1. Spirit Fanfics >
  2. Lágrimas do passado - Kim Taehyung >
  3. The End

História Lágrimas do passado - Kim Taehyung - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


E chegamos ao fim da nossa amada história entre vidas passadas!!

Obrigada por quem leu até aqui, por quem favoritou e comentou, esse apoio foi muito importante pra mim 🥰

Espero que gostem do último cap 🧚🏻‍♀️ confesso que to com o coraçãozinho apertado por causa da saudade que vou sentir ;-;;


Capítulo revisado ✅

Capítulo 20 - The End


Fanfic / Fanfiction Lágrimas do passado - Kim Taehyung - Capítulo 20 - The End

Com que cara eu ia chegar na S/n e dizer “Uau, eu tive um tipo de sonho maluco e acho que aquelas coisas que você disse têm sentido”? 

 

 

Bom, eu não sabia. Não sabia nem como eu ia abordar esse assunto, ainda mais na frente do Taehyung. 

 

 

Se eu fui realmente aquele príncipe, eu teria matado o Kim! 

 

 

E isso era um dos pontos que me preocupava e não saía da minha cabeça. Maldita hora que ele teve que acordar.

 

 

— Oi, Jungkook. — Dei graças aos céus quando vi S/n e Taehyung na minha frente, já não aguentava mais de ansiedade. 

 

 

— Sentem-se. — Pedi e assim o fizeram. — Nem sei por onde começar, tudo ainda me aparece embaralhado. 

 

 

— Não tenha pressa. 

 

 

— A única coisa que eu preciso dizer é que, eu acredito em vocês. — Falei de uma vez. — Acredito em toda aquela loucura de vidas passadas. 

 

 

— Por que isso de repente? — O acastanhado arqueou a sobrancelha com um ar de desconfiança.

 

 

— Eu tive um sonho, ou melhor, um desmaio! Na verdade, nem sei como classificar aquilo.

 

 

— Pode ser mais específico? 

 

 

— Claro. — Ajeitei-me em meu acento, ficando de uma forma mais confortável.

 

 

Contei tudo, detalhe por detalhe, sem deixar escapar nada. E sendo sincero, pensei que eles iriam ficar surpresos, mas não. 

 

 

S/n e o Kim me olhavam como se já soubessem de tudo que eu falava. Por um lado isso era bom, assim eu teria um pouco mais de confiança de saber que não estava ficando louco. Mas ao mesmo tempo algo me fazia ficar receoso. 

 

 

Eu tinha medo do passado, medo de realmente ter matado uma pessoa. Uma não, várias! 

 

 

Sempre achei que minha missão fosse salvar vidas, não tirá-las. 

 

 

— A gente sabe como você se sente, Jungkook. — S/a pousou a mão em meu ombro, fazendo um leve carinho ali. — A experiência de passar por esse tipo de “regressão” é assustadora e muito confusa, nos faz questionar quem somos de verdade. 

 

 

— Eu me sinto perdido, parece que nada faz sentido, mas ao mesmo tempo se encaixa. Por exemplo, não me conformo que eu matava pessoas, sendo que eu amo ajudar o próximo! — Minhas mãos estavam trêmulas pelo nervosismo. — Me perdoa, Taehyung! Me perdoa do fundo do coração, por favor! 

 

 

— Jeon, você não é mais aquele cara, aliás esse é o seu momento de consertar e se redimir pelo que fez antigamente. — O outro falou calmo. — E eu te perdôo, depois de alguns séculos, você tem o meu perdão! 

 

 

Ouvir aquelas palavras soando da boca de quem eu julgava ser meu inimigo, me deu uma paz incrível. 

 

 

Talvez o que eu sempre precisei na minha vida foi o perdão de Taehyung. 

 

 

 

S/n

 

 

Foi emocionante ver Jungkook pedindo perdão ao Tae, nós três tínhamos lágrimas nos olhos e sorríamos como bobos. 

 

 

É, realmente o tempo supera tudo. Pode até fazer inimigos se desculparem.

 

 

Quem diria que o príncipe Jeon selaria uma amizade com o plebeu Taehyung, não é mesmo? Bom, mas aconteceu, depois de alguns séculos, mas de fato aconteceu. 

 

 

Eu não podia estar mais feliz. 

 

 

 

Meses depois...

 

 

 

O meu casamento com Jungkook finalmente foi cancelado, a casa que compramos juntos foi colocada à venda mais uma vez e combinamos de dividir o dinheiro entre nós.

 

 

De primeira minha família não aceitou muito bem esse lance do término, principalmente a minha mãe. 

 

 

Mas eu compreendia, pra todos havia sido um choque o cancelamento da cerimônia. Ainda mais quando apareci com Taehyung ao meu lado, todos acreditavam que ele era um tipo de amante responsável pela separação. 

 

 

Porém esclarecemos tudo que tinha acontecido, não somente eu, mas o Jeon e o Kim também. No começo pensaram que nós tínhamos pirado, mas depois passaram a acreditar. 

 

 

E depois de séculos eu pude ver o reencontro de Aquila com seu irmão mais velho. 

 

 

Kai olhava para Tae como se já o conhecesse muito bem, e o acastanhado o olhava com um ar de saudade. Inesperadamente um abraço de ambas as partes surgiu. 

 

 

— Eu senti sua falta, hyung! — Eu até poderia dizer que fiquei surpresa ao escutar o meu pequeno dizer aquilo, mas não foi o caso. Dentro de mim, eu sabia que HueningKai sentia falta de Taehyung, só não sabia disso ainda. 

 

 

(...)

 

 

Soobin conheceu uma garota chamada Nia por um aplicativo de relacionamento, e eles pareciam estar se gostando. Quando vi uma foto dela quase caí no chão. 

 

 

Era Beatrice! 

 

 

E ela estava ainda mais graciosa. 

 

 

Com o tempo meus pais passaram a gostar e aceitar mais Taehyung na família, meu pai até fez questão de lhe pedir desculpas por problemas causados no passado. 

 

 

JK também não ficou de fora, continuou mantendo contato conosco e virou basicamente melhor amigo de Tae. Vezes ou outras os dois saíam juntos para almoçar ou jogar. 

 

 

Quanto a relacionamentos... bom, ele disse que preferia ficar sozinho por um tempo e focar em sua carreira. 

 

 

Pois é, quem poderia imaginar que as lágrimas do passado nos faria tão fortes agora? Creio que ninguém. 

 

 

Mas enfim, graças a isso eu pude experimentar o amor verdadeiro da melhor forma possível. E vejo com clareza que jamais mudaria minha história com o plebeu que conheci no jardim, pois ele quem sempre foi o amor da minha vida. 

 

 

Foi por Taehyung que minha alma sempre clamou.

 

 

Eu e você, de sempre e para sempre! 

 

 

 

Te amo, Kim Taehyung 

~ Da sua querida princesa, S/n


Notas Finais


E assim terminamos “lágrimas do passado”!

Espero muito que tenham gostado da fic!!

Eu sempre vou tratar de ir atualizando vocês sobre as minhas outras fic’s, e caso se interessem, não esqueçam de dar uma passadinha lá.


Até a próxima 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...