abre em seus labios, os que eu amava ver - eu te amo Min Yoongi e não quero fica longe de você nem um so segundo da minha vida.



- eu também lhe amo jungkook - me beija rápido - me promete que que não vai me deixa!!


- eu prometo amor - beijo novamente.



Notas Finais


Me sigam no wattpad👇🌼💚

https://my.w.tt/HvoADzS1H0

Beijos!! Para mais fanfics vão em meu perfil 😊😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...